Dezembro/2016 - Revista VOi 137

jota.2016

Grupo Jota Comunicação

Carol

Francischini

FOZ DO IGUAÇU

SELECIONAMOS CINCO HOTÉIS PARA

EXPLORAR A CIDADE, ESCOLHA O QUE

MAIS COMBINA COM SEU ROTEIRO

MODELO TEM QUE SER TIPO ATLETA,

TEM QUE TREINAR, SE CUIDAR,

COMER DIREITO, DORMIR.

NÃO É UM SOFRIMENTO

TEST DRIVE: 17 ANOS DO MAVERICK CLUBE

CONFIRA ALGUMAS PÉROLAS NO EVENTO

MAIS TRADICIONAL REALIZADO EM CURITIBA


www.nipponbrasil.com


Quem dorme

bem,

vive melhor!

Com TECNOLOGIA JAPONESA, os

colchões da NipponBrasil,

possuem SISTEMAS TERAPÊUTICOS

MAGNÉTICOS com INFRAVERMELHO

longo e ENERGIA QUÂNTICA, além da

QUALIDADE, CONFORTO e

SOFISTICAÇÃO

+55 (41) 3089-0001 / (41) 9 9746-0000 (WhatsApp)

Rua Alameda Júlia da Costa, 688 - Curitiba PR - Brasil

contato@nipponbrasil.com


Viva momentos em harmonia com o

verde, para celebrar os melhores

momentos da vida ou simplesmente para

contemplar o céu estrelado das noites


Uma linda chácara em

meio a natureza com

amplos espaços

Capacidade para

250 convidados.

Acima sob consulta

Casamentos,

Aniversários, Bodas e

Confraternizações

www.espacoluarsagrado.com.br

Rodovia Rodovia Estrada Estrada do Cerne, do Cerne, KM 25, KM s/n 25, PR s/n 490 PR - 490 Campo Magro - PR

contato@espacoluarsagrado.com.br

Campo Magro - PR espacoluarsagrado

contato@luarsagrado.com.br espacoluarsagrado


• EDITORIAL

SEM ROTINA

CAPA

A bela top model Carol Francischini

estampa a capa desta edição. Ela foi

clicada por Arnaldo Medeiros, com

styling de Ana Carolina Coelho e Alisson

Vicky, beleza de Gavazzi e produção

executiva de Tatiane Zeitunlian

Chega a ser preocupante como a rotina tem um efeito colateral

assustador: o Tempo. Tudo parece passar mais rápido e menos racional.

Estudos apontam que 94% do tempo vivemos em uma bolha mental que

pode ser bem traduzida por rotina. Passamos a maior parte do tempo de

nossas vidas fazendo coisas já programadas, quase que sem pensar. É por

isso que como em um piscar de olhos chegamos em mais um final de ano,

como se fosse ontem a última ceia de Natal, ou mesmo o Réveillon de 2016.

Mas como para nós da Revista VOi rotina é algo que está fora de cogitação,

preparamos uma edição completamente fora do convencional, com um

especial sobre o vinho da Família Fardo Vinícola, uma Roteiro de Viagem,

em Foz do Iguaçu, além de uma bela reportagem especial com os talentos

da música curitibana que estão se destacando Brasil afora. Tudo isso e muito

mais o Leitor pode conferir na última edição do ano, sem rotina, mas com

conteúdo diferenciado característico de nossa equipe de trabalho. Gratidão

por nos acompanhar em mais um ano de Revista VOi e desejamos a todos

nossos colaboradores, fornecedores, Leitores e Clientes um extraordinário

final de ano, cheio de paz, repleto de expectativas para um 2017 muito

mais próspero e saudável.

Pedro Bartoski Jr.

Diretor-executivo Revista VOi

WITHOUT ROUTINE

EDIÇÕES ANTERIORES

Enough of being concerned, as routine has a scary side effect: Time.

Everything seems to pass faster and less rationally. Studies show that 94%

of the time, we live in a mental bubble that can be translated into routine.

We spend a large part of our lives doing programmed things, almost without

thinking. That’s why in the blink of an eye, we have arrived at the end of

another year, as if the last Christmas dinner, or even 2016 New Year’s Eve

were just yesterday. But as for us at Revista VOi routine is something that

is out of the question, we have prepared an issue completely beyond the

conventional, with a special story on the Família Fardo wine, an itinerary

in Foz do Iguaçu, s well as a special report about the music talents found

in Curitiba that are becoming known throughout Brazil. All this and more,

the reader can check out the last issue of the year, without routine, but with

a differentiated content characteristic of our team. Thanks for joining us

for another year of Revista VOi, and we wish all our associates, suppliers,

readers and advertisers an extraordinary year end, full of peace, hope, and

expectations of a more prosperous and healthier 2017.

Pedro Bartoski Jr.

Executive director Revista VOi

06


• EXPEDIENTE

Bastidores

Foto: Revista VOi

01

01 • VISITA

Solange Emerick, franqueada da Raphaella Booz visitou a sede

do GRUPO JOTA. Na foto: Fabiano Mendes, do departamento

de criação, Joseane Knop, diretora de negócios, Solange, e Pedro

Bartoski Jr, diretor executivo

Foto: Marcos Mancinni

02

02 • PRÊMIO

A apresentadora Mira Graçano marcou presença no Prêmio

REFERÊNCIA, mais importante reconhecimento do setor de base

florestal realizado pelo GRUPO JOTA. Ela posou para a foto ao lado

dos diretores Fábio Machado e Pedro Bartoski Jr

Foto: Marcos Mancinni

03

03 • PRODUÇÃO

As meninas do GRUPO JOTA foram produzidas para o Prêmio

REFERÊNCIA pelas top profissionais Isabel Favoretto (cabelo) e

Gihan Majzoub (make). Na foto: Fernanda Maier, Jéssica Xavier,

Fabiana Tokarski, Fernanda Domingues e Larissa Angeli

Ano XIII • Edição n.º 137Dezembro 2016

Year XIII • Edition n.º 137 • December 2016

A Revista VOi é uma publicação da

JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

JOTA COMUNICAÇÃO

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Negócios - Joseane Knop

joseane@jotacomunicacao.com.br

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Bruno Raphael Müller

Larissa Angeli

Murilo Basso

jornalismo@revistavoi.com.br

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Fernanda Domingues

Fernanda Maier

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Marcos Mancinni,

Mauricio de Paula e Valterci

Santos

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Guilherme Klopffleisch

Mônica Gulin

Tufy Geara

Depto. de Assinaturas/Subscription:

Coordenação - Monica Kirchner

Alessandra Reich

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Na Rede

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

Depto. Comercial/Sales

Department:

comercial@revistavoi.com.br

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por

serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained in the articles and columns signed by others.

These are the exclusive responsibility of their authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part

of any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

08


• SUMÁRIO

06

Editorial / Sem rotina

Editorial / Without routine

08

Expediente

18

Moda

Luz na passarela

12

14

18

28

Cartas

Notas

Moda / Luz na passarela

Entrevista / Carol Francischini

Interview / Carol Francischini

38

Principal / Escolhidos pela música

44

Estilo / Todas as tribos

46

Empreendedorismo / O sucesso não chega por acaso

48

Transformação / Toda poderosa

50

Vitrine

74

52

54

56

Coluna / Provopar

Coluna / Joias eu uso por Tufy Karam Geara

Coluna / Acesso à cultura por Guilherme Klopffleisch

58

Coluna / Eventos by Mônica Gulin

60

Visita / Loucas por sapatos

62

Click

80

74

80

84

Roteiro / Enoturismo em Curitiba

Test ride / Clássico eterno

Test drive / An eternal classic

Esporte / Treinamento suspenso

88

Viagem / Além das Cataratas

94

Cultura

97

98

Blogueando / Ama pedalar?

Histórias / Para toda vida

88

10


• CARTAS

Capa da Edição 136/Novembro

com a atriz Milena Toscano

Que arraso a última transformação. A modelo já era linda, mas ficou

realmente parecendo outra pessoa. É incrível como uma produção tem

o poder de mudar. Continuem assim, mostrando o trabalho de profissionais

excelentes.

Maria Eduarda Silva, Curitiba (PR)

NA MÍDIA

Novembro e dezembro foram meses intensos

para o time de profissionais da Revista

VOi. Registramos várias produções em nossa

página no Facebook. Para saber tudo que vem

por aí, curta a fan page e fique por dentro. A

ex-jogadora de vôlei Cristina Pirv divulgou em

sua página oficial o ensaio fotográfico que está

surpreendente. Você ainda confere os bastidores

do Clube das Divas na publicação compartilhada

pela franqueada da Raphaella Booz, Solange

Emerick que proporcionou um dia especial para

suas TOP Clientes. Na página da VOi você ainda

acompanha os eventos da Carmen Steffens que

movimentaram as lojas em outubro e novembro.

Quero parabenizar a equipe da Revista VOi pelo conteúdo e belíssima

aparência. As fotos são sempre impecáveis e os assuntos abordados de

relevância para quem quer se manter atualizado sobre o que acontece

na nossa querida Curitiba.

Carlos Antônio, Curitiba (PR)

A Milena Toscano estava deslumbrante na capa da VOi. Adoro tudo

que a atriz faz. Acho ela muito discreta e profissional. Uma vez a vi em

um programa de televisão fazendo uma receita deliciosa. Quero muito

conhecer o canal de culinária dela no youtube, com certeza será um

sucesso enorme.

Carla Araújo, Curitiba (PR)

Fiz a visita à Cave Colinas de Pedra depois de ver reportagem na VOi.

Preciso confessar que pelo texto já parecia incrível, mas nada se compara

a experiência de viver esse passeio. O seu Ari, dono do local conta as

histórias com muita paixão. A comida é deliciosa e as bebidas também.

Nicole Maia, Curitiba (PR)

Simplesmente adoro as dicas culturais da Revista VOi. Parabéns à

equipe por selecionar programações voltadas a diferentes públicos. Lá

encontro sugestões para meus filhos e também para sair com o marido

em uma noite de folga.

Aparecida Vieira, Curitiba (PR)

O ano nem acabou e já estou curiosa para saber quem serão as primeiras

capas de 2017 da VOi. A parte que mais gosto é ser surpreendida

todos os meses com celebridades de todos os segmentos. Parabéns!

Roberta Gomes, Curitiba (PR)

NA REDE

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

12


• NOTAS

Diogo, Fabiane e Tiago

MUDANÇA

de hábitos

Mais importante que emagrecer é transformar o estilo de vida sedentário

em saudável. Essa mudança é a proposta do Stillo Fit, reality que acabou

de encerrar a segunda temporada. Dia 4 de dezembro foi a grande final

que reuniu cerca de 400 pessoas. Lá foram apresentados os resultados de

todos os quadros. “O reality de emagrecimento teve oito participantes,

já o Stillo Fit na Comunidade atendeu 50 mulheres de uma comunidade

carente e teve também a incrível transformação da Gabriela”, destaca

Tiago Lopes, personal trainer do Stillo Fit. Além de Tiago a equipe

recebeu consultoria do nutricionista Diogo Reis e da hipnoterapeuta

Fabiane Dornelles. Juntos os oito participantes eliminaram 160 kg

(quilogramas) de gordura e 119 cm (centímetros) de circunferência

abdominal em 12 semanas. A campeã do reality, Priscilla Leite, eliminou

28kg de gordura corporal, passando do número 50 para o 40.

Priscilla Leite, vencedora da segunda edição

Foto: Raphael Villa Nova

Foto: Raphael Villa Nova

Fernando Nunes durante o evento

BELEZA

em voga

A The Beauty, representante das marcas Wahl, Gama e Cia

da Barba, realizou um workshop de aperfeiçoamento para

profissionais de salão de beleza e barbearia. O evento contou

com três palestras: Tendências e Evolução das Barbearias, com

Wanderley Nunes do Rei da Barba; Tendências de Cortes de

Novelas com Wander Lima, da Prosperi Consultoria; e Qual o

Limite do seu Sucesso, com Rodrigo Boçon, também da Prosperi.

O evento reuniu cerca de 70 profissionais. A The Beauty - anexa ao

salão Bei Capelli, no Alphaville - traz à frente Fernando Nunes.

Foto: Lucas Fermin

NATAL

para todos

Este ano acontece a XIV Festa de Natal e lançamento da

AgendArte 2017. O evento é em prol do projeto social Vale

Sorriso que completou 24 anos de ação voluntária. A festa

é mais uma vez no Ses Salines, uma das casas de eventos

mais requisitadas de Curitiba. A entrada de R$ 30 dá direito

a uma AgendArte 2017. É solicitado ainda um brinquedo que

é destinado, como em todos os anos, às crianças que estão

internadas no HC (Hospital de Clínicas) na época do Natal.

Entre as ações da Vale Sorriso estão: arrecadação e distribuição de roupas, alimentos e brinquedos; apresentações

musicais, teatrais e circenses em creches e hospitais; desenvolvimento de oficinas de arte e cidadania destinadas à

terceira idade e a adolescentes em situação de risco social.

Imagem: divulgação

14


FESTA

da virada

Já está tudo preparado para a festa de Réveillon mais tradicional de

Curitiba. O ano novo será celebrado no Graciosa Country Club com

um mix de sofisticação, exclusividade e esperanças renovadas. Tendo

organização sob o comando da diretora social, Eliana Fadel Farracha de

Castro, a festa este ano será restrita para apenas 550 sócios, com convites

já em via de serem esgotados, com um mês de antecedência. A produção

e decoração são assinadas, mai suma vez, pela produtora Ilse Lambach. Entre

as atrações do evento, estão a trilha sonora assinada pelo DJ Roberto Rego, jantar

com alta gastronomia internacional do Buffet Elegance, mesa de doces de Solange

Malucelli e a tradicional queima de fogos. Na estrutura, um dos destaques é o deck que será criado

especialmente para a festa, como uma extensão da marcante arquitetura da varanda da Sede Social,

além de lounges e bares.

Foto: divulgação

Presidente Moniquense Aniceto Zanuzzo

e a esposa Léa Maria Zanuzzo

CELEBRANDO

primaveras

O tradicional Baile de Aniversário do Santa Mônica

Clube de Campo, que este ano completou 55 anos, foi

prestigiado por associados e convidados. A refinada

decoração foi assinada por Marilu Loss, com tons de

branco e azul Tiffany, com orquídeas e outras flores.

Os anfitriões da noite foram o Presidente Moniquense

Aniceto Zanuzzo e sua esposa Léa Maria Zanuzzo que

abriram o Baile quando a Banda Nobre Arte subiu ao

palco para celebrar a data especial com grandes hits.

Foto: Carlos Henrique

COCKTAIL

empresarial

O GRUPO JOTA e a MBM Business School Curitiba

promoverão um cocktail com uma proposta diferente e

curiosa. No dia 13 de dezembro, a sede da empresa de

comunicação vai receber empresários curitibanos para um

networking, com comidas e bebidas. Para entrar no encontro

cada convidado deverá levar um amigo empresário. A ideia é

ampliar a rede de contatos dos participantes e potencializar os

negócios.

Imagem: divulgação

DEZEMBRO 15


• NOTAS

FESTA E

cultura

O final de ano está agitado para o Grupo Cena

Hum. De 5 de novembro a 11 de dezembro a

programação fica por conta da 43 ª Mostra Cena

Hum com espetáculos dos alunos da academia. São

47 peças de diversos gêneros, sendo teatro e dança,

que ocorrem em Curitiba (PR), Ponta Grossa (PR)

e Maringá (PR). É possível conferir a programação

completa e guia da mostra no site. E para fechar o

ano em grande estilo e celebrar os 21 da academia

acontece a entrega do troféu 2016 com show da

Banda Baile, DJ, espaço food e bar.

Foto: Vitor Dias

Foto: divulgação

COMPLEXO

aquático

O Santa Mônica Clube de Campo recebeu autoridades,

sócios, convidados e colaboradores para a inauguração

de um dos mais modernos Complexos Aquáticos do

Brasil. Entre os convidados estiveram as nadadoras

olímpicas do Clube Pinheiros, Jennifer Alves da

Conceição e Manuela Duarte Lírio, o nadador Henrique

Rodrigues e também o velejador Lars Grael, ex-atleta

olímpico e atual diretor técnico da Confederação

Brasileira de Clubes. A infraestrutura tem como objetivo

atender associados durante o ano inteiro, além de

contribuir na formação de atletas de alto rendimento, de

olho nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

ALTA

NATAL

Centenas de crianças tiveram uma

tarde especial no Castelo do Batel

com a festa de encerramento do Natal

Encantado do Provopar Estadual. Eles

receberam brinquedos do Papai Noel,

aproveitaram muitas delícias e curtiram

shows e apresentações. Todos os anos

o Provopar realiza esse evento com o

intuito de proporcionar a crianças de

famílias de baixa renda uma festa de

Natal inesquecível.

BAIXA

CATÁSTROFE

O acidente aéreo envolvendo a equipe

técnica e jogadores da Chapecoense

e membros da imprensa nacional

abalou o mundo inteiro. Diante de

tamanha tragédia vemos o quanto nossa

vida é vulnerável. Aos que partiram,

profissionais, atletas e colegas jornalistas

desejamos paz e aos familiares força

para superar tanta tristeza, e aos que

tiveram uma segunda chance de

recomeçar, garra para seguir em frente.

16


Atuamos principalmente na área residencial,

na fabricação e montagem de portões, portas,

grades, corrimão, estrutura de escada, escada

caracol, guarda-corpo e móveis em ferro

forjado e alumínio.

A arte

em metal

FÁBRICA

41 3076 6898 | 99866 8283

Rua Epaminondas Santos, 2805

Bairro Alto - Curitiba - PR

SHOWROOM

41 3257 6090 | 3053 6090

Rua Estados Unidos, 1713

Boa Vista - Curitiba - PR

WWW.FUNDARTE.COM.BR


• MODA

Vestido - INGRID LIMA

www.ingridlima.com.br

Anel, brinco e pulseiras - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

Sandália - SCHUTZ

www.schutz.com.br

18


Luz na

passarela

DONA DE UMA CARREIRA

INVEJÁVEL, CAROL FRANCISCHINI

PRESENTEIA OS LEITORES COM

ESTE ENSAIO QUE MOSTRA O

PORQUÊ ELA É UMA DAS TOPS

BRASILEIRAS MAIS REQUISITADAS

PELO MUNDO

Ficha técnica:

Fotógrafo: Arnaldo Medeiros

www.arnaldomedeiros.com

Styling: Ana Carolina Coelho

e Alisson Vicky

Assistente de Produção executiva:

Kaka Correia

Beauty&Hair Artists: Gavazzi

Produção Executiva:

Tatiane Zeitunlian

www.tatianezeitunlian.com.br

Locação: Hotel Ritz Lagoa da Anta

www.ritzlagoadaanta.com.br

DEZEMBRO 19


• MODA

Vestido - INGRID LIMA

www.ingridlima.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

20


Vestido - INGRID LIMA

www.ingridlima.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

Sandália - SCHUTZ

www.schutz.com.br

DEZEMBRO 21


• MODA

22


Vestido - FABIANA MILAZZO

www.fabianamilazzo.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

DEZEMBRO 23


• MODA

Vestido - FABIANA MILAZZO

www.fabianamilazzo.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

24


xx

Cropped e saia - LE BLOG STORE

www.leblogstore.com.br

Brinco e pulseiras -

CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

DEZEMBRO 25


• MODA

Vestido - LE BLOG STORE

www.leblogstore.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

26


Cropped e saia - LE BLOG STORE

www.leblogstore.com.br

Brinco - CAROL GREGORI ACESSÓRIOS

www.carolgregori.com.br

DEZEMBRO 27


• ENTREVISTA

A

rotina de uma modelo é uma correria sem fim. Arruma o cabelo, faz o make, coloca o vestido, sobe no salto, troca o

penteado, ajeita a pele, entra e sai da passarela, viaja para o Japão, no dia seguinte tem que estar em Paris e amanhã no

Marrocos. Ufa. Dá uma canseira só de pensar, agora imagine para a modelo Carol Francischini que começou toda essa

correria ainda criança. A top internacional não esconde que ingressou cedo no mundo fashion para ajudar a família financeiramente.

Com 12 anos mudou-se sozinha (!!) para Nova Iorque para despontar do Brasil para o mundo. Até a atualidade foram centenas

de desfiles, inúmeras campanhas e convites de marcas que lá atrás nem sabia que existiam. Hoje, com presença confirmada nas

passarelas mais requisitadas de todo o mundo, Carol não esconde o orgulho de poder dar para a sua filha, a pequena Valentina,

uma infância feliz. Mãe solteira assumida ela revelou aqui que seu projeto de vida, antes mesmo de ser modelo, era ser mãe e que

quer sim ter mais filhos. Confira entrevista mais que especial para esta edição de final de ano.

28


Carol

Francischini

Por Larissa Angeli

Fotografia: Arnaldo Medeiros

T

he routine of a model is a never ending run about. Fixing your hair, doing makeup, putting on a dress, getting into heels,

changing hairdos, fixing the skin, entering and leaving the runway, trips to Japan, and the next day, Paris, and the next, Morocco.

Wow. It tires one just thinking about it, now imagine how it is for the model Carol Francischini, who started all this

running about as a child. The international top does not hide the fact that she got into the fashion world to financially help the family.

At 12, she moved to New York to live alone (!!) to show off what Brazil had to offer to the world. And up to the present, there have

been hundreds of fashion shows, numerous campaigns and invitations from brands that in the past, she didn’t even know existed.

Today, with her confirmed presence on the runway more required from all over the world, Carol does not hide the pride she has,

being able to give her daughter, the little Valentina, a happy childhood. A devoted single mother, she revealed that her life project,

even before being a model, is to be a mother, and yes, she wants more children. Check out this very special end of year interview!

DEZEMBRO 29


• ENTREVISTA

Mudou para Nova Iorque em 2002, com 12 anos. Como

foi?

Minha mãe foi comigo e ficou um mês. Logo depois voltou

para ao Brasil porque meus irmãos eram pequenos, mas

continuei lá sozinha. Esse processo foi até que divertido,

era uma criança e me divertia bastante trabalhando. No

começo, a carreira era uma brincadeira, que depois passei

a levar mais a sério. Tive apoio da família, é claro. Ajudava

de fora e eles me ajudavam por lá. Isso nos uniu muito.

Quais foram as principais dificuldades que encontrou no

novo país sem nem sequer falar a língua?

A língua é a primeira dificuldade que a gente se depara,

mas tinha uma babá dominicana que me levava para cima

e para baixo. A gente se comunicava super bem, então

aprendi o espanhol primeiro. Depois teve a convivência no

apartamento de modelo, aquela loucura de várias gringas

juntas. Maior confusão de cozinha e geladeira. Isso foi

bem complicado. Minha família é muito organizada, não

consegue deixar nada fora do lugar, então isso foi difícil.

Quatro meses depois já estava entendo bem o inglês, me

arriscando a falar, enfim perdendo o medo. Depois foi

fluindo, mas com o frio até hoje não me adaptei.

Com 12 anos é muito cedo para decidir o que quer para

a vida toda. Em algum momento se arrependeu?

Não me arrependendo da minha carreira, mas faria algumas

coisas diferentes. Porque acho que fui muito puxada

no começo para ir embora logo, principalmente porque

minha família precisava e era um a maneira de ganharmos

dinheiro. Hoje esperaria mais, começaria com 16, 17 anos,

teria dado tempo de terminar a escola. Então mudaria

algumas coisas sim.

Quais oportunidades a carreira de modelo te proporcionou?

Infinitas, é um leque muito aberto de coisas para fazer,

pessoas para conhecer. Todo mundo que trabalha no meio

tem isso, sem contar a transição para outra área, de ser

artista, apresentadora.

Dos trabalhos que fez tem algum que gosta mais?

Gosto mais da época da polaroide. Tem uma campanha

da Tommy Hilfiger que fiz, que adoro, as fotos são bem

jovens. Da Calvin Klein também gosto muito porque foram

trabalhos importantes para mim no começo. Era super nova

nem sabia o que estava fazendo, não conhecia as marcas,

nem as pessoas. Fazer um desfile do Marc Jacobs sem fazer

ideia de quem era ele. Foi uma fase muito importante da

minha vida e hoje em dia dou muito valor a isso. Pela

inocência mesmo.

You moved to New York in 2002, at only 12. What was

it like?

My mother went with me and stayed a month. Soon after, she

went back to Brazil because my brothers were still small, but

I continued there alone. This process was even a lot of fun, I

was a child and I really enjoyed working. At first, the career

was a joke, but soon, I had to take it more seriously. I had

support from the family, of course. I helped out from abroad

and they helped me from there. It brought us together more.

What were the main difficulties that you found in the new

country without even speaking the language?

Language was the first difficulty that I faced, but I had a Dominican

nanny who took me everywhere. We communicated

very well, so I learned Spanish first. Then there was living

in a models’ apartment, the madness of several foreigners

living together. The biggest messes were the kitchen and the

fridge. It was very complicated. My family is very organized,

can’t leave anything out of place, so that was difficult. Four

months later, I already understood English well, even losing

my fear of speaking. Soon, I was fluent, but, the cold, even

today I haven’t become used to it.

12 years is very young to decide what you want for your

life. At some point, were you sorry about this decision?

I have no regrets about my chosen career, but I would do

some things differently. Because I think that there was a lot

of reasons to go away too soon, mainly, because my family

needed money and it was a way for us to make more. Today,

I would have waited longer perhaps until 16 or 17 and

would have had time to finish school. Yes, I would have

changed a few things.

What opportunities has a modelling career given you?

Endless, a very wide range of things to do, people to meet.

Everyone who works in the medium has that, not to mention

the possibility of transitioning from one area to another area,

to being an actor or program host

Of the work that you have done, what did you like most?

I like the Polaroid era. I did a campaign for Tommy Hilfiger,

which I loved, the photos are of very young person. I also

very much like the Calvin Klein campaign because it was

really important work for me at the beginning. I was super

new and I didn’t even know what I was doing, I didn’t know

the brands, or the people. Doing a Marc Jacobs fashion show

with no idea of who he was. It was a very important phase of

my life and, today, I really appreciate it. By the innocence.

Which magazine covers do you considered the most important

and what fashion show surprised you the most?

30


Móveis que encantam pela beleza,

e impressionam pela qualidade.

Av. Manoel Ribas, 3898 | Santa Felicidade | Curitiba | PR

artesanatodurigan

Artesanato Durigan

41. 3336 5338 41. 9 9112 7187


• ENTREVISTA

Quais capas de revistas considera as mais importantes e

qual desfile mais se surpreendeu?

Gosto muito das capas da Elle Argentina e Brasileira.

Também adoro catálogo da Victoria’s Secret que adorava

receber em casa. Desfile tem muitas histórias engraçadas.

Me lembro de um que fiz para Fendi, que estava um casting

de tops absurdas. Tinha Naomi Campbell, Carmen Kass,

Linda Evangelista, fiquei deslumbrada.

O que acha da ditadura da beleza? Acredita que as modelos

sofram muito para se manter no padrão?

Acho que hoje em dia não mais. O padrão é único, o que

importa são as medidas. As meninas estão se cuidando

muito. Modelo tem que ser tipo atleta, tem que treinar, se

cuidar, comer direito, dormir. Não é um sofrimento. Atletas

sofrem também, né? Mas acho que já passou essa era de

anorexia, bulimia. Hoje em dia as pessoas comem bem é

uma outra época para o mundo fashion.

Quem sofre mais nesse mundo da moda, homem ou

mulher?

Acho que cada um sobre um pouquinho. Os meninos têm

menos trabalho, nessa parte eles sofrem mais. Mas mulher

tem a espera, são dias longos, tem o trabalho mais puxado,

maquiagem e cabelo o tempo todo, salto alto, vestido

apertado. Às vezes, tem que trocar de roupa no meio da

praia, mulher sofre mais nesse sentido.

Como lida com as polêmicas relacionadas a paternidade

de sua filha? Isso te incomodava muito no começo?

Quando estava grávida me bloqueei de todos os comentários

ruins. Não sabia o que estava acontecendo e o que

as pessoas estavam falando. E vou contar que foi a melhor

coisa que fiz para o meu bem e da minha filha. Depois que

voltei ao trabalho, já tinha passado tanto tempo que tinha

tido a Valentina, já estava de volta, então não abalou. No

começo foi difícil, mas hoje em dia acho que não existe

nem polêmica. O assunto já foi encerrado.

Já sofreu muito com o assédio da imprensa?

A gente aprende a lidar depois de um tempo.

I really liked the Elle Argentina and Elle Brazilian covers. I

also loved doing the Victoria’s Secret catalog, which I used

to love receiving at home. Fashion shows have many funny

stories. I remember I did one for Fendi, who was casting the

top of the tops. There was Naomi Campbell, Carmen Kass,

Linda Evangelista, I was dazzled.

What do you think of the dictatorship of beauty? Do you

believe that models suffer a lot to keep up the standard?

Nowadays, I don’t think it exist anymore. The standard is

one, what matters are the measurements. The girls take very

good care of themselves. A model is like a type of athlete,

they have to train, to take care of themselves, to eat right,

to sleep. It’s not a hardship. Athletes suffer too, right? But I

think we have gone beyond the era of anorexia, bulimia. Nowadays,

we eat well, it is another time for the fashion world.

Who suffers more in this fashion world, men or women?

I think each one a little bit. The boys get less work, and for

that, they suffer more. But women have long waits, and there

are long days, hard work, makeup and hair all the time, high

heels, tight dresses. Sometimes, you have to change clothes

in the middle of a beach, women suffer more in that sense.

How do you deal with the controversies concerning the

paternity of your daughter? Did this bother you a lot in

the beginning?

When I was pregnant, I blocked out all the bad commentaries.

I didn’t know about what was going on and what people

were talking about. And let me say that it was the best thing

I ever did for my sake and for my daughter’s sake. After I

returned to work, long after I had Valentina, I was ready to

go back to work, no longer upset. At first, it was difficult,

but today I think the controversy has past. The matter has

been closed.

Have you suffered much from the harassment of the press?

One learns how to deal with it after a while.

Have you always dreamt of being a mother? Do you think

Hoje esperaria mais, começaria com 16, 17 anos,

teria dado tempo de terminar a escola. Então

mudaria algumas coisas sim

32


• ENTREVISTA

Sempre teve o sonho de ser mãe? Pensa em ter mais filhos?

Ser mãe sempre foi meu foco de vida. Penso sim em ter

mais filhos, ainda sou nova.

Mudou-se com sua filha para o Brasil. Por que escolheu

criá-la aqui?

Na verdade mudei para ter minha filha perto da família.

Meus planos de voltar para os EUA (Estados Unidos da

América) continuam firme e forte. Por enquanto continuo

indo e vindo, passo uma temporada na Europa, outra aqui,

mas estou indo devagar porque como sou mãe solteira

tenho que planejar minha vida em passos de formiga para

não atrapalhar a rotina da Valentina que é o mais importante

para mim agora.

O que mais gosta de fazer com a Valentina?

Estar em casa, brincar, qualquer coisa. Tudo com ela é uma

delícia. Não dá para separar os momentos.

Como está sua carreira atualmente? É garota propaganda

de alguma marca? Tem algum projeto para 2017?

Estou trabalhando bastante. Este ano não sai do Brasil

porque a Valentina começou a escolinha, mas ainda assim

fiz coisas interessantes. Os planos para 2017 ainda não

sei, após o Carnaval o ano começa. Pretendo voltar para

Nova Iorque no verão.

Como modelo acredito que seja bastante vaidosa. O que

faz para se cuidar?

Por ser modelo até que não sou tão vaidosa. Aprendi a me

cuidar com o tempo. Joguei vôlei por muito tempo só andava

de tênis e camiseta. Cuidado com a pele, o principal

é o uso de protetor solar porque sempre estou fotografando

com sol muito forte. No cabelo faço uma hidratação de vez

em quando, corto para tirar as pontas. E ir para academia,

gosto de lutar, atualmente estou fazendo MMA. Tem que

manter o que é possível porque a gente não tem rotina,

então o que dá mantenho.

Viajou para muitos lugares incríveis. Cite algumas experiências

que marcaram sua vida.

A minha primeira vez em Nova Iorque marcou minha

vida. Teve uma tempestade e estava -30°C (Graus Celabout

having more children?

Being a mother has always been my focus in life. I believe

in having more children, I’m still young.

You moved back to Brazil with your daughter. Why did you

choose to bring her up here?

Actually, I moved back her to have my daughter near family.

My plans to go back to the United States remain firm and

strong. For now, I keep coming and going, spend a season

in Europe, another here, but I’m taking it slow because I’m

a single mom, I have to plan my life in baby steps so as not

to disturb Valentina’s routine, which, for me now, is the

most important thing.

What do you most like to do with Valentina?

Be at home, playing, anything. Everything is delicious. You

can’t separate the moments.

How is your career currently? Are you the poster girl for

any brand? Do you have any plans for 2017?

I’m working hard. This year i stayed in Brazil because Valentina

started school, but even so, things were interesting.

My plans for 2017 are still unknown, after Carnival, the year

begins. I intend to go back to New York in the summer.

As a model do you believe yourself vain? What do you do

to take care of yourself?

By being a model, I’m not that vain. I learned how to take

care of myself over time. I played volleyball for a quite a

while, I was in sneakers and a t-shirt. Skin care, the main

thing is the use of sunscreen because I’m always shooting in

a very strong sun. As to my hair, I have a moisture treatment

from time to time, and I have it cut to remove the points.

And I go to the gym, I like to fight, actually I’m currently

doing MMA. I have to keep up what is possible because I

don’t have a routine, so I do what I can to keep in shape.

You have traveled to many amazing places. Can you cite

certain experiences that have marked your life?

My first time in New York marked my life. There was a storm

and the temperature fell to 30° C below zero, the city stopped

and I didn’t know where I was. I loved Morocco, Marrakesh

is alive. I love the culture, the people, the food. It’s all very

Quando estava grávida me bloqueei de todos os

comentários ruins. Não sabia o que estava acontecendo

e o que as pessoas estavam falando

34


Turmas abertas para 2017

Movimente-se

com a gente!


• ENTREVISTA

sius), a cidade parada e eu nem sabia onde estava. Amo o

Marrocos, Marrakesh é vida. Amo a cultura, as pessoas, a

comida. É tudo de bom. O Japão é outro mundo, você se

sente em uma espaçonave o tempo inteiro é uma loucura.

E o Havaí, a vida marinha de lá é absurda. Adoraria voltar

para visitar outras ilhas.

Nas passarelas você precisa usar as roupas mais lindas

dos estilistas mais badalados. Mas qual é o seu estilo no

dia a dia?

Prefiro estar confortável. Estou sempre de jeans, camiseta,

vestidinho. Me arrumo mais para sair, porque no trabalho

estou sempre montada. No dia a dia sou mais largada

mesmo.

Tem alguma saia justa que já aconteceu em algum desfile?

Tive várias. Teve uma em um desfile do André Lima que

não fiz a prova de roupa. Era um vestido super longo e

a passarela era de acrílico, escorregadia. Em vez de colocarem

antiderrapante na sola do sapato, usaram uma

fita dupla face e o vestido embolava inteiro em baixo do

sapato e eu ia tropeçando. Fui tropeçando de cabo a rabo

da passarela e no final entrei com o vestido embolado

no colo para não tropeçar mais. As pessoas ficaram com

dó de mim, mas até achei engraçado depois. Tem que rir

desse tipo de situação. Teve também um desfile da Max

Mara em Milão, que usei uma saia lápis – me dá aflição

até hoje quando vejo a foto – que era super apertada no

joelho. Mal conseguia caminhar e quando vi estava todo

mundo pisando forte, as modelos com certeza me passaram

na passarela, demorei uns 15 minutos para sair, mas

deu tudo certo.

Já pensou em mudar de profissão? Se não fosse modelo

o que seria?

Se não fosse modelo continuaria jogando vôlei. Jogava

profissional antes de mudar para Nova Iorque, sempre foi

algo que gostei bastante. Trabalharia com alguma coisa

envolvida com esporte.

good. Japan is another world; you feel in a space ship the

whole time, it is crazy. And Hawaii, the marine life is absurd.

I’d love to go back to visit the other islands.

On the fashion runway, you need to use the most beautiful

clothes from the most exciting designers. But what is your

day-today style?

I prefer the comfortable. I’m always in jeans, t-shirt, a light

dress. I fix myself up more when I go out, because at work

I’m always completely made-up. I begin every day in a much

more relaxed style.

Have there been any embarrassing situations during a

fashion show?

I have had several. There was one in an Andre Lima show

where I hadn’t done the fitting. The dress was super long and

the runway was acrylic, slippery. Instead of putting non-slip

on the bottom of the shoes, they used a double sided tape

and the dress stuck to the bottom of my shoes and I stumbled.

I went head over heels and in the end, I entered the runway

holding up the dress so as not to stumble. People took pity

on me, but later, I found it funny. You have to laugh at this

kind of situation. There was also the Max Mara show in Milan,

I wore a pencil skirt – it gives me grief till today when I see

the picture – it was super tight at the knees. I could barely

walk and when I looked around everybody was stomping,

the other models were all passing me by, it took me about

15 minutes to get off the runway, but it all worked out.

Have you ever thought about changing careers? If you

weren’t a model what would you want to be?

If I didn’t want to be a model, I would have continued playing

volleyball. I played professionally before moving to New

York. There was something in it that I very much enjoyed. I

would work with something involved with sports.

Have you ever been to Curitiba?

I have several friends there. I think the city is wonderful,

lively with very good food.

Conhece Curitiba?

Tenho alguns amigos. Acho a cidade maravilhosa, animada

e comida muito boa.

Se não fosse modelo continuaria jogando vôlei. Sempre

foi algo que gostei bastante. Trabalharia com alguma

coisa envolvida com esporte

36


TEATRO,

CANTO,

DANCA?

ou

CIRCO

A Academia Cena Hum está com as matrículas abertas.

Venha estudar em uma instituição considerada uma das

maiores estruturas de ensino artístico do Brasil. Estamos

há 20 anos no mercado das artes, revelando nomes e

trilhando grandes caminhos.

Estamos esperando você para uma aula experimental!

Cursos livres de Teatro à partir dos 4 anos de idade

Formação Profissional de Ator (reconhecido pela SEED-PR)

Cursos de Dança

Sapateado

Dança-Teatro

Dança Contemporânea

Curso de Circo a partir dos 7 anos

Curso de canto particular com aulas agendadas

www.cenahum.com.br

(41) 3333-0975


• PRINCIPAL

Escolhidos pela

Escolhidos pela

musica

musica

Com melodia no coração, eles têm vocação para encantar os

ouvidos de todos os gostos

Qual trilha sonora embala sua vida? É praticamente impossível encontrar uma

pessoa que torça o nariz para música. É certo que cada um tem sua preferência,

até mesmo aqueles que se dizem ecléticos, mas todos têm aquela música que

lembra um momento especial.

Os personagens desta reportagem não são diferentes, mas eles escolheram dar

vida a essa paixão que têm em comum. Conversamos com artistas de diferentes

estilos e só confirmamos que nossa capital está muito bem representa no cenário

musical.

38


Foto: Valterci Santos

Quarteto

Mousiké

Erudito moderno

Um Quarteto de Cordas Clássico é formado por dois violinos, uma viola clássica e um violoncelo, e a formação do Quarteto

Mousiké não poderia fugir à regra. Composto por Consuelo Froehner, Christianne Klingelfus Duarte, Márcio Rodrigues e Claudiney

José de Lima o grupo está junto desde 2009.

“Desejávamos fazer música de câmara juntos porque temos uma concepção musical e humana muito semelhante. Nosso

posicionamento perante a profissão de músico nos instiga a divulgar a música erudita ao público leigo, formando cada vez mais

plateias que saibam apreciar a boa música”, revela Consuelo.

O quarteto é inspirado pela música brasileira e também paranaense, tocam do clássico ao contemporâneo em versões que

fazem qualquer pessoa parar para apreciar uma boa melodia. “As formações eruditas são mais associadas às salas de concerto,

mas com certeza o tipo de evento dos quais participamos hoje mudou muito. Os instrumentos de orquestra já têm representantes

em todos os estilos de música”, conta.

Todos os integrantes do quarteto começaram a estudar música ainda crianças. Eles reconhecem que ter dedicação exclusiva à

música de câmara no Brasil é um sonho de grande parte dos artistas, mas ainda é inviável, por isso se dividem com outras atividades.

“Alguns de nós tocam na Orquestra Sinfônica do Paraná e são professores da Ufpr (Universidade Estadual do Paraná) e outros

dão aulas em academias de música particulares e em projetos sociais”, frisa.

DEZEMBRO 39


• PRINCIPAL

Foto: divulgação

Ministar

O carisma é sem dúvida o que faz todos amolecerem o coração diante de Rafa Gomes. Finalista da primeira edição

do The Voice Kids Brasil a curitibana de apenas 10 anos encantou o país com o timbre único e fofura excessiva. Quem

acompanhou o programa e a viu toda articulada e muito determinada quase não conseguia acreditar que a pequena tem

tão pouca idade.

O esforço para tantas conquistas está sem dúvidas na dedicação de Rafa à paixão: “estudo música desde pequena. Faço

aulas de canto e de piano uma vez por semana, teatro, dança e sessões de fono”, enumera. Tudo isso conciliado à escola,

da qual os pais de Rafa não abrem mão do bom rendimento, assim como do tempo para brincadeiras e lazer.

A coragem e força de vontade a levou à tela da tevê. “Quando vi, pedi (na verdade insisti) para minha mãe me inscrever.

No começo ela achou que seria muito difícil pela quantidade de candidatos, mas não desanimei e deu no que deu”, lembra.

Quando a cadeira virou, Rafa escolheu como técnico o artista Carlinhos Brown, de quem é fã e teve a oportunidade de

cantar junto. O programa, segundo Rafa, mudou totalmente a rotina a qual estava habituada. Hoje ela divide as brincadeiras

e os estudos com gravações, eventos e participações em shows. No Rafa, o Musical, por exemplo, ela contracena com atores

e músicos convidados e no repertório é claro que não poderia faltar a canção História de uma Gata, que fez a cadeira do

The Voice virar.

A participação no programa abriu ainda oportunidades para a pequena dividir o palco com grandes cantores como o rei

Roberto Carlos, com quem ela gravou recentemente para o especial de final de ano da Rede Globo. “Foi muita emoção e ele

é muito legal. Depois que o ensaio terminou comemos empadinhas e bolo de chocolate”, recorda Rafa.

40


Foto: Mauricio de Paula

Inf luencia familiar

Já diz o ditado que filho de peixe, peixinho é. Com Nikole Gouveia isso se concretizou. Filha de uma professora de música,

o contato com o meio foi inevitável. Aos três anos começou a fazer aulas de musicalização infantil, aos sete entrou no

Coral Curumim e ingressou nas aulas de piano, mas foi aos 13 anos o marco no qual o interesse virou paixão.

“Comecei a ouvir mais bandas e a descobrir novos sons. Aí não teve jeito. No ano seguinte comecei a fazer aula de

técnica vocal e não parei mais”, conta. “Minha mãe é totalmente culpada por eu ter escolhido essa carreira, entretanto ela

nunca me forçou a gostar nem a estudar música, mas com amor que ela tem pelo que faz, e que demonstra todos os dias,

era impossível não me apaixonar também”, revela.

Atualmente Nikole cursa Música na Ufpr (Universidade Federal do Paraná), mas para chegar até aqui teve que enfrentar

alguns preconceitos. “Sempre tive certeza de que queria cursar música, mas quando chegou a hora de fazer a inscrição

no vestibular não conseguia me decidir. Era tanta gente dizendo que música não dá dinheiro, que música é isso, música é

aquilo que quase me deixei levar. Acabei me inscrevendo para arquitetura, mas na última semana de inscrição mudei para

música e não poderia ter tomado decisão melhor”, valoriza.

Soul, blues, jazz e R&B são os estilos que a cantora mais gosta e ultimamente tem dedicado parte do tempo ouvindo

música instrumental e artistas da cena local. Nikole canta na Banda Cotton Field e tem um projeto de voz e violão com o

violonista Lucas Schafaschek. Fora isso, ela divide o talento com outras pessoas que também querem aprender a cantar. A

gente sempre aprende quando ensina e essa troca me encanta muito. “Às vezes estou cansada ou até mesmo para baixo e

vem um aluno empolgado com algo novo ou com alguma conquista e ganho o dia”, comemora.

DEZEMBRO 41


• PRINCIPAL

Foto: divulgação

Marcelo

Archetti

Musico por opcao

Com voz suave e timbre raro, o cantor e compositor Marcelo Archetti, natural de Pato Branco (PR), mora em Curitiba. O

artista viu sua carreira ter uma reviravolta depois da participação no programa The Voice Brasil.

Embora seja formado em direito, a música sempre foi a verdadeira paixão do jovem que desde os 16 anos compõe letras e

melodias. Foi na cidade natal que deu início à carreira ao fundar a primeira banda. Em seguida, quando mudou-se para a capital

integrou a banda Clappers, mas foi em 2013 que passou a se dedicar à carreira solo, adequando suas músicas para o formato

acústico e procurando mesclar a elegância das baladas britânicas e a personalidade do rock, uma das principais influências.

Hoje, Marcelo tem mais de 60 composições que se mesclam entre pop rock, folk e MPB. Entre os ídolos estão Paul Mc-

Cartney e George Harrison, mas Marcelo também encontra inspiração em outros grandes artistas como Eric Clapton e Noel

Gallagher, além dos conterrâneos Chico Buarque, Toquinho e Caetano Veloso. Este ano o cantor deu mais um grande passo

para a carreira e lançou um EP recentemente repleto de identidade musical.

42


Foto: divulgação

Jenni

Mosello

De Curitiba para o mundo

O X Factor Brasil chegou ao final e com ele os curitibanos puderam se orgulhar de toda potência vocal de Jenni Mosello,

que ficou em segundo lugar na competição. Seguindo as principais influências do jazz, blues e soul, a curitibana arrasou

na competição.

“Realizei um dos grandes sonhos da minha vida. É emocionante apresentar o meu trabalho em rede nacional, para todo

o país, e ver que grandes nomes da nossa música, como Rick Bonadio, Alinne Rosa, Di Ferrero e Paulo Miklos, apostaram

em mim. Pude mostrar um pouco da Jenni Mosello para todo o Brasil”, comemora.

Jenni nasceu na capital paranaense, mas logo se mudou para Roma, na Itália, onde viveu até os dez anos. Lá foi influenciada

pelos ritmos, que fazem parte de toda a sua formação musical. Ao voltar para o Brasil, em 2005, passou a receber

influências nacionais, com destaques para a bossa, MPB e samba.

Apesar de cantar desde que pequena, a carreira profissional de Jenni Mosello começou em 2012, em apresentações

com a banda curitibana Open, em casas de jazz. Desde então, Jenni passou a ser reconhecida no cenário curitibano, sendo

convidada para se apresentar, por exemplo, na reabertura da Ópera de Arame, um dos principais símbolos da cultura paranaense,

onde cantou para grandes personalidades do Estado e para o rei, Roberto Carlos.

Em 2015, a jovem cantora lançou seu primeiro EP autoral, com cinco faixas em inglês, o álbum: Sketches, Jenni Mosello;

foi produzido pela dupla Alexy Viegas e Maycon Ananias, que já trabalhou com artistas como Maria Gadú, Thiago Iorc e

Jesse Harris.

DEZEMBRO 43


• ESTILO

Todas astribos

Fotos: Fabiano Mendes e divulgação

ROQUEIRO,

MOTOR LOVER

OU OLD SCHOOL,

NÃO IMPORTA A

PREFERÊNCIA,

TODOS TÊM

ENCONTRO

MARCADO NA

BARBEARIA

C

uidar da beleza está deixando de ser algo

exclusivamente relacionado ao universo

feminino. Prova disso são as barbearias que

estão se transformando em verdadeiros pontos de

encontro não apenas para deixar os fios todos em dia,

mas também para tomar uma boa cerveja artesanal

na companhia da galera.

Na La España Barbería, casa inaugurada recentemente

nos arredores da Praça da Espanha, não

é diferente. Por lá se reúnem diferentes tribos para

confraternizar sem deixar de lado a estética. Nos finais

de semana é comum ver na barbearia o pessoal que

frequenta os arredores da praça.

O local virou ainda referência para os amantes

de motocicletas que elegeram a casa para cuidar do

visual e estender a tarde na varanda acompanhado

de um chope. Além das cervejas, Giovanne Simão,

sócio-proprietário do local, antecipa que em dezembro

será inaugurado anexo a La España, uma hamburgueria

que trará também uma cervejaria da Coruja.

A casa é comandada por um time de peso de

profissionais: João Adriano, Romulo Macedo e Caue,

que fazem todos os tipos de cortes. “O Adriano tem

um estilo mais clássico, enquanto o Romulo e o Caue

fazem corte de tendência como o undercut, razor

part, rockabilly e pompadour”, descreve Giovanne.

INFORMAÇÕES:

La España Barbería

Rua Saldanha Marinho, 1560 | Telefone: (41) 3205-5123

/laespanabarberia

44


BRINDE

UM TRAVESSEIRO

COM VISCOELÁSTICO

NA APRESENTAÇÃO

DESTE ANUNCIO


• EMPREENDEDORISMO

Elisa, entre os premiados pela Fecomércio, em

julho deste ano

Foto: Fecomércio PR

Foto: Fecomércio PR

Recebendo o prêmio Guerreiro do Comércio

O SUCESSO

NÃO CHEGA

POR ACASO

46


A EMPRESÁRIA ELISA RUPPENTHAL É DONA

DE TRÊS LOJAS EM CURITIBA. CRIOU UMA

MARCA PRÓPRIA DE CALÇADOS, É DIRETORA

DO SINDICATO CALÇADISTA E DA CÂMARA DA

MULHER EMPREENDEDORA DA FECOMÉRCIO PR

N

ascida no Rio Grande do Sul, Elisa Ruppenthal se

tornou curitibana há 16 anos. Trouxe na bagagem

o gosto pelos calçados e pelo comércio, que desenvolveu

ainda menina, trabalhando com a família em

Três Coroas (RS). Aos 14 anos ela já ajudava os pais no

comércio e também tinha o primeiro emprego em uma

fábrica de calçados, no interior do Rio Grande do Sul.

“Isso me deu um conhecimento muito grande em relação

aos produtos”, lembra.

Hoje, formada em Administração de Empresas, pós-

-graduada em Gestão de Pessoas e com vários cursos,

inclusive no exterior, administra três lojas em Curitiba, duas

em Santa Felicidade e uma no bairro Mercês. Criou sua

própria marca de calçados, a Belluno Comfort Shoes. “Trabalhamos

com sapatos para o público feminino, que aliam

moda e conforto.” Segundo ela, a beleza do sapato não

precisa ser acompanhada de um sacrifício para quem está

usando. Além de bonito, o sapato precisa ser confortável.

A agenda desta mulher de negócios está sempre cheia

de compromissos. Além de cuidar das lojas e de gerir 12

funcionários, ela é diretora de eventos do Sindccal (Sindicato

do Comércio Varejista de Calçados de Curitiba e

Região Metropolitana). “O sindicato existe há mais de 15

anos e tem a função de promover o comércio de calçados

em Curitiba e na região metropolitana. Está ligado e tem

representatividade dentro da Fecomércio. Promovemos

negócios e parcerias que possam contribuir para o setor

na região”, conta Elisa.

Ela também é diretora da Câmara da Mulher Empreendedora

e Gestora de Negócios, na Federação do Paraná.

A Câmara é formada por 18 diretoras, todas mulheres

empresárias. Ela explica que trata-se de um braço da

Fecomércio PR, que está atuando há mais de nove anos.

O Estado do Paraná é pioneiro neste tipo de trabalho

dentro da Fecomércio. “A Câmara está super atuante em

promover o networking entre empresárias de Curitiba.

Queremos fortalecer e apoiar o empreendedorismo feminino,

tanto em questões jurídicas e administrativas, como

em campanhas de solidariedade, como o Outubro Rosa”,

descreve a diretora.

A atuação da empresária nos últimos tempos vem chamando

a atenção de diversas instituições. Este ano ela foi

uma das homenageadas no prêmio Guerreiro do Comércio.

No mês de julho, junto com empresários de diversos segmentos,

Elisa recebeu o reconhecimento da Fecomércio,

Foto: MBM Business School

Durante treinamento da MBM Business

School, em Atibaia (SP)

que é entregue aos profissionais que se destacam em suas

áreas de atuação.

O amor pelo que faz é cultivado há muito tempo. “Amo

o que eu faço. Desde criança, junto com minha família,

vivo o comércio e o ramo calçadista.” Mesmo com muitos

compromissos ela arruma tempo para estudar. “Alguns

anos atrás fui para Nova Iorque fazer um curso com o Anthony

Robbins, baseado no livro dele: Poder Sem Limites.

Depois disso resolvi fazer um treinamento de coaching

no Instiad Human and Business School, em São Paulo.

No fim do ano passado participei de mais um curso com

o Anthony Robbins, na Flórida (EUA), chamado Encontro

com o Destino. Para mim foi uma continuação, algo mais

aprofundado do primeiro treinamento que fiz com ele.”

Atualmente ela é aluna da MBM Business School Curitiba,

uma escola de negócios voltada para donos de empresa.

Através da indicação de uma cliente foi participar de uma

palestra de apresentação da escola. No final do encontro

submeteu-se a uma entrevista que avaliaria se ela estava

apta a fazer o curso. Estava! Matriculou-se e hoje participa

de encontros, em média são dois dias inteiros por mês,

que lhe proporcionam crescimento pessoal e profissional.

“O que me chamou mais atenção, é que não é apenas

um curso que vai me dar ferramentas para aplicar dentro

da minha empresa. Vejo que eles têm a preocupação de

trabalhar o ser humano como um todo.”

Segundo ela, o grande segredo está em como nos relacionamos

com as pessoas e com nós mesmos. “A partir

do momento em que eu me conheço melhor, que eu me

entendo, eu consigo entender melhor as outras pessoas. O

que vemos nas pessoas é o espelho de nós mesmos. Tento

repassar para minha equipe boa parte do conhecimento

que adquiro nos treinamentos que faço. Quem trabalha

com pessoas tem que se conhecer bem e ter esse desenvolvimento

pessoal. Precisamos de mais flexibilidade e

sensibilidade”, conclui a empresária de sucesso.

DEZEMBRO 47


• TRANSFORMAÇÃO

Antes

TODA

PODEROSA

48


HAIR

O cabelo da Fernanda Fleischer, transformada

desta edição, é fino e com pouco

volume. O desafio da profissional Isabel Favoretto

– que atende em domicílio – foi dar a

ela um visual glamouroso de capa de revista.

Para isso, Isabel secou bem e fez o ondulado

com o modelador. “Volume é a tendência

do momento. O segredo está na forma de

usar o baby liss, é isso que faz a diferença

no cacho”, explica. Antes de ondular Isabel

optou por um frisante para conseguir melhor

resultado com a modelagem. “Para finalizar

desfiei a parte de cima para dar mais volume

e joguei todo o cabelo para traz, o resultado

ficou superpoderoso”, destaca.

FICHA TÉCNICA

Fotografia: Marcos Mancinni

Modelo: Fernanda Maier Fleischer

Cabelo: Isabel Favoretto

Maquiagem: Gihan Majzoub

MAKE

A maquiagem também precisava ser

poderosa, então a profissional Gihan Majzoub

não teve medo de ousar. Na pele

caprichou no contorno para esconder e

valorizar alguns aspectos. “A dica é: para

dar profundidade usa-se uma sombra mais

escura; para realçar aplica-se o iluminador”,

ensina. Na pele, Gihan fugiu um pouco do

aspecto matte, para dar mais naturalidade.

Nos olhos muita sombra preta, e aqui não

pode ter preguiça de esfumar, para deixar

bem natural. Abaixo da linha d’água a

maquiadora usou delineador em gel preto.

“Como a Fernanda gosta de olhão, coloquei

um glitter marrom escuro na parte do meio

da pálpebra. Conforme ela mexe o olho o

brilho fica lindo”, valoriza. Para fechar, cílios

postiços. Na boca Gihan fez uma mistura

de tons: vinho e vermelho. “Uma dica legal

para durar melhor é passar corretivo na boca

e um lápis da mesma cor”, sugere.

Quer ser a próxima selecionada? Siga a VOi no

www.facebook.com.br/revistavoicuritiba e saiba mais.

DEZEMBRO 49


Must HAVE

Kaftans estão em alta na estação.

Elegante, com caimento impecável

que valoriza diferentes biótipos

e estampas maravilhosas que

combinam perfeitamente com

o verão, essas são algumas das

principais características dos kaftans.

Claro que a Carmen Steffens trouxe

essa super tendência na coleção de

Alto Verão e uma das peças-chave

é o modelo com estampa composta

por animal print e arabescos. Tem

que ter no closet

Onde encontrar: Carmen Steffens

Park Shopping Barigüi

Valor: sob consulta

Foto: divulgação

Refeição NOBRE

Que tal deixar as refeições mais elegantes com o

conjunto Fendi, em madeira nobre camuru e tela sling?

Aposta certa para dentro de casa e áreas externas. A mesa

tem 1,80 m (metro) de diâmetro e o diferencial é o tampo

giratório que facilita na hora de servir os alimentos

Onde encontrar: Durigan Móveis e Decorações

Valor: 10x de R$ 1.137,10

Foto: divulgação

Foto: Valterci Santos

Fim de ANO

Parque aquático e calor é a combinação perfeita.

Nessas férias uma boa pedida é conhecer a cidade de

Machadinho (RS) e desfrutar de todas as belezas naturais

da região. Além do parque com piscinas de água termal

o hotel tem estrutura completa para receber hóspedes

de todas as idades, perfeito para famílias. O pacote de

Réveillon inclui ceia, show e baile da virada

Localização: Machadinho Termas Park Hotel

Valor: sob consulta

Brinde e FESTAS

Com cinco variedades os espumantes

Tunnel não podem faltar nas

comemorações de final de ano. O

Nature, Brut e Extra Brut são produzidos

com 80% de uva chardonnay e 20%

pinot noir. Enquanto o Brut Rosé é

100% pinot noir. Todos são elaborados

pelo método Champenoise. Para os que

preferem os mais docinhos, aposte no

Moscatel, feito pelo método Asti. Escolha

o seu favorito para brindar nas festas

Onde encontrar: Cave Colinas de Pedra

Valor: sob consulta

Foto: Fabiano Mendes

Foto: Valterci Santos

Churrasco GOURMET

Tecnologia é a melhor palavra para descrever as churrasqueiras

gourmets. Espetos rotativos automatizados, grelhas elevatórias

elétricas e controle de temperatura são apenas algumas das

características que podem ser aplicadas. Além do design único,

tem ainda o tampo em aço inox ou vidro temperado que evita o

cheiro após o churrasco

Onde encontrar: Arte Grill

Valor: sob consulta

Foto: divulgação

Conforto e

BELEZA

Com opção de três ou quatro cadeiras o Conjunto Chinês confere um toque nostálgico aos ambientes. Orna

muito bem em sacadas, varandas, casa de campo ou aquela parte da casa que merece uma pitada de requinte.

O jogo é em alumínio fundido, resiste a diferentes condições climáticas

Onde encontrar: Fund´Arte

Valor: R$1.375 (3 cadeiras) e R$1.620 (4 cadeiras)

50


BELEZA DA

MADEIRA

COM TOQUE DE

SUSTENTABILIDADE

A MADEPLAST é a madeira plastificada desenvolvida com

nanotecnologia contendo 70% de resíduos de madeira e

30% de resíduos de plástico na composição. A tecnologia

MADEPLAST oferece um produto mais duradouro que a

madeira comum e confiável para diversas aplicações.


• COLUNA

LUTA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Provopar

Nossa missão é promover a melhoria da

qualidade de vida de pessoas em vulnerabilidade

social. As ações garantem a

valorização da família e a inclusão social.

Em atendimentos com a Defesa Civil, atua

em situações de emergência, catástrofe e

calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte

desta corrente solidária em favor do desenvolvimento

social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

Foto: Franciele Stirma Foto: Emanoel Caldeira

Foto: divulgação

Ações educativas e orientações diversas marcaram o Dia

Nacional de Luta contra o Câncer de Mama, no dia 28 de

novembro, em frente a Boca Maldita, no centro de Curitiba.

O evento organizado pela ONG Instituto Humsol, com o

apoio do Governo do Paraná, contou com a presença da

vice-governadora Cida Borghetti, autora da lei que instituiu

a data no Paraná, e da presidente do Provopar Estadual,

Carlise Kwiatkowski. A campanha lembra as mulheres que é

preciso fazer pelo menos uma consulta de check-up ao ano.

MODA DO BEM

Cerca de 300 quilos de alimentos não perecíveis, arrecadados

durante o evento Bazar Moda do Bem, foram doados ao

Provopar Estadual, para atendimento das situações de urgência

e emergência em parceria com a Defesa Civil, além de suprir as

necessidades de entidades assistenciais. O bazar foi realizado no

Buffet do Batel, com a presença de cerca de 4 mil pessoas, que

puderam usufruir de descontos de até 70% nas 60 lojas de moda

feminina, masculina e infantil. A organizadora do evento é Yannih

Tsushima parceira de longa data do Provopar.

RESTAURANTE MADALOSSO COLETA NOTAS FISCAIS PARA O

PROVOPAR NO MÊS DE DEZEMBRO

O Provopar Estadual ganhou mais um importante aliado em seu

trabalho para arrecadação de notas fiscais no mês de dezembro de

2016. Trata-se da parceria feita com o Restaurante Madalosso, que vai

transformar em benefícios para milhares de famílias em vulnerabilidade

social os créditos do programa Nota Paraná, do Governo do Estado.

PRÊMIO DE RECONHECIMENTO PEQUENO COTOLENGO

O Provopar Estadual foi um dos homenageados com o

prêmio de reconhecimento na categoria Gestão Cidadã,

promovido pelo Pequeno Cotolengo – instituição que

acolhe, trata e educa pessoas com deficiências múltiplas,

abandonadas pelas famílias ou em situação de risco. A noite

animada contou com apresentação teatral dos moradores.

O troféu simbólico foi entregue pelo diretor da instituição,

padre Renaldo Lopes, ao coordenador de eventos do

Provopar, Emanoel Caldeira, que representou a presidente

Carlise Kwiatkowski e equipe.

UM SORRISO NÃO TEM PREÇO, MAS VALE MUITO!

Sorrir faz bem para alma e para o coração das pessoas. E

mais de 150 crianças de Curitiba e região metropolitana

puderam sorrir em momentos super animados, com direito a

brinquedos e lanchinhos, numa ação promovida pela Rede

Massa com apoio do Provopar Estadual e Kinder Park.

UM SONHO DE NATAL NO CASTELO

Proporcionar um dia de magia e diversão para mais de 2.300

crianças foi o principal objetivo da festa do Natal Encantado

do Paraná, realizada dia 5 de dezembro,no Castelo do Batel,

em Curitiba, com a presença do Papai Noel, personagens de

desenhos animados e muitas outras atrações. A festa, que ocorre

há 12 anos, contou com a presença de crianças de Curitiba,

Região Metropolitana e Litoral do Estado, que se divertiram

com os brinquedos infláveis, camarim de pinturas, show de

patinação, além de um delicioso lanche, em um ambiente mágico cuidadosamente decorado para o Natal.

Foto: Emanoel Caldeira Foto: Emanoel Caldeira Foto: Franciele Stirma

52


• COLUNA

Joia eu uso

Natal

Essa data comemorativa é

celebrada em dias diferente de

acordo com a religião, mas todas

têm o significado de comemorar

o nascimento de Cristo:

25/12 - católicos;

06/01 - católicos armênios;

07/01 - católicos ortodoxos.

Rafaelle Ruhle com brinco da

Geara Joalheria e Design

Fotos: divulgação

Originalmente era comemorado o nascimento de Deus Sol, sob o solstício de inverno.

Foi resinificado pela igreja católica no século III para converter os pagãos sob o

domínio do Império Romano e comemorar o nascimento do menino Jesus de Nazaré.

Tudo é especial no dia, como refeições, brindes, cartões, músicas, guirlandas e a

tradicional árvore de Natal, esta tem origem com o padre Martinho Lutero, autor da

reforma protestante. Andando em uma noite entre pinheiros e olhando para o céu

teve a sensação que as estrelas eram diamantes a cobrir as árvores. Encantado, pegou

um pequeno pinheiro plantou em um vaso, acendeu pequenas velas, colocou papéis

coloridos e assim nascia este símbolo do Natal.

Outro símbolo natalino é o presépio, criado por São Francisco de Assis, para

celebrar o nascimento do menino Jesus. Feito em palha, tinha a imagem do menino

Jesus com a Virgem Maria e de José, acompanhado de um boi, um jumento e outros

animais. Após o nascimento do menino Jesus, os três reis Magos levaram presentes,

assim veio a tradição de se presentear no Natal.

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

Que o ano de 2017 seja o renascimento da fé em nossos corações; que os presentes

não sejam somente materiais, mas também espirituais. Que no dia 25 façamos uma

grande reflexão levando a todos muito amor, paz, proteção e prosperidade.

54


A BELEZA

ONDE

VOCE ESTIVER

CONHEÇA

HOME

BEAUTY

Agende um horário: (41) 99849 2460

E-mail: isabel.favoretto1@gmail.com

Facebook.com/isabelhairstylist

Instagram:isabel.favoretto


• COLUNA

Acesso

à cultura

Então é Natal

Foto: divulgação

O colunista Guilherme Klopffleisch é

diretor de planejamento da Mind

Estratégias, empresa pioneira na

utilização dos recursos da Lei Rouanet

em favor da construção de imagem

positiva. A Mind entende que recursos

destinados à cultura - por meio dos

impostos - não são filantropias e sim

uma oportunidade para a empresa

se relacionar com a comunidade,

fornecedores e colaboradores.

A cultura parece tema distante, fruto de um tempo que se falava sobre alta

cultura. O termo caiu em desuso após grandes pensadores como Raymond Williams

definirem a cultura como “o modo de vida de um povo”. A partir deste conceito,

conseguimos perceber a importância do investimento e valorização do modo de

vida de uma nação.

O Natal é um marco cultural. Nessa época do ano o comércio se mobiliza, as

famílias se unem e toda a agenda da nação fica em função dessa data emblemática,

nostálgica e para os otimistas feliz. Feliz, por despertar a esperança, lidar com a

expectativa de um ano novo e se tratar do momento ideal para retomar sonhos.

Em meio ao turbilhão de sentimentos que envolve a data. Algumas marcas

percebem a importância de investir na valorização da cultura. Em Curitiba, um dos

projetos mais conhecidos é o Natal do Hsbc. Embora agora Bradesco, a marca Hsbc

se consolidou na cidade por investir na cultura do Natal. Com o coral de crianças

carentes fez ecoar as suas iniciativas em favor da sociedade.

É possível afirmar que os projetos de Natal são o ponto alto em relação à

valorização de uma cultura. Concebemos diversos projetos de Natal e trouxemos

como referência a Casa do Papai Noel de São José dos Pinhais (PR). Por vários

anos temos parceiros – Volkswagem, Berry Plastics, Eurolaf e GME Aerospace –

que investem na cultura. Poderíamos falar dos 2.200 milhões de visitantes ao logo

dos seus 17 anos, das mais de 1.500 apresentações, as 170 entidades beneficiadas

com o evento ou mesmo dos 3.400 empregos diretos que o evento gerou ao longo

desses anos.

Em tempos que o termo storytelling está em alta no mercado de comunicação.

Ter boas histórias e fazer parte da história de vida das pessoas é o elemento chave

pra mensurar o imensurável retorno que projetos culturais proporcionam.

OPEN YOUR MIND!

Contato:

guilherme@mindestrategias.com.br

56


• COLUNA

Eventos

UNIVERSO DOS DIAMANTES

Fotos: Mana Gollo

by

Mônica

Gulin

Nesta coluna você confere o

lançamento do livro Romance

Eterno, da joalheria Bergerson,

sobre o universo dos

diamantes. A palestra foi realizada

na varanda do restaurante

Alessandro & Frederico, no

Pátio Batel, em Curitiba (PR)

em um prestigiado coquetel

oferecido a um seleto grupo

de convidados. Já na segunda

página o encontro das associadas

do Graciosa Country

Club foi no famoso Chá da

Tarde, sob o comando da incansável

diretora social Eliana

Farracha, o mais tradicional

clube da cidade ofereceu uma

agradável tarde com música

sorteios e confraternização

contemplada com as delícias

do Buffet Elegance.

Mônica Gulin com o casal anfitrião

Marcelo e Luciana Bergerson

Convidadas VIP da sociedade curitibana apreciam a

palestra sobre o Universo dos Diamantes

Izaura e Adis Hillani

Mônica Gulin com brincos e anel Circus

Collection da Bergerson

Neuza Madalosso, Cezar Franco, Vânia Dalmaz

e Irit Czerny

Eleuthério Neto e Eliseu Portugal

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: contato@monicagulin.com.br

58

As irmãs Fabi e Rafa Cunha

O jovem casal Omar e Tatiana Camargo

prestigiam o evento


CHÁ DAS SENHORAS DO GRACIOSA COUNTRY CLUB

Fotos: Lucas Lopes

A primeira dama

do Graciosa

Country Club

Karina Bley e a

diretora social

Eliana Farracha

recebem as

associadas

Mônica Gulin e

a artista plástica

Nicole Gulin

Melhem

Eliana

Farracha e

a dona do

SPA Tereza

Zanchi,

apoiadora

do Evento

A mesa de bolos do Buffet Elegance

ornada com encantador enfeite de natal

Sempre prestigiando as amigas, Rosana Pollis,

Elisabeth Rauen, Danielle Fantin, Margareth

Negrelle, Gisele Hauer, Larissa Macedo, Maria

Kroetz, Lucia Beirão e Andrea Velloso

As premiadas no sorteio do Chá da Tarde do

Graciosa Country Club

As senhoras

graciosanas

confraternizam

em agradável

tarde na sede

social

Susana Scherer, Ana Claudia Fontana França, Gisele

Chaves Hauer, Karina Bley, Deborah Guedes Pereira

DEZEMBRO 59


• VISITA

LOUCAS POR SAPATOS

Fotos: Revista VOI

TIME DE DIVAS CURITIBANAS CONHECE

IN LOCO FÁBRICA DA RAPHAELLA BOOZ

Q

ue atire a primeira pedra aquela mulher que

não for louca por sapatos. Mas tudo bem, no

Clube das Divas, você pode e deve ser. O

projeto foi idealizado pela franqueada da grife Raphaella

Booz em Curitiba, Solange Emerick, e acredite, já

tem 20 divas no time. O presente de Natal este ano foi

generoso e junto com um sapato customizado – um

scarpin dourado daqueles que deixa qualquer look

elegante – as integrantes ganharam um dia mais que

especial: uma visita à fábrica da marca em São João

Batista (SC), onde há 50 anos o sonho do seu Ari

(fundador da marca que leva o nome da filha caçula)

começou a se tornar realidade.

A trupe embarcou cedinho em Curitiba, e a

festa começou logo no ônibus, com direito a amigo

secreto, camiseta personalizada, quitutes e muitas

risadas. Na fábrica, as divas foram recebidas pela

equipe Raphaella Booz que acompanhou todo o trajeto.

A primeira parada foi o departamento de estilo,

onde tudo começa. “O trabalho inicia com bastante

antecedência. Nossa equipe faz várias visitas anuais

para Europa para captar as principais tendências. É

um processo de muita pesquisa”, enaltece Simone

Stadzisz, gerente de franquias.

Depois foi a vez de conhecer o chão de fábrica, no

qual trabalham 300 funcionários – alguns com mais

de 20 anos de casa. As divas viram como cada peça

é tratada como uma joia e tiveram a oportunidade

de conhecer o showroom com todos os produtos de

inverno. A noite terminou com uma parada na Villa

Prando Vinícola em Itajaí, onde o chef internacional

Anderson Hansen preparou um jantar com entrada,

prato principal e sobremesa para as integrantes do clube.

Claro que não faltou espumante e muitos brindes

para comemorar o dia.

“A Solange é apaixonante e ela faz a diferença na

Raphaella Booz, pelo o tratamento que ela nos dá, os

eventos que organiza com muito amor e carinho. Ela

fez com que nos apaixonássemos pela marca junto

com ela. E hoje conhecendo a história só confirmou

todo esse amor. Os funcionários nos receberam com

sorriso no rosto e satisfação. Foi uma experiência

sensacional”, compartilha Karen Salomão uma das

integrantes do Clube das Divas.

60


“QUANDO CHEGO NA LOJA TANTO A SOLANGE QUANTO

AS VENDEDORAS ME CONHECEM, SABEM MEUS GOSTOS,

O DIA DO MEU ANIVERSÁRIO. NÃO É SÓ COMPRAR UM

SAPATO, É TODA UMA EXPERIÊNCIA. ELAS ME TRATAM

COM MUITO CARINHO”

RENATA BALBINO, INTEGRANTE DO CLUBE DAS DIVAS

HISTÓRIA

Este ano a Raphaella Booz completou 50

anos de história. Quem toca a fábrica é o filho

do seu Ari, Cláudio Booz, um apaixonado

por sapatos. “Meu pai conseguiu me passar

todo o amor dele pelos calçados. Aos 17 anos

fui estudar e não parei mais”, lembra. Nos

últimos anos houve uma mudança de direcionamento

e a linha de produção deu lugar

ao fortalecimento da marca. “Optamos pelo

varejo. Nossa primeira loja foi em Balneário

Camboriú (SC) e a primeira franquia em Foz

do Iguaçu (PR)”, conta Cláudio. Hoje a Raphaella

Booz tem 25 lojas no Brasil – dentre elas

a de Curitiba, localizada no Park Shopping

Barigüi – e 5 internacionais, mas os planos

de expansão são audaciosos: “para 2021

prevemos 142 lojas”, antecipa.

01

02 03 04

05 06

07

08

09

01. Divas se divertem na fábrica da

Raphaella Booz; 02. Eva Perotta e

Maria Elisa Emerick; 03. Daniele

Florencio e Karen Salomão; 04.

Luciane Schaffer e Duciara Povh Tedesco;

05. Marcia Calil e Ana Paula

Otto Naldony; 06. Mirele Marques

Takasaki e Karmen Lucia Emerick;

07. Tânia Besciak e Karin Lazaroto;

08. Renata Balbino e Gisele Mazetto;

09. Solange Emerick, Simone

Stadzisz, gerente de franquias e

Mayara Cabral, supervisora comercial;

10. Solange com o presidente

da Raphaella Booz, Cláudio Booz;

11. Chef internacional Anderson

Hansen em ação.

10 11

DEZEMBRO 61


• CLICK

Talk Show

em Curitiba

Parte I

CS Maison Park

Shopping Barigüi

01

Novembro foi o mês do badalado

CS Talk Show, promovido

duas vezes por ano pela Carmen

Steffens. Em Curitiba, três

unidades da marca receberam o

bate-papo sobre tendências da

coleção Primavera/Verão: CS

Maison do Park Shopping Barigüi,

CS Concept do Pátio Batel

e CS Maison do Shopping Mueller.

Quem explicou as coleções

foi o consultor de imagem e

relacionamento da região sul,

Glauber Rodram. As clientes

selecionadas para participar do

evento receberam um sapato

exclusivo feito especialmente

para elas com o nome de cada

uma escrito dentro da peça.

Um luxo total. Todos os eventos

contaram com um delicioso

coquetel com salgados, doces e

muito espumante. Confira quem

foram as selecionadas!

02 03

04

05

06

07

01. Clientes CS com a franquiada

Tatiana Nikolaus e o consultor

de imagem e relacionamento

da região sul, Glauber Rodram;

02. Tatiana Nikolaus e Adriana

Raffs; 03. Glauber Rodram; 04.

Ivonete Rossato; 05. Rosângela

Asinelli e Glauber; 06. Viviane

Nervino, Adriana Raffs e Tatiana;

07. Delma e Nathália Pacheco;

08. Moni Cunha e Fernando

Pereira, gerente da CS Outlet;

09. Chrystiane Coelho e Tatiana;

10. Tatiana, Glauber, Adriana

Raffs e Moni Cunha.

08

62

09 10


11 12

13

14

15

17

16

18

19

11. Monica Albino; 12. Lenise

Guimarães; 13. Huguete Carneiro

e Graziela Maia; 14. Os

franqueados Tatiana Nikolaus e

Eduardo Nates; 15. Maria Thereza

Romeiro; 16. Andressa Euzieres;

17. Tatiana, Glauber e Celmi

Gorte; 18. Muito espumante

para as VIPs; 19. Tatiana, Paola

Gulin e Glauber; 20. As delícias

foram preparadas no capricho;

21. As clientes lotaram o Talk

Show para conferir em primeira

mão as tendências.

Fotos: Mauricio de Paula

20 21

DEZEMBRO 63


• CLICK

Talk Show

em Curitiba

Parte II

CS Concept

Pátio Batel

01 01 02

03 04

C

M

Y

05 06

CM

MY

CY

CMY

K

01. Glauber Rodram; 02. Caroline

Aquemy Watanabe; 03. Sônia

Egger Rodrigues; 04. Isabel

Baldan e Fabiola Fagundes; 05.

Bruna Silva, supervisora das lojas

de fábrica da CS, e Glauber; 06.

Fabiane Cordeiro, gerente da CS

Concept, e Glauber; 07. Equipe

CS Concept Pátio Batel; 08.

Juliana Cristine; 09. Fernanda

Perotta e o pequeno Luiz Eduardo;

10. Juliana com modelito

escolhido por Glauber; 11. Look

tendência da coleção: P&B; 12.

Quitutes para as clientes VIPs.

07 08

09

10

Fotos: Mauricio de Paula

64

11 12


• CLICK

Talk Show

em Curitiba

Parte III

CS Maison Mueller

01

02 03

04 05

01. Clientes VIPs com a supervisora

das lojas de fábrica, Bruna

Silva e Glauber Rodram; 02.

Mimos para as convidadas; 03.

Yara Brasil e Ilsa Antunes; 04.

Glauber com a gerente da CS

Maison Mueller, Patrícia Melz;

05. Glauber, Patrícia e Bruna;

06. Liana Budel e Edna Zem; 07.

Cecília mostra seu sapato personalizado;

08. Cecília Vizzotto

Grassi; 09. Glauber explica a

tendência navy; 10. Liana com a

calça boyfriend, outra tendência

da nova coleção; 11. Glauber e

Bruna Silva.

06

09

08

07

10

Fotos: Mauricio de Paula

08

09 10 11

66


• CLICK

Comemoração

O Castelo do Batel ofereceu um jantar

para patronesses do Natal Encantado do

Paraná 2016. O convite foi feito pela diretora

do Castelo do Batel, Vera Lupion, que

agradeceu todas as doações. Todo valor

arrecadado foi revertido para compra de

brinquedos entregues na festa de Natal das

crianças, realizada dia 5 de dezembro, no

Castelo do Batel. O evento faz parte das

ações do projeto Natal Encantado do Paraná,

realizado pelo Provopar Estadual com

a parceria do Governo do Estado.

01

02

01. A organizadora do jantar Rossana Lazzarotto

que é também precursora da festa

solidária de Natal para as crianças, há mais

de 10 anos; 02. As empresárias Alessandra

Grocoski, Bárbara Trevisani e Marieli Meger

Rondeau Araujo parceiras de longa data do

Natal Encantado; 03. O jantar foi embalado

ao som do pianista Heber de Castro; 04. O

jantar ficou sob o comando do renomado

chefe Hermes Custódio, que foi muito elogiado;

05. As anfitriãs do Castelo do Batel,

Danielle e Vera Lupion, o pianista Heber de

Castro, a presidente do Provopar Esstadual,

Carlise Kwiatkowski e a organizadora da

festa, Rossana Lazzarotto; 06. As empresárias

e patronesses do Natal Encantado

2016, Apoline Minguetti, Marcia Abujamra,

Florlinda Andraus, Zelia Tacla e Roselena

Abujamra; 07. As patronesses Suzy Garofani

e Ivanir Baja, com a anfitriã Vera Lupion

(ao centro); 08. O jantar foi descontraído

e comemorativo, pois celebrou as ações de

Natal em 2016; 09. Apoline Minguetti, Ivanir

Baja, Carlise Kwiatkowski, Florlinda Andraus,

Vera Lupion, Marcia Abujamra, Roselena

Abujamra, Mariana Gaião e Suzy Garofani;

10. Stella Winnikes, Carlise Kwiatkowski,

Ana Silvia Manente, Barbara Trevisani, Vera

Lupion, Alessandra Grocoski, Danielle Lupion,

Marcela Amorim, Rossana Lazzarotto, Marieli

Meger Rondeau Araujo e Ivanir Baja; 11. As

empresárias Zelia Tacla, Rossana Lazzarotto

e Marcia Abujamra; 12. O mais importante é

que as doações das patronesses resultarão no

atendimento de 2200 crianças no Natal. Na

foto em pé: Zelia Tacla, Rossana Lazzarotto,

Roselena Abujamra e Marcia Abujamra. Na

mesa, Marieli Meger Rondeau Araujo e Florlinda

Andraus.

03 04

05 06

07 08

09 10

Fotos: Igor Kosiski

68

11 12


• CLICK

Festa de

arromba

O Studio Robson Souza preparou

uma festa de arromba para

apresentar o novo conceito de

Dia da Noiva e Dia do Noivo,

bem como comemorar mais um

aniversário. A festa contou com

presenças de VIPs de Curitiba e

região. Confira!

01 02

03

04 05

06

01. O casal anfitrião Robson

Souza e Fran Alves; 02. As noivas

estavam deslumbrantes com

vestidos da Maison Veridiane;

03. Robson com Juliana Neri,

Anderson Moreira e Isabella Moreira;

04. Fran, Robson e Magal

agradecem a presença de todos;

05. Maria Fernanda Lacerda,

Maria Carolina Lacerda, Claudia

Lacerda e Hamilton Lacerda; 06.

Fran Alves, Katia Oliveira e Robson

Souza; 07. Carla Bartoski,

Robson, Fran e Pedro Bartoski Jr;

08. As meninas do Rock Calcinha

soltando a voz; 09. Luisandro

Szlachta, Magal e Liane Szlachta;

10. O novo espaço da barbearia é

puro luxo; 11. Paulo Juk e Magal;

12. Nori Autos Luxo.

07 08

09 10

Fotos: Mauricio de Paula

70

11 12


• CLICK

Casa nova

A Bello’s Car comemorou 26

anos de história com a inauguração

da nova sede. A casa agora

conta com 12 mil m² (metros

quadrados) e está ainda mais

completa com lava car, corretora

de seguros, restaurante,

cafeteria, martelinho de ouro,

lojas de acessórios, pneus,

rodas e até uma barbearia. A

festa contou com a presença de

3500 convidados e teve muita

música. Confira!

10

Fotos: divulgação

72


• ROTEIRO

ENOTURISMO

EM CURITIBA

Foto: divulgação

74


Foto: Valterci Santos

Família Fardo Vinícola

surpreende com vinhos finos

produzidos ali mesmo na casa

DEZEMBRO 75


• ROTEIRO

Foto: Valterci Santos

Foto: Valterci Santos

Foto: Valterci Santos

S

e você estiver com viagem marcada para São

Paulo e até mesmo ao litoral do Paraná, preste

atenção nessa dica, no km 69 da BR 116 tem

uma parada que vai deixar as férias ainda mais completas:

a Família Fardo Vinícola. Se ligue nas placas e passe

devagar nas proximidades para não perder a entrada, ela

está localizada no lado da pista sentido São Paulo. Ainda

da rodovia é possível ver a estrutura de 1.600 m² (metros

quadrados), construída em pedra basalto e estilo medieval

– muito parecida com um castelo. A vinícola é fruto

do sonho (realizado) de Ambrosio Fardo, que almejava

tomar um vinho de qualidade produzido por ele mesmo.

76


Foto: divulgação

DEGUSTAÇÃO

Desde 2009 a casa vem crescendo assim como a

quantidade de rótulos produzidos no local. São três

linhas: Casa, Da Família e Encontro. Para conhecer e

degustar as variedades há três tipos de visitas à vinícola.

A primeira delas, a Simples, não tem custo. Os visitantes

são convidados a provar as bebidas no balcão e conhecer

as dependências do local. A degustação Trinna, que pode

ser feita todos os dias da semana, deve ser agendada com

algumas horas de antecedência. Nela está incluída a

prova de três taças de vinhos harmonizados com queijos,

salame e copa pelo custo de R$ 40. Já a Completa é um

verdadeiro minicurso de vinho com o enólogo Renato

Garcia. Além de conhecer o local, é possível provar todas

as variedades que são acompanhadas de antepastos.

Nessa é preciso ter no mínimo dez pessoas e o valor é R$

130 cada. A visita Completa não é realizada aos domingo

e feriados, mas tem horários flexíveis para os demais dias.

RÓTULOS

Para as estações mais quentes, a proprietária da vinícola,

Justina Fardo, destaca as variedades perfeitas para

substituir a cerveja nos dias de sol na beira da piscina:

o branco Malvasia, o rosé Merlot, ambos da linha Casa,

e o Fiori, da linha Encontro. “A uva Malvasia vem do

interior do Paraná. Este é um vinho leve e refrescante,

acompanha comidas leves e é perfeito para servir gelado”,

detalha Justina.

Já para a produção do rosé Merlot as uvas vêm de

São Joaquim (SC). É um vinho aromático e leve, ótimo

para servir no balde de gelo com um petisco no jardim.

O terceiro que completa o time de verão é o Fiori, composto

por um blend com uvas Malvasia e Malbec. “Ele é

muito aromático, com referência a flores e frutas. Pode ser

servido resfriado ou a temperatura de adega, 16° C (Graus

Celsius). Harmoniza com grelhado, vai muito bem para se

refrescar na piscina e degustar com um queijo”, sugere.

Além desses, compõem a carta de vinhos os tintos

secos da linha Casa Malbec, Merlot, Tannat, Cabernet

Sauvignon (safras 2009, 2010, 2011), o blend Harmonia

da linha Encontro (Tannat, Cabernet Sauvignon e Merlot),

o vinho de mesa Bordô, a Grappa, os espumantes

Moscatel (elaborado pelo método Asti) e o Brut (método

Charmat) e o não alcoólico suco de uva.

DEZEMBRO 77


• ROTEIRO

BAG IN BOX

Excelente custo benefício são as opções

no bag in box. São três vinhos na caixa:

Cabernet Sauvignon, Malbec e Bordô.

Para quem tem preconceito e acha que a

caixa altera o sabor, Justina garante que é

exatamente o contrário: “A vantagem de

estar na caixa é que depois de aberto não

há contato com oxigênio. Na garrafa, por

exemplo, o vinho deve ser consumido rápido,

na caixa dura até 40 dias”, compara. A

caixa de 3 l (litros) corresponde a 4 garrafas

e a de 5 l a 7,5 garrafas. “Essa opção é ideal

tanto para famílias que têm o hábito de

consumir diariamente vinho, quanto para

eventos e restaurantes e o preço é bastante

em conta”, avalia.

Foto: divulgação

PRESENTE

Que tal presentear neste final de ano com uma cesta

recheada de produtos especiais. Na Família Fardo você

pode personalizar ou escolher as que já estão prontas.

São chocolates, vinhos, salames, queijos, taças e acessórios

para a bebida.

SERVIÇO

Família Fardo Vinícola

Rodovia Regis Bittencourt (BR 116 km 69), 550 – sentido São Paulo

Telefone: (41) 3672-1693 (41) 3672-4488

www.familiafardo.com.br

Facebook: Família Fardo Vinícola

Foto: divulgação

78


• TEST DRIVE

CLÁSSICO

ETERNO

Fotos: Marcos Mancinni

ENCONTRO DE MAVERICKS

REUNIU, EM CURITIBA,

DIFERENTES EXEMPLARES

DE UM DOS CARROS MAIS

QUERIDOS DA HISTÓRIA

AN ETERNAL

CLASSIC

THE MAVERICKS MEET IN

CURITIBA, WITH DIFFERENT

MODELS OF ONE OF THE

MOST BELOVED CARS IN

HISTORY

80


MAVERICK 1975 SUPER

Engenheiro civil, Leonardo Pupo tinha um

sonho antigo de adquirir um Maverick. “A oportunidade

surgiu em 1999, quando comprei ele no

interior do Paraná”, conta. “Minha família toda é

fã da marca Ford, meu irmão já teve um 1972. Inclusive,

o meu carro já está na herança da minha

filha. O Maverick Clube de Santa Catarina tem

sócios da Chapecoense, então essa homenagem

foi para eles, para dar força neste momento de

tristeza após a tragédia”, solidariza-se.

1975 SUPER MAVERICK

Leonardo Pupo, Civil Engineer, long had a

dream of owning a Maverick. “The opportunity

came in 1999, when I bought one in the interior

of the State of Paraná,” he says. “My whole family

is a fan of the Ford brand, my brother had a 1972.

Inclusively, my car is already part of my daughter’s

inheritance. The Maverick Club of Santa Catarina

has many members who are Chapecoense fans, so

this was also a tribute to them, to give them strength

in this time of grief after the recent tragedy,” he

says in solidarity.

U

m carro que marcou época. Seja pelo estilo

jovem, linha esportiva ou pela traseira tipo

fast back, seja pela mecanização que variava

de 4,6 ou 8 cilindros. A verdade é que muitos dos

proprietários, em algum momento de sua vida, tiveram

um laço com o modelo. O avô, o pai ou mesmo

o vizinho rico, difícil achar quem não teve um. Assim

é o Ford Maverick, que tem ainda hoje uma legião de

fãs. A paixão é tanta que aqui em Curitiba o carro tem

um evento todo para ele, que este ano chegou a 17ª

edição do aniversário do Maverick Clube.

O presidente do clube, André Luiz Allegretti, conta

que tudo começou com um grupo de amigos que se

reuniam informalmente durante os finais de semana.

Para não correr o risco do grupo se dissolver eles decidiram

formalizar o clube em 1999. Entre os fundadores

ativos estão: André Luiz Allegretti, Emerson Janoski,

Álvaro Trevisan, Pedro Paulo, Moura, Luir Dal Lago e

Fernando Bettega.

O evento foi realizado no Armazém Garagem Bar

no dia 4 de dezembro, e bateu o record de Mavericks

em um mesmo lugar: 130 exemplares. Modelos para

apaixonado nenhum colocar defeito: originais, des-

A

car that marked the era. Be it by its young

style, sporty lines or the fast back, or just

by the engine, which ranged from 4.6 or

8 cylinders. The truth is that many of the owners, at

some point in their life, had a real bond with the model,

whether: grandfather, father or even the rich neighbor.

It’s hard not to find someone who had one. Thus is the

Ford Maverick, which even today has a legion of fans.

The passion is such that, here in Curitiba, the car has

an event all to itself, which this year marked the 17th

birthday of the Maverick Club.

André Luiz Allegretti, Club President, tells us that it

all began when a group of friends gathered informally

during the weekends. Not to run the risk of the group

dissolving, they decided to formalize the Club in 1999.

Amongst the active founders are: André Luiz Allegretti,

Emerson Janoski, Álvaro Trevisan, Pedro Paulo Moura,

Luir Dal Lago and Fernando Bettega.

The event was held at the Armazém Garage Bar on

December 4, and hit the record of Mavericks at the one

place: 130. There where models which no passionate

could find any fault: originals, disassembled, prepared,

customized and imported.

DEZEMBRO 81


• TEST DRIVE

montados, preparados, caracterizados e importados.

“Este é o momento para confraternizar, reencontrar

amigos, comemorar o aniversário do Clube. Tem também

um cunho social, pois parte da renda será doada

para entidades carentes sem contar que nesta edição

tivemos o 1º Encontro Nacional de Maverick Perua”,

frisa o presidente.

A Revista VOi esteve no local e conferiu alguns

achados. Confira:

“It is the time to fraternize, reconnect with friends,

and celebrate the anniversary of the Club. There is also

the social side, as part of the proceeds will be donated

to entities for the needy, not to mention that this year

is the 1st National Maverick Station Wagon Meeting,”

says the Club President.

Revista VOi was on location and reported some of

its findings. Check them out:

MAVERICK 1974 4 PORTAS

Emerson Janoski é proprietário de um modelo raro de

Maverick: um quatro portas de 1974, atípico para quem

procura o veículo. “Ele foi vasculhado pela internet e fez

o possível para deixar o mais original possível”, valoriza.

“O pessoal tira muito o motor – que é um Wyllis melhorado

- mas desisti de fazer isso. Vou conservá-lo em sua

originalidade. Ele é digno de placa preta. Tenho outro,

também do ano 1974, esse Super GT: também completamente

original”

1974 4 DOOR MAVERICK

Emerson Janoski owns a rare Maverick model: a 1974 4

door, atypical for those looking for the vehicle. “He actively

searched the internet, which made it possible for him to find

the most original possible,” he values. “Most people replace

the motor – which is an improved Willys – but I didn’t. I

like to keep vehicles in their original. It is worthy of a black

license plate (original antique vehicle). I have another, also

a 1974, a Super GT: also completely original.”

82


MAVERICK 1972 SUPER

“Esse carro é do meu pai, estou representando ele aqui

hoje. Já tem mais de 15 anos que utilizamos o Maverick,

entre uma reforma ou outra”, conta Diego Silva. “Ele é a

grande paixão da família inteira, chegou para gente em um

dia que era para ser triste, mas foi feliz: um domingo de

finados chuvoso. Antes disso, meu pai e meu tio tiveram

um Maverick GT, que ficou na lembrança deles. Então,

comprar esse foi uma forma de reencontro com o passado”

1972 SUPER MAVERICK

“This car is my father’s, I’m representing him here today.

For more than 15 years we have used the Maverick, between

one restoration and another,” says Diego Silva. “It is the

passion of the whole family, it came to us in a day that was

supposed to be sad, but it turned out to be a happy one: All

Souls’ Day, a rainy Sunday. Before that, my father and my

uncle had a Maverick GT that has stayed in their memory.

So buying this was a form of reunion with the past.”

MAVERICK SEDAN 1977

Anderson Silva, farmacêutico e apaixonado por

Mavericks, levou para o evento o último modelo que

adquiriu. “É típico americano, o último em que foi

fabricado”, enaltece. “Ele tem de acessórios direção

hidráulica e câmbio automático na coluna. É raro de

se ver um motor seis cilindros em linhas. Não tem o

que falar, é um veículo maravilhoso”

1977 MAVERICK SEDAN

Anderson Silva, Pharmacist and Maverick lover,

took the latest model he purchased to the event. “It’s

typically American, the last which was manufactured,”

he extols. “It’s got power steering accessories and automatic

transmission on the column. It’s rare to see an

in-line six-cylinder engine. There is nothing else to say, it

is a wonderful vehicle.”

Na foto a diretoria do Maverick Clube: Sérgio Goes,

Emerson Janoski, Fábio Percoski, Alvaro Trevisan Franco,

Alvaro Trevisan Franco Junior, Diego Gerszewski,

André Luiz Allegretti e Luciano Dal Lago

DEZEMBRO 83


• ESPORTE

84


Treinamento

suspenso

Fotos: Mauricio de Paula

Metodologia trabalha todos os músculos

do corpo simultaneamente e garante o

tão sonhado shape

P

ara quem vê de longe pode parecer muito

sofrido e dependendo da posição, bastante

complicado, mas o TRX Suspension Training

é um treinamento funcional que trabalha todo o

corpo ao mesmo tempo. Quer saber o melhor? A

fita de suspensão, elemento base do exercício que

pesa 810 g (gramas), pode ser ancorada em qualquer

lugar: desde uma árvore, poste, barra ou até mesmo

na porta de casa. Além disso, o TRX é indicado

para qualquer objetivo, seja emagrecimento, hipertrofia,

aumento da força, treinamento de atletas

para competições ou até mesmo para melhorar a

força, equilíbrio e propriocepção (capacidade em

reconhecer a localização espacial do corpo) de um

idoso, por exemplo, para as funções do dia a dia.

O personal trainer Tiago Lopes, que é super

adepto à prática e possui três certificações desta

metodologia, explica como funciona: “não trabalhamos

músculos de forma isolada como na

musculação, mas sim movimentos do simples ao

complexo exigindo vários grupamentos musculares

simultaneamente. Todos os movimentos do TRX

Suspension Training partem da musculatura central

estabilizadora.”

Existem diferentes formas de desenvolver um

programa de treinamento com a fita de suspensão.

Tiago indica o Circuit Training que mantém a atividade

dinâmica, com treinos de curta duração.

DEZEMBRO 85


• ESPORTE

“Em apenas 30 minutos de treino intenso a missão

está cumprida”, garante. E se você acha que esse

exercício é muito complexo, Tiago garante que

todo mundo consegue praticar, até mesmo pessoas

sedentárias, idosos e crianças.

Segundo Tiago, os benefícios fisiológicos são

inúmeros: melhora na resistência muscular, resistência

cardiorrespiratória, controle da pressão arterial,

aumento da força e da massa magra, redução do

percentual de gordura, controle do peso corporal,

melhora no equilíbrio e fortalecimento da musculatura

que oferece sustentação para a coluna e postura.

Os benefícios estéticos também não ficam de fora

e são uma consequência do treinamento levado a

sério, associado sempre a uma dieta orientada com

um nutricionista do esporte.

O QUE PRECISO?

Para a prática, Tiago recomenda a fita oficial

TRX, que é feita com material de paraquedismo,

extremamente seguro, com costuras múltiplas,

travas de alpinismo e um minucioso sistema de segurança.

Além da fita é necessária uma ancoragem

(árvore, barra, porta, ou o TRX Xmount que seria

uma solução de ancoragem para ser fixada a uma

parede, viga ou coluna. Com a fita já ancorada é

só começar o treino.

Quando praticado com o material oficial e os

treinos orientados por um profissional capacitado e

certificado pela metodologia internacional, a prática

torna-se segura e eficiente”. Mas não se esqueça,

sabe aquela velha história do não tente isso em casa?

Então, para a segurança do praticante e eficiência

do trabalho, é necessário sempre estar sob cuidados

e orientação de um profissional.

ORIGEM

TRX surgiu da necessidade dos fuzileiros

navais norte-americanos em manter o condicionamento

físico durante os longos períodos de

missão. Devido à falta de acesso a materiais tradicionais

e pelo espaço de treinamento limitado,

eles utilizavam tiras de paraquedas costuradas a

mão. Um fuzileiro chamado Randy Hetrick, a

partir desta necessidade criou, juntamente com

seus colegas fuzileiros, uma sequência de exercícios

funcionais que utilizavam apenas o peso

corporal, desenvolveu uma fita para treinamento

em suspensão.

86


FALE, ESCUTE,

FAÇA A DIFERENÇA!

A MANEIRA COMO

VOCÊ SE COMUNICA

PODE ALAVANCAR SUA

CARREIRA E CONSTRUIR

RELACIONAMENTOS

FOTO: JAMES MARÇAL

• Media training

• Treinamento para apresentações em público

• Coaching de comunicação

• Vídeos eventos

41 98861.8034

contato@miragracano.com.br

www.miragracano.com.br

miragracanocomunicacao


• VIAGEM

Fotos: divulgação

Além das

Cataratas

Rede de hotéis oferece opções turísticas

e econômicas para quem quer desfrutar

os encantos de Foz de Iguaçu

88


As araras são um dos atrativos

do Parque das Aves

T

odo brasileiro deve, ao menos uma vez na

vida, visitar as Cataratas do Iguaçu. Essa

grandiosidade da natureza deixa, sem dúvidas,

qualquer um de queixo caído. Mas o passeio

por uma das cidades mais turísticas do Paraná não

se limita às quedas d’água mais famosas do mundo.

Há uma infinidade de atrativos como visitar

a Usina Hidroelétrica de Itaipu, o tour no Parque

das Aves e até mesmo dar um pulo nos dois países

vizinhos. No Paraguai a dica é tirar um dia para

compras nos grandiosos shoppings de Ciudad del

Este; já na Argentina, a pequena cidade de Puerto

Iguazu encanta os turistas com a boa gastronomia

e animada vida noturna.

Independente de qual for a finalidade na cidade,

a Rede de Hotéis Iguassu conta com cinco

estabelecimentos, todos padrão três estrelas. O café

da manhã é para se esbaldar. Com mais de 35 itens,

é perfeito para começar o dia bem abastecido para

passear por tantas atrações.

É possível visitar a Usina Hidroelétrica de

Itaipu, na fronteira entre Brasil e Paraguai

DEZEMBRO 89


• VIAGEM

Um dos passeios mais belos do Brasil é

a visita às Cataratas do Iguaçu

Os visitantes do Parque Nacional do Iguaçu

têm contato direto com a natureza

Milhares de turistas passam pela Ponte da

Amizade que liga o Brasil ao Paraguai

ALVORADA IGUASSU HOTEL

O Alvorada Iguassu é a pedida para quem

quer fazer compras no Paraguai, pois está a apenas

800 m (metros) de Ciudad del Este e 3,5 km

(quilômetros) do centro de Foz de Foz do Iguaçu.

O estabelecimento conta com 100 apartamentos

divididos em duas categorias. O standard possui

televisão e ar condicionado, enquanto o superior

tem um upgrade com ar Split, cama box e frigobar.

O hotel tem ainda recepção 24 horas, restaurante

com opção à la carte e bufê, além de piscina.

O dia começa bem com o

café da manhã reforçado

do Alvorada Iguassu Hotel

INFORMAÇÕES:

Rua Santo Rafagnin, 828 - Vila Portes

Telefone: (45) 3528-0202 | (45) 3027-2424

www.alvoradahotel.com | Facebook: /AlvoradaIguassuHotel

Reservas: reservas@alvoradahotel.com

90


BANDEIRA IGUASSU HOTEL

O Bandeira Iguassu Hotel é perfeito para

quem quer aproveitar o centro de Foz de Iguaçu

e também o Paraguai com uma ótima relação

custo benefício. A casa possui 90 apartamentos

todos com cama box, televisão LCD e frigobar.

Para os dias quentes a piscina é ideal para

relaxar após os passeios.

Nos dias quentes, a piscina do Bandeira

Iguassu Hotel é uma excelente pedida

INFORMAÇÕES:

Avenida Carlos Gomes, 806 - Vila Portes

Telefone: (45) 3029-5070 | (45) 3027-2424

www.bandeiraiguassu.com.br | Facebook: /BandeiraIguassu

Reservas: reservas@bandeiraiguassu.com.br

HOTEL CASSINO

Próximo à rua dos bares, o Hotel Cassino,

localizado bem no centro de Foz do Iguaçu

é a escolha certa para quem quer mais agito.

São 42 apartamentos com televisão a cabo

e ar condicionado. O estabelecimento tem

ainda piscina adulto e infantil, restaurante e

estacionamento gratuito.

O bufê é cheio de variedades e

um dos pontos fortes do Hotel Cassino

INFORMAÇÕES:

Rua Barão do Rio Branco, 381 - Centro

Telefone: (45) 3523-2300 | (45) 3027-2424

www.hotelcassinofoz.com.br | Facebook: /HotelCassino

Reservas: reservas@hoteisiguassu.com.br

DEZEMBRO 91


• VIAGEM

ROYAL IGUASSU HOTEL

O Royal Iguassu Hotel está a 13 km da

Ponte da Amizade e 25 km das Cataratas,

essa opção está no coração de Foz do Iguaçu,

localizado no centro da cidade, próximo ao

Cataratas JL Shopping. Todos os apartamentos

possuem cama box, televisão LCD 32 polegadas

e frigobar. Entre os diferenciais estão a

piscina aquecida e os quartos adaptados para

pessoas com necessidades.

Acomodações confortáveis no

Royal Iguassu Hotel

INFORMAÇÕES:

Rua Castelo Branco, 931 – Centro

Telefone: (45) 3029-4020 | (45) 3027-2424

www.royaliguassu.com.br | Facebook: /RoyalIguassu

Reservas: reservas@royaliguassu.com.br

TURRANCE GREEN HOTEL

Bem localizado, próximo ao centro de Foz,

conta com quartos com frigobar, televisão a cabo,

ar condicionado e cofre. O restaurante Le Jardin

oferece sextas, sábados e domingos rodízio de

massas. A área de lazer conta com piscina adulto

e infantil, academia e espaço kids.

A piscina do Turrance Green Hotel

é parada obrigatória para os hóspedes

INFORMAÇÕES:

Rua Manêncio Martins, 108 - Vila Yolanda

Telefone: (45) 3026-4200 | (45) 3027-2424

www.turrancehotel.com.br | Facebook: /turrancegreenhotel

Reservas: reservas@hoteisiguassu.com.br

92


A REVISTA PARA O

SÍNDICO MODERNO

E BEM INFORMADO

Mais informações:

www.revistacondominium.com.br

(41) 3333.1023


• CULTURA

MÚSICA

Foto: divulgação Foto: divulgação

Foto: Breno Galtier

Foto: Gal Oppido

Foto: Jeff Lipsky

TEATRO

CHRIS CORNELL

Ganhador de diversos Prêmio Grammy, o cantor e compositor do Soundgarden,

Audioslave e Temple Of The Dog, vem à América do Sul com a Turnê Mundial

Higher Truth. Os shows da turnê vão incluir uma vasta lista dos ótimos trabalhos

de Chris Cornell nas duas bandas além de covers e grandes sucessos de

sua carreira solo.

Data: 9 de dezembro

Local: Ópera de Arame

Informações: www.ticketsforfun.com.br

PIANORQUESTRA

Considerado um dos mais inovadores da música instrumental brasileira, o grupo

explora as infinitas possibilidades de timbres e sonoridades produzidas pelo piano.

O show contempla o lançamento do novo DVD Multifonias e tem participação

especial da cantora paulista Ná Ozzetti. O repertório inclui afoxé, samba,

maracatu, ciranda, entre outros ritmos. O espetáculo também tem elementos da

dança, do teatro, das artes visuais e da tecnologia

Data: 16 a 18 de dezembro de 2016

Local: Caixa Cultural Curitiba (sexta a domingo)

Informações:caixacultural.gov.br

A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

Desde 2009 a banda reinterpreta as canções que ama. Em 2011 publicou o vídeo

‘Oração’ e gravou seu primeiro álbum. Agora, os músicos viajam na turnê do segundo

disco: O Mais Feliz da Vida no qual apresenta um registro maduro e muito

bem aceito tanto pela crítica quanto pelo público, com faixas já cantadas a plenos

pulmões pelo público, como Potinhos, Uma Atriz e A Balada da Contramão.

Data: 16 de dezembro

Local: Teatro Bom Jesus

Informações: diskingressos.com.br

NÃO CONTÉM GLÚTEN

As possibilidades criativas de usar o texto Não Contém Glúten, de Sérgio Roveri,

em conjunto com uma dramaturgia oriunda de um espaço não convencional para

a encenação, são o ponto de partida do novo trabalho da Companhia Teatro de

Breque. Não existe uma trama revelada prontamente para o público, mas sim

questões que direcionam a experiência dos presentes. A principal, diz respeito

a como enxergamos o outro.

Local: Residência da Família Brandão

Data: de 9 a 11 de dezembro

Informações: teatrodebreque@gmail.com

HUMOR À MODA ANTIGA

Com repertório renovado e os contos de maior sucesso da trajetória, Paulinho

Mixaria chega na cidade prometendo arrancar muitas gargalhadas da plateia.

O show não tem censura, é indicado para a família toda. No palco, ele vive o

personagem do típico gaúcho do interior, com histórias de causos cotidianos,

envolvendo situações engraçadas da política, da atualidade, e não deixa de fora

nem as sogras, as quais ele vê com muito carinho.

Data: 17 de dezembro

Local: Teatro Positivo

Informações: www.diskingressos.com.br

94


Foto: Maycon Madeira

GERAL

DIÁLOGOS SOBRE A HISTÓRIA E

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO

PATRIMONIAL DE CURITIBA

Na exposição serão apresentadas fotografias e

vídeos resultados das pesquisas realizadas pelos

professores dentro das escolas onde atuam. O

objetivo do curso foi estimular uma discussão

sobre a importância da educação patrimonial

com professores, pais e alunos, aproximando a

comunidade escolar do reconhecimento de seu

patrimônio cultural e reavivando o sentimento de

pertencimento àquela escola, grupo, bairro, rio,

praça, rua, etc.

Data: até 12 de fevereiro de 2017

Local: Museu paranaense

Informações: (41) 3304 3300

REVISTA

PONTOS

DE VENDA

• Banca América

(Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina c/ Cel. Francisco

H. dos Santos) - 3267-2412 / 99905-5071

• Banca Batel

(Av. Batel em frente ao Hosp. Santa Cruz) - 3244-5620

• Banca Bom Jesus

(Rua Jaime Balão, 201 - Cabral) - 3264-7662

RETRATOS CONTEMPORÂNEOS

A mostra reúne o trabalho de jovens fotógrafos

paranaenses, formados pelo curso de Fotografia

do Centro Europeu. A exposição é fruto de um desafio

para que os jovens profissionais mostrassem

a sociedade por meio de retratos que trouxessem

um olhar contemporâneo e conceitual.

• Banca do Condor Champagnat

(Martim Afonso, 2800) - 3336-9817

• Banca do Palladium

(Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium) - 99209-1161

Foto: divulgação

Data: até 25 de janeiro de 2017

Local: Espaço Itaú Cultural do Shopping Crystal

Informações: www.shoppingcrystal.com.br

• Banca Espanha

(Praça Espanha) - 3225-1173

• Banca Leia Bem Pão de Açúcar

(Av. República Argentina, 391 - Água Verde) - 3024-6156

• Banca Paulina

(Rua Pres. Farias esq. c/ Rua XV) - 3324-7997

DESTAQUE

• Banca Praça do Japão

(Praça do Japão) - 3243-1475

• Banca Santa Felicidade

(Av. Manoel Ribas, 5930 - Santa Felicidade) - 3024-3538

PSICODÁLIA

Como de costume, o festival mais

famoso do sul do Brasil, realizado

no Carnaval, conta com uma

extensa programação que não se

resume aos shows musicais. Haverá

também oficinas, apresentações

teatrais, cinema e muitas

atividades de lazer e recreação,

também para as crianças, que

são presença constante no Psicodália.

O cantor Erasmo Carlos,

foi a primeira atração confirmada

para a 20 edição do festival.

Data: de 24 de fevereiro a

1 de março de 2017

Local: Fazenda Evaristo

Rio Negrinho (SC)

Informações:

www.psicodalia.com.br

Foto: Erasmo_Carlos_1 bxa

• Bazar Cotegipe

(Mercado Municipal) - 3262-5011

• Brioche

(Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê) - 3342-7354

• Caiobanca

(Av. Atlântica, 1200 - Caiobá/Matinhos) - 3473-9228

• Curitiba Aqui Art e Café

(Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame) - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato

(Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel) - 3343-0505

Pagamento

para

assinatura

3

vezes

sem juros

CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

DEZEMBRO 95


M & G Odontologia

tr

t

a

an

sf

ns

or

m

ma

an

fo

ma

and

transformando

s

or

so

ri

rr

r

o

is

sorrisos

Cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial

Implantes dentários - Enxertos ósseos

Prótese dental - Dentística estética

Endodontia - Ortodontia

Clareamento dental

Responsável Técnica:

Dra. Graciela Santos Salin

CRO 14741/PR

Especialista em cirurgia e

traumatologia buco-maxilo-facial

Dr. Marcelo Augusto

Araújo dos Santos

CRO 10570/PR

Especialista em prótese dental

NOVO ENDEREÇO:

Av. João Gualberto, 1881 - Sala 405 - 4º andar (Edifício Ópera Matteo) | Juvevê | Curitiba (PR)

Fone: (41) 3233-2494 | Celular: (041) 9857-0449 | E-mail: mgodontologia@terra.com.br


log viagem

• BLOGUEANDO

Ama pedalar? Você vai se

apaixonar por Amsterdam

Por Keila Marques

S

e você é daqueles que quando o sábado está ensolarado já pensa em

dar uma volta de bike; que quando está no carro a caminho do trabalho

fica imaginando como seria fazer aquele trajeto de bicicleta; quando vê

alguém pedalando em horário comercial, enquanto todo mundo está parado no

trânsito, pensa “nossa, como faço pra sair correndo desse carro?”; fica imaginando

como seria legal morar em uma cidade plana e cheia de ciclovias… ufa!… Então

toca aqui! Você vai se apaixonar por Amsterdam!

Já aviso que será amor à primeira vista, não tem como fugir. Tem mais bicicleta

do que morador na cidade. São mais de 881 mil magrelas contra 834 mil

moradores. Não é incrível? Ao descer na Estação Central de Amsterdam você verá

um montão de bicicletas em um estacionamento. Isso por que um em cada três

moradores usa a bicicleta para ir ao trabalho. Cerca de 2,3 milhões de pessoas

vivem na região metropolitana e boa parte usa transporte público para ir à cidade,

mas depois termina o trajeto de bike!

Bicicletas, carros e os famosos tram (um trem bonitinho que circula pela cidade)

dividem o mesmo espaço. Há mais bicicletas do que carros nas ruas, são 263 mil

automóveis! Para dar conta de tantas pedaladas, mais de 400 km (quilômetros) são

destinados às ciclovias. Antes mesmo de começar a andar, a criança já das uns

rolês de bicicleta com os pais. É muito comum ver mamães pedalando com seus

filhinhos alojados em uma cadeirinha ou em um carrinho. Também é comum ver

idosos pedalando por aí. Aliás, alguns deles não deveriam ser chamados assim,

porque são mais atletas do que muita gente nova. Como vocês podem ver, é um

estilo de vida. Até os animais fazem parte dessa delícia que é pedalar e acompanham

os seus donos, sentadinhos, de boa, nos passeios pela cidade.

Uma pesquisa bienal realizada pela Copenhagenize Design Company analisa

os esforços das cidades bike-friendly. Nas primeiras edições, 2011 e 2013, Amsterdam

ficou em primeiro lugar. Porém, em 2015, a capital dinamarquesa foi a

primeira colocada. Copenhagen reivindicou a vaga após investimentos contínuos

em infraestrutura. Ok, mas Amsterdam continua em nossos corações.

E aí, já está pensando em alugar uma bicicleta quando for para Amsterdam?

Isso aí, bora engrossar as canelas e conhecer essa cidade linda!

Mais sobre Keila

Keila Marques é jornalista e

autora do blog Viagem em

Sintonia, onde compartilha

suas experiências pelo mundo,

além de entrevistas com outros

viajantes, para inspirar mais

pessoas a viajarem também!

www.viagememsintonia.com.br

Instagram: viagememsintonia

Fotos: arquivo pessoal

DEZEMBRO 97


• HISTÓRIAS

H ISTÓRIAS

cURITIBANAS

Para toda vida

Bob tem 10, 11

anos. Não sei ao

certo, me pergunto,

enquanto ele abana

o rabo freneticamente.

É um vira lata,

os entendidos dizem

que pode viver mais

cinco ou sete anos.

De qualquer forma,

já me acompanhou

em diversas fases da

vida: desemprego,

início e término de relacionamentos,

outro

desemprego, mudanças

de apartamento e

por aí vai.

Sua principal característica

é a incorrigível

mania de fugir

de casa: quando morei

em uma pequena

casa no Bacacheri,

esgueirava-se entre

uma pequena fresta no muro com a agilidade de um felino.

Disparava em direção ao parque, latindo como se não

houvesse amanhã – e, por muitas vezes, para ele parecia

não haver. No início, corria atrás, desesperado, até que

acostumamos, ele e eu. E então Bob voltava apenas ao

entardecer, com um ar de satisfação difícil de descrever.

Certo dia, aliás, retornou com dezenas de espinhos em seu

corpo; e me restou ficar ao seu lado, enquanto o veterinário

arrancava um a um.

Depois nos mudamos para um pequeno apartamento

no Água Verde e, assim como eu, Bob envelheceu. Sua

diversão eram pequenos passeios na Praça do Japão ou

nas quadras ao redor do cemitério. Bob então se tornou

um típico velhinho do

bairro. Já em casa, gosta

de, simplesmente,

permanecer ao meu

lado. Enquanto leio um

livro, morde minhas

pantufas. Ao olhá-lo,

sorrio – ele finge que

não está sendo observado.

Vez ou outra,

levanta-se e coloca a

cabeça entre minhas

pernas e coço suas

costas. Ele ri e a vida

segue.

Nas últimas semanas,

porém, o cãozinho

começou a adoecer.

Seu pelo ainda brilha,

e o latido intenso ainda

aparece esporadicamente.

Mas nos passeios

já são necessárias

pausas para recuperar

o fôlego. E enquanto

espero, percebo que, lá no fundo, o amor de um cachorro é

incondicional. Lembro dos moradores de rua acompanhando

de cães frágeis por ruas escuras que não os abandonam

por nada. Vejo pirralhos correndo pelos parques enquanto

aprender sobre afeto com seus pequenos companheiros.

Hoje, sei que Bob está partindo. Não sei ao certo

quando precisaremos dizer adeus, se em semanas ou meses,

mas enquanto este dia não chega, preciso continuar

acariciando sua cabeça e coçando sua barriga. E quando a

hora chegar, colocá-lo no meu colo e me despedir, afinal,

amar é não desistir: é fazer a barra da sua calça mordida

ser a última tendência em moda e os pelos em seu sofá

serem um mero sinal de companheirismo.

Texto: M.B. / Ilustração: Fernanda Domingues

98


• Projetos

Personalizados

• Organização

• Foto e Vídeo

CONSULTORIA

COMPLETA PARA

SUA FORMATURA.

41 3045 6999

E S P A C O T ORRES . C OM.BR


@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

CALÇADOS ROUPAS E ACESSÓRIOS

RUA ALfERES âNGELO SAMPAIO , 1745 | PARkSHOPPINGBARIGUI | SHOPPING MUELLER | PáTIO BATEL | SHOPPING PALLADIUM PONTA GROSSA

BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURG LAS VEGAS MIAMI NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

550 LOJAS - 18 PAÍSES

More magazines by this user
Similar magazines