18.04.2013 Views

Setembro - Cenibra

Setembro - Cenibra

Setembro - Cenibra

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Mala Direta<br />

Postal<br />

9912279551/2016 /DR/MG<br />

CENIBRA<br />

DEVOLUÇÃO<br />

GARANTIDA<br />

Jornal da cenibra<br />

N o 311 . Ano 27<br />

<strong>Setembro</strong> 2011<br />

Muitos moti vos<br />

para brindar!<br />

Empregados festejam 38<br />

anos da CENIBRA - pág. 6


EDITORIAL<br />

bodas de superação<br />

Toda grande história é construída a parti r de detalhes que para muitos podem parecer<br />

insignifi cantes. O esforço diário dos empregados em aprimorar os processos<br />

de forma a reduzir custos e ampliar os ganhos com os investi mentos foi fundamental<br />

para a CENIBRA consolidar os resultados de 2010 e enfrentar os desafi os<br />

do mercado mundial em 2011.<br />

Os momentos de confraternização referentes aos 38 anos da CENIBRA e homenagens<br />

aos empregados com 10, 20 e 30 anos de Empresa são oportunidades de comemorar<br />

o alto potencial dessa organização viva. Uma insti tuição com o foco em<br />

superar os desafi os e estabelecer padrões de um crescimento justo e sustentado.<br />

Para manter a posição de destaque como uma das maiores produtoras mundiais<br />

de celulose e referência de desenvolvimento para os municípios onde atua, é essencial<br />

o enraizamento dos valores da CENIBRA no relacionamento com todos os<br />

seus públicos.<br />

O progresso acontece quando há integração entre iniciati va privada, sociedade<br />

civil e poder público. Ele é resultado do equilíbrio entre os índices de qualidade<br />

de vida das comunidades, desenvolvimento econômico e a conservação da biodiversidade.<br />

Para alcançar o sucesso, os relacionamentos dependem essencialmente da confi<br />

ança mútua entre os envolvidos. A parti r dessa premissa, a CENIBRA reitera o<br />

compromisso de fazer o melhor para contribuir com a construção de um desenvolvimento<br />

integrado e contí nuo.<br />

EXPEDIENTE<br />

diretor-presidente<br />

Paulo Eduardo Rocha Brant<br />

diretor adMinistrativo e financeiro<br />

Naohiro Doi<br />

diretor industrial e tÉcnico<br />

Kenji Takashima<br />

diretor coMercial<br />

Satoshi Miyake<br />

coordenadora de coMunicação<br />

corporativa e relaçÕes institucionais<br />

Leida Hermsdorff Horst Gomes<br />

coMitê editorial<br />

Afonso Carlos dos Reis Fioravante<br />

Érica de Souza Pinheiro Costa<br />

Fernando Palha Leite<br />

Jacinto Moreira Lana<br />

José Roberto Gonçalves<br />

Marcelo Silva Coelho<br />

Yara Aparecida Furbino de Melo<br />

Paulo Eduardo Rocha Brant<br />

Diretor-Presidente<br />

proJeto GrÁfico e diaGraMação<br />

Café c/ Design<br />

Fotos | Arquivo<br />

Foto editorial | Paulo Sérgio Oliveira<br />

Fotos matéria destaque| Emanuel Messias de Lima<br />

- DigitalShow Produções<br />

Tiragem | 4.500 exemplares<br />

fale coM o fibra<br />

31 3829.5038<br />

comunicacaocorporati va@cenibra.com.br<br />

sede fÁbrica<br />

BR 381 | km 172 | Belo Oriente<br />

Minas Gerais | CEP 35196-972<br />

Telefone: 31 3829.5010<br />

Fax: 31 3829.5260<br />

belo horizonte<br />

Rua Bernardo Guimarães | 245 | 8º andar<br />

Bairro Funcionários | CEP 30140-080<br />

Telefone: 31 3235.4041<br />

Fax: 31 3235.4002<br />

NA FÁBRICA<br />

biorrefinarias<br />

uMa realidade para as indÚstrias de celulose<br />

Os combustí veis de origem fóssil têm se tornado a cada ano<br />

mais limitados, em parte devido à elevação na demanda<br />

energéti ca mundial. Fato que tem impulsionado pesquisas<br />

visando a obtenção de fontes alternati vas. Neste senti do,<br />

a biomassa deve ser destacada não só pelo seu caráter<br />

renovável e energéti co, más também pelo potencial que<br />

representa na obtenção de outros produtos de elevada<br />

aplicabilidade industrial.<br />

A uti lização da biomassa em um escopo mais amplo traz<br />

uma nova realidade para o agronegócio e para a indústria<br />

fl orestal. A transformação destas indústrias envolve, contudo,<br />

uma modifi cação em sua cadeia produti va adequando-a<br />

às novas necessidades. As plantas industriais devem<br />

ser construídas ou adaptadas em semelhança conceitual<br />

às refi narias de petróleo possibilitando, assim, o melhor<br />

aproveitamento de todos os consti tuintes da biomassa.<br />

Nesta nova abordagem, a indústria de celulose encontra-se<br />

em uma posição privilegiada com uma excelente oportunidade<br />

para maximizar a uti lização de sua matéria-prima,<br />

incrementar sua matriz energéti ca, obter novas oportunidades<br />

de negócio e se consolidar em um patamar de<br />

sustentabilidade ainda maior. Aliado a esta nova demanda<br />

podemos somar o crescente interesse tecnológico da uti -<br />

lização de derivados lignocelulósicos em materiais avançados<br />

como compósitos, nanocompósitos, biomateriais e<br />

arti gos de engenharia.<br />

Apesar das inúmeras possibilidades de uti lização dos consti<br />

tuintes da madeira, a indústria de celulose “tradicional”<br />

se benefi cia apenas das fi bras de celulose e da lignina que<br />

é uti lizada na geração de energia. Os processos foram<br />

RECURSOS HUMANOS<br />

oti mizados ao longo do tempo, entretanto podem ainda<br />

evoluir drasti camente para um novo contexto que leva as<br />

fábricas de celulose ao patamar de BIORREFINARIAS. Neste<br />

novo cenário, além da maximização do uso da biomassa,<br />

as fábricas passam a ser fornecedoras de subprodutos de<br />

elevado valor agregado.<br />

Dentre as possibilidades podem ser destacados incremento<br />

na geração de energia, biocombustí veis, biomateriais<br />

além dos materiais de elevada tecnologia como as fi bras<br />

de carbono e nanocristais de celulose que possuem uma<br />

infi nidade de aplicações. Contudo, o termo BIORREFINA-<br />

RIA deve ser uti lizado de forma singular para cada parque<br />

industrial, demandas globais e regionais. O escopo industrial<br />

de fábricas mais recentes não pode ser comparado<br />

às fábricas que já existem há 30 ou 40 anos uti lizando<br />

conceitos menos atuais, por exemplo.<br />

O 5° Colóquio Internacional de Celulose e Papel, evento<br />

realizado no início deste ano, abordou o tema com apresentações<br />

de pesquisadores e empresas de todo o mundo.<br />

O Engenheiro da área de Pesquisa e Desenvolvimento Industrial<br />

da CENIBRA Leonardo Caux parti cipou do evento<br />

como membro do comitê cientí fi co. Segundo ele, o evento<br />

foi uma excelente oportunidade para prospecção do futuro<br />

integrado entre a produção de celulose de mercado e<br />

as operações necessárias para BIORREFINARIA. Leonardo<br />

acrescenta ainda que esta não é uma realidade distante,<br />

visto o ritmo das pesquisas e o interesse do mercado. “A<br />

área de pesquisa da CENIBRA está atenta a estes novos desenvolvimentos<br />

e já trabalha em algumas possibilidades,<br />

principalmente na oti mização do consumo da biomassa”,<br />

comenta Leonardo.<br />

Medalha de ouro para o MÁster<br />

a eQuipe foi vencedora da fase reGional dos JoGos sesi<br />

A equipe de Futebol Sete Máster da CENIBRA, no últi mo dia<br />

04 de setembro, em Manhuaçu, sagrou-se campeã da fase<br />

Regional dos Jogos do SESI (Olimpíadas dos Trabalhadores).<br />

Nesta etapa, a equipe sobressaiu entre os adversários: Ferti<br />

lizantes Heringer (Manhuaçu), Sankyu (Timóteo), Baterias<br />

Tudor (GV) e Usiminas Mecânica (Ipati nga).<br />

Para chegar a esta regional o ti me também foi campeão da<br />

fase municipal em Ipati nga, em julho deste ano, na qual obteve<br />

100% de aproveitamento contra as equipes: Sankyu,<br />

Cemig, Usiminas Mecânica e Usiminas.<br />

A equipe é conduzida pelo treinador José Carlos e composta<br />

pelos atletas: Antonio Marcos, Helias de Araújo, Odivani Magalhães,<br />

João Bati sta, Deilson Anício, Willian Souza, Edimar<br />

Silva, Vagner Barros, Eli Marti ns, Amarildo Rosa, Renato E.<br />

Santo, Ronaldo Ribeiro, Adilson Abreu e Cristi ano Silveira.<br />

A próxima fase dos jogos do SESI acontecerá em Uberlândia,<br />

em outubro, e o ti me buscará a vitória na etapa mineira,<br />

acompanhado das vitoriosas meninas do Vôlei da CENIBRA,<br />

que também buscarão mais uma vez o campeonato mineiro<br />

da categoria.<br />

2 3


RECURSOS HUMANOS<br />

coMproMisso social<br />

Jovens aprendizes são efetivados na cenibra<br />

No mercado de trabalho, segundo especialistas, vivemos<br />

um momento de apagão de mão de obra, pela falta de profissionais<br />

qualificados para as demandas das empresas. E<br />

a falta de profissionais técnicos e especializados também<br />

repercute nas dificuldades de contratação. Por isso, empresas<br />

têm investido na qualificação e em programas de capacitação<br />

em parceria com escolas e universidades, visando<br />

obter resultados e o direcionamento de jovens para áreas<br />

que atendam as suas necessidades e exigências. A CENIBRA<br />

também dispõe de parcerias com escolas da região em seus<br />

processos seletivos por meio de programas como o Profissional<br />

do Futuro – Estágio CENIBRA e o Jovem Aprendiz.<br />

Neste semestre, além de várias efetivações proporcionadas<br />

pelo programa Profissional do Futuro, após a realização do<br />

período de estágio em atividades práticas na Empresa, foram<br />

contratados estudantes participantes do Programa Jovem<br />

Aprendiz.<br />

A CENIBRA realiza uma parceria com o SENAI e já realizou<br />

prática com estudantes nas áreas de Manutenção e Instalação<br />

Elétrica. Nas oportunidades surgidas, estes profissionais<br />

qualificados foram considerados e, após as etapas de seleção<br />

e avaliação dos resultados da prática na Empresa, selecionados<br />

para fazerem parte de seu quadro de empregados.<br />

Ilgner Douglas Martins participou do Programa Jovem Aprendiz<br />

em 2008, e em 2010 também ingressou no Programa<br />

Profissional do Futuro, após realização do curso técnico<br />

em eletrotécnica. Para ele, iniciativas como essa servem de<br />

exemplo. “Quero aproveitar essa oportunidade para crescer<br />

profissionalmente. A iniciativa da Empresa em realizar esses<br />

projetos é excelente”, finaliza.<br />

carreira profissional<br />

“Recentemente, estamos recebendo mais jovens qualificados<br />

para realizarem a prática na Empresa dentro da proposta<br />

do Programa Jovem Aprendiz, diversificando para outras<br />

áreas além da área elétrica, como: Manutenção Mecânica,<br />

Usinagem Mecânica e Processos Administrativos. Jovens<br />

residentes na região, principalmente do município de Belo<br />

Oriente, uma parceria envolvendo também a prefeitura local.<br />

Esta iniciativa faz parte do compromisso social e na busca pela<br />

seleção e retenção de talentos para o crescimento contínuo<br />

da Empresa e no enfrentamento das dificuldades do mercado<br />

de trabalho” destaca a Analista de Recursos Humanos Lidiane<br />

Mendes Nazareno.<br />

Quero aproveitar<br />

essa oportunidade<br />

para crescer<br />

profissionalmente. A<br />

iniciativa da Empresa<br />

em realizar esses<br />

projetos é excelente.<br />

distinção Melhores no brasil<br />

Gestão de pessoas e neGócio para a sustentabilidade<br />

A CENIBRA mais uma vez é reconhecida pelos seus resultados,<br />

desta vez em Gestão de Pessoas e Negócios para<br />

a Sustentabilidade.<br />

Com mais de 16 anos de experiência e tradição, a Sextante<br />

Brasil, empresa responsável pela Pesquisa Brasileira em<br />

Gestão de Pessoas e Negócios para a Sustentabilidade,<br />

atua com pioneirismo no Brasil em pesquisas e processos<br />

de benchmarking, por meio de indicadores de performance.<br />

Em 2007, a empresa criou o Selo Distinção Melhores<br />

no Brasil – Gestão de Pessoas e Negócios para a Sustentabilidade<br />

com o objetivo de diferenciar as melhores<br />

empresas na realidade brasileira. Dentro dessa realidade<br />

a CENIBRA foi indicada para receber o selo referente ao<br />

ano de 2010.<br />

A indicação para receber esse selo posiciona a CENIBRA<br />

entre aquelas que apresentaram os melhores resultados<br />

na Pesquisa Brasileira em Gestão de Pessoas e Negócios<br />

para a Sustentabilidade nos seguintes temas: Geração de<br />

Valor para o Negócio; Saúde e Segurança do Trabalho; Formação,<br />

Educação e Aprendizagem; Atração, Contratação<br />

e Retenção; Relações Trabalhistas; Equidade de Distribuição<br />

de Renda Interna; e Área de RH. As empresas participantes<br />

da Pesquisa precisaram atingir, necessariamente,<br />

o mínimo de 70% dos critérios avaliados dentro destes<br />

temas, sendo estes avaliados em aproximadamente 25<br />

indicadores específicos.<br />

De acordo com a Analista de Recursos Humanos Mônica<br />

Ferraz Moreira, a pesquisa possibilita às empresas conhecimento<br />

sobre indicadores que facilitam na tomada<br />

de decisões sobre trabalho, sobre o desempenho do ati-<br />

vo humano e dos negócios, com dados comparativos ao<br />

mercado em geral e ao mercado específico de Papel e<br />

Celulose. “Ser indicada para obtenção do Selo Distinção<br />

Melhores no Brasil demonstra as boas práticas adotadas<br />

pela Empresa no que se refere à Gestão do Capital Humano”,<br />

comenta.<br />

A CENIBRA passará, no segundo semestre de 2011, pela<br />

fase de auditoria visando obter o Selo e o troféu de Distinta,<br />

pela Sextante Brasil. Fase esta que o Departamento de<br />

Recursos Humanos enxerga com tranquilidade, uma vez<br />

que as informações são transparentes e estão de forma<br />

clara e precisa.<br />

CENIBRA: melhores resultados em Gestão de Pessoas e<br />

Negócios para Sustentabilidade<br />

4 5


10<br />

20 30<br />

10 30<br />

20 30<br />

20 30<br />

20 30<br />

DESTAQUE<br />

Merecidas coMeMoraçÕes<br />

eM cliMa de festa, eMpreGados coMeMoraM 38 anos da cenibra<br />

Há 38 anos, a essência singular da união entre dois povos,<br />

com etnias e tradições disti ntas, fortaleceu potencialidades<br />

e consolidou um dos maiores e mais bem-sucedidos<br />

investi mentos japoneses no Brasil. Nascia a CENIBRA. Para<br />

comemorar esse momento, a Empresa reuniu e homenageou<br />

os empregados em uma grande confraternização no<br />

Clube Morro do Pilar, em Ipati nga.<br />

Os empregados que completaram 10, 20 e 30 anos de Empresa,<br />

acompanhados de seus familiares, receberam placas<br />

e relógios comemorati vos. Os que completaram 30 anos de<br />

dedicação à Empresa foram premiados com uma merecida<br />

viagem com acompanhante para a Europa. Ao som da<br />

Banda San Remo todos se diverti ram com um repertório<br />

ecléti co e balançante.<br />

Ainda para marcar as comemorações, na Associação<br />

Atléti ca CENIBRA foi servido um almoço para todos os<br />

empregados da Fábrica e Florestal. Muitas comemorações<br />

foram realizadas, mas não podia ser diferente. Neste<br />

ano, a CENIBRA recebeu o prêmio de Melhor Empresa<br />

do Setor de Papel e Celulose, realizado anualmente pela<br />

revista Exame.<br />

Além disso, o trabalho inti tulado “Case CENIBRA: Gestão<br />

de Pessoas – Avaliação de Desempenho 360°” foi apresentado<br />

no 25º Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento<br />

(CBTD), maior congresso de treinamento e<br />

desenvolvimento da América Lati na e um dos maiores do<br />

mundo. Assim também aconteceu com o Projeto Mestre de<br />

Serviços, que foi apresentado no maior e mais respeitado<br />

evento de negócios e TI da América Lati na, o SAP Forum<br />

2011.<br />

Outro destaque foi para o Laboratório de Meio Ambiente<br />

da CENIBRA, que recebeu o Certi fi cado de Homologação<br />

pela Rede Metrológica de Minas Gerais (RMMG). Isso tudo,<br />

além de vários outros projetos de sucesso da Empresa que<br />

se destacaram durante este ano.<br />

Com 30 anos de dedicação à Empresa, o Supervisor de<br />

Manutenção Marcos Machado recebeu a homenagem da<br />

CENIBRA e falou sobre o reconhecimento de seu trabalho<br />

e de seus companheiros. “São poucas as pessoas que têm a<br />

oportunidade que ti ve hoje de ser reconhecido pelos anos<br />

de dedicação e pela contribuição que dei durante estas<br />

três décadas. Trabalhar na CENIBRA me trouxe tranquilidade<br />

para consti tuir minha família e prosperar. Só tenho a<br />

agradecer”, pontuou.<br />

Para a Técnica Administrati va Sênior Elena Maria de Faria,<br />

que completou 20 anos de dedicação à CENIBRA, a homenagem<br />

é mais um dos diversos incenti vos que a Empresa<br />

proporciona aos seus empregados. “É muito grati fi cante<br />

O homenageado Marcos Machado e família<br />

Elena Faria também ganhou destaque na noite festi va<br />

O empregado Amarildo Cirilo aproveitou a noite de homenagens<br />

ao lado de sua esposa<br />

6 7


participar de uma festa tão importante. São 38 anos de<br />

crescimento coletivo e a comemoração não poderia ser<br />

diferente. Sinto-me orgulhosa de participar durante todos<br />

estes anos dessa grande família que formamos aqui.<br />

Parabéns à CENIBRA e a todos os meus companheiros de<br />

trabalho”, disse.<br />

O Especialista em Segurança da Informação Amarildo<br />

Cirilo completou 10 anos de dedicação à Empresa e disse<br />

que a comemoração foi um momento de reconhecimento<br />

e dedicação ao profissionalismo dos empregados da<br />

CENIBRA. “Homenagear quem trabalha e se dedica há<br />

tantos anos na Empresa é um diferencial que poucas<br />

empresas têm atualmente. Isso demonstra o respeito,<br />

a honestidade e a transparência da CENIBRA com seus<br />

empregados. Hoje me senti reconhecido e feliz por participar<br />

desta festa maravilhosa”, finalizou.<br />

Momentos de descontração entre os empregados e familiares<br />

A CENIBRA trabalha<br />

para ser agente<br />

de transformação<br />

socioeconômica<br />

e exemplo de<br />

conservação ambiental,<br />

proporcionando<br />

qualidade de vida para<br />

os empregados.<br />

Paulo Eduardo Rocha Brant<br />

Diretor-Presidente<br />

A recepção musical ficou por conta da Banda Sax & Cia A noite foi de muito som e performances com a Banda San Remo<br />

Até mesmo as crianças entraram em rítmo de comemoração<br />

A alegria tomou conta dos homenageados durante as comemorações que marcaram os 38 anos da Empresa<br />

Casais aproveitaram a festa dançando e se divertindo com entusiasmo<br />

8 9


Almoço de confraternização para os empregados da Fábrica e Florestal<br />

A Banda Chevette Hatch relembrou rítmos dos anos 80 animando a todos<br />

“O almoço de confraternização da<br />

nossa empresa foi um momento muito<br />

importante. Com muita alegria comemoramos<br />

as vitórias conquistadas<br />

pela CENIBRA e por nós empregados.<br />

Há pouco tempo faço parte dessa equipe<br />

e, através da confraternização, tive<br />

a oportunidade de conhecer melhor<br />

meus companheiros e de me sentir reconhecida<br />

pelo trabalho que executo.<br />

Sinto-me orgulhosa em fazer parte da<br />

equipe CENIBRA. Empresa que se preocupa<br />

com o bem-estar de todos e do<br />

meio ambiente, afinal são 38 anos de<br />

muito sucesso!”, afirmou a Analista de<br />

Sistemas Josiane Drumond.<br />

MEIO AMBIENTE<br />

ação socioaMbiental<br />

ibio apresenta Gestão inteGrada de território para corpo Gerencial<br />

Os representantes do Instituto BioAtlântica (IBio) visitaram<br />

a CENIBRA em agosto e participaram de reunião<br />

com a Diretoria e corpo gerencial da Empresa. Na ocasião,<br />

estiveram presentes o Senhor Eliezer Batista da Silva e a<br />

Doutora Inguelore Scheunemann, pesquisadora associada<br />

do Instituto BioAtlântica.<br />

A reunião contou com palestras dos representantes do<br />

Instituto BioAtlântica, quando Eliezer explanou sobre as<br />

perspectivas para o setor de florestas plantadas e a Dra Inguelore<br />

abordou o tema “Gestão Integrada de Território”.<br />

Durante a palestra, Inguelore ressaltou que “a diversidade<br />

cultural e as diferenças são ferramentas necessárias para<br />

a transformação da realidade social. A evolução humana<br />

acontece quando há uma gestão inclusiva do território”,<br />

declarou.<br />

Notável personagem do mundo corporativo, tendo sido<br />

presidente da Vale e também ministro das Minas e Energia,<br />

Eliezer atualmente é Consultor Empresarial, além de<br />

ser conselheiro e um dos idealizadores do IBio.<br />

parceria<br />

Em março deste ano, o Instituto BioAtlântica (IBio) e a CE-<br />

NIBRA assinaram um acordo que prevê iniciativas inéditas<br />

para a integração econômica e socioambiental de seu empreendimento.<br />

A parceria envolve a adesão da Empresa ao<br />

corpo de associadas do instituto, e além de colaborar para a<br />

manutenção institucional do IBio, a CENIBRA desenvolverá<br />

em conjunto com o Instituto BioAtlântica, na região em<br />

que atua, um projeto de Gestão Integrada do Território.<br />

No escopo do projeto serão identificadas diretrizes e ações<br />

para aplicação no entorno fabril e nas áreas florestais da<br />

Empresa, sendo que a companhia investirá no diagnóstico,<br />

planejamento e articulação de ações para otimizar os<br />

esforços humanos e financeiros a serem investidos pela<br />

Empresa nesta ação socioambiental.<br />

Eliezer Batista da Silva - Representante do Instituto BioAtlântica<br />

10 11


MEIO AMBIENTE<br />

certificaçÕes fsc e cerflor<br />

cenibra passa por Mais uM ciclo de auditorias<br />

Após a recerti fi cação pelos padrões do FSC e do CERFLOR<br />

em 2010, a CENIBRA passou, entre os dias 22 e 26 de agosto<br />

de 2011, pelo primeiro ciclo de auditorias de manutenção<br />

de seus certi fi cados. Em razão de uma troca de enti dades<br />

certi fi cadoras no início de 2011, sendo que agora a Bureau<br />

Veritas Certi fi cati on (BVC) é a responsável pela condução<br />

dos trabalhos, houve uma alteração no tradicional calendário<br />

de auditorias anuais de manutenção, que ocorriam<br />

geralmente entre os meses de abril e maio.<br />

De acordo com o Gerente do Departamento de Meio Ambiente<br />

e Qualidade, Sandro Morais, as auditorias ocorreram<br />

num clima de normalidade e tranquilidade, fruto do<br />

alto nível de gestão e de performance operacional alcançado<br />

pela empresa, além do empenho das equipes na condução<br />

dos planos de ação elaborados para a tratati va dos<br />

desvios registrados durante a auditoria de transferência<br />

entre certi fi cadoras, ocorrida em março últi mo.<br />

Ainda de acordo com Sandro Morais, por se tratar de um<br />

momento em que novos atores parti ciparam do processo,<br />

“existi u todo um trabalho de preparação e apresentação da<br />

Empresa à nova equipe auditora, composta por 5 auditores<br />

e um observador, em adição aos já roti neiros trabalhos de<br />

visita às áreas e apresentação do manejo fl orestal conduzido<br />

pela Empresa”, conta.<br />

O reconhecimento dessas boas práti cas de manejo fl orestal<br />

possibilita à CENIBRA demonstrar para a sociedade,<br />

clientes, acionistas, empregados e outras partes interessadas,<br />

que a sustentabilidade do empreendimento está<br />

garanti da.<br />

Isso se traduziu no fato de a Empresa ter sido eleita como<br />

a melhor do setor de papel e celulose, em 2010, por uma<br />

conceituada revista de circulação nacional, o que indica<br />

que está preparada para conti nuar a oferecer um produto<br />

de elevado valor agregado, com níveis de qualidade que a<br />

destacam no mercado internacional.<br />

A qualidade da gestão na CENIBRA é destaque, sobretudo<br />

porque trata as questões sociais e ambientais como valores<br />

intrínsecos ao seu processo, e não meramente como<br />

itens de atendimento à legislação ou demandas de alguns<br />

setores da sociedade.<br />

Qualidade de gestão e valores ambientais servem como<br />

princípios para o negócio CENIBRA<br />

SEGURANÇA<br />

norMa ohsas 18001:2007<br />

atividades cuMpridas no departaMento de fabricação<br />

Daniel Silva é responsável por conduzir os trabalhos de<br />

implantação da Norma no Departamento de Fabricação<br />

No Departamento de Fabricação, o processo de elaboração<br />

e consolidação das planilhas de perigos e riscos, inerentes<br />

a cada ati vidade, foi concluído com sucesso.<br />

Resultado da efeti va parti cipação dos multi plicadores e<br />

empregados envolvidos em todos os trabalhos.<br />

“Atualmente, estamos realizando a migração das planilhas<br />

de perigos e riscos para o sistema de gestão adquirido pela<br />

CENIBRA, que após conclusão serão divulgadas na Empresa<br />

e estarão disponíveis para consulta dos empregados”,<br />

explica o Especialista Daniel Silva da Costa, responsável<br />

por conduzir os trabalhos nas coordenações do DEFAB.<br />

Segundo Daniel, foram realizadas no mês de agosto reuniões<br />

com os facilitadores das Empresas Prestadoras de<br />

Serviço (EPS) de sua responsabilidade, para avaliação do<br />

andamento das ati vidades constantes no cronograma de<br />

implantação da Norma OHSAS 18001, auxiliá-los esclarecendo<br />

dúvidas e sugerindo melhorias.<br />

Ainda segundo Daniel, a divulgação do mapeamento de<br />

perigos e riscos auxilia todos os empregados do Departamento,<br />

bem como as EPS que possuem trabalhadores<br />

desenvolvendo as ati vidades nas mesmas áreas.<br />

Todas as etapas necessárias à implantação da Norma<br />

OHSAS 18001 são validadas pelo consultor externo que<br />

realiza visitas periódicas para acompanhamento do processo.<br />

Para a próxima visita do consultor, Daniel conta que<br />

a expectati va é realizar a auditoria das ati vidades executadas<br />

até o momento para consolidação do andamento<br />

do projeto.<br />

responsabilidade social<br />

O conjunto de iniciati vas da Norma, formalizado por meio<br />

de políti cas, programas, procedimentos e processos de<br />

negócio da organização, serve para auxiliar a Empresa e as<br />

demais partes interessadas no cumprimento das exigências<br />

legais e na condução de suas ati vidades com éti ca e<br />

responsabilidade social.<br />

Atualmente,<br />

estamos realizando<br />

a migração das<br />

planilhas de perigos e<br />

riscos para o sistema<br />

de gestão adquirido<br />

pela CENIBRA, que<br />

após conclusão<br />

serão divulgadas<br />

na Empresa e<br />

estarão disponíveis<br />

para consulta dos<br />

empregados.<br />

12 13


PORTOCEL<br />

solidariedade<br />

abeca realiza caMpanha de inverno<br />

Trabalhar com segurança é condição fundamental para<br />

a garantia de performances cada vez mais eficientes de<br />

produtividade em qualquer empresa. Além disso, uma<br />

vez que executamos atividades com segurança, estamos<br />

preservando o que temos de mais valioso: a saúde física<br />

e mental. Assim acontece em Portocel, que completa um<br />

ano sem ocorrência de acidentes de trabalho com perda<br />

de tempo.<br />

Além de contar com uma Comissão Interna de Prevenção<br />

de Acidentes (CIPA) atuante, em Portocel, várias medidas<br />

de segurança são adotadas, tais como: vistorias periódicas<br />

nas áreas; implantação da Observação de Risco no Trabalho<br />

(ORT); intensificação nas comunicações de riscos; Diálogos<br />

Diretos de Segurança (DDS) com os empregados; análise e<br />

Um clima de amizade, com direito a brincadeiras, risadas<br />

e muita alegria tomou conta do horário de almoço entre<br />

os empregados em Portocel. O motivo foram os jogos do<br />

campeonato de futebol society, que, além, de socializar e<br />

integrar ainda mais os empregados, renderam bons momentos<br />

de descontração.<br />

Os jogos tiveram início em agosto, no Ginásio da Arca,<br />

em Aracruz, e contaram com a participação de seis times,<br />

sendo cinco formados por empregados da operação e um<br />

do administrativo.<br />

Os seis times foram divididos em turma A, B, C, D, E e Administrativo.<br />

Empolgação e criatividade não faltaram na<br />

hora de criar os nomes para as equipes: Jabuti do Mato,<br />

Portocel Ativos B, Turma C, Turma DFC, Turma E e ADM que<br />

acabou sendo batizado pela torcida de Vagalume Esporte<br />

Clube, devido à cor do uniforme.<br />

investigações dos incidentes (quase acidente); treinamentos<br />

e correções das condições inseguras.<br />

caMpeonato de futebol society<br />

De acordo com o Presidente da CIPA, Knapp Gusmão, muito<br />

se deve ao comprometimento de todos os empregados e<br />

provedores, bem como o respeito às normas e à política de<br />

segurança do trabalho existente e ao envolvimento direto<br />

de todas as lideranças. “Temos um ótimo nível de comprometimento<br />

com a segurança. Todos estão atentos às<br />

normas de segurança e aos riscos de acidentes e incidentes<br />

e utilizam os equipamentos de segurança (EPI). Além disto,<br />

a empresa também não mede esforços para propiciar um<br />

ambiente seguro para os seus empregados e prestadores<br />

de serviços. Este resultado mostra que todos estão ativos<br />

em prol da segurança”, destaca.<br />

Empregados recebem orientações sobre segurança Corpo de Bombeiros ativo e participante no quesito segurança<br />

os JoGos renderaM uM cliMa de descontração entre os eMpreGados<br />

Parte das equipes do campeonato de futebol society em Portocel<br />

TECNOLOGIA<br />

eficiência<br />

cenibra iMplanta portal da parada Geral<br />

Uma parceria entre o Departamento Técnico e de Manutenção<br />

e o Departamento de Tecnologia da Informação<br />

possibilitou a implantação do projeto Portal da Parada<br />

Geral, uma ferramenta desenvolvida utilizando o aplicativo<br />

SharePoint Foundation 2010 da Microsoft com o objetivo<br />

principal de centralizar e controlar todas as informações<br />

relativas aos processos da Parada Geral, de fácil acesso e<br />

melhor organização.<br />

De acordo o Engenheiro Marcelo Augusto Ferreira, um dos<br />

idealizadores e representante do Departamento de Manutenção<br />

no projeto, a Parada Geral da fábrica para manutenção<br />

é um dos processos mais críticos da Empresa, no qual<br />

se busca garantir a disponibilidade dos equipamentos para<br />

a produção, com menor custo, qualidade e segurança. Praticamente<br />

toda a Empresa está envolvida na Parada Geral,<br />

o que exige um grande esforço na fase de planejamento e<br />

execução, quando são geradas inúmeras informações que<br />

no Portal estão acessíveis de forma organizada e em um<br />

ambiente familiarizado a todos, que é a WEB. Temos que<br />

ficar atentos aos novos recursos tecnológicos disponíveis<br />

no mercado, buscando sempre utilizá-los da melhor forma<br />

possível na melhoria dos nossos processos.<br />

interatividade<br />

De acordo com o Coordenador de Infraestrutura e Telecom<br />

Miguel Ângelo Antunes, o novo Portal da Parada Geral<br />

disponibiliza uma solução para conectar pessoas, equipes<br />

e informações de forma inteligente. Um lugar central de<br />

acesso, controlando, compartilhando e interagindo com<br />

informações relevantes, aplicações e pessoas. Permite<br />

tomadas de decisões mais rápidas e eficientes e ainda<br />

garante um compartilhamento mais eficaz entre as equipes<br />

e processos mais alinhados para o negócio. “A nova<br />

plataforma permitirá, em um futuro próximo, o avanço<br />

de novos recursos como “Repositório de documentos e<br />

imagens, Trabalho colaborativo, Webparts ou módulos<br />

prontos de enquetes, fóruns, blogs, wikis, formulários,<br />

listas, calendários e Mecanismos de busca avançada”disse.<br />

Para a Analista de Sistemas Sônia Maria Ferrari, que também<br />

esteve à frente do projeto, a implantação do Portal<br />

foi de suma importância para o gerenciamento eficaz e<br />

publicação das informações em um ambiente único e de<br />

fácil acesso, o qual foi o ponto de partida para atendimento<br />

a outras demandas das diversas áreas da Empresa.<br />

Marcelo Augusto - um dos representantes idealizadores do<br />

projeto Parada Geral no Departamento de Manutenção<br />

14 15


16<br />

www.cenibra.com.br - Correspondência: Caixa Postal 100 - Agência CENIBRA - Distrito de Perpétuo Socorro - CEP 35.196-972 - Belo Oriente - MG.

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!