Views
1 year ago

Síntese TFG I 2017

Síntese TFG I * 2017/1 Título: Acampamento de Férias Aluno: Amanda Cirulli Orientador: Paulo Teixeira proposta a proposta consiste em um projeto de uma chácara para acampamentos onde crianças (a partir de 6 anos) e adolescentes passem parte de suas férias e feriados se divertindo em uma vasta área de lazer longe da tecnologia. A escolha da localização envolve totalmente esse quesito, pois o local se encontra na área rural da cidade de Limeira - SP, longe da urbanização e em meio a vasta área verde. problematização A tecnologia tem invadido incontrolavelmente a vida das famílias hoje em dia. Aparelhos com acesso à internet têm sido utilizados por crianças cada vez mais novas e isso tem se tornado um hábito desde muito cedo. Esse costume trás diversos aspectos positivos, como a comunicação instantânea, o aprendizado, o acesso ao mundo todo e etc, mas trás também alguns pontos negativos, como o uso em excesso, que tem causado um problema chamado “isolamento social”, onde as pessoas deixam de fazer coisas da vida real, como sair com os amigos, por exemplo, para ficar com seus aparelhos eletrônicos, criando assim certas barreiras com a socialização física. O problema principal é que não existem muitos locais onde a tecnologia é deixada de lado e crianças e adolescentes podem aproveitar mais o convívio entre eles mesmos e “desentoxicar” das redes sociais através de atividades que envolvem totalmente o lazer em um lugar afastado da cidade. fundamentação teórica As ideias para esse projeto se fundamentalizam em diversos textos, teses, artigos e reportagens que falam sobre o uso excessivo da tecnologia pela considerada “Geração Z” e sobre a importância dos acampamentos de férias, que vem sido explorados desde a época dos índios norte americanos, nos Estados Unidos, onde a pratica se iniciou e continua existindo até os dias de hoje. De acordo com as pesquisas, não existem muitos materiais que exploram esse tema no Brasil, portanto os que estão disponíveis são bem explicativos e úteis para a formação de ideias. É importante destacar o nome de alguns autores que se aprofundaram sobre o tema e cooperaram para essas bibliografias: Rose mary jarocki, que compara em seu mestrado “a relação entre acampamentos educativos e o desenvolvimento das habilidade sociais”, antonio stoppa, que escreve sobre “lazer nos acampamentos de férias”, a abae (associação brasileira de acampamentos educativos) que disponibiliza em seu site informações sobre tudo que um acampamento necessita, renata laudares, que escreveu sobre “atividades recreativas em acampamento de férias” onde relata exemplos de diversas atividades que podem ser realizadas para divertir crianças e adolescentes, além de outros. LOCALIZAÇÃO O terreno escolhido para o trabalho está localizado na área rural da cidade de limeira-sp, no bairro dos Pires, próximo a via Martin Lutero e ao lado do Condomínio Pedra Branca. Sua área é de aproximadamente 34.500 m² e ele é composto por uma vasta área verde. O entorno se limita a chácaras de recreio e pesqueiros. fotos 1- Vista Geral do terreno 2- Vista Geral do terreno 3- Vista Geral do terreno 4- Vista Geral do entorno 5- Vista Geral do entorno 6- Vista Geral do entorno programa de necessidades são necessárias áreas que envolvam as seguintes atividades: dormir, descansar, relaxar, criar, desenhar, pintar, correr, pular, brincar, se exercitar, comer, plantar, colher, beber, gritar, dançar, se divertir, interagir, descobrir, sujar, escorregar, procurar, nadar, mergulhar, caminhar, etc... para isso será preciso de: área para os Dormitórios; Área para alimentação; área para estacionamento; área coberta para atividades; áreas diferenciadas e diversas para lazer; área para enfermaria; área verde e muito mais. referÊncias projetuais 1- chalés dos dormitórios do hotel fazenda vila da fonte. suzano-sp. 4- salão coberto da estância gospel. arujá -sp. intenções para o tfg ii bibliografia básica 2- piscinas e toboágua do Ecologic Park Acampamento. charqueada-sp. 5- dormitórios do acampamento nr 1. Sapucaí-Mirim-MG 7- vista geral do acampamento nr 1. Sapucaí-Mirim-MG Arquitetura UNIMEP 3- área de alimentação do Acampamento em Cabot Beach. malpeque-Canadá. 6- vista geral do acampamento nr 2. Sapucaí-Mirim-MG Projetar, através de todo o estudo realizado no tfg i, um local que fuja dos modelos das chácaras de acampamentos já existentes e que se diferencie dos padrões de lazer que as crianças e os adolescentes de hoje em dia estão acostumados, resgatando através da arquitetura valores de antigamente, como a importância do convívio entre as pessoas, a importância em estar em contato com a natureza e também brincadeiras que vem sido esquecidas com o tempo. FANTIN, Monica; RIVOLTELLA, Pier Cesare. Crianças na era digital: Desafios da comunicação e da educação. REU, Sorocaba, SP, v. 36, n. 1, p. 89-104, jun. 2010 MARCELLINO, Nelson. Estudos do lazer: uma introdução. 4ª Edição. Brasil: Autores Associados, 2006. 78 páginas. STOPPA, Edmur Antonio. Lazer nos acampamentos de férias: uma análise da ação dos animadores socioculturais. Volume 2. Belo Horizonte: 1999. 194 páginas. ROLIM, Liz Cintra. Educação e lazer: A aprendizagem permanente. 1ª edição. São Paulo: Ática,1989. Série Educação em ação. 118 páginas.

Síntese TFG I * 2017/1 Título: “HABITAÇÃO E QUALIDADE EM PIRACICABA: PROMOÇÃO PÚBLICA x PRIVADA” Aluno: Amanda Louvandini Novoletti R.A. 13.2231-2 Orientador: Raquel Regina Martini P. Barros Arquitetura UNIMEP FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA E INTENÇÕES GERAIS DO TFG Como intenções gerais,o trabalho visa propor e ilustrar com um estudo de caso específico, diretrizes e parâmetros de projeto que evidencie a habitabilidade e sustentabilidade de acordo com a NBR 15.575 vigente desde julho de 2013, atendendo as reais necessidades dos moradores de baixa e média renda, tanto de promoção pública como privada. Observa-se que o Governo Federal vem apoiando a cadeia produtiva da construção ao usar seu poder de compra para estimular a produção de unidades habitacionais-UHs para população de baixa renda e da infraestrutura necessária para suportar o crescimento econômico (ex.: Programa Minha Casa Minha Vida, Programa Brasil Maior), sob um enfoque quantitativo. Contudo, as questões socioambientais estão ganhando força como condicionantes para que empresas do setor possam atuar nesses programas. Essa pressão vem por meio de legislações ou por imposição de empresas públicas (ex.: BNDES, Caixa Econômica Federal). LOCALIZAÇÃO RESIDENCIAL ALTOS DO SÃO FRANCISCO - 800 UHs CONJUNTO HABITACIONAL JARDIM SANTA FÉ - 713 UHs N N RELEVÂNCIA DO TEMA E PROBLEMATIZAÇÃO Para que haja satisfação plena na residência pelos moradores, a funcionalidade habitacional junto ao conforto ambiental são itens primordiais nos dias de hoje. Como estudo de caso será estudado o Residencial Altos do São Francisco (promoção privada) e o conjunto habitacional Jardim Santa Fé (promoção pública). A cadeia produtiva da Construção tem um importante papel na promoção da sustentabilidade. Os impactos da construção ocorrem em cada um dos três pilares da sustentabilidade: ambiental, econômico e social, afetando a vida das pessoas. Destacam-se as frequentes modificações realizadas pelos moradores no decorrer do tempo tanto na promoção pública, quanto privada; O custo da moradia de promoção privada é mais elevado, no entanto a qualidade parece ser equivalente à de promoção pública. REFERÊNCIAS PROJETUAIS Bairro Ecod ( bairro “solar”) Schliberg, Alemanha, 2005 REFERÊNCIAS Tassafaronga Village Califórnia, 2010 BedZed Londres, 2002 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15.575 , Norma de Desempenho - Edifícios Habitacionais, 2013. ONO, Rosaria. Avaliação de Desempenho de Tecnologias Construtivas Inovadoreas. ANTAC, 2015. SILVA, N. L. Análise dos Parâmetros de Conforto Térmico em Habitações Populares de um Conjunto Habitacional.Dissertação (Mestrado nome faculdade) João Pessoa, 2015.