1498

avarehospedagem

Vereadora volta atrás e afirma que não

solicitará benefício do 13º salário da Câmara de Avaré

A vereadora Bel Dadário

(PSL) voltou atrás da decisão

de solicitar o benefício

do 13º salário da Câmara

Municipal de Avaré. A informação

foi confirmada

pela própria parlamentar

ao A Voz do Vale.

Em uma mensagem enviada

à reportagem, a vereadora

revelou ter conversado

com o grupo de

oposição e verificou que

o recebimento do benefício

nesta legislatura seria

irregular, e que, por isso,

refutou o recebimento do

13º salário.

Além do 13º salário, Bel

Dadário afirma que não

solicitará nenhum benefício

da lei idealizada pela

Mesa Diretora do legislativo

avareense. “Indiferente

do que estão falando ao

meu respeito, não assinei

nada e não vou requerer o

décimo terceiro e às férias,

estive em reunião com

os colegas da oposição e

como não fui nessa sessão

e não estava sabendo da irregularidade,

os colegas da

oposição e advogados que

são, me explicaram e diante

disso resolvi não requerer”,

disse na mensagem.

Com isso, todos os 6

vereadores da oposição,

sendo: Adalgisa Ward,

Tenente Carlos Wagner,

Luiz Cláudio, Hidalgo

Freitas, Marcelo Ortega e

Bel Dadário não solicitarão

o recebimento do 13º

da Câmara Municipal.

Segundo verificado

pelo A Voz do Vale, existe

um alerta do Tribunal de

Contas do Estado de São

Paulo (TCE/SP) para que

as câmaras municipais,

que eventuais leis autorizadoras

de concessão do

décimo terceiro salário

à vereança, baseados em

decisão do Supremo Tribunal

Federal (STF), deverão

observar o princípio

da anterioridade previsto

no artigo 29, inciso VI, da

Constituição Federal. Confira

a matéria completa no

site avozdovale.com.br.

Flores critica vereador e leva

invertida durante sessão na Câmara

A vereadora Carla Flores

utilizou boa parte do tempo

de sua palavra livre da última

sessão ordinária do ano,

realizada na segunda-feira,

dia 29 de novembro, para

criticar o vereador Marcelo

Ortega. Porém, a parlamentar

do MDB levou

uma invertida de Ortega.

“Quem é o senhor para

falar em ética. O senhor é

que menos tem direito de

falar isso. O senhor votou

pela cassação de dois companheiros

de jornada, o

Tucão e o Ripoli. O senhor

é um lobo em pele de cor-

deiro”, disse Carla Flores.

Informações obtidas

pelo A Voz do Vale dão

conta que a vereadora

não teria gostado de presenciar

o vereador Ortega

sendo testemunha em um

processo na qual Flores

impetrou contra um radialista

da cidade.

Utilizando do tempo da

fala do vereador Tenente

Carlos Wagner, Marcelo

Ortega disse lamentar a posição

de vítima que a vereadora

estaria tomando. Confira

a matéria completa no

site avozdovale.com.br.

Avaré zera internações

por Covid na rede

municipal de saúde

Pela primeira vez desde

o início da pandemia, a

Santa Casa de Misericórdia

zerou o número de internações

de pacientes de Avaré

por Covid. A informação

foi dada pela Secretaria de

Saúde nesta segunda-feira,

dia 6 de dezembro.

A Santa Casa conta

com 3 pacientes da região

internados com coronavírus,

sendo que 2 estão na

UTI e 1 no setor de enfermaria.

Avaré contabiliza

11.979 casos confirmados,

com 11.685 recuperados e

278 pessoas morreram em

decorrência do vírus.

Hoje são 16 casos ativos

no município, sendo

que todos se encontram

em isolamento domiciliar.

Outros 37.496 munícipes

testaram negativo

para a Covid.

Ex-vereador de Avaré tem

pena de prisão substituída

por prestação de serviços

à comunidade

O 1º Grupo de Direito

Criminal do Tribunal de

Justiça de São Paulo acolheu

parcialmente o recurso

e substituiu a pena

privativa de liberdade de 2

anos e 4 meses ao ex-vereador

Júlio César Theodoro,

o Tucão, para a pena

de prestação de serviços à

comunidade. A defesa oral

foi sustentada pelo advogado

Luiz Carlos Dalcim.

Tucão foi condenado

pelo Juízo da 2ª Vara Criminal

de Avaré a pena de 4

anos de reclusão em regime

semiaberto por desvio

de verba pública. Incon-

formado, o ex-vereador

impetrou recurso na 7ª

Câmara de Direito Criminal

do TJ, que negou provimento.

Recursos foram

impetrados em tribunais

superiores, porém a decisão

inicial foi mantida.

Por meio da defesa do

advogado Luiz Carlos Dalcim,

Tucão impetrou uma

ação para revisão criminal,

na qual acabou sendo acatada

parcialmente, substituindo

a pena de 2 anos e

4 meses de reclusão, para a

pena de prestação de serviços

à comunidade. Matéria

no site avozdovale.com.br.

internetfibraótica

internetfibraótica

*Promoçãoportempolimitado**Maisinformaçõescomnossasatendentes

***Planoexclusivoparapessoafísicaeresidencial****PromoçãoNÃOacumulativa

*****Promoçãoválidaparanovosassinantes‐VALORESMENSAIS

BLACK

NOVEMBER

ahoradevoarcomsuainternetdaOneCenter

desconto

50%

PLANO

FAMÍLIAWIFI

750

mega

119

+ROTEADORINCLUSO+ONETV+ZAAZEDUCA+ANTIVIRUS+SUPORTEPLUS

emtodos

osplanos *

INSTALAÇÃO

R$

,90

/mês

R$59,95

IMEDIATA PEDIU

ASSINEJÁ

PELOWHATS

1499606-7500

ASSINOU

INSTALOU

*Instalaçãoematé1diaútilapós

assinaturadocontrato

nosdois

primeirosmeses


Página 2 A VOZ DO VALE De 28 de novembro a 2 de dezembro de 2021

Quatro filhotes de cachorro são

resgatados de buraco em zona rural

Quatro filhotes de cachorros

que caíram em um

buraco foram resgatados

pela equipe do Corpo de

Bombeiros na quinta-feira,

dia 2 de dezembro, na zona

rural de Pratânia.

Segundo os bombeiros,

o buraco tinha aproximadamente

3 metros de profundidade

e cerca de 30

centímetros de diâmetro.

Para resgatar os cães,

foi necessário improvisar

um laço com corda em uma

vara de bambu, de modo

que laçaram os cachorros.

Os animais foram retirados

sem ferimentos e entregues

para a tutora. Fonte: G1

Caminhão é

consumido pelo

fogo em Avaré

Projeto para diciplinar consumo

de bebidas alcoólicas em praças

e locais públicos é discutido na

Na manhã de terça-feira

(30/11) quatro comissões

permanentes da Câmara de

Botucatu se reuniram para

emitir pareceres e debater

projetos em tramitação no

Legislativo. Entre os projetos

analisados, destaque para o

que versa sobre o consumo

de bebidas alcoólicas em praças

e locais públicos da cidade

a partir das 22h.

O projeto de lei nº

85/2021, é de autoria dos

vereadores Silvio dos

Santos (Republicanos) e

Sargento Laudo (PSDB).

Após analisado, as quatro

comissões propuseram

ajustes ao texto, que devem

ser encaminhadas aos

autores da matéria para ciência.

No mês de setembro

o assunto foi tema de audiência

pública na Casa de

Leis botucatuense.

Câmara de Botucatu

Um caminhão pegou fogo

na madrugada de segunda-

-feira, dia 29 de novembro, e

assustou moradores do Parque

Jurumirim, em Avaré.

Informações obtidas

pelo A Voz do Vale dão

conta que o veículo estava

estacionado quando, por

motivos a serem apurados,

começou a pegar fogo.

Toda a parte da cabine

do caminhão foi consumida

pelas chamas. Ainda

segundo informações, o

Corpo de Bombeiros compareceu

ao local após as

chamas terem consumido

totalmente o veículo. Ninguém

ficou ferido.

Fórum Internacional sobre grãos

orgânicos ocorrerá em Avaré

Avaré vai sediar na sexta-feira,

no dia 17 de dezembro,

o 1º Fórum Internacional

de Grãos Orgânicos da

Folio. Esse é o primeiro encontro

do gênero promovido

pela Folio, uma rede de

produtores de grãos orgânicos

e desenvolvimento

de pesquisa idealizada

pela Raiar Orgânicos,

empresa especializada em

proteína orgânica que tem

filial na cidade.

O evento é voltado

para produtores rurais,

pesquisadores, indústrias

de insumo e produtores

de proteína interessados

em agricultura orgânica.

O 1º Fórum Internacional

de Grãos Orgânicos

da Folio tem apoio

da Prefeitura da Estância

Turística de Avaré, por

meio da Secretaria Municipal

de Agricultura e

Abastecimento.

O evento vai contar

com importantes players

do mercado nacional e terá

como convidados internacionais

as americanas

Perdue, um dos maiores

produtores de grãos e proteína

animal orgânicos nos

EUA, e a Mercaris, referência

em dados de mercado

e preços de grãos orgânicos

naquele país.

INSCRIÇÃO – Com

início às 9 horas, o encontro

acontece na sede

da Associação Regional

dos Engenheiros, Arquitetos

e Agrônomos de Avaré

(AREA). O endereço é

Rua dos Engenheiros, nº

26, Colina da Boa Vista.

As vagas são limitadas,

mas o fórum também será

transmitido pela internet.

é uma publicação semanal da Kauan Vieira Aires ME

Inscr. Municipal 29.187 CNPJ: 29.172.463/0001-12

E-mail: avozdovale@avozdovale.com.br

Site: www.avozdovale.com.br

REDAÇÃO: Rua Alagoas, 2001 - CEP 18700-010 - Avaré/SP

DIRETOR RESP.: Kauan Vieira Aires

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus

autores e não expressam necessariamente a nossa opinião

CIRCULAÇÃO: Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Cerqueira

César, Holambra II, Iaras, Itaí, Itatinga e Paranapanema.


De 28 de novembro a 2 de dezembro de 2021

A VOZ DO VALE

Página 3

Ex-Vereador de Avaré tem pena de prisão

substituída por prestação de serviços à comunidade

EXCLUSIVO

O 1º Grupo de Direito

Criminal do Tribunal de

Justiça de São Paulo acolheu

parcialmente o recurso

e substituiu a pena

privativa de liberdade de 2

anos e 4 meses ao ex-vereador

Júlio César Theodoro,

o Tucão, para a pena

de prestação de serviços à

comunidade. A defesa oral

foi sustentada pelo advogado

Luiz Carlos Dalcim.

Tucão foi condenado

pelo Juízo da 2ª Vara Criminal

de Avaré a pena de 4

anos de reclusão em regime

semiaberto por desvio

de verba pública. Inconformado,

o ex-vereador

impetrou recurso na 7ª

Câmara de Direito Criminal

do TJ, que negou provimento.

Recursos foram

impetrados em tribunais

superiores, porém a decisão

inicial foi mantida.

Por meio da defesa do

advogado Luiz Carlos

Dalcim, Tucão impetrou

uma ação para revisão

criminal, na qual acabou

sendo acatada parcialmente,

substituindo a

pena de 2 anos e 4 meses

de reclusão, para a pena

de prestação de serviços

à comunidade.

ENTENDA – O ex-

-vereador Júlio César

Theodoro, o Tucão e o

ex-prefeito de Avaré,

Rogélio Barcheti haviam

sido condenados, em primeira

instância, há 4 anos

de reclusão em regime

inicial de semiaberto.

Eles foram condenados

por concorrerem em crime

de desvio de rendas públicas.

Segundo a justiça, em

2004, M.A.S., que era proprietário

de uma gráfica,

imprimiu panfletos e “santinhos”

para a campanha

do então candidato a prefeito

Rogélio Barchetti. Na

ocasião o serviço foi orçado

em R$ 10,5 mil, porém

não houve pagamento.

Já em julho de 2010,

Barcheti, já como prefeito,

teria sido cobrado

pelo serviço realizado por

M.A.S. em 2004, que teria

se prontificando a pagar

parte do valor, R$ 4,4 mil,

no entanto deveria ser providenciada

uma nota fiscal

para que o valor fosse pago

pela municipalidade.

Como as atividades

de sua empresa estavam

suspensas, o que impedia

a emissão da nota

fiscal, M.A.S. procurou

por J.A.P., também proprietário

de gráfica para

que lhe fornecesse o documento.

Mesmo conhecendo

a irregularidade

da transação, J.A.P. teria

fornecido a nota.

De posse de documento

“ideologicamente

falso”, M.A.S. o entregou

ao secretário responsável

o qual, percebendo

a irregularidade,

comunicou Barcheti que

vetou o pagamento.

Passados alguns meses,

M.A.S. levou o caso

ao então vereador Tucão,

que passou a intermediar

o recebimento, com a

condição de que o interessado

adquirisse um veículo

de sua propriedade.

Dessa forma o prefeito, a

pedido de Tucão, solicitou

ao então secretário da

Fazenda, Eduardo José de

Oliveira que promovesse

o pagamento.

Assim, o secretário teria

solicitado que M.A.S.

providenciasse uma Nota

Fiscal Eletrônica no valor

de R$ 7.980,00, a qual novamente

foi fornecida por

J.A.P., mesmo sendo falsa.

De posse do documento,

J.A.P. obteve o pagamento,

do qual parte foi

utilizada para adquirir o

veículo de Tucão, conforme

anteriormente acertado.

Para a Justiça, Barcheti

pagou a dívida de

sua campanha eleitoral

com dinheiro público.

Diante dos fatos, o vereador

Júlio César Theodoro,

o Tucão e o ex-prefeito

de Avaré, Rogélio

Barcheti foram condenados

a 4 anos de reclusão

em regime inicial de semiaberto,

o que foi alterado

na ação de revisão.

Flores critica vereador e leva invertida

durante sessão na Câmara de Avaré

A vereadora Carla

Flores utilizou boa

parte do tempo de sua

palavra livre da última

sessão ordinária do ano,

realizada na segunda-

-feira, dia 29 de novembro,

para criticar o

vereador Marcelo Ortega.

Porém, a parlamentar

do MDB levou uma

invertida de Ortega.

“Quem é o senhor

para falar em ética. O

senhor é que menos tem

direito de falar isso. O

senhor votou pela cassação

de dois companheiros

de jornada, o Tucão e

o Ripoli. O senhor é um

lobo em pele de cordeiro”,

disse Carla Flores.

Informações obtidas

pelo A Voz do Vale dão

conta que a vereadora

não teria gostado de presenciar

o vereador Ortega

sendo testemunha em um

processo na qual Flores

impetrou contra um radialista

da cidade.

Utilizando do tempo

da fala do vereador Tenente

Carlos Wagner,

Marcelo Ortega disse lamentar

a posição de vítima

que a vereadora estaria

tomando. “Lamento

muito a posição sua de

inocente útil nessa Casa

de Leis, de se vitimizar.

Pessoas que são manipuladas

por terceiros.

A senhora votou contra

a minha CP porque

a senhora foi orientada

e recebeu uma ordem.

A senhora tem pouco

para falar de ética. Veja

Boituva e quer falar de

ética nessa Casa?”.

Ortega disse ainda

lamentar a inércia do

presidente do legislativo,

vereador Flávio

Zandoná, que não tomou

providencias diante

dos ataques proferidos

pela vereadora do

MDB. “A senhora que

se vitimiza e diz que

tem 10 PLs aprovados,

mas nenhum em execução.

Eu lamento muito a

inercia do presidente da

Câmara de ouvir o abuso

da vereadora Carla Flores

no plenário, falando

besteiras e bobagens da

minha pessoa”.

VIAGEM A RÚS-

SIA – O vereador Marcelo

Ortega ainda revelou

que a vereadora

Carla Flores teria perdido

o voo para a Rússia,

sendo que a Câmara,

em tese, teve que

pagar uma nova passagem.

“Ela acusa as pessoas,

mas tem um monte

de coisas contra ela. A

senhora foi para a Rússia,

perdeu o voo? Como

é que pagaram a viagem

da Rússia duas vezes?”.

A sessão chegou a ser

interrompida, mas nenhuma

atitude foi anunciada

pela Mesa Diretora.


Página 4 A VOZ DO VALE De 28 de novembro a 2 de dezembro de 2021

Policiais Militares do 53º Batalhão

são homenageados em Avaré

Policiais militares do 53º

Batalhão de Avaré foram

homenageados durante sessão

extraordinária na Câmara

Municipal de Avaré,

realizada na terça-feira, dia

30 de novembro.

Na solenidade, os policiais

receberam um diploma

de “Honra ao Mérito”

das mãos do vereador Tenente

Carlos Wagner Januário

Garcia (PSD), pelo

“proeminente trabalho que

desempenharam em prol

da segurança pública”.

O reconhecimento ficou

registrado através da

Moção de Aplauso aprovado

por unanimidade em

Sessão Ordinária, que teve

como autoria o vereador

Tenente Carlos Wagner.

MAIS HOMENA-

GENS – No dia 26 de

novembro, o comando de

policiamento do interior

realizou a solenidade de

valorização profissional.

O Cabo PM Garrote

Júnior, do 53º BPM/I, foi

homenageado por ter sido

eleito o Policial Militar

Destaque no mês de outubro

em toda a área do CPI-

7 que abrange 8 batalhões.

No evento, também foi

realizado o VIII Encontro

dos Veteranos da Polícia

Militar que teve a participação

de policiais militares

da região de Avaré.

Câmara de Avaré aprova

elevação de gastos com

publicidade em 600%

Os 7 vereadores da

base do prefeito Jô Silvestre

aprovaram, durante

sessão ordinária de

segunda-feira, dia 29 de

novembro, o projeto de

resolução que autoriza

o legislativo a gastar R$

300 mil com publicidade.

O projeto é de autoria

da Mesa Diretora, composta

pelos vereadores: Flávio

Zandoná, Ana Paula do

Conselho (1ª secretária) e

Carla Flores (2ª secretária).

A resolução original

autoriza a Câmara

a contratar, mediante a

procedimento licitatório,

agência de publicidade e

propaganda para a execução

de serviço publicitário

e divulgação dos

trabalhos institucionais e

legislativos no valor de

R$ 50 mil. Porém, o projeto

aprovado eleva esse

valor para R$ 300 mil, ou

seja, 600% a mais.

O projeto foi aprovado

pelos vereadores: Moacir

Lima (suplente de

Roberto Araújo), Flávio

Zandoná, Carla Flores,

Ana Paula do Conselho,

Magno Greguer, Jairinho

do Paineiras e Léo Ripoli.

Foram contra: Adalgisa

Ward, Marcelo Ortega,

Hidalgo Freitas, Tenente

Carlos Wagner, Bel Dadário

e Luiz Cláudio.

A Comissão de Constituição,

Justiça e Redação

(CCJR), emitiu parecer

favorável a tramitação e

votação da alteração. O

vereador Hidalgo Freitas

(PSD), que também faz

parte da comissão, não

assina o documento.

Com isso, a partir de

2022, o legislativo fica

autorizado a gastar R$

300 mil com publicidade

e divulgação de seus atos.


De 28 de novembro a 2 de dezembro de 2021

A VOZ DO VALE

Página 5

PAT de Avaré disponibiliza

24 vagas de emprego; confira

São elas:

Ajudante de cozinha – 01 vaga

Encarregado de governança – 01

Auxiliar de escritório – 01

Auxiliar de manutenção predial

– 01

Auxiliar de pedreiro – 01

Auxiliar de vidraceiro – 01

Caseiro (casal) – 01

Costureiro – 01

Cozinheiro – 01

Dedetizador – 01

Estampador de tecido – 01

Fonoaudiólogo – 01

Garçom – 01

Impressor filme plástico – 01

Jardineiro – 02

Mecânico de automóvel – 01

O Posto de Atendimento

ao Trabalhador (PAT) divulgou

na quinta-feira, dia 2 de

dezembro, as vagas de emprego

disponíveis em Avaré.

No total, são 24 vagas

Mecânico (motor a diesel) – 01

Operador de extrusora (filme

plástico) -01

Recepcionista atendente – 02

Representante comercial – 01

Vendedor interno – 01 vaga

Vagas de emprego para pessoas

com deficiência

Repositor – 01 vaga

O candidato deve se cadastrar

no site empregabrasil.mte.gov.br

ou por meio

do PAT. Os documentos

necessários são o PIS, NIT,

PASEP, Bolsa família, Cartão

Cidadão, Carteira de

Trabalho, RG, CPF e CNH.

É importante ainda que

o candidato mantenha seu

cadastro atualizado junto ao

PAT, o que pode ser decisivo

no processo de contratação.

O PAT fica na Casa

do Cidadão (Rua Bahia,

nº 1.580, centro). Outras

informações pelo telefone

(14) 3732-1414.

Alunos recebem premiação em concurso

promovido pela Arte Educação em Avaré

Alunos que venceram

a primeira edição do

Prêmio Lúcia Braga receberam

medalhas e certificados

durante solenidade

realizada no último

dia 25 no Centro Cultural

Esther Pires Novaes.

Promovida pela Arte

Educação da Rede Municipal

de Ensino, o concurso

de desenho marca

o encerramento da Semana

Djanira Motta, a

mais importante artista

avareense. O prêmio faz

referência à arte-educadora

Lúcia Helena Braga

Cunha, que morreu

em abril devido a complicações

causadas pela

Covid-19.

O evento contou com

a apresentação musical

de Maria Fernanda e JP

e foi prestigiada por diversos

artistas de Avaré.

A solenidade também

incluiu a homenagem a

Juliana Braga Cunha e

Marcelo Braga Cunha, filhos

de Lúcia Braga, e a

Fabiane Braga de Almeida

Prado Batista, sobrinha

da arte-educadora.

Os familiares da servidora

receberam das

mãos da secretária Municipal

de Educação, Josiane

Medeiros de Jesus,

o quadro decorativo assinado

por todos os presentes,

além de medalhas

da assessora Kátia

Regina Fernandes.

Diversos técnicos também

foram homenageados

na ocasião. Cristiano

de Oliveira, coordenador

Técnico Pedagógico da

Arte Educação, fez um

agradecimento à equipe,

que “se empenhou desde a

criação do projeto, fazendo

a mediação das obras

com as crianças em salas

de aula e culminando na

homenagem a Lúcia”.

Confira abaixo os resultados

do I Prêmio Lúcia

Braga.

Etapa I

Educando: Emanuelle

Santos Inácio

EMEB Profª Zainy

Zequi de Oliveira

Jurada: Regina Chibani

Bakr

Etapa II

Educando: Samuel

Henrique

EMEB Orlando Cortez

Jurada: Luzia Helena

Veiga

1º Ano

Educando: Ana Luíza

Carvalho da Silva

EMEB Salim Antônio

Curiati

Jurada: Rosita Silvestre

De Barros

Caroline da Silva Tech

EMEB Duílio Gambini

Jurada: Tânia da Costa

3º Ano

Educando: Isaac Bueno

de Campos

EMEB Profº Victor

Lamparelli

Jurada: Rosângela

Vicente

4º Ano

Educando: Maria Fernanda

Neves Camargo

EMEB Salim Antônio

Curiati

Jurada: Sandra Vieira

5º Ano

Educando: Giuliano

Sales Lopes da Fonseca

EMEB José Rebuças

De Carvalho

Jurada: Fátima Srour

Guerreiro

2º Ano

Educando:

Melissa

Adilson Imóveis vende

Tel.: (14) 99736-1965

Avaré 1

-2 dorm, Sala, Cozinha, Banheiro, Lavanderia, Garagem, Área terreno 190

m2, Área construída 40m2

Centro

-2dormitorios, Sala, Sala de jantar, Cozinha, Banheiro, Edícula, 1 dormindo,

sala, Cozinha ,Lavanderia, Área terreno 151,5 m2, Área construída 121,70 m2


Página 6 A VOZ DO VALE De 28 de novembro a 2 de dezembro de 2021

Infectado com Ômicron na Dinamarca

foi a show com 1,6 mil espectadores

Uma pessoa infectada

pela variante ômicron do

coronavírus foi a um show

com 1,6 mil espectadores

durante o fim de semana

na Dinamarca, informaram

as autoridades sanitárias

na última quarta-feira (1º).

O paciente, que não

teve sua identidade revelada,

tem histórico recente

de viagem. No entanto,

não há informações sobre

quais foram os destinos

que ele teria passado.

Ainda segundo porta-

-voz da autoridade sanitária

do país, ele esteve

presente no show do DJ dinamarquês

Martin Jensen,

que reuniu mais de 1,6 mil

pessoas na cidade de Aalborg,

no sábado (27).

A Dinamarca confirmou,

até esta quarta, pelo

menos quatro casos de infecção

pelo coronavírus ligadas

à variante ômicron,

identificada pela primeira

vez na África do Sul.

O que se sabe sobre a

variante?

A variante ômicron –

também chamada B.1.1529

– foi reportada à Organização

Mundial da Saúde

(OMS) em 24 de novembro

de 2021 pela África do Sul.

De acordo com OMS,

a variante apresenta um

“grande número de mutações”,

algumas preocupantes.

O primeiro caso

confirmado da ômicron

foi de uma amostra coletada

em 9 de novembro de

2021, na África do Sul.

Na terça (30), autoridades

sanitárias holandesas

afirmaram que a variante já

estava presente na Europa

uma semana antes do que

se acreditava antes, em 9 de

novembro. O primeiro caso

até então havia sido identificado

em 26 de novembro,

na Bélgica. A primeira imagem

da variante ômicron do

coronavírus revelou mais

que o dobro de mutações

que a da variante delta.

Sintomas leves

Um funcionário da

OMS disse, na quarta-feira

(1º), que informações

preliminares sugerem que

os casos da variante ômicron

estão ligados a sintomas

leves da Covid-19.

A declaração foi feita em

entrevista à agência Reuters,

de forma não oficial,

e ele não foi identificado.

O relato deste funcionário

acompanha a informação

dada, durante o fim de semana,

pela médica sul-africana

Angelique Coetzee,

que fez o primeiro alerta

sobre a ômicron. Ela disse

que notou um aumento de

pessoas jovens e saudáveis

com sinais de fadiga em seu

consultório.(G1)

SP mantém uso de máscara em

locais abertos e cancela réveillon

O estado de São Paulo

vai manter o uso obrigatório

de máscara contra

o coronavírus em locais

abertos mesmo depois do

dia 11, quando a liberação

ocorreria segundo recomendação

do governo. A

decisão, que foi anunciada

na manhã desta quinta-

-feira (02), foi baseada em

recomendação do Comitê

Científico do Governo,

veio em seguida à confirmação

de casos da variante

Ômicron no estado.

Após o governador ter

solicitado, na tarde da

terça-feira, dia 30, uma

nova avaliação, o órgão

técnico pediu a manutenção

da obrigatoriedade

do uso de máscara. Na

recomendação, o comitê

considerou que “há incertezas

quanto ao impacto

da variante Ômicron às

vésperas do fim de ano. Os

períodos de Natal e do Réveillon

costumam provocar

grandes aglomerações,

o que facilita a transmissão

de doenças respiratórias

como a Covid-19”.

“Decidimos adotar essa

medida por prudência com

o cenário epidemiológico

no estado. Todos os números

demonstram que a

pandemia está recuando

em São Paulo, mas vamos

optar pela precaução. O

nosso maior compromisso

é com a saúde da população”,

disse o governador

João Doria (PSDB).

Também a tradicional

festa de Réveillon realizada

na Avenida Paulista foi

cancelada. A informação

também foi confirmada

nesta quinta-feira, dia 2,

pelo secretário municipal

de Saúde, Edson Aparecido.

Segundo ele, o novo

estudo indicou a necessidade

de cautela diante do

avanço da Ômicron.

São Paulo já tem três casos

confirmados da variante.

Os pacientes, diagnosticados

por meio de testes,

estão em isolamento. (R7)

More magazines by this user