edicao1383

avarehospedagem

Em seis meses, quase 5,5 mil pessoas

perderam o emprego em Avaré

Segundo dados do Cadastro

Geral de Empregados

e Empregadores do

Ministério do Trabalhado,

nos seis primeiros meses

de 2019, 4.492 trabalhado-

res perderam o emprego.

Somente no mês de junho

foram 697 demissões.

Ainda segundo os dados,

de junho de 2018 a

junho de 2019, 8.677 trabalhadores

ficaram desempregados.

O setor que mais

perdeu foi o de comércio,

com 2.531 demissões. Outro

setor que também foi

afetado foi o de serviços,

com 2.360 desligamentos.

Em junho deste ano, o

setor que houve mais demissões

foi o de serviços

com 239 trabalhadores

que perderam seus empregos.

Outro setor afetado

foi à indústria, onde

o número de demissões

foi maior que a de admissões.

Foram 110 desligamentos,

contra 88 contratações.

O comércio, setor

considerado forte na cidade,

teve 194 demissões

contra 185 admissões.

Confira a matéria completa

na página 3

“Se fosse eleita prefeita, eu resolveria o

problema de Avaré”, diz Adalgisa Ward

Joselyr Silvestre

volta a cumprir

prisão em regime

domiciliar

O Desembargador

Francisco Bruno, da 10ª

Câmara de Direito Criminal

do Tribunal de Justiça

do Estado de São Paulo

(TJ/SP) expediu um novo

mandado de prisão contra

o ex-prefeito de Avaré, Joselyr

Benedito Silvestre.

Inicialmente, o ex-prefeito

iria ser conduzido

da Santa Casa, onde está

3 O

7 de setembro - GINASIO KIM NEGRAO

LOTE PROMOCIONAL

ARQUIBANCADA ‐ R$10,00

SOMENTE ONLINE

Nutricionista

a p r e s e n t a m

INGRESSOS A VENDA

REALIZAÇÃO

Apoio

internado devido a uma

crise de hipertensão, para

o Plantão Policial e, em

seguida, para uma unidade

prisional. Porém, no

inicio da noite de quinta-

-feira, dia 25 de julho, os

advogados de defesa tiveram

êxito em uma liminar

que determinou que Joselyr

cumprisse a pena de 8

anos de prisão em regime

domiciliar. A condenação

ocorreu devido a crimes de

responsabilidade. Mais informações

na página 3

Exame não teria

apontado lesões

em mulher que

afirmou ter sido

estuprada

Segundo informações

obtidas com exclusividade

pelo A Voz do Vale, exames

realizados na mulher

que afirma ter sido vítima

de estupro em Avaré, não

acusaram lesões. O caso teria

ocorrido no dia 23 de junho e

registrado um dia depois, no

dia 24 de junho. Página 8

Sem pretensões de ser

candidata a prefeita, a vereadora

Adalgisa Ward

disse que se assumisse a

Prefeitura resolveria os

problemas de Avaré. A

Projeto de lei de iniciativa popular pretende

reduzir remuneração de vereadores

Em decisão proferida

na quinta-feira, dia 25

de julho, o Tribunal de

Justiça do Estado de São

Paulo (TJ/SP) negou o seguimentos

de dois recursos

que foram impetrados

pela vereadora Marialva

Biazon contra a uma ação

em que ela foi condenada

a um ano de reclusão em

regime aberto.

Segundo apurado pelo

A Voz do Vale, mesmo

diante da condenação

em segunda instância,

a 2023 serão entre R$ 1,2

mil a R$ 2,5 mil. Mais informações

na página 3

PSDB decide que possível filiação

de Jô Silvestre não será aceita

declaração foi proferida

durante entrevista do telejornal

Do Vale Notícias,

da Do Vale TV na sexta-

-feira, dia 26 de julho.

A vereadora do PV disse

Após rumores de uma

possível filiação do prefeito

Jô Silvestre (PTB) no Partido

da Social Democracia

Brasileira (PSDB), o Diretório

Municipal realizou, na

quinta-feira, dia 25 de julho,

uma reunião partidária extraordinária.

Segundo nota

divulgada na sexta-feira,

Justiça nega seguimento de recursos e

vereadora poderá responder por quebra de decoro

Marialva não deverá perder

o mandato devido o

caso ter ocorrido quando

ela não estava como

vereadora. Porém, na

condenação em segunda

instância, o Juiz condena

Marialva à perda imediata

da função pública.

Uma denúncia deverá

ser protocolada na Comissão

de Ética da Câmara

Municipal por quebra de

decoro parlamentar. Confira

mais informações na

página 6

Um projeto de lei de

iniciativa popular busca reduzir

o subsídio pago aos

vereadores de Avaré de R$

7,2 mil para cerca de R$ 2,5

mil, cerca de 65% menor.

Para que a proposta seja votada

na Câmara Municipal,

são necessárias cerca de 4

mil assinaturas, ou seja, 5%

do eleitorado avareense.

Informações obtidas

pelo A Voz do Vale dão

conta que a lista já conta

com centenas de assinaturas

e a expectativa é que

o número suficiente seja

alcançado até novembro,

quando o projeto de iniciativa

popular poderá ser

analisado e votado.

Caso o projeto de iniciativa

popular seja aprovado,

os subsídios dos vereadores

da legislatura de 2020

estar se sentindo sozinha em

seu partido, o PV e revelou

que nestes 31 meses como

vereadora, esperava mais

da política. Adalgisa disse

ainda que as mulheres enfrentariam

dificuldades na

política. Ela revelou que foi

solicitado que ela deixasse o

Pronto Socorro Municipal

quando fazia uma fiscalização

pelo local. Página 4

dia 26, a pedido do presidente

do partido em Avaré,

vereador Toninho da

Lorsa e da vereadora Marialva

Biazon, líder do partido

na Câmara Municipal,

foi colocado em discussão

sobre uma possível filiação

do prefeito Jô Silvestre

na legenda. Página 8


Página 2 A VOZ DO VALE De 21 a 27 de julho de 2019

José Carlos Santos Peres

NÃO RELUZ E

NEM SEDUZ

Algumas candidaturas começam a ser colocadas

no mercado avareense e os eleitores manifestam,

embora timidamente, suas preferências. Nada muito

explícito ou entusiasmado, até porque estamos distantes

das eleições. Ademais, convenhamos, há certo

fastio com o universo local, tão carente de opções

capazes de avivarem esse tal de entusiasmo.

De qualquer maneira, bom esse desencadear

– mesmo que alguns nomes estejam colocados

apenas para sondarem o ambiente, os chamados

balões de ensaio. Tomara que na esteira dessas

especulações tenhamos, pelo menos, debates de

ideias, exposições de motivos.

Estamos falando de um processo inerente ao

exercício democrático esse de especular o mercado.

Democracia, aliás, atualmente em risco no

país com declarações do andar de cima pedindo

por filtros, por análises de dados antes de divulgação,

traços religiosos num estado laico interferindo

no processo, e por aí vai.

Muitos anos o Brasil viveu sob a égide do silêncio

estabelecido por forças dominantes, com

seus candidatos oficiais, interventores e governantes

biônicos... Deu no que deu, após um hiato

em pensávamos que a Democracia estava definitivamente

consolidada. Não está!

Há, sim, certo fastio por parte do eleitorado

local, talvez contaminado por tudo que o Brasil

tem vivenciado nos últimos tempos. Há na população

uma descrença muito grande com a política,

principalmente a partidária. Tudo farinha de

um mesmo saco, é o lema. Ou laranjas de um

mesmo saco, melhor dizendo.

Pois nessa ressaca, nesse cenário de descrença

e desesperança, é que eleitor terá de encontrar

forças e motivação para participar da vida da comunidade;

saber que a participação dele, trabalhando

na escolha de bons representantes, é fundamental

nesse processo de reconstrução.

Temos esses dois cenários, que em alguns casos

se confundem, a política de dimensão maior,

comandada pela força econômica e midiática que

tentam direcionar os destinos do País, e essa de

dimensão menor, nem por isso menos importante,

que se faz nos municípios.

Cada cidade tem a sua realidade política: daí os

entendimentos partidários diferenciados em relação

àqueles que se definem num espectro maior.

O que funciona para o Estado ou para a Federação

não necessariamente serve para o município. Outras

realidades, outros homens.

O nosso quintal merece o nosso cuidado, o

nosso olhar. Cuidemos por aqui da boa política,

que o resto vem depois. Cada coisa, portanto, no

seu devido tempo.

E o tempo é o de pensar em eleição municipal,

sim, torcendo para que novos e bons nomes sejam

colocados no mercado eleitoral que, por enquanto,

sem querer ofender, a oferta que aí está

– embora ainda no âmbito especulativo - não

reluz... E nem seduz!

MEMÓRIA

1983 – DECISÃO DO BRASILEIRO

FLAMENGO – 3 X SANTOS - 0

Juiz: Arnaldo César Coelho (RJ).

Público: 155.253.

Gols: Zico, Leandro e Adilio.

FLAMENGO: Raul, Leandro, Figueiredo, Marinho

e Júnior; Vítor, Adílio e Zico; Élder, Baltazar

(Robertinho) e Júlio César (Ademar).

Técnico: Carlos Alberto Torres.

SANTOS: Marola, Toninho Oliveira, Joãozinho,

Toninho Carlos e Gilberto; Toninho Silva (Serginho

Dourado), Paulo Isidoro e Pita; Camargo (Paulinho

Batistote), Serginho Chulapa e João Paulo.

Técnico: Formiga.

José Carlos Santos Peres

ENTÃO É ASSIM?

Parece-me que o cargo “Ser Presidente do Brasil”

confunde a cabeça de quem o detém. Os militares no

poder optavam pelo silêncio; todos eles sombrios, taciturnos,

de meter medo. Nunca soube de um sorriso

público do Geisel ou do Médici. O Figueiredo parecia se

sentir à vontade diante do cheiro de uma baia, apenas.

Os civis também não foram diferentes, em termos

de sisudez, distanciamento do povo e demonstrações

de desconexão com a realidade ou com fatos culturais.

Parece uma coisa atávica: o sujeito chega ao Palácio

do Planalto e misteriosamente é inoculado por

uma toxina ou pelo vírus da burrice.

O Fernando Henrique, sociólogo de bom conceito

acadêmico, só dizia – ainda diz – platitudes; não à toa

seus críticos o chamam de “Conselheiro Acácio” ; a

Dilma, então... Pelo amor de Deus!

Impressionante como a Presidenta não dizia coisa

com coisa. Uma fala enrolada, de idas e vindas, que

não fechava nunca. Um mau humor constante; espécie

de Murici – enquanto treinador - com saias, sem o

charme do hoje comentarista.

Michel Temer? Melhor esquecer... Um jurista de

reconhecido saber – afinal, foi professor na USP – e

mal conseguia articular, no exercício do poder, uma

narrativa minimamente aceitável. Falava com as

mãos, de maneira desordenada, de um jeito que não

encaixava a fala com o gestual.

Do Lula, os seus rompantes. Havia a naturalidade da

fala e a aceitação dos ouvintes, considerando a formação

acadêmica do Presidente; pelo menos Lula ostentava

uma fala coesa. Mas ficava sempre aquela temeridade:

ele vai derrapar... E derrapava, mas como tinha lá

certo charme (ou carisma) tudo lhe era permitido.

Agora, cá entre nós, o Bolsonaro consegue superar

todos eles, em termos de “falar o que lhe vem à

cabeça” e, como tal, atropelar o bom senso ou a lógica

discursiva que pede certa elegância, em nome

da excelência do cargo.

Há um vírus solto no Palácio. E ele parece contaminar

boa parte dos brasileiros, adeptos dessa coisa

de filosofia de boteco, gente que passa o tempo

replicando mensagens e falas carregadas de esquisitices.

Burrice pega!

José Carlos Santos Peres

O QUE ESPERAR?

Tudo ainda no terreno das expectativas, em se

tratando de SULA e Libertadores; vale para a Copa

do Brasil. E porque não dizer de Brasileirão, pós-

-derrota do Palmeiras para o Ceará?

Alguns dizem que o Corinthians deveria preocupar-se

mais com o Brasileirão, deixando de lado a

Sul-americana.

Pois entendo que o time do Carille tem competência

para privilegiar as duas competições.

A SULA dá vaga à Libertadores e um título é

sempre um título. Com exceção do Atlético Mineiro

não vejo outro time ao nível do timão.

Na Libertadores o Palmeiras poderia ter feito um

resultado ainda melhor em Mendoza. Mas está com a

faca e o queijo nas mãos; o Inter sobra, e o Grêmio continua

numa boa. Dificil ficou para o bom time do Atlético,

que vencer o Boca na Argentina é tarefa complicada.

Até o Flamengo tem chances, embora os desfalques

sejam significativos. O time não foi bem no Equador.

Mas num Maracanã lotado, e porque o Emelec

não é lá essas coisas, dá sim para fazer o resultado.

Xxx

O Palmeiras recontrata Vitor Hugo e Dourado.

E fala em Kardec. Daqui a pouco teremos Márcio

Araujo e Ilsinho... Tonhão ainda joga?

Trazer Henrique Dourado, mesmo de graça? O

Kardec, tudo bem; o Vitor Hugo é bom jogador e

o Palmeiras precisa mesmo de mais um zagueiro.

Mas o Dourado?

Por que não o Keno ou o Roger Guedes? Jogador

pelos lados, como os dois, são poucos. O Felipão

precisa de alguém para puxar contra-ataques,

que Carlos Eduardo ainda não disse a que veio e

Felipe veio e já se foi.

O Grêmio quer Arthur Cabral. Quer dizer, o Grêmio

quer Cabral, e o Palmeiras opta pelo Henrique Dourado.

Pelo menos, em decisão por penais, um gol o

Palmeiras tem garantido.

José Carlos Santos Peres

DE OLHOS FECHADOS

(“Foi-se o tempo que ver a lua era vida” – *)

Então ela me pergunta, sobrepondo pastas de amendoim

às torradas, se fiquei na madrugada para ver a lua eclipsada.

Como dizer-lhe do meu desinteresse por coisas do gênero

ao sabê-la tão disposta a falar de suas impressões?

Sim, houve um tempo de eclipses em minha vida...

Quantas noites de esperas para pensar ver alguma coisa

num céu tão distante; ser testemunha ocular da história,

literalmente.

Não tenho o direito de decepcioná-la. Falo do cometa

Halley visitando nosso espaço, em 1986. Foi ontem!

Quase alcancei a cauda do bicho; só não o fotografei

devido à inexistência de um celular na época. Ela ri,

enquanto me oferece uma xícara de Nescau.

Mas não houve Halley na minha vida.

A visita do Cometa se faz a cada 75 anos! Na próxima

– 28 de julho de 2061 - estaremos (quase todos)

mortos. É devastador saber disso, dessa condição inexorável

que carregamos.

Sinto mais por saber que um dia - como tudo que é

sólido desmancha-se no ar - o Halley deixará de existir,

definitivamente.

Vai demorar um pouquinho, coisa de 10 milhões de

anos, mas em algum momento o cometa deverá evaporar

como uma bola de gelo, se dividir em dois, ou então

ser lançado para fora do nosso sistema solar.

Não! Não fiquei na madrugada para ver o eclipse.

Amanhã, bem sei, haverá outro fenômeno, e ela, novamente,

haverá de me perguntar, sobrepondo, descuidada,

pastas de amendoim às torradas, com os cabelos

ainda em desalinho, o gosto eterno do perfume de

dormir e o pijaminha amarfanhado no cheiro bom que

aquece e acolhe e reconforta o silêncio deste homem,

se fiquei na madrugada a ver a lua eclipsada.

Então tornarei a lhe falar do Halley.

E lhe mostrarei, como se fosse de primeira vez, minha

antiga luneta, de lente sem película e sem alcance,

e com tantos sonhos nela eternizados.

Direi dos pássaros surpreendidos em seus voos, dos

trigais em ouro, do peixe beliscando a lâmina de um rio,

do horizonte debruçado do lado de lá... Trarei ao brilho

daqueles olhos a narrativa do encantamento, só para

vê-los refletidos na porcelana da xícara.

Haveremos, então, de sonhar juntos, mesmo que a

vida de tão prosaica se baste na realidade de algumas

torradas com pastas de amendoim, sob o sol de uma

manhã se infiltrando pela cortina rendada, aquecendo

timidamente os talheres ainda úmidos da noite anterior.

xxx

( - * Violeiro Ciro Torres, em conversa com o poeta

Alberto da Cunha Melo em outubro de 1979; poema

“Os de Quixeramobim”, do livro O cão de olhos amarelos

e outros poemas inéditos– editora A Girafa).

Poesia

Santos Peres

CICATRIZ

Não leves o afago derradeiro:

deixe-o cicatriz em meu rosto

a denunciar-te: foste minha

e as tardes eram de lírios e abelhas.

A última nuvem ainda derrama flocos;

num céu argênteo aves deitam asas

indiferentes a pedra negra da perda.

Foste minha e era de(lírios) a tarde

Talvez meus passos incomodem caminhos,

despertem fantasmas de beirais e esquinas;

cães envelhecidos são meus olhos procurando-te,

vagando ao vento da desordem

Foste minha...

Hoje, morrer é pronunciar teu nome.

é uma publicação semanal da Editora Vieira Aires Ltda

CNPJ: 07.421.264/0001-68 - Inscr. Municipal 18.833

Registrado sob o Livro “A” - Registro Civil de pessoa jurídica e no Livro

“B-01” - Registro de Jornais, Oficinas Impressoras, Empresas de Radiofusão

e Agências de Notícias, sob o n° de ordem 11 (onze).

Fone: (014) 3733-6706 | E-mail: avozdovale@avozdovale.com.br

Site: www.avozdovale.com.br

REDAÇÃO: Rua Alagoas, 2001 - CEP 18700-010 - Avaré/SP

DIRETOR RESP.: NATALINO VENÂNCIO AIRES FILHO

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus

autores e não expressam necessariamente a nossa opinião

CIRCULAÇÃO: Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Cerqueira

César, Holambra II, Iaras, Itaí, Itatinga e Paranapanema.


De 21 a 27 de julho de 2019

A VOZ DO VALE

Página 3

Em seis meses, quase 5500 pessoas

perderam o emprego em Avaré

Segundo dados do Cadastro

Geral de Empregados

e Empregadores do

Ministério do Trabalhado,

nos seis primeiros meses

de 2019, 4.492 trabalhadores

perderam o emprego.

Somente no mês de junho

foram 697 demissões.

Ainda segundo os dados,

de junho de 2018

a junho de 2019, 8.677

trabalhadores ficaram

desempregados. O setor

que mais perdeu foi o de

comércio, com 2.531 demissões.

Outro setor que

também foi afetado foi o

de serviços, com 2.360

desligamentos.

Em junho deste ano, o

setor que houve mais demissões

foi o de serviços

com 239 trabalhadores que

perderam seus empregos.

Outro setor afetado foi à indústria,

onde o número de

demissões foi maior que a

de admissões. Foram 110

desligamentos, contra 88

contratações. O comércio,

setor considerado forte na

cidade, teve 194 demissões

contra 185 admissões.

ADMISSÕES – Em junho

foram contratados 864

pessoas, sendo 697 foram

demitidas. O setor que

mais contratou foi agropecuária,

com 342 vagas. A

construção civil teve 64 contratações

e 64 demissões.

De janeiro a junho de

2019, foram contratadas

4.658 pessoas enquanto

4.492 deixaram o emprego.

Já de junho de 2018 a junho

de 2019, houve 9.328 contratações

e 8.677 demissões.

No final de junho, o A

Voz do Vale abordou o

grande número de lojas na

área central que fecharam

ou se mudaram, sendo que

grande parte devido ao alto

preço do aluguel.

Segundo dados de junho

de 2019, 15 microempresas

fecharam em

Avaré. Em entrevista a Do

Vale TV, Telmo Wendy

destacou que está à procura

de emprego há 10 meses.

“Avaré é uma cidade

grande e era pra ter uma

infraestrutura para muito

mais coisas. Tem muitas

pessoas desempregadas e

estão procurando emprego

e não estão conseguindo e

isso está influenciando em

vários estabelecimentos,

pois se a gente não ganha,

não tem como gastar”.

SOBREVIVENDO

- Ele destacou que vive

de bicos para não passar

fome. “Estou sobrevivendo

de alguns bicos que eu

estou fazendo e até de doações,

porque eu moro sozinho

e se não correr atrás

eu acabo passando fome”.

Telmo pediu oportunidades.

“Dêem oportunidade,

porque hoje

você vai procurar emprego

e pedem experiência

e não tem como a

gente adquirir experiência

se a gente não tem

oportunidade para isso”.

No final do ano passado,

ainda sob a influência

do prognóstico favorável

para a economia neste

ano, a expectativa era de

que 2019 encerrasse com a

abertura líquida de 22 mil

lojas, diz o economista-

-chefe da Confederação

Nacional do Comércio

(CNC), Fabio Bentes.

Hoje, ele acredita que essa

projeção está prejudicada

diante do pífio desempenho

da atividade econômica

esperado para o ano.

Projeto de lei de iniciativa popular quer

reduzir remuneração de vereadores

Um projeto de lei de

iniciativa popular busca

reduzir o subsídio pago

aos vereadores de Avaré

de R$ 7,2 mil para cerca

de R$ 2,5 mil, cerca

de 65% menor. Para que

a proposta seja votada na

Câmara Municipal, são

necessárias cerca de 4 mil

assinaturas, ou seja, 5% do

eleitorado avareense.

Informações obtidas

pelo A Voz do Vale dão

conta que a lista já conta

com centenas de assinaturas

e a expectativa é que

o número suficiente seja

alcançado até novembro,

quando o projeto de iniciativa

popular poderá

ser analisado e votado.

O A Voz do Vale teve

O Desembargador

Francisco Bruno, da 10ª

Câmara de Direito Criminal

do Tribunal de Justiça

do Estado de São Paulo

(TJ/SP) expediu um novo

mandado de prisão contra

o ex-prefeito de Avaré, Joselyr

Benedito Silvestre.

Inicialmente, o ex-prefeito

iria ser conduzido

da Santa Casa, onde está

internado devido a uma

crise de hipertensão, para

o Plantão Policial e, em

seguida, para uma unidade

prisional. Porém, no

inicio da noite de quinta-

-feira, dia 25 de julho, os

advogados de defesa tiveram

êxito em uma liminar

que determinou que Joselyr

cumprisse a pena de 8

anos de prisão em regime

domiciliar. A condenação

ocorreu devido a crimes

de responsabilidade.

A informação do mandado

de prisão expedido

pelo Tribunal de Justiça

foi publicada com exclusividade

pelo A Voz do

Vale em sua página oficial

no facebook.

Policiais civis e militares

estiveram na Santa

Casa de Avaré na tarde de

acesso ao projeto. No Artigo

1º da propositura altera

o artigo 34 da Lei Orgânica

Municipal, onde o subsídio

dos vereadores será

de, no máximo, duas vezes

a menor referência dos

funcionários da Prefeitura.

Caso o projeto de iniciativa

popular seja aprovado,

os subsídios dos vereadores

da legislatura de

2020 a 2023 serão entre

R$ 1,2 mil a R$ 2,5 mil.

Na justificativa, os

idealizadores do projeto

destacam que o projeto de

iniciativa popular “tem

como objetivo principal

a economia do dinheiro

público a fim de que o

mesmo seja investido em

áreas essenciais como:

saúde, educação, esporte,

segurança pública, visando

sempre o bem-estar do

cidadão avareense”.

Eles destacam ainda

as dificuldades financeiras

que o município vem

atravessando. “Tendo em

vista que tanto o País,

como o Estado bem como

o Município passam um

período de dificuldades

econômicas, o que vem

implicando na desaceleração

do seu crescimento,

com redução de investimentos

e, por conseguinte,

com sérias implicações na

sua receita, a tendência na

diminuição da qualidade

do serviço público prestado

poderá ser afetada nos

próximos anos se não houver

contenção nos gastos”.

No projeto consta ainda

que “há que se levantar

a bandeira da sociedade e

da cidadania em prol de

ações que visem racionalizar

os custos que tanto

afetam o erário público.

Daí a importância do presente

projeto de iniciativa

popular que irá contribuir

para uma Avaré mais justa,

digna do seu povo trabalhador,

e por que não dizer

um exemplo a ser seguido

por outros municípios que

se preocupam com o dinheiro

do seu povo”.

O projeto popular conta

com o apoio dos vereadores

Toninho da Lorsa e

Adalgisa Ward.

PROPOSTA – Já está

tramitando na Câmara de

Avaré o projeto de iniciativa

popular que visa reduzir

o período de recesso dos

vereadores de 88 dias para

31 dias. A propositura é

de seis lojas maçônicas de

Avaré, da Ordem dos Advogados

do Brasil – subseção

Avaré, da Associação

Regional dos Engenheiros,

Arquitetos e Agrônomos

de Avaré (Área) e do

Rotary Club Jurumirim e

do Rotary Club Avaré.

Apesar de o projeto

ser de iniciativa popular,

o grupo solicitou que a

Mesa Diretora assumisse a

propositura, tudo para dar

mais agilidade na votação.

Além do presidente da Câmara,

vereador Barreto do

Mercado, também assinaram

a proposta os vereadores:

Cabo Sergio, Adalgisa

Ward, Toninho da Lorsa e

Flávio Zandoná.

Além de atender as necessidades

do município,

com a redução do recesso

também reduziria a realização

de sessões extraordinárias,

o que evitará

desgastes entre o executivo

e o legislativo.

Além da redução do recesso

parlamentar, a proposta

também propõe que

o prefeito possa convocar

sessões extraordinárias no

recesso de 31 dias. Atualmente,

somente a Mesa

Diretora e 1/4 dos vereadores

podem convocar

uma sessão extraordinária.

Joselyr Silvestre volta a cumprir prisão em regime domiciliar

quinta-feira, dia 25, para

escoltar o ex-prefeito até

a delegacia, assim que ele

tivesse alta médica. Com a

limitar deferida pelo TJ os

policiais deixaram o local.

Em junho, Joselyr

Silvestre, pai do atual

prefeito Jô Silvestre, foi

beneficiado com um alvará

de soltura expedido

pelo Departamento

de Execução Criminal

(Deecrim) de Bauru, por

meio da Juíza Criminal,

Renata Biagioni.

Um dia depois, a defesa

solicitou a revogação

de alvará de soltura devido

à outra condenação

em segunda instância.

ENTENDA – Segundo

a denúncia, segundo se

apurou, no dia 8 de março

de 2007 e em 1º de abril

de 2008, o então prefeito

Joselyr Silvestre teria

dispensado licitações de

forma irregular.

Segundo o TJ, o administrador

de uma clínica

médica de Avaré, Vicente

José Schiavão, que também

foi vereador, “concorreu

para a consumação

das ilegalidades citadas e

beneficiou-se da dispensa

ou inexigibilidade ilegal,

para celebrar contrato com

o Poder Público”.

Consta ainda que, no

dia 24 de fevereiro e no

dia 18 de março, ambos

em 2011, o então prefeito

Rogelio Barcheti, “ordenou

e efetuou despesas em

desacordo com as normas

financeiras pertinentes”.

Na sentença proferida

pelo Tribunal de Justiça,

ou seja, já em segunda

instancia, o desembargador

Francisco Bruno destacou

que a contratação

foi feita de forma ilegal

e que um dos pagamentos

foi realizado em 2007, no

valor de R$ 48 mil para

clínica que seria a única

que realizava exames de

polissonografias.

Outro pagamento teria

sido realizado em 2008, no

valor de R$ 21 mil para a

quitação de 23 exames de

eletroneuromiografia.

Segundo o magistrado,

“nenhuma dessas contratações

foi realizada de acordo

com os procedimentos

licitatórios de rigor”.

O ex-prefeito Rogelio

Barcheti, que chegou a ser

condenado, teve a punição

prescrita, sendo que seu

recurso foi acatado pelo

Tribunal de Justiça.

Joselyr Silvestre foi

condenado a 8 anos de

Após serem paralisadas

no inicio do mês,

as obras do Arenão, que

fica localizado no Parque

de Exposições Dr.

Fernando Cruz Pimentel,

foram retomadas.

A reportagem esteve

no local no dia 23 de julho

e verificou que cerca

de 20 funcionários trabalhavam

no local. Um

engenheiro que estava na

Emapa destacou a reportagem

que como a obra

do Arenão é de grande

porte, teria que ter, no

mínimo, 50 funcionários,

ou seja, mais que o dobro

dos trabalhadores atuais.

Outro ponto que ele

verificou é que a obra teria

que ter mais agilidade,

pois o concreto está sendo

aplicado em cima do bar-

detenção, em regime

semiaberto. Já Vicente

José Schiavão foi condenado

a 6 anos de detenção,

porém, teve sua

pena revertida em prestação

de serviços a comunidade.

Ambos poderão

recorrer no Superior

Tribunal de Justiça.

Obras do Arenão voltam

a ser retomadas

ranco e, com a possibilidade

de chuvas e com o peso

do cimento, algumas partes

poderiam ceder, o que

geraria mais transtornos

para a própria construtora.

Ele não acredita que

a obra esteja pronta em

dezembro de 2020, data

que a atual administração

estava pretendendo entregar

o Arenão.

PARALISAÇÃO –

A paralisação da obra

ocorreu devido atrasos

de salários da construtora

para com os funcionários.

Desde o reinicio da

construção, a Prefeitura

não repassou nenhum

recurso à empresa.

Segundo o executivo,

a obra estaria atrasada e

que a construtora Matserv

Engenharia não estaria seguindo

o cronograma. Informações

dão conta que a

Prefeitura repassou, na última

semana, para a Matserv,

os valores referente

à construção do prédio da

UPA, que acabou se tornando

o novo Pronto Socorro

Municipal.


Página 4 A VOZ DO VALE De 21 a 27 de julho de 2019

“Se fosse eleita prefeita, eu resolveria o

problema de Avaré”, diz Adalgisa Ward

Sem pretensões de ser

candidata a prefeita, a vereadora

Adalgisa Ward

disse que se assumisse a

Prefeitura resolveria os

problemas de Avaré. A

declaração foi proferida

durante entrevista do telejornal

Do Vale Notícias,

da Do Vale TV na sexta-

-feira, dia 26 de julho.

“Não pretendo concorrer

como prefeita, pois

acho que sou exagerado e

se for eleita resolveria o

problema de Avaré, mas

isso iria me sobrecarregar

muito, pois eu não confio

nas pessoas. Possivelmente,

vou concorrer novamente

a uma cadeira na

Câmara”, revelou.

A vereadora do PV

disse estar se sentindo

sozinha em seu partido.

“Estou em um partido que

teve muitas mudanças. Eu

fiquei meio sozinha. Presenciei

vários vereadores

que tiveram ajuda de seus

deputados e eu não tenho.

É complicado, pois o vereador

se desgasta. Tive

vários convites de quatro

partidos e disse que ainda

é muito cedo. Adoro o

PV, mas tem que ter mais

Após conseguir judicialmente

a reintegração de

posse da antiga estação da

Estrada de Ferro Sorocabana,

situada na Avenida Major

Rangel, a Prefeitura de

Avaré espera dar um novo

destino ao prédio histórico.

A Secretaria da Cultura

está propondo parcerias

com instituições educacionais

da cidade para que, em

breve, a estação possa receber

investimentos para sua

restauração e passe a servir

de espaço para atividades

educativas e culturais.

A pasta também acionou

o Conselho de Defesa

do Patrimônio Histórico,

Arqueológico, Artístico e

Turístico do Estado de São

Paulo (Condephaat) soli-

movimentação e estou me

sentindo sozinha”.

Nestes 31 meses como

vereadora, Adalgisa revelou

que esperava mais

da política. “Eu esperava

muito mais da política, a

gente se sente muito amarrada.

Tem muita gente não

sabe que o vereador não

executa, não tem esse poder

que é exclusivo do prefeito.

O vereador fiscaliza,

indica, requer e faz pedidos

em favor da população

e isso está sendo muito difícil.

A população pede e a

gente não é ouvido”.

Ela disse ser decepcionante

não ser atendida pelo

prefeito Jô Silvestre. “É

muito decepcionante, mas

é um trabalho de formiguinha

e temos que mudar a

política do toma lá da cá. O

prefeito tem que aceitar as

propostas dos vereadores e

por ser da oposição, o prefeito

não atende. Isso vem

me deixando muito triste,

mas não vai me abalar”.

Adalgisa disse ainda que

as mulheres enfrentariam

dificuldades na política.

“Temos ótimos vereadores

na Câmara, mas eu como

mulher me sinto sozinha,

Caseiro acusado de abuso de

menor é preso por posse de arma

Após investigação, a

equipe do 2º Distrito Policial

de Avaré prendeu, no

dia 19 de julho, em uma

residência na zona rural da

cidade, um caseiro de 57

anos, por posse ilegal de

arma de fogo. Ele também

é acusado de ter abusado

de uma menina de 10 anos.

Uma denúncia levou os

policiais até o local, onde o

suspeito, em princípio, negou

que tivesse arma, mas

depois assumiu a existência

da mesma. O objeto,

um revólver calibre 32, foi

localizado em uma árvore

próxima a casa, junto com

um coldre e seis munições,

sendo uma no tambor.

O indivíduo foi levado

ao Plantão e autuado em

flagrante. Em sua defesa,

ele disse que estava com

o revólver há vários anos.

Declarou ainda que utilizava

a arma para sua defesa

e segurança da propriedade.

Afirmou ainda que não

possuía registro e que tinha

levado a arma à área externa

da casa para limpá-la.

Após a elaboração do

flagrante, o homem foi colocado

em liberdade tendo

em vista que a filha dele

efetuou o pagamento da

fiança no valor de R$ 1mil.

Um inquérito policial

foi instaurado para conclusão

das investigações

e remessa a uma das varas

criminais do fórum.

ABUSO DE MENOR

– O caseiro também é

suspeito de ter abusado

de uma menina de 10

anos, caso que está sob

investigação na Delegacia

de Defesa da Mulher.

Segundo apurado, o crime

teria ocorrido no último

mês de março, no sítio

onde o acusado reside.

Uma responsável pela

menor, que é parente do

suspeito, relatou à Polícia

Civil que foi a própria

criança quem confidenciou

o abuso à família. A

apuração segue sob sigilo

em razão da natureza do

crime e da idade da vítima.

Prefeitura busca parcerias para revitalizar prédio histórico

citando orientações para a

devida proteção do imóvel

contra novas invasões.

“Nossa intenção é reocupar

logo o imóvel para

recuperá-lo e assim resgatar

a memória ferroviária.

São necessárias obras

imediatas de conservação

e estamos pedindo o apoio

da comunidade para evitar

que o prédio seja novamente

invadido, pois isso

é crime federal”, dizem os

dirigentes do setor.

HISTÓRICO - Tombado

através da Resolução

SC 23, de 15 de março de

2016, o prédio merece ser

conservado, segundo o

Condephaat, pois representa

o “avanço da malha ferroviária

pelo centro-oeste

pois eu vejo outros que

correm atrás dos deputados

e eu me sinto sozinha. Eu

sinto essa diferença por ser

mulher e me sinto triste”.

A vereadora revelou

que, devido à falta de assessores,

estaria redigindo

requerimentos e indicações.

“Fico até as 2 horas

da manhã fazendo requerimentos

e indicações, pois

não temos assessores que

fazem muita falta”.

Inaugurada em 1895 e reformada em meados dos anos 1930, a velha estação funcionou até 1953

paulista, por ter sido deflagrador

de novo momento

econômico na região e porque

o seu conjunto arquitetônico

tem qualificado valor

simbólico para a constituição

da identidade sociocultural

da comunidade”.

Inaugurada em 1895 e

reformada em meados dos

A partir de segunda-

-feira, dia 29 de julho e

até 31 de agosto, estarão

abertas as inscrições para

compositores e intérpretes

para a 37ª Feira Avareense

da Música Popular

(Fampop). O festival será

realizado entre os dias 12

e 15 de setembro na Concha

Acústica.

As inscrições podem

ser feitas pessoalmente,

por correio ou pelo site

festivaisdobrasil.com.br.

O regulamento está disponível

na plataforma digital

e na edição nº 920 do Semanário

Oficial da Estância

Turística de Avaré.

O grupo paulistano Demônios

da Garoa será o

patrono da edição. O conjunto

conhecido por sambas

clássicos como “Trem das

anos 1930, a velha estação

funcionou até 1953. Depois

abrigou a Escola Industrial e a

Associação de Pais e Amigos

dos Excepcionais (APAE).

Com a extinção da Fepasa,

o prédio foi transferido

em 1996 ao patrimônio da

União e permaneceu abandonado

por vários anos.

Inscrições para 37ª Fampop começam no dia 29 de julho

Grupo Demônios da Garoa será o patrono da 37ª edição da Fampop

EXPULSA DO PS –

Durante a entrevista, ela

revelou ter sido retirada do

Pronto Socorro Municipal.

“Eu fui ao Pronto Socorro

e chegou um funcionário

dizendo que era pra eu sair,

dizendo que eu não podia

ficar lá e ele disse que teve

ordem do chefe. O vereador

pode entrar em qualquer repartição

pública pra ver o

que está acontecendo”.

Adalgisa disse ainda que

Onze” e “Saudosa Maloca”

fará o encerramento da feira

no domingo, dia 15 de setembro.

As outras atrações

ainda não foram divulgadas

pela organização.

A Fampop é um dos

festivais mais importantes

do país. Lenine, Zeca

Baleiro e Chico César,

os vereadores poderiam ajudar

mais a cidade, caso tivesse

uma união com o executivo.

“Se houvesse mais

união, o vereador poderia ir

junto com o prefeito em busca

de novas empresas para

Avaré, mas o prefeito tem o

secretário que nem sempre é

cobrado como o vereador é”.

Sobre o projeto de iniciativa

popular que visa a redução

dos subsídios pagos aos vereadores,

ela disse que os parlamentares

não deveriam ser

remunerados. “Eu acho que o

vereador não deveria ganhar

nada. Tem pessoas que só

querem entrar devido o salário.

No meu plano de trabalho

tem esse item de lutar para a

diminuição dos subsídios. A

pessoa tem que trabalhar porque

gosta e não por causa de

salário”. E entrevista completa

está disponível na página

da Do Vale TV no facebook e

também no You Tube.

além de outros artistas

com destaque nacional e

internacional, já concorreram

no evento.

SERVIÇO - A Secretaria

Municipal da Cultura

fica na Rua Minas Gerais,

279. Outras informações

podem ser obtidas pelo telefone

(14) 3732-5057.

EXTRAVIO DE TALÕES DE NOTA FISCAL

PEDRO DE MORAES ROSA, estabelecido na Rua Elizaro Pereira de

Melo, 1240, em Paranapanema, CNPJ nº 12.046.291/0001-38, comunica o

extravio de talão de Notas Fiscais de prestação de serviço de nº 0001 a 0050.

Procura-se emprego

Eu Cleyton Eduardo da Silva, solteiro, 40 anos,

residente em Avaré procuro ocupação.

Possuo Carteira Nacional de Habilitação categoria

A/C, tenho vários cursos, não sou fumante e não possuo

antecedentes criminais. Como formação acadêmica,

tenho curso superior em Direito incompleto.

Telefone para contato: (11) 96900-5761 / (14)

99639-7927


De 21 a 27 de julho de 2019

A VOZ DO VALE

CLASSIFICADÃO

Página 5

CASAS

Vendo casa Sendo 2 suites, copa/

coz. 45 m² . Bairro Vila Operária,

Rua Luiz Carlos Montebugnoli

Chain nº 304 com monitoramento

. R$ 75.000,00 (só o terreno vale

isso) obg.: da financiamento - tratar

com Arthur - Tel.: 997282877

Imovel residencial\itai-ref.223 -

Sendo 02 suites e 01 dormitório

mais edicula completa, vagas 02

Vendo Terreno Vivenda do

Solemar, 12 lotes na represa com

área total de 12.000mts valor de

R$ 240.000,00 - Estância Imóveis -

3733.2766

Ref.: 167: Jardim Europa I,

A/T 833m2 + 360m2 área verde,

valor de R$250.000,00 - Estância

carros, ótimo padrão de acabamento

e bairro com alto padrão

Tel.: 14-37612197-96218271-

98046319- creci:62650\sp

Casa na cidade, com 3 dormitórios

sendo 1 suíte, sala com 2 ambientes,

cozinha, banheiro social e garagem

para 2 carros. Edícula, com

1 quarto sala, cozinha, banheiro e

lavanderia. REF.740- Imobiliária

Avareense – 14 3732-4488.

Casa na cidade, com 5 suítes,

Imóveis - 3733.2766

Ref. 266: SP 255 próximo

ao Castelinho A/T 2947m2, R$

700.000,00 - Estância Imóveis -

3733.2766

Estância Parking, aluguel de

vagas para automóveis, na Rua

garagem para 2 carros, 2 sala,

cozinha, edícula com banheiro. –

R$660.000,00 - REF.471 – Imobiliária

Avareense – 14.3732-4488.

Casa na cidade, com 3 dorm,

sendo 1 suíte, sala, banh, copa-

-coz, lavanderia e garg p/ 1 carro.

REF.825 – Imobiliária Avareense

– 14 3732-4488.

Vendo ou troco casa no Bairro

Green Village - 315m² de construção,

com piscina e salão de

festas – Tel.: (14) 99679-5260

Goiás entre a Maranhão e a rua

Alagoas, somente mensalistas,

bem no centro da cidade, com toda

a infraestrutura necessária para

bem guardar seu carro, ambiente

filmado, com portão eletrônico, cobertura

para todos os carros e muito

mais. Valor R$ 350,00 por vaga

(ligue 99661.2766)

TERRENOS

Vende-se terreno no Costa

Azul I, proximo ao Camping – R$

60.000,00 – Tel.: 3731-1788 /

9.9645-9294

Terreno com 206,00m2 - próximo

ao conjunto habitacional do Plimec

- R$ 38.000,00. REF.846 – Imobiliária

Avareense – 14 3732-4488.

Lote na cidade, no bairro Jardim

Europa, com 402,00m2-

R$115.000,00 - REF.791– Imobiliária

Avareense – 14.3732-4488.

Lote na represa, com 752,50m2.

REF.849 – Imobiliária Avareense –

14.3732-4488.

Lote no Jardim Europa, com área

total de 420m2, com 12m2 de frente.

REF.778 – Imobiliária Avareense

– 14.3732-4488.

Vendo ou troco - Terreno no loteamento

Vereda do Sol, por terreno

na Brabância. Tratar: Lucia - tel.:

(14) 9.9800-3044

Porto Bello – Lote 6.000m² - próximo

a represa – R$ 240.000,00 –

aceito proposta – Tel.: 9.9788-8532

| 3731-0882

Loteamento Golf – vendo lote

900m² - R$ 45.000,00 – Tel.: 9.9788-

8532 | 3731-0882

Estribo – vendo lote 600m² - R$

45.000,00 – Tel.: 9.9788-8532 |

3731-0882

OUTROS

Vendo 608 metros de lenha

de eucalipto na pilha –

Tel.: (14) 99679-5260

Anuncie

Aqui!

Tel.: (14) 3733-6706

ÁREA RURAL

Chacara no Estribo com

1.580m2, casa com 3 dorm,

sendo 2 suites, varanda,

sla, coz, WC social - R$

350.000,00 – REF 856 –

Tel.: 14 3732-4488.

Pedágios ficarão mais caro

a partir de segunda-feira

Tarifas serão ajustadas em 1,11% a partir da 0h de segunda-feira, 29 de julho

A partir da 0h da próxima

segunda-feira, 29 de julho,

entrará em vigor uma

recomposição tarifária em

nove praças de pedágio da

CCR SPVias, sendo uma

delas em Avaré.

Essa recomposição

ocorre por decisão judicial

que revogou a determinação

da Agência de Transportes

do Estado de São

Paulo (Artesp) de aplicar,

no reajuste de 2014, índice

abaixo da variação do Índice

de Preços ao Consumidor

Amplo (IPCA).

Na época, a Agência

Reguladora autorizou reajuste

de 5,26%, quando

a variação do IPCA entre

junho de 2013 e maio de

2014 foi de 6,37%.

Com a decisão, será feita

a recomposição das tarifas

em 1,11% nas praças de pedágio

de Quadra, Itatinga,

Iaras, Avaré, Itararé, Buri,

Gramadão, Morro do Alto I

e Morro do Alto II. Em Avaré

o preço do pedágio passará

de R$ 7,40 para R$ 7,50, um

aumento de 10 centavos.

cOMunicAÇÃO De ABAnDOnO De eMPReGO

“ Esgotados nossos recursos de localização e tendo em vista

encontra-se em local não sabido, convidamos o Sr. ROMÁRIO DE

SOUZA DE SOUZA, portador da CTPS nº 70689, SÉRIE: 0053/PA, a

comparecer nas dependências da empresa NOVATA ENGENHARIA

LTDA, sito à Rua Jorge Chammas, 301 – Vila Mariana nesta Capital

de São Paulo, dentro do prazo de 72 horas a partir desta publicação,

sob pena de ficar rescindido, automaticamente o contrato de trabalho

nos termos da LETRA “ i ” do ART. 482 da CLT.”

Avaré, 20 de julho de 2019

OS MeLHOReS iMÓVeiS À VenDA

iMÓVeL cOMeRciAL – PONTO PRIVILEGIADO

– CONFLUÊNCIA DAS RUAS SANTA CATARINA

COM LINEU PRESTES – ÁREA TERRITORIAL

755,20 M2 – ÁREA CONSTRUÍDA 273,00 M2 -

BARRAcÃO- BAIRRO DO BRAZ II- AREA TERRI-

TORIAL 324 M2 – ÁREA CONSTRUÍDA 216,00 M2

– COM ESCRITÓRIO E SANITÁRIOS - TeRRenO

600 M2 – RUA RIO GRANDE DO SUL – EXCE-

LENTE FLUXO DE TRANSITO – 400 METROS DO

CENTRO ADMINISTRATIVO - APTOS COM DOIS

QUARTOS – SALA – COZINHA – BANHEIRO-

ÁREA DE SERVIÇO E GARAGEM – TREZENTOS

METROS DO LARGO SÃO JOÃO – PRÉDiO cO-

MeRciAL AVENIDA NOVA AVARÉ DESTINADO A

MOTEL – TRÊS cASAS CONSTRUÍDAS EM UM

MESMO TERRENO – RUA ACRE – 14/22- PRÉDiO

SiTuADO nA RuA eDuARDO VicenTini – TER-

RENO 850,00 M2 – GARAGEM PARA 4 CARROS

EM COBERTA E MAIS TRÊS SEM COBERTA.

QUATRO SUÍTES – SALA – SALA DE JANTAR –

COZINHA AMPLA – COPA - DISPENSA – ESPA-

ÇOSA ÁREA COBERTA COM CHURRASQUEIRA

E PISCINA - NÍVEL DE ACABAMENTO MÉDIO –

LOTe De TeRRenO – Chácara Santa Cecilia – Lote

17 – 354,77 m2 - BARRAcÃO – Rua Horácio Dias

Batista nº 375 com 84 m2 - SiTiO - 7,8 alqueires –

Ponte Alta - FAZenDA – próxima da Castelo Branco

– 60 alqueires – SiTiO – 10 alqueires – próximo

a rodovia João Mellão - 80.000,00 metros – Terras

de São José - cASA De ALTO PADRÃO – Green

Village - cHÁcARA BeiRA DA RePReSA

Alugo – Prédio a 50 metros do largo São João -

236,80 m2 – cHÁcARA 1,5 ALQUEIRES COM

CASA SEDE E COCHEIRAS – cHÁcARA ROYAL

PARQUE COM CASA SEDE E DE EMPREGADO.

Tel.: (14) 99747-7474


Página 6 A VOZ DO VALE De 21 a 27 de julho de 2019

Justiça nega seguimento de recursos e

vereadora poderá responder por quebra de decoro

Tribunal de Justiça negou o seguimento de recursos especial e extraordinário o que poderá complicar situação da vereadora Marialva Biazon no legislativo

Em decisão proferida

na quinta-feira, dia 25

de julho, o Tribunal de

Justiça do Estado de São

Paulo (TJ/SP) negou o seguimentos

de dois recursos

que foram impetrados

pela vereadora Marialva

Biazon contra a uma ação

em que ela foi condenada

a um ano de reclusão em

regime aberto.

Segundo apurado pelo

A Voz do Vale, mesmo

diante da condenação em

segunda instância, Marialva

não deverá perder

o mandato devido o caso

ter ocorrido quando ela

não estava como vereadora.

Porém, uma denúncia

poderá ser protocolada na

Comissão de Ética da Câmara

Municipal por quebra

de decoro parlamentar.

Informações dão conta

que adversários políticos

da vereadora já estariam

se articulando para tentar

cassar o mandato. Segundo

advogados ouvidos

pela reportagem, Marialva

terá dificuldades de se

candidatar nas eleições

municipais de 2020.

Porém, na condenação

em segunda instância, o

Juiz condena Marialva à

perda imediata da função

pública, ou seja, o caso

terá que ser melhor analisado

pelo departamento

jurídico do legislativo.

RECURSOS - No recurso

especial, Marialva

Biazon tentou impugnar a

decisão da 7ª Câmara de

Direito Criminal que acabou

admitiu parcialmente

um recurso e condenou

ela a um ano de reclusão,

pena essa revertida em

restrição de direitos.

Segundo o Desembargador

Fernando Torres

Garcia, presidente da Seção

de Direito Criminal

do TJ, “o recurso especial

foi interposto sem a fundamentação

necessária”.

EXTRAORDINÁ-

RIO – No recurso extraordinário,

Marialva Biazon

pretendia também a

impugnação da decisão.

Porém, o desembargador

destacou que “não estão

presentes os requisitos de

admissibilidade necessários

ao seguimento do

inconformismo”.

Ainda segundo o magistrado,

“o exame das

questões suscitadas demanda

o revolvimento de

fatos e provas, sendo aplicável

à hipótese a decisão

da Corte Suprema de que

não se revela cabível proceder,

em sede recursal extraordinária,

a indagações

de caráter eminentemente

probatório, especialmente

quando se busca discutir

elementos fáticos subjacentes

à causa penal”.

ENTENDA – Segundo

denúncia do Ministério

Público, entre 29 de abril

de 2013 e 1º de agosto do

mesmo ano, Marialva teria

cumulado os cargos de

Diretora da Saúde, no Município

de Itatinga, e de

Assistente Técnico, junto

à Secretaria do Meio Ambiente

do Estado de São

Paulo, em Avaré.

A defesa de Marialva

apresentou destacou ausência

de má-fé e “legalidade

da conduta dada à

compatibilidade de horários,

em tese autorizada

pelo Decreto 41.915/97 e

em razão do fato do cargo

de Diretora da Saúde não

ter horário fixo, o que torna

possível a cumulação”.

Porém, para o Juiz do

TJ, Wellington Barizon,

os documentos produzidos

no inquérito civil

e juntados aos autos

comprovam que houve a

cumulação de cargos.

Para o magistrado, Marialva

Biazon “cumulou ilicitamente

os cargos” e que

houve incompatibilidade

de horários, pois para o

cargo de Assistente na Secretaria

Estadual de Meio

Ambiente, possuía uma

carga horária semanal de

40 horas semanais ao passo

que o cargo de Diretora

de Saúde, por ser cargo

em comissão, demandava

dedicação integral, como

prevê a Lei Orgânica de

Itatinga, ou seja, Marialva

teria cumulado cargos.

INSATISFATÓRIA

– O Juiz destaca em sua

sentença que o serviço “foi

prestado de forma insatisfatória”,

pois segundo as

atas do Conselho Municipal

de Saúde de Itatinga,

ficou registrado a ausência

dela na condição de Diretora

da Saúde em duas

oportunidades, “prova máxima

de prejuízo”.

Para o Juiz, a atitude

de Marialva estaria na

contramão na mudança

que se deseja no país. O

magistrado afirmou ainda

que documentos comprovam

que Marialva Biazon

apresentou duas declarações

falsas, negando o

fato do cúmulo indevido:

“Não exerço cargo, emprego

ou função pública

nesta municipalidade ou

em qualquer dos Poderes

da União, dos Estados, do

Distrito Federal e de outros

Municípios em regime

de acúmulo, e nem percebo

proventos de aposentadoria

ocorrida na formo

dos artigos 40, 42 ou 142

da Constituição Federal”.

Portanto, segundo o

juiz, foi comprovado que

ela praticou o ato de improbidade

administrativa.

DIVERGÊNCIAS -

Na condenação, o magistrado

condena Marialva à

perda imediata da função

pública, ou seja, o caso

terá que ser melhor analisado

pelo departamento

jurídico do legislativo.

Ela também foi condenada

a perda de todo e

quaisquer bens ou valores

acrescidos “ilicitamente

com a prática do ato ao seu

patrimônio; ressarcimento

integral do dano causado

aos Cofres Públicos de Itatinga;

perda imediata da

função pública, se estiver

exercendo alguma a quando

do trânsito em julgado

desta sentença; suspensão

dos direitos políticos pelo

prazo de cinco anos e ao

pagamento de multa civil

de dez vezes o valor da

remuneração recebida por

Marialva no cargo de Diretor

de Saúde de Itatinga

à época do fato, alcançando,

portanto, a soma de

R$ 26.630,00, com correção

monetária e juros a

contar da sentença”.

Licitação para contratação de empresa para

gerenciar a 51ª Emapa será na segunda

A Prefeitura de Avaré

estará realizando na

segunda-feira, dia 29 de

julho, a Concorrência

Pública que visa à contratação

de empresa para

o para fornecimento de

estrutura, equipamentos,

materiais, mão-de-obra e

outros, com concessão do

direito de exploração da

51º edição da Exposição

Municipal Agropecuária

de Avaré (Emapa).

A festa será realizada

entre os dias 29 de novembro

a 8 de dezembro no

Parque de Exposições Dr.

Fernando Cruz Pimentel.

O valor inicial da licitação

para exploração

da festa parte de cerca de

R$ 1,1 milhão, valor esse,

ou maior dependendo de

quantas empresas participarão

do certame, terá

que ser depositado nos

cofres da Prefeitura em

três parcelas, sendo: 20%

até dia 27 de setembro,

30% até dia 31 de outubro

e a 3ª parcela de 50%

até dia 28 de novembro.

A empresa terá direito

de exploração comercial

na venda dos camarotes

ao valor máximo de até

R$ 4,5 mil cada, comercialização

do parque de

diversão, da praça de alimentação,

dos stands de

exposição, exceto máquinas

e implementos, comercialização

e exclusividade

na distribuição de bebidas

e de captação de todo e

qualquer patrocínio.

A vencedora da concorrência

ficará responsável

na locação e

montagem de toda a infraestrutura

do evento.

JUSTIFICATIVA –

Na justificativa, a Prefeitura

destaca que a festa “estimula

toda a cadeia produtiva do

turismo, do comércio, como

também proporciona lazer,

entretenimento e principalmente

o congraçamento de

todas as camadas socioeconômicas

de toda a região,

além do fomento ao Agronegócio,

comercialização

de animais e implementos

agrícolas e agropecuários”.

“Por esta razão, torna-

-se fundamental, a contratação

de atrações,

equipamentos e serviços

de qualidade, bem como

uma infraestrutura condizente

com as expectativas

do evento, proporcionando

qualidade nas

apresentações dos shows

dos artistas contratados,

segurança, precaução

para eventuais casos fortuitos,

como falta de energia,

permitindo assim, um

ambiente de diversão para

os munícipes e turistas que

prestigiarão o evento”.

SHOWS – A contratação

dos shows é de

responsabilidade da Prefeitura.

Até o momento,

três shows foram confirmados,

como: Simone e

Simária, Zé Neto e Cristiano

e Jorge e Mateus.

No edital de licitação

a Prefeitura apresenta 24

nomes para shows, como:

Fiduma e Jeca, Matheus e

Kauan, Kevinho, Bruno e

Barreto, Simone e Simaria,

Leonardo, Rio Negro e Solimões,

Bruno e Marrone,

Trio Parada Dura, Bruna

Viola, César e Paulinho,

Muitas dúvidas têm

surgido depois que o Estado

de São Paulo registrou

um aumento nos casos de

sarampo. Diante disso, a

Secretaria Municipal da

Saúde alerta que é importante

manter o esquema

vacinal completo e devidamente

registrado em caderneta

de vacinação.

A imunização geralmente

em feita em duas doses,

cujo intervalo varia de acordo

com idade. A Vigilância

Epidemiológica orienta

que, em caso de dúvidas, o

usuário deve procurar as salas

de vacina das seguintes

unidades: UBS Vera Cruz,

UBS Bonsucesso, UBS

Brabância, ESF VI “Flávio

Celso Negrão” e ESF VIII

“João Carvalho”.

O atendimento é feito

das 7h30 às 12h e das 13h

às 15h30. O morador deve

apresentar carteira de vacinação

e cartão do SUS.

Wesley Safadão, Raça

Negra, Anitta, Jorge e

Matheus, Gustavo Mioto,

César Menotti e Fabiano,

Hugo e Tiago, Aline Barros,

Maiara e Maraísa, Zé

Neto e Cristiano, Fernando

e Sorocaba, Edson e Hudson

e Nayara Azevedo.

Dos 24 shows, outros 8

serão contratados para se

apresentarem na 51ª Emapa.

Secretaria alerta sobre

vacinação contra o sarampo

O Sistema Único de

Saúde (SUS) disponibiliza

a vacina Tríplice Viral

– SCR, que protege para o

Sarampo, a Caxumba e a

Rubéola, e a Tetra Viral –

SCR-Varicela, que protege

contra o sarampo, a caxumba,

a rubéola e a varicela.

QUE DEVE SER VA-

CINADO – Devem ser

vacinados as pessoas que

tenham entre 1 e 59 anos

de idade e que nunca foram

vacinados; Pessoas de 1 ano

até 29 anos 11 meses e 29

dias devem ter duas doses

de vacina contra sarampo;

Pessoas de 30 anos até 59

anos 11 meses e 29 dias devem

ter uma dose de vacina

contra sarampo; e pessoas

acima de 60 anos somente

com cartinha médica.

Os sintomas do sarampo

são: Febre alta, acima

de 38,5°C; Dor de cabeça;

Manchas vermelhas, que

surgem primeiro no rosto

e atrás das orelhas, e,

em seguida, se espalham

pelo corpo; Tosse; Coriza;

Conjuntivite;entre outros.

A doença é altamente

contagiosa e sua transmissão

ocorre de forma direta,

por meio de secreções expelidas

ao tossir, espirrar,

falar ou respirar. O contágio

ocorre de quatro a seis dias

antes e até quatro dias após

o aparecimento do exantema

(erupções vermelhas na pele).

O período de maior transmissibilidade

ocorre dois dias

antes e dois dias após o início

do exantema. O vírus vacinal

não é transmissível.

O sarampo afeta, igualmente,

ambos os sexos. A

incidência, a evolução clínica

e a letalidade são influenciadas

pelas condições

socioeconômicas. nutricionais,

imunitárias e àquelas

que favorecem a aglomeração

em lugares públicos e

em pequenas residências.

O estado de São Paulo registrou

um aumento de cerca

303% (de 51 para 206) nos

casos da doença entre junho e

julho, de acordo com boletim

divulgado pela Secretaria Estadual

da Saúde.


De 21 a 27 de julho de 2019

A Voz do Vale

Página 7

UniFSP recebe curso do

Conselho Regional de Farmácia

O Centro Universitário

Sudoeste Paulista

– UniFSP recebeu, na

segunda-feira, dia 22 de

julho, o curso de Suplementação

Alimentar que

foi realizado pelo Conselho

Regional de Farmácia

do Estado de São Paulo

(CRF/SP) através da Seccional

de Avaré.

Ministrado pelo nutricionista,

César Baraldi

Gonella, o curso abordou

a história da suplementação

alimentar, partindo de

sua origem até os dias atuais.

O palestrante desmistificou

os possíveis tabus

criados sobre a suplementação

e orientando seu uso

de forma adequada.

O curso contou com

a presença de alunos do

Segundo informações

obtidas pelo A Voz do Vale,

um impasse na negociação

do terreno estaria adiando

a instalação da rede Burger

King, em Avaré.

Informações dão conta

que a primeira proposta

para utilização da área

não teria sido aceita pelos

representantes da rede de

hambúrgueres. O terreno

fica localizado na Avenida

Paulo Novaes, próximo

ao Pão de Açúcar, na

entrada da cidade.

Diante do impasse, o

proprietário da área teria

feito uma nova proposta

onde, em um período

de 5 ou até 9 anos, não

O curso foi ministrado pelo nutricionista, César Baraldi Gonella

curso de Farmácia da

UniFSP, além da professora

do curso, Mauren

Luciana Estevan, como

também profissionais da

classe Farmacêutica de

Avaré e Região.

Impasse na negociação por terreno

adia instalação do Burger King

haveria cobrança de aluguel,

sendo que a rede

Burger King iria investir

na construção do prédio.

Essa proposta foi encaminhada

nas últimas

semanas, porém os representantes

do Burger

King, até o momento, não

teriam se manifestado.

O anúncio oficial da

instalação da rede em

Avaré ocorreu no dia 8 de

janeiro de 2019. A expectativa

é que o Burger King

entraria em funcionamento

até junho deste ano, o que

não acabou ocorrendo.

REUNIÃO – Em dezembro

de 2018, o prefeito

Jô Silvestre recebeu os

representantes da empresa

para tratar de detalhes técnicos

relacionados a normas

locais e a aprovação

de projetos por parte da

Secretaria de Obras.

Logo após a reunião,

os diretores do Burger

King do Brasil fizeram as

adequações necessárias e

deram entrada no projeto

junto à Prefeitura que,

após análises, já emitiu o

Alvará para o início das

obras, que previa o início

das obras para maio, o que

não acabou ocorrendo.

Em setembro de 2018,

a rede de Fast Food, por

meio de empresas de recrutamento,

chegou a

anunciar a abertura do

cadastro de potenciais

funcionários. No entanto,

a ação foi suspensa por

conta de dificuldades na

documentação do proprietário

do imóvel onde

a rede se instalaria.

Os diretores de desenvolvimento

de novas unidades,

de licenciamento e

do setor de engenharia da

rede chegaram a confirmar

a instalação ao prefeito

municipal.

O Burger King Brasil

conta com cerca de 600

pontos de venda e aproximadamente

11.000 funcionários

em todos os estados

brasileiros.

Basquete de Avaré é destaque em Copa Sul-Americana

A equipe de basquete

masculino sub-14 da

Seme/Avaré/AABA conquistou

o sexto lugar na

Copa Sul-Americana,

que foi disputada no Clube

Espéria, em São Paulo,

na última semana.

Na decisão do quinto

lugar disputada no dia 19

de julho, os meninos de

Avaré foram derrotados

pelo time do Flamengo

(RJ) pelo placar de 44 a

38. Apesar da derrota, o

resultado final foi muito

comemorado por atletas,

comissão técnica, familiares,

amigos e apoiadores.

CAMPANHA – Avaré

estreou na competição

enfrentando a forte equipe

do Palmeiras. Os avareenses

acabaram sendo derrotados

por 54 a 52, ou seja,

por apenas dois pontos.

A equipe não se abalou

e venceu seus três confrontos

consecutivos. A

primeira vitória na competição

ocorreu contra o time

do Vizinhança (DF) pelo

placar de 59 a 44.

Já contra a equipe do

Internacional de Santos,

os avareenses venceram

pelo placar de 63 a 43. O

quarto confronto e a terceira

vitória no Sul-Americano

foi contra a forte

equipe do Flamengo (RJ).

Após um jogo equilibrado,

Avaré venceu pelo

placar de 46 a 37.

Com a vitória, os avareenses

se classificaram para

a segunda fase da competição,

onde enfrentaram

os dois principais times

da competição: Botafogo

(RJ) e o São Paulo.

Ambos os confrontos

ocorreram no dia 18 de

julho. Contra o Botafogo,

a Seme sentiu a sequencia

de jogos e acabou sendo

derrotada por 54 a 34. Já

contra o São Paulo, Avaré

até conseguiu fazer um

jogo equilibrado, empatando

o primeiro quarto

em 7 a 7. Porém, o time

não foi bem no último

quarto e acabou sendo

derrotado por 59 a 35.

Na decisão de 5º lugar,

Avaré voltou a enfrentar

o Flamengo. Apesar da

vitória na primeira fase,

os avareenses perderam

por 44 a 38, ficando com

a sexta colocação na serie

ouro do Sul-Americano.

“Na abertura da competição

a pergunta era: Avaré?

Um projeto desconhecido

por todos na capital,

mas mostramos a nossa

força, a força do basquete

avareense. Voltamos fortalecidos

com nossa cidade

nos esperando de braços

abertos, com o 6° lugar da

série ouro. Viemos com

um grupo forte, jogamos

de igual com os grandes

clubes do Basquetebol

Brasileiro de base”, destacou

o treinador Arthur Leandro,

o Polenta.

Polenta agradeceu ainda

aos apoiadores. “Tudo

foi maravilhoso. Tivemos,

além da Prefeitura Municipal,

através da Secretaria

de Esportes que nos

dá toda condição durante

todo ano de estarmos nas

principais competições

Regionais, pra este Sul-

-Americano, 11 patrocinadores,

entre eles a Faculdade

Eduvale. Nossos

agradecimentos por acreditar

em nosso Projeto”.

Um outdoor foi instalado

em frente à Eduvale,

divulgando o apoio ao basquete

de Avaré e homenageando

os atletas.

APOIO - A equipe conta

com o apoio da Faculdade

Eduvale, Secretaria de

Esportes, Einstein Pré-Vestibular,

Casa dos Colchões,

Restaurante Bifão, Mercado

Plimec, Escritório

Cenati, Alimentos Avaré,

Pousada Avaré, Padaria e

Confeitaria Ponto do Pão,

Academia Corpo e Saúde e

Maikon Piagentini.

INDICAÇÃO POPULAR VISANDO DEMOCRATIZAR

OS TRABALHOS LEGISLATIVOS -- [Sugestão n°1]

# PROPOSTA DA COMUNIDADE DO COSTA AZUL #

Ao Presidente Francisco Barreto de Monte Neto - “Barreto do

Mercado”(PT)

PREZADO PARLAMENTAR:

Dentro das iniciativas que Vossa Excelência prometeu tomar com

vistas modernizar; e democratizar com maior vigor; proporcionando

notada eficiência aos trabalhos legislativos --isso na mesma proporção

e real significado da ampliação (tempo cronometrado/dia) oferecido ao

munícipe que se inscreve quando ocupa a “Tribuna Livre” para se manifestar

antes das Sessões Ordinárias programadas; medida esta por

demais elogiada pelos avareenses--, vimos, em nome da Comunidade

do Balneário Costa Azul, SUGERIR A CRIAÇÃO DO REQUERIMEN-

TO POPULAR dentro dos seguintes critérios:

REGRA 1- CADA CIDADÃO pode apresentar para votação em Plenário

APENAS UM Requerimento de Iniciativa Popular por Reunião

Camarária Normal e o critério de escolha será o da ordem de protocolização;

no máximo, em número de 13 (Treze) por Sessão;

REGRA 1a- O REQUERIMENTO de Iniciativa Popular [representando

um bairro, uma comunidade, uma associação, ou até mesmo

quando o munícipe se expressar individualmente sobre assunto da

vontade daquela coletividade a qual integra, como um todo] DEVE,

NECESSARIAMENTE, passar pelo crivo da Mesa Diretora da Câmara

[ou Departamento Jurídico da Casa de Leis] antes de sua aceitação e

apontamento para apreciação em Plenário, particularmente quanto a

narrativa, sua finalidade [imprescindível ser em prol de benefício coletivo;

nunca de cunho pessoal e/ou unicamente político-partidário], bem

como sobre a clara legalidade do texto apresentado;

REGRA 2- Facultado também ao munícipe enviar, no máximo, o

esboço de UM Requerimento por mês endereçado a cada vereador

--caso sua cota máxima estabelecida de 5 (cinco) Requerimentos por

Reunião não tiver sido completada--; ainda considerando se o interesse

público está mesmo evidenciado; sendo que, a critério, o Legislador

pode considerar sua importância e desejo comum antes de torná-lo oficial

nos termos regimentais vigentes para apresentação em Plenário;

REGRA 3- Para se manifestar dentro das normas aqui delineadas,

o cidadão deve ser morador e eleitor no município, tudo dentro das

determinações legais estabelecidas pelo TRE - Tribunal Regional Eleitoral.

===================

ASSIM COLOCADO, VAMOS ÀS

SUGESTÕES DENTRO DAS REGRAS ENUNCIADAS:

REQUERIMENTO n°........../...... : PARA QUE SEJA OFICIADO ao

Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal Joselyr Benedito Costa Silvestre,

com vistas implantar, em caráter de Urgência/Urgentíssima

--nos moldes aqui sugeridos pelo esboço deste Projeto de Lei, parte

integrante da Propositura--, a SUBPREFEITURA DO BAIRRO COSTA

AZUL E ADJACÊNCIA, para que esta consiga atingir seu pleno funcionamento

à partir de 2020.

JUSTIFICAÇÃO: Ao apresentar este esboço de Projeto de Lei, visamos

dar nossa parcela de contribuição para que tenhamos uma Lei

prática e funcional e assim conquistar os benefícios oriundos de uma

SUBPREFEITURA realmente atuante e em condições de proporcionar

melhorias, progresso e o bem estar dos habitantes da área da Represa

de Jurumirim.

ADEMAIS, E EM SENDO ASSIM os Nobres Vereadores também

podem contribuir para o aperfeiçoamento da referida Lei, elaborando

suas Emendas e/ou Sugestões em forma de Indicação, as quais, com

certeza, serão de muita valia para a presente proposta, então oferecendo

maiores subsídios ao Executivo para formatar o texto final da

Proposta de IMPLANTAÇÃO DA SUBPREFEITURA ora requerida.

E PROSSIGO, DESTACANDO que a região da represa é vasta! Sua

área territorial, pelo tamanho, distância de Avaré e complexidade dos

serviços que necessita, exige da Prefeitura um “infinito” número de

atendimentos, ou melhor, pedidos de atendimento que “quase” sempre

não podem ser realizados; ora por falta de equipamentos, máquinas e

ferramentas, ora por falta mão-de-obra e/ou produtos adequados ou,

o pior dos argumentos alegados: “não temos Dotação Orçamentária”!

COM A SUBPREFEITURA instituída no Balneário do Costa Azul, que

deve passar a condição de Distrito da região da Represa de Jurumirim,

as arrecadações de impostos, taxas e serviços desta localidade

podem ser ali mesmo aplicadas. O bairro (futuro Distrito) Costa Azul e

bairros adjacentes estão crescendo dia-a-dia e os problemas aumentam

na mesma proporção.

SURGE DAÍ DAÍ A NECESSIDADE URGENTE da implantação da

Subprefeitura, exatamente nos moldes previstos na LOM - Lei Orgânica

Municipal em seu ARTIGO 73 onde consta que “A competência do

Subprefeito limitar-se-á ao Distrito para o qual foi nomeado.

§ ÚNICO - Aos Subprefeitos, como delegados do Executivo, compete:

I - cumprir e fazer cumprir, de acordo com as instruções recebidas do

Prefeito, as Leis, Resoluções, Regulamentos e demais atos do Prefeito

e da Câmara;

II - fiscalizar os serviços Distritais;

III - atender as reclamações das partes e encaminhá-las ao Prefeito,

quando se tratar de matéria estranha às suas atribuições ou quando

lhes for favorável à decisão proferida;

IV - indicar ao Prefeito as providências necessárias ao Distrito;

V - prestar contas ao Prefeito mensalmente ou quando lhe forem

solicitadas.

Art. 74 - (........).

Art. 75 - (........).

S. Sessões, ....... de ............... de 2019

====================

REQUERIMENTO n° ........./...... : PARA QUE SEJA OFICIADO ao

Secretário do Meio Ambiente Senhor Jildésio Borges; com anuência

do Senhor Prefeito da Estância Turística de Avaré Joselyr Benedito

Costa Silvestre; solicitando-lhe o pronto planejamento e a devida execução

do restante da arborização [desta feita só com árvores frutíferas

de pequeno/médio porte] das Ruas e Praças do Bairro Costa Azul I,

II e III, do Camping Municipal, por inteiro; inclusive às margens do

pesqueiro; bem como em toda a orla da praia do Costa Azul, nas proximidades

e extensão da cota 568, justo porque, unindo o útil ao agradável,

se estará oferecendo a proteção de sombras aos frequentadores

e cujas frutas também servirão de comida para os peixes, além dos

pássaros e animais que por ali circulam.

JUSTIFICAÇÃO: É comum nesta área (Costa Azul - Camping) ver

macaquinhos e tucanos destruindo ninhos, comendo ovos e filhotes

de pássaros por falta de frutas e/ou outro tipo de alimentação. Infelizmente

é a “Lei da Selva”; a cadeia alimentar para a sobrevivência das

espécies que não vai mudar; contudo podemos amenizar o problema,

dar nossa parcela de contribuição que a natureza deve agradecer.

VALE OBSERVAR que as mudas de árvores frutíferas à serem plantadas

podem ser formadas no viveiro Municipal/Horto Florestal ou solicitadas

junto a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de

São Paulo, localizada na Av. Anápolis, onde órgãos municipais podem

adquiri-las a custo zero.

ESCLARECENDO AINDA que, como árvore frutífera de pequeno/

médio-porte podemos sugerir o plantio da goiaba, ameixa, pinha, pitanga,

mamão, acerola, pêssego, amora, entre outros.

S.Sessões, ....... de ............. de 2019

de amigos e

colaboradores

TEXTOS INTERESSANTES Nº 039/2019

(por: Carlos Cam | E-mail: avozdarepresacam@gmail.com)

COLABORADORES DESTA PÁGINA:

BETO - Costa Azul Imóveis - (99707-9892) | PATRÍCIA - Mercadinho RPL/Quiosque

Bar e Lanchonete [Costa Azul] - (99763-1660) | EDY - Serviços Gerais - Pequenos

Reparos e Pinturas- [Instalador de Antena - Receptor Digital em Itai e região da Represa]

- (99753-2130) | MAURÍCIO - Depósito de Construção Costa Azul - (99889-3762) |

WALTER - Construção e Reforma - Serviços de Pedreiro, Encanador e Pintura em Geral

- (99878-5083) | WILLIAN - Ponto do Gás [Atendimento Provisório] - (99833-1660) | LUIZ

- Antenas em Geral - Telefonia - Câmera [Costa Azul e Região] - (99706-5969) | ONOFRE

- Panificadora e Mini Mercado JJM - [Costa Azul] - (3731-7568) | DANIELLE - Contrucci

Viagens e Turismo - Revendedora Autorizada CVC - (011- 4563-5666)


Página 8 A Voz do Vale De 21 a 27 de julho de 2019

Por 21 votos contra 1, PSDB decide que

possível filiação de Jô Silvestre não será aceita

Após rumores de uma

possível filiação do prefeito

Jô Silvestre (PTB) no

Partido da Social Democracia

Brasileira (PSDB),

o Diretório Municipal realizou,

na quinta-feira, dia

25 de julho, uma reunião

partidária extraordinária.

Segundo nota divulgada

na sexta-feira, dia 26,

o PSDB local afirma que

ficou determinado que o

partido, seguindo orientações

da executiva estadual,

terá candidatura própria

para prefeito e chapa completa

para vereadores.

A pedido do presidente

do PSDB de Avaré, vereador

Toninho da Lorsa e da

vereadora Marialva Biazon,

líder do partido na Câmara

Municipal, foi colocado em

discussão sobre uma possível

filiação do prefeito Jô

Silvestre na legenda.

“Diante do atual quadro

político em que fazemos

uma oposição responsável

ao atual governo desde o

início de nossos mandatos,

em que estamos sempre

reivindicando prioridades

diferentes daquelas do

prefeito, pois nossa meta

é trabalhar pensando no

bem-estar da população,

focados principalmente em

saúde e educação”.

Dos 22 membros do diretório

municipal, apenas

um votou a favor da filiação,

sendo a grande maioria

contrária. “Ficou então decidido

por 21 votos a 1, ou

seja, pela maioria absoluta

dos presentes, que continuaremos

no mesmo posicionamento

de oposição a este

governo e que a filiação do

atual prefeito não será aceita

pelo nosso diretório, fechando

assim esta questão”.

Na nota, Toninho da

Lorsa destaca ter certeza

que o “novo PSDB estadu-

al está alinhado com este

posicionamento, e que respeitará

a decisão da maioria,

fazendo valer a social

democracia estampada em

nossa legenda”.

DIVERGÊNCIAS – Na

última edição do A Voz do

Vale, o vereador Toninho

da Lorsa afirmou que caso o

prefeito se filiasse ao PSDB,

ele sairia do partido.

Segundo Toninho, algumas

pessoas ligadas à

política teriam divulgado

mentiras sobre uma

possível ida do prefeito

Jô Silvestre para o partido.

“Soltaram isso para

Exame não teria apontado lesões em

mulher que afirmou ter sido estuprada

Segundo informações

obtidas com exclusividade

pelo A Voz do Vale, exames

realizados na mulher

que afirma ter sido vítima

de estupro em Avaré, não

acusaram lesões. O caso

teria ocorrido no dia 23 de

junho e registrado um dia

depois, no dia 24 de junho.

O homem acusado do

estupro também foi ouvido.

Segundo sua versão, ele teria

saído com a mulher para

fazer um programa. O ho-

mem teria dito ainda que ele

não teria pago o valor inicialmente

acordado, o que

teria irritado a mulher.

Para o acusado de cometer

o estupro, ela teria ficado

brava pelo não pagamento

do valor integral do programa

e teria o denunciado.

Informações dão conta

ainda que, como não foram

constatadas lesões, o relatório

da Delegacia de Defesa

da Mulher (DDM), que investigou

o caso, teria dado

inconclusivo, já que é a palavra

de um contra o outro.

Segundo a versão da mulher,

de 36 anos, depois de visitar

o marido que está preso

no Centro de Ressocialização

de Avaré, teria sido abordada

por um homem na Avenida

João Manoel Fernandes, no

Bairro do Camargo.

Ele estava conduzindo

um Fiat Punto vermelho,

que portando uma arma de

fogo obrigou que ela entrasse

no carro.

Ainda segundo registrado

no boletim de

ocorrência, ele foi até as

proximidades da Fazenda

Palmeiras pela Rodovia

João Mellão (SP-255) e

entrou numa estrada de

terra, onde teria estuprado

a mulher.

Agora, o relatório final

deverá ser encaminhado

ao Ministério Público que

irá decidir se dá prosseguimento

a denúncia, ou

arquiva o caso.

Presidente do PSDB, vereador Toninho da Lorsa já

havia afirmado que não ficaria no mesmo partido

que Jô Silvestre

tentar desestabilizar o

PSDB. Criaram uma

mentira para gerar uma

confusão. Se o prefeito

entrasse por uma porta, eu

sairia pela outra”, disse.

Ainda segundo o vereador,

ambos não têm

o mesmo pensamento

e prioridades. “Nossos

pensamentos são muito

diferentes. Pra mim

o importante é a educação,

a saúde e a dele são

de festas. Não temos as

mesmas prioridades”.

More magazines by this user