Views
3 years ago

No pior desempenho do ano, empregos têm forte queda - O Paraná

No pior desempenho do ano, empregos têm forte queda - O Paraná

D6|OPR EDUCAÇÃO

D6|OPR EDUCAÇÃO Sexta-feira, 21 de setembro de 2012 educacao@oparana.com.br FAMIPAR Instituição participa de eventos cívicos Semana da Pátria foi marcada na faculdade por diversas atividades sobre a independência FOTOS: DIVULGAÇÃO Cascavel - De 3 a 6 de setembro o Cador (Centro Acadêmico Dom Oscar Romero) conduziu momentos de reflexão sobre a independência do Brasil, fazendo um resgate do patriotismo cantando o Hino Nacional e hasteando as bandeiras. A Famipar (Faculdade Missioneira do Paraná) participou também no dia 5 deste mês do 7º Concurso Universitário de Oratória promovido pelo Conselho Jovem Empreendedor da Acic (Associação Comercial e Industrial de Cascavel) que neste ano teve como tema “Cidadania: um instrumento contra a corrupção”, considerado de grande relevância no con- texto político atual. Participaram também outras instituições de ensino superior de Cascavel. O vencedor do concurso foi o estudante Adriano Lazarini Souza dos Santos, do 6º período do Curso de Bacharelado em Teologia. No dia 7 de setembro, acadêmicos, professores e colaboradores da Famipar participaram do desfile cívico de Sete de Setembro. Essas participações tiveram como objetivo despertar nos acadêmicos e participantes uma consciência cidadã e levá-los a contribuir para o crescimento de uma sociedade mais justa e fraterna. Faculdade marcou presença no desfile de Sete de Setembro O vencedor do concurso de oratória da Acic foi o estudante Adriano Lazarini de Souza dos Santos, que cursa Teologia SANTA MARIA Colégio trabalha conceitos de ecologia Estudantes criaram um boneco com meia- calça para desenvolver a atividade Cascavel - As professoras da educação infantil e as turmas iniciais do ensino fundamental do Colégio Santa Maria sempre organizam planejamentos dinâmicos contemplando os conhecimentos curriculares a partir de atividades lúdicas, interativas e com alto grau de significância social. Pensando nessa lógica que a professora Luciana Beatriz Ampessan Sartor está trabalhando os conceitos de ecologia com seus alunos do quarto nível da educação infantil, de forma bem diferenciada. A primeira parte do projeto consistiu em dialogar com os alunos sobre a germinação mostrando sua importância e das plantas dentro do contexto da vida do Planeta. Para demonstrar essa primeira ideia a professora propôs para os alunos a criação de um boneco ecológico feito com meia-calça, serragem, alpiste ou painço e terra. Depois de aproximadamente 20 dias as sementes estarão germinadas, quando as crianças passam a produzir e caracterizar o boneco, quando novos conceitos são agregados às experiências, como, por exemplo, a ética do cuidado, sumariamente necessária para os dias de hoje. Segundo a professora, o fato de cada aluno ter que produzir e cuidar do seu boneco e ele ser composto também de seres vivos, dá maior relevância à experiência. FOTOS: DIVULGAÇÃO Os alunos foram acompanhados pela professora Turma demonstrou empenho durante a atividade Sementes serão germinadas em boneco de pano

Sexta-feira, 21 de setembro de 2012 educacao@oparana.com.br ESI-AUXILIADORA Cascavel - Devido ao aumento do número de reserva de vagas para a educação infantil, o Colégio ESI-Auxiliadora está passando por uma fase de ampliação em sua estrutura. Para o próximo ano serão cinco novas salas com a capacidade para 15 alunos cada e todas equipadas com ar-condicionado. “A ventilação cruzada foi colocada como prioridade nesta reforma. Os móveis serão abertos para acesso ao OPR EDUCAÇÃO|D7 PATRIOTISMO Colégio amplia estrutura física Medida é devido ao aumento do número de reserva de vagas para a educação infantil Cascavel - Apenas quatro alunos de Cascavel se classificaram para a 3ª fase nacional da Olimpíada Brasileira de Física. Entre eles está o aluno do Colégio ESI-Auxiliadora Daniel Kummer, 9º ano. As provas serão realizadas no dia 6 de outubro, em Curitiba. “Foi algo surpreendente porque foi a primeira vez que fiz essa prova e eu não tinha parâmetro de como seria. E agora veio o resultado que me deixou muito contente, não só eu como a minha família e o colégio também”, Jogos ESI Promover a integração, o intercâmbio e a confraternização dos estudantes por meio da prática esportiva são objetivos da 7ª edição dos Jogos ESI. A abertura será na próxima sextafeira, às 20h30, no Colégio ESI-Auxiliadora de Cascavel. O evento é aberto ao público. A instituição receberá delegações do Colégio Santa Teresa (Ituiutaba – MG), Colégio Nossa Senhora de Belém (Guarapuava – PR), Colégio São José (Santo André – SP) e Escola São Carlos Borromeo (Curitiba – PR). Os atletas ESI disputarão nas modalidades de basquete, futsal, vôlei e xadrez até dia 30 deste mês. A 7ª edição dos Jogos ESI tem com finalidade promover atividades desportivas para os alunos, visando estimular a prática do esporte como instrumento para o seu desenvolvimento integral na sociedade. material didático, do tipo balcão com nicho, tendo ainda um abecedário personalizado, com cabideiro que criança poderá usar de forma divertida e informativa. As portas serão de material melaminico colorido, com visor para facilitar o acesso à sala de aula, sem interromper a concentração da turminha. Os banheiros foram demarcados nas portas com pastilhas de vidro nas cores rosa para o feminino e verde para o masculino”, Aluno se classifica para última fase nacional da Olimpíada de Física disse o aluno Daniel. O professor de física Antonio Luiz Fonseca, que acompanhou a 2ª fase ocorrida no dia 11 de agosto, na UTF/PR, em Medianeira, está muito contente com o resultado alcançado pelo aluno. “É um prazer muito gratificante quando você vê o seu trabalho se refletindo em outra pessoa. Porque isso é o resultado do estudo dele, do apoio que ele tem e também do colégio. Estamos vendo que o colégio está formando grandes cidadãos e o Daniel é um deles”, conclui. KAIRE SENA O professor de Física Antônio Luiz Fonseca com o aluno Daniel Kummer, classificado para a 3ª fase nacional da Olimpíada Brasileira de Física adianta alguns detalhes a arquiteta responsável pelo projeto, Maria Vanilde de Souza. Os corredores que levam às novas salas de aula possuem diferentes tipos de faixas, compondo paredes novas a cada ponto de vista. “Trabalhei as áreas de circulação de forma artística, com linhas suaves, usando cores e brincando com as pastilhas”, explica a arquiteta. Nova estrutura terá novidades Cascavel - O Colégio ESI- Auxiliadora recebeu recentemente o intercambiário Nathan Lionel Marshall, 18 anos, da cidade de Massena, Nova Iorque, Estados Unidos. O aluno veio por meio do Rotary Club Cascavel Integração e ficará estudando na cidade por um ano. Segundo ele, o ensino é diferente em relação ao seu país de origem. “Quase tudo é diferente. As aulas que iniciam às 7h e seguem até às 15h. O almoço é servido no colégio e todos os esportes são praticados no mesmo”, conta Nathan. O estudante escolheu o País devido ao fato de conhecer um brasileiro no Canadá que falou muito bem do Brasil. “Achei o português uma língua legal e queria aprender. No entanto, é a minha maior dificuldade”, revela Nathan. O estudante já conheceu algumas cidades de Minas Gerais com a família que está responsável por ele. O presidente do Rotary Club Cascavel Integração, Dario Duarte Vieira, avalia a importância do intercâmbio. “Prego que a diferença entre as pessoas está na maneira de pensa e agir. Essa prática faz com que o intercambiário leve a nossa cultura para onde ele estiver. Conhece as diversidades como a cultura do País, política, o idioma e vê as diferenças e não diferenças que existem”. Para a aluna Nattalia Todeschini Vieira, doano, que estuda na mesma turma, a experiência para ajudar na comunicação com os demais está sendo única. “Pratico inglês há quatro anos e é superdiferente falar com um americano cuja língua pátria é o inglês. Estou aperfeiçoando um pouco mais e tendo mais facilidade para falar fluentemente. Futuramente pretendo fazer intercâmbio”, conta Nattalia. KAIRE SENA Intercambiário na ESI – Auxiliadora FOTOS: KAIRE SENA Nathan Lionel Marshall, de Massena, Nova Iorque O intercambiário Nathan Lionel Marshall com as colegas de classe Nattalia Todeschini e Gabriela Destefano EXPLORANDO O JARDIM Os alunos do berçário 3 do Colégio ESI- Auxiliadora, conheceram e exploraram no jardim da escola as folhas e suas características. Após terem recolhido várias delas, encerraram a atividade utilizando-as como forma de registro na apostila.

Crise se agrava e exportações têm nova queda forte - O Paraná
Exportações têm o pior desempenho dos últimos anos - O Paraná
Emprego com carteira teve forte queda no mês passado - Jgn.com.br
Criação de emprego tem pior outubro em 3 anos - Jgn.com.br
depois de chuva, vem queda de temperatura, geada - Bem Paraná
Baixar edição - O Paraná
Baixar edição - O Paraná