A SAGA DO JORNALISMO LIVRE - Koosb

koosb.com

A SAGA DO JORNALISMO LIVRE - Koosb

2008

Ele é o Animal

Irreverente e cativante, o artesão Andres Alfonso Salgado Cervante, conhecido

como Animal, já virou ícone da cidade de Cabo Frio. O Chileno de 50 anos, está há 23

na cidade, e passa os dias a vender brincos e pulseiras. Normalmente circula pela Praia

do Forte e redondezas. Mesmo não tendo acesso a internet, conta, orgulhoso, que

existem várias comunidades e vídeos registrando seus momentos. Quando tomado por

inspiração, declama belas poesias e conta passagens interessantes de sua vida. Sem

dúvida, uma belíssima figura, com um grande coração e espírito livre.

" Minha casa é de semente de pedra, mas cruzando a rua de asfalto chego ao meu

quintal.

Onde plantei muita semente. Mas, por causa da maresia e areia salgada, as sementes

não cresceram. Mas na época em que somos visitados, nosso quintal floresce com bela

flor que ilumina meu quintal. Teremos os pinhos, que tem nas flores nosso paraíso total.

Para ir no forte paraíso total."

"Cheguei aqui de carro, com amigos. Um dia eles foram embora."

"ANIMAAAAAAAAAAAALLLLLLLLLL"

2009

Esgoto a céu aberto causa transtornos em várias comunidades

Um problema sempre observado nas comunidades dos mais diversos municípios,

é o saneamento básico. De acordo com a Lei Nº 11.445, de 5 de Janeiro de 2007, que

estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico, todos deveriam ter acesso

ao "abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo dos

resíduos sólidos realizados de forma adequada à saúde pública e à proteção do meio

ambiente". Mas por que isso não acontece na prática? De acordo com companhias e

órgãos responsáveis por fazer cumprir tal lei, o crescimento descontrolado das

comunidades dificulta o trabalho de saneamento e abastecimento de água. Mas existem

comunidades muito antigas aonde o serviço nunca chegou, como é o caso da

comunidade Sítio da Aldeia, no Parque da Cidade, em Niterói. De acordo com o expresidente

da Associação de Moradores do Sítio da Aldeia, Eduardo Moreira de Souza,

as autoridades argumentam que não podem fazer infraestrutura em uma área de

preservação. "Eles dizem que se começar a colocar esgoto e luz isso aqui vai crescer, só

que não é interesse nosso que cresça. Somos uma família que habita aqui há muitos

anos." Conta Eduardo.

No Morro Boa Vista, onde alguns moradores dizem fazer parte do bairro

Fonseca e outros do bairro São Lourenço, também em Niterói, existem pontos críticos,

onde habitantes e animais convivem em contato direto com o esgoto. Situação bem

parecida no morro do Beltrão, em outro bairro de Niterói (Santa Rosa). Lá, várias

moradias têm o esgoto passando em suas portas. O contato é inevitável.

42

Similar magazines