Views
4 years ago

Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero

Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero

Escrevendo a história no feminino - Fazendo

Anais do VII Seminário Fazendo Gênero 28, 29 e 30 de 2006 O Mundo infanto-juvenil e as relações de gênero: olhares ampliados. – ST 8 Ivonete Pereira UNIOESTE/PR Palavras-chave: Crianças, puericultura, eugenia. “Não basta ser mãe, tem que ser higiênica e honesta” 1 {...} senhores, como recurso supremo, eu me volto para a infância – os pequeninos de hoje que serão os grandes de amanhã; é nela que ponho as esperanças da grandeza do atual regime pela regeneração da pátria. {...} Temos uma pátria a reconstruir, uma nação a firmar, um povo a fazer... e para empreender essa tarefa, que elemento mais dúctil e moldável a trabalhar do que a infância?” 2 No Senado Federal, em 11 de setembro de 1896, Lopes Trovão, em discurso inflamado, alertava para a importância dos cuidados que a sociedade deveria ter com as crianças para, no futuro, não ter problemas com os adultos, principalmente os das classes trabalhadoras. Sua fala demonstrava as novas concepções que estavam se constituindo no Brasil em torno da infância, principalmente da pobre, bem como o ideal de trabalhador necessário para o progresso da nação. A preocupação com as crianças e adolescentes pobres, como um problema presente e futuro, foi construída historicamente em um momento bem marcante na sociedade brasileira, a mudança do regime político e do sistema de produção. Desde as últimas décadas do século XIX, em estudos de diferente natureza, como textos médicos, literários, políticos, jornalísticos, jurídicos, entre outros, encontramos reflexões apreensivas em relação à população infanto-juvenil proveniente das camadas populares. Não por acaso, a produção intelectual de diferentes áreas de atuação passou a ter como foco de suas análises os filhos das camadas populares. Influenciados por estudos realizados na Europa – posteriormente nos estados norte-americanos –, bem como pelas “verdades” que se desprendiam das teorias criadas por tais estudos, a intelectualidade brasileira, apropriando-se de um status de científica, passou a analisar a vida dos pobres e, através de seus estudos, a apontar os muitos problemas que estes representavam para o país, como também as medidas que deveriam ser tomadas para solucionar tais problemas. No bojo da discussão acerca dos pobres e do que eles representavam para a nação, destacava-se a discussão sobre a população infanto-juvenil. Os olhares dirigidos a este grupo ocorriam por dois principais motivos: 1°) a concepção de ser ele um potencial que necessitava ser controlado e direcionado para o interesse da sociedade brasileira; 2º) uma vez disciplinado e treinado, seria a mola mestra – os braços – do progresso da nação, haja vista que os outros grupos 1

abrigos em movimento: - Instituto Fazendo História
CADA CASO É UM CASO - Instituto Fazendo História
Imaginar para encontrar a realidade - Instituto Fazendo História
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero - UFSC
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero - UFSC
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero - UFSC
Escrevendo a história no feminino - Fazendo Gênero 10
Escrevendo a história no feminino - Seminário Internacional ...
Escrevendo a história no feminino - Seminário Internacional ...
as máscaras do feminino - Fazendo Gênero 10
Posturas Femininas em uma Escola Pública de ... - Fazendo Gênero
a escrita feminina de Francisca Clotilde - Fazendo Gênero 10
a presença feminina no cinema brasileiro nos ... - Fazendo Gênero
Abordagens à corporeidade feminina na cena ... - Fazendo Gênero
Futebol, gênero e identidade feminina: Um ... - Fazendo Gênero
Violência sexual: uma questão de gênero - Fazendo Gênero 10 ...
Masculinidade e Homofobia em O Ateneu ... - Fazendo Gênero
Gênero nas interseções: classe, etnia e gerações ... - Fazendo Gênero
História das mulheres na guerra do Paraguai - Fazendo Gênero 10
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Gênero: multiplicidade de representações e ... - Fazendo Gênero
Violência; Gênero; Ciências - Fazendo Gênero
História, gênero e trajetórias biográficas – ST 42 - Fazendo Gênero ...
Download do Trabalho - Fazendo Gênero - Universidade Federal ...