06.09.2017 Views

SETEMBRO.-dm

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Directora: Sandra Ferreira | Sub-director: Armindo Alves | Ano: XXIII | Número 233 | Setembro 2017 | Preço: Grátis | Periodicidade: Mensal

Solidariedade

EDITORIAL

Fogos

terroristas

03

RENASCER

DAS CINZAS

CULTURA

Teatro

em digressão

12

TRADIÇÃO

Conselhos

do dia-a-dia

10

Hélder Baptista

Foi em Wetzikon no Hotel Swiss Star, cedido

gratuitamente pelo seu director através de

Paulo Vaz, que Paulo Barros organizou um

serão em tempo recorde para angariar fundos,

destinados ás famílias mais necessitadas

de Pedrógão Grande e aldeias vizinhas.

Páginas 6 + 7


2 Lusitano

Centro Lusitano de Zurique

Birmensdorferstr, 48

8004 Zürich

www.cldz.ch - info@cldz.ch

Bufete, reserva de refeições 077 403 72 55

Cursos de alemão 076 332 08 34

Direcção

Futebol

InCentro

044 241 52 60 / info@cldz.ch

079 531 48 60 / gualterpereira84outlook.pt

incentro@cldz.ch

PUBLICIDADE

Consulado Geral de Portugal em Zurique

Zeltweg 13 - 8032 Zurique

Tel. Geral: 044 200 30 40

Serviços de ensino: 044 200 30 55

Serviços sociais: 044 261 33 32

Abertura de segunda a sexta-feira das

08:30 às 14:30 horas

Embaixada de Portugal

Weitpoststr. 20 - 3000 Bern 15

Secção consular: 031 351 17 73

Serviçoa sociais: 031 351 17 42

Serviços de ensino: 031 352 73 49

Serviços municipais de informação para

imigrantes - Zurique (Welcome Desk)

Stadthausquai 17 - Postfach 8022 Zurique

Tel.: 044 412 37 37

Edição anterior

EDITORIAL

VERÃO

fogos

DIREITO

Divórcio

alimentos

TRADIÇÃO

SANTOS

populares

Directora: Sandra Ferreira | Sub-director: Armindo Alves | Ano: XXIII | Número 231+232 | Julho/Agosto 2017 | Preço: Grátis | Periodicidade: Mensal

16

03

10

Centro Lusitano

de Zurique

sobe à

3ª liga de Futebol

Três anos depois, a equipa sénior do Centro

Lusitano de Zurique confirmou no passado

dia 10 de Junho, dia de Portugal, a conquista

da 4ª Liga grupo 3 e a promoção à 3ª Liga

na próxima época.

Páginas 4 e 5

Publicidade 079 222 09 14 / alves.armindo@kronschnabl.ch

Rancho folclórico 076 344 40 91 / rancho@cldz.ch

Vamos contar uma história 079 647 01 46

Polícia 117

Bombeiros 118

Ambulância 144

Intoxicações 145

Rega 1414

Missão Católica de Língua Portuguesa – ZH

Katholische Mission der Portugiesischsprechenden

Fellenbergstrasse 291, Postfach 217 - 8047 Zürich

Tel.: 044 242 06 40 7 044 242 06 45 - Email: mclp.zh@gmail.com

Horário de atendimento:

- segunda a sexta-feira das 8h às 13h00 e das 13h30 às 17h

Publicidade


EQUIPA EDITORIAL

Directora

Sandra Ferreira - CC nº28

lusitanozurique@gmail.com

Sub-director

Armindo Alves - CC nº31

alves.armindo@kronschnabl.ch

Colaboração

4 Cristina Fernandes Alves CC nº32

4 Maria José Bernardo CC nº29

4 Pedro Nabais CC nº 30

4 Joana Araújo CC nº27

4 Jorge Rodrigues CC nº33

4 Jorge Macieira CC nº 66

4 Maria dos Santos CC nº 65

4 Daniel Bohren

4 Zuila Messmer

4 Domingos Pereira

4 Carmindo de Carvalho

4 Euclides Cavaco

4 Carlos Ademar

4 Carlos Matos Gomes

4 Amílcar Malhó

Nota: Os artigos assinados re fle ctem tão-somente

a opinião dos seus autores e não vinculam

necessariamente a Direcção desta Revista

Publicidade:

alves.armindo@kronschnabl.ch

Tel.: 079 222 09 14

Edição, composição

e paginação

Manuel Araújo -Jornalista 4365

Braga – Portugal

araujo@manuelaraujo.org

Tel.:(+351) 912 410 333

Impressão: DM Braga

Tiragem: 2000 exemplares

Periodicidade: Mensal

Distribuição gratuita

Esta publicação não

adopta nem respeita o

(des)Acordo Ortográfico

Propriedade

& administração:

Centro Lusitano de Zurique

Birmensdorferstrasse 48

8004 Zürich

Tel.: 044 241 52 60

Fax: 044 241 53 59

Web: www.cldz.ch

E-mail: info@cldz.ch

EDITORIAL

Editorial

Os terroristas

Setembro 2017

Sandra Ferreira

Directora

Cartão C.C. nº 28 - CCPJ

dos Fogos

Se por um lado ataques terroristas continuam a acontecer

pela Europa, em Portugal temos todos os anos um mesmo

“ataque”, cada vez mais aterrorizador, que devasta centenas

de hectares de floresta Portuguesa. E tanto se tem feito

para travar este ataque “terrorista” - ou seja, nada - que

este ano, uma aldeia inteira perdeu dezenas de habitantes

como praticamente desapareceu.

E se calhar haverá leitores que ficam um pouco chocados

com esta minha comparação, mas a verdade é que não vejo

grande diferença entre os ataques terroristas, de natureza

religiosa ou ideológica, com os ataques “terroristas” que

ano após ano destroem a nossa floresta assim como a vida

de centenas de portugueses.

Neste caso a única coisa que muda é o terrorista, que segundo

a definição é uma “pessoa e/ou grupo de pessoas”

que atenta(am) contra a vida de outras alegando motivação

política, religiosa, económica e etc…

Em Portugal, infelizmente, os terroristas não têm nomes,

sendo que raramente aparecem. E os que aparecem rapidamente

desaparecem sem ficar esclarecida qual foi a motivação

que o levou a tal ataque.

Todos os anos, e não apenas em anos de eleições, são debatidos

estes ataques e feitas propostas de Lei para evitar

que mais floresta seja destruída. Mas todos os anos assistimos

ao mesmo cenário em Portugal. O mesmo acontece

com os ataques terroristas em toda a Europa, que apesar

do constante controlo e tendo sociedades de investigação

secretas envolvidas para evitar possíveis ataques, estes

continuam a acontecer.

Enquanto não formos capazes de ler entre linhas e perceber

e apontar o motivador principal e responsável destes

ataques, nunca os vamos conseguir parar. Felizmente

já existem vozes nos meios de comunicação, assim como

pessoas independentes, que o fazem. Contudo é uma pequena

minoria que sobre bastante pressão tenta desmoronar

estes “negócios”, que são os “ataques terroristas” em

Portugal.

3


4 Lusitano

Estrelas da Seleção de Futsal

em Schlieren

JORGE MACIEIRA

Nomes sonantes e estrelas actuais da selecção

nacional portuguesa de futsal animaram

centenas de pessoas no pavilhão

desportivo de Schlieren (Zurique), no passado

fim-de-semana dias 8 e 9 de Julho.

Nomes como João Matos, Bruno Coelho,

Vítor Hugo que podem passar despercebidos

aos menos amantes de futsal, mas não

ao que seguem este desporto com cada

vez mais amantes portugueses, a comitiva

de jogadores era composta também por

Tiago Brito, Bebe, Pedro Cary, Arnaldo

Pereira, Marinho, Fábio Lima todos eles

internacionais por Portugal.

O torneio teve início no sábado dia 8 de

Julho, a noite teve um jantar com as estrelas

na pizzaria San Marco em Dietlikon.

Boa disposição e animação não faltou neste

convívio, as estrelas da selecção não de

inibiram de qualquer contacto com todos

os presentes no jantar convívio.

Autopache, garagem de mecânica em Felben-Wellhausen

gerida por José Pacheco

está de parabéns juntamente com o seu

sócio Marco Carvalho, depois de em Maio

do ano passado terem organizado o 1°

Torneio de Ricardinho em Schaffhausen,

desta vez de forma audaz que deliciou

com muitas momentos de bom futsal.

Muitos amantes de futsal tiveram assim a

oportunidade de verem as estrelas que só

tem oportunidade de os ver pela televisão.

Uma palavra especial para os mais jovens

jogadores do Centro Lusitano de Zurique

e a Casa do Benfica de Zurique que partilharam

a quadra com as principais estrelas

da selecção nacional de Portugal. Também

as jovens partilharam o recinto pois houve

jogos entre três equipas femininas Centro

Lusitano de Zurique, amigos da gândara

BAD GIRLS e Casa do Benfica de Zurique

os da Gândara BAD GIRLS e Casa do Benfica

de Zurique

Em conversa com José Pacheco agradeceu

a toda a sua equipa da organização pela

dedicação e pelo árduo trabalho durante

os dois dias, que reafirmou que estes géneros

de iniciativas se iram repetir mais

vezes, onde a comunidade portuguesa sai

reforçada e enaltecida por este género de

acontecimentos.

O torneio foi ganho por uma equipa vinda

do Luxemburgo o Racing Futsal Luxemburg

onde venceu na final os Unido ao

Futsal num grande jogo de futsal que animou

todo o público. O prémio de melhor

ataque e melhor defesa foi atribuído ao FC

Wodkas e o prémio de disciplina foi para o

Luso Club de Zurique.

Este torneio ainda contou com animação

da Ana Silva uma praticante de Freestyle

que animou todo o público presente nas

bancadas com os seus diversos dotes futebolísticos.

Iniciativas destas dão cada vez mais a conhecer

uma modalidade com grande crescimento

de praticantes a nível mundial.

juniores E - Centro Lusitano de ZH vs Casa do Benfica de ZH

Jogadores escolhidos e as estrelas da selecção


DESPORTO

Setembro 2017

5

Organizaçãoo com as estrelas da selecção

FC Wodkas melhor ataque e melhor defesa

ana silva no momento de freestyle

jogo feminino bad girl’s vs Centro Lusitano

de Zurique

Estrelas da selecção

Equipa vencedora do torneio Racing Futsal Luxembourg

Residentes no Estrangeiro

QUAL É O BANCO QUE

O LIGA A PORTUGAL?

A Caixa, com certeza. Um Banco com 140 anos de história

e uma vasta experiência na oferta de soluções financeiras

adequadas a quem está longe.

A CAIXA. COM CERTEZA.

www.cgd.pt | (+351) 707 24 24 24 | 24h todos os dias do ano | Informe-se na Caixa.

A Caixa Geral de Depósitos S.A. é autorizada pelo Banco de Portugal.


6 Lusitano

SOLIDARIEDADE

Renascer das Cinzas

MARIA DOS SANTOS

Quando este artigo sair, passaram já 3 meses

após o terrível incêndio que desbastou

uma grande região do centro de Portugal e

deixou centenas de famílias num luto, que

nem o tempo conseguirá vencer e apagar.

Foi em Wetzikon no Hotel Swiss Star, cedido

gratuitamente pelo seu director através

de Paulo Vaz, que Paulo Barros organizou

um serão em tempo recorde para

angariar fundos, destinados ás famílias

mais necessitadas de Pedrógão Grande e

aldeias vizinhas.

A comunidade portuguesa, aderiu e triunfou

com uma solidariedade que ultrapassou

todas as expectativas.

Às dezassetes horas o Padre Walfrido deu

início à missa em homenagem a todos os

falecidos, perante um publico debilitados

pela dor e com os olhos postos num enorme

coração de velas e 68 rosas simbolizando

cada vida perdida.

O Jantar decorreu entre comentários, lágrimas,

perguntas, opiniões, mas sobretudo

o porquê desta tragédia.

Após jantar, foi a vez de os ranchos actuarem.

Rancho de Wetzikon e Rancho

as Lavradeiras do Minho de Hinwill, em

parceria total, que puseram nas suas actuações,

muita emoção pois a causa pela

qual dançavam, tinha dor e luto.

Voluntários como um mexicano, interpretando

a musica tradicional deste País, o

palhaço Pipo que consegui fazer esquecer

por breves minutos a mágoa dos presentes

na sala, um grupo de crianças que

dançaram sob o olhar atento do publico, o

grupo Meg Show que para além de cederem

o som animou o baile e todo o serão

deste dia Oito de Junho de 2017.

A grande homenagem chegou a meio da

noite quando evocamos as vítimas, celebrando-se

um minuto de silêncio após o

hino Nacional. Foi o momento de chorar as

vidas perdidas, reconhecer a dor dos familiares,

relembrando que foram violados os

mais nobres valores da sociedade, que são

viver em Paz; Liberdade e Respeito. Protestamos,

contra estas mãos humanos que

causaram tanta dor e que gente bárbara e

indomesticada não tem lugar na nossa sociedade.

O grupo que apoiou Paulo Barros neste

mega-projecto, foi intocável. Debateram-

-se durante 3 semanas para conseguirem o

imprevisível, que felizmente foi alcançado.

Uma das grandes referências desta festa,

Lola Dias, da Missão Católica de Zurich,

animou um leilão divertido e que resultou

numa quantia de dinheiro substancial. Os

nossos parabéns a esta senhora e à sua dedicação

a este Renascer das Cinzas. Ao Talho

Ramos que ofereceu a carne utilizada

na feijoada, o nosso sentido obrigada.

Mas o grande momento musical, chegou

com uma extraordinária actuação de Hélder

Baptista, conhecido também por apoiar

incondicionalmente festas solidárias. O público

gostou e aplaudiu, este motard com

garra e muita expressividade em palco.

Estivemos coadunados e envoltos numa

magia de corrente positiva, que resultou

em vinte e três mil e seiscentos francos suíços

o que equivale a vinte e um mil Euros.

Depois da pesquisa feita pelos Bombeiros

de Castanheira de Pêra e Paula Carvalho,

que estiveram no terreno dia-após-dia, foi

comunicado, a quem deveria ser entregue

os envelopes, preparados sob um silêncio

lutuoso, mas ao mesmo tempo, com uma

grande satisfação, por saber-se que iriam

ter um destino desejado e sobretudo que

seriam de preciosa utilidade.

Esta quantia foi entregue pessoalmente

pelo Sr. Paulo Barros acompanhado por

alguns elementos da organização. Foram

às aldeias de Castanheira de Pêra, Nodeirinho

e Pobrais que receberam cada qual

um envelope com sete mil Euros, para adquirirem

material e recomeçar de novo.

Passaram já doze semanas e lamentavelmente

tudo continua igual, mas a alma

deste grupo organizador, que consegui o

inesperado, está pleno de satisfação, porque

sabe que cumpriu a missão e deslocando-se

ao terreno vivendo na primeira

pessoa a realização de um sonho que começou

com uma tremenda notícia, vista

nos canais da TV portuguesa.

Queremos ver sorrir de novo a nossa gente,

vendo desaparecer o tom cinzento deixado

na natureza, casas destruídas, famílias

abatidas, queremos que este inferno

dos incêndios termine, porque não merecemos

ser penalizados desta forma.

A todos os que participaram e contribuíram

para este sucesso do Renascer das

Cinzas, Paulo Barros, Lola Dias e todos os

seus adjuntos agradecem os contributos e

voluntariado que cada um pôs ao serviço

de Pedrógão Grande.

Apresento aqui as contas, para que não

haja dúvidas, enviamos força para esse recomeçar

e queremos que seja para breve.

Voltaremos a Pedrógão Grande.


COMUNIDADE

Setembro 2017

7

SEGUROS

Doença ( krakenkasse )

210.70 Chf ( adultos / +25 anos )

205.90 Chf ( adultos / 19-25 anos )

47.40 Chf ( menores / 0-18 anos )

VIDA, JURÍDICO

ACIDENTES

AUTOMÓVEL

POUPANÇA REFORMA, etc...

CRÉDITOS DESDE 8,9%

*Compra de outros créditos, “Permissos” L, B, C

CONTACTOS

Birmensdorferstrasse, 55 – 8004 Zürich

Junto à Estação de Wiedikon

Frente ao Centro Lusitano de Zurique

Telm.: 076 336 93 71 * Tel.: 043 811 52 80

wwww.andradefinance.ch

info@andradefinance.ch


8 Lusitano

ENTREVISTA

“Os pais são a

principal fonte

de apoio para

os jovens“

Giuliana Lamberti

Quantas vezes se perguntou, como pai ou mãe, como

poderia ser um melhor apoio para o seu filho na vida

escolar e profissional.

Para responder a esta pergunta e muito mais surgiu a

cerca de dois anos a Associação „Starke Eltern, Starke

Jugend“, no Cantão de Zurique.

A revista Lusitano de Zurique esteve a conversa com a

responsável desta associação, Giuliana Lamberti, que

nos deu a conhecer este novo serviço de apoio para os

pais de Zurique.

SANDRA FERREIRA

Lusitano - O que levou à criação

desta Associação?

Giuliana Lamberti- Eu trabalhei

25 anos na área da integração

profissional para jovens

e tive a experiência de que

muitos pais telefonam e não

sabem como ajudar os seus filhos

quando surgem problemas

profissionais. E assim, há cinco

anos surgiu a ideia, entre mim,

Osman Osmani e Marília Mendes

de começar a trabalhar com

os pais neste sentido. Vimos

que seria possível criar uma associação

com o fim de apoiar

os pais de forma a que estes

apoiem os filhos. E eu comecei

a trabalhar na concretização

deste projecto. Assim surgiu,

em 2015, a Associação „Starke

Eltern, Starke Jungend“ – “Pais

fortes, Jovens fortes”.

O que nos levou realmente a

fundar esta associação foi o

facto real de que os pais precisam

e devem ser apoiados para

que os seus filhos tenham uma

boa integração profissional.

Lusitano - E qual é a função

principal desta Associação?

Apenas aconselhamento ou

dar mesmo perspectivas de futuro

para os jovens?

G.L. - A nossa função é apoiar

e aconselhar os pais cujos filhos

ainda estejam na escola, mas

prestes a entrar na vida profissional.

Eles serão então aconselhados

em diversos temas

como, por exemplo, se existe

um problema que impeça o filho

ou filha de encontrar uma

„Lehre“ (trabalho onde possa

fazer a aprendizagem) e os pais

não sabem como podem apoiar

os seus filhos. Ou então se um

pai quiser saber como funciona

todo o sistema escolar suíço e

a integração profissional na Suíça.

Também se quiser saber o

que fazer, caso o seu filho tenha

ficado sem o posto de trabalho

da aprendizagem (Lehrstelle).

O mais importante é que os

pais saibam toda a diversidade

de opções que existem para os

jovens no Cantão de Zurique,

sendo que muitas destas opções

não são do conhecimento

dos pais.

Lusitano - Então o que é que

os pais e jovens vão encontrar

nesta Associação?

G.L. - Acima de tudo, apoio.

Apoio e informações. Eu tenho

muitos contactos com várias

instituições no cantão de Zurique,

principalmente no que

diz ao acompanhamento dos

jovens e posso fornecer várias

moradas. É importante saber o

que é apropriado e bom para

o jovem em questão. Quando

alguém precisa de um trabalho

de aprendizagem, poderei dizer

onde eles se deverão dirigir.

Lusitano - A Associação trabalha

apenas no e para o Cantão

de Zurique ou abrange um

pouco toda a Suíça?

G.L. - Neste momento é apenas

para a cidade e Cantão de Zurique.

Lusitano - Este apoio é gratuito

ou tem alguns custos para

os pais? E por quem é apoiada

a Associação S.E.S.J?

G.L. - O apoio e aconselhamento

são gratuitos tanto para

pais como para jovens. Neste

momento somos apoiados por

3 fundações independentes e

também estamos a tentar conseguir

o apoio financeiro da cidade

de Zurique.

Lusitano - Existe já uma grande

procura deste tipo de apoio?

G.L. - Como ainda existimos

há pouco tempo e estamos há

pouco tempo neste escritório

na Werdstrasse 21, não posso

dizer que temamos muita

afluência, mas, sim, já alguns

pais de várias nacionalidades

me contactaram.


ENTREVISTA

Setembro 2017

9

Lusitano - Que tipo de problemas

ou dificuldades sobressaem,

neste campo, entre a

comunidade Portuguesa?

G.L. - O problema que vejo na

comunidade portuguesa, segunda

a minha experiência, e

tendo em conta os jovens e

famílias que acompanhei, é a

quebra na escolaridade quando

um jovem nasce na Suíça,

depois vai para Portugal e mais

tarde regressa à Suíça. Isso leva

a muitas lacunas na formação

e também na escola. E nós temos

de ver como é que essas

lacunas podem ser minimizadas

na integração profissional dos

jovens aqui na Suíça. Porque

isso é possível.

Lusitano - É verdade que hoje

em dia é difícil encontrar um

trabalho de aprendizagem

(Lehrstelle)?

G.L. - Depende. A verdade é

que existem várias vagas para

trabalhos de aprendizagem,

mas os requisitos, por parte das

empresas, para adquirir essas

vagas, esses sim subiram. E os

jovens mais fracos têm mais

problemas em encontrar um

posto de aprendizagem. Mas

existem estudos que mostram

que, se houver apoio aos jovens

com origem emigrante nesta

fase, eles conseguem ser até

melhores do que os suíços. Mas

esse apoio é absolutamente

fundamental. Ou seja, mesmo

que alguém venha da escola

secundaria B, não significa que

esse jovem não tenha sucesso,

mas sim que este jovem precisa

de apoio e que as instituições

também o devem ajudar.

E esse apoio encontram os pais

através de nós. Temos de ser

conscientes de que o primeiro

apoio vem sempre dos pais e

tem de vir dos pais, pois 95%

dos jovens seguem os passos

dos pais. Por isso é muito importante

este trabalho e apoio

da parte dos pais.

Lusitano - Qual a mensagem

que gostaria de deixar à comunidade

portuguesa neste

sentido?

G.L. - Fiquem atentos e aproveitem

esta oportunidade, de

forma a que os vossos filhos adquiram

uma formação de base.

Mesmo que os filhos voltem à

sua origem, se eles conseguirem

fazer aqui uma aprendizagem,

estarão muito melhores

preparados para a vida futura,

mesmo que esta venha a ser em

Portugal.

Centro Lusitano de Zurique

Centro Lusitano de Zurique

Sprachförderkredit der Stadt Zürich

Com apoio de: Staatsekretariat für Migration

Integrationsförderung des Kantons Zürich

Sprachförderkredit der Stadt Zürich

Com apoio de: Staatsekretariat für Migration

CURSO BÁSICO

Integrationsförderung des Kantons Zürich

CURSO de ALEMÃO BÁSICO

de ALEMÃO

SETEMBRO 2017

SETEMBRO 2017

Oferecemos: Professor que fala a língua portuguesa

Turmas de 10 alunos - o melhor preço

Oferecemos: Meio Professor ano de que curso fala - a 76 língua horas portuguesa de aula

Turmas de 10 alunos - o melhor preço

Meio ano de curso - 76 horas de aula

Para residentes na cidade de Zurique CHF 5.00 por aula Total CHF 380

Para residentes fora da cidade de Zurique CHF 7.50 por aula Total CHF 570

Para residentes na cidade de Zurique CHF 5.00 por aula Total CHF 380

Duas turmas: 2 as e 4 as Para residentes fora da

- feiras, de 11.09.2017 a 07.02.2018

3 as cidade

e 5 as de Zurique CHF 7.50 por aula Total CHF 570

- feiras, de 12.09.2017 a 08.02.2018

Duas turmas: (Com 2 as e férias 4 - escolares feiras, de de acordo 11.09.2017 com a cidade a de 07.02.2018

Zurique)

3

Horário as e 5 as - feiras, de 12.09.2017 a 08.02.2018

de 19:00 às 20:45 horas

(Com férias escolares de acordo com a cidade de Zurique)

____________________________________________________________________

Horário de 19:00 às 20:45 horas

Informação e inscrição Local do curso

____________________________________________________________________

Prof. Ronaldo Wyler 076 332 08 34 Centro Lusitano de Zurique

Zuila Informação Messmer e inscrição 079 560 85 09 Birmensdorferstrasse Local curso 48 *

8004 Zürich

Prof. Ronaldo Wyler 076 332 08 34 Centro Lusitano de Zurique

Zuila Messmer 079 560 *) Atrás 85 09 do „CARITAS“ - Tram 9 Birmensdorferstrasse ou 14 até Bahnhof Wiedikon 48 *

8004 Zürich

*) Atrás do „CARITAS“ - Tram 9 ou 14 até Bahnhof Wiedikon


10 Lusitano

COMUNIDADE

Centro Lusitano de Zurique

apresenta

“RECORDAR PORTUGAL”

23 Setembro 2017

Abertura: 19:00 horas

FESTIVAL FOLCLÓRICO

Rancho Folclórico

Danças e cantares da nossa terra - Arbon

Rancho Folclórico da ACRP Wetzikon

Rancho Folclórico

do Centro Lusitano de Zurique

Show de Dança Latina

ZéZé Fernandes

Conjunto Ases do Ritmo

24 Setembro 2017

Abertura: 10:00 horas

CONCENTRAÇÃO

de Concertinas e cantares ao desafio

Henrique Lindoso - Pedro Cachadinha

Lobo Felgueiras - Irene Gaia

Pavilhão Multiusos

Unterrohorstr. 2 - SCHLIEREN

Há cozinha tradicional portuguesa e Farturas


Viana do

TERRAS

da nossa terra

Setembro 2017

Pelourinho de Arcos de Valdevez

11

Castelo

(Distrito)

O distrito de Viana do Castelo

fica situado no extremo noroeste

de Portugal. Na anterior

classificação de Províncias

pertencia ao Minho. Limita a

norte com Espanha, a leste com

Espanha, a sul com o distrito de

Braga e a oeste com o Oceano

Atlântico.

Sendo o menor (18º) distrito

português, ocupa uma área de

2300 km2. O distrito de Viana

do Castelo está subdividido nos

concelhos de Arcos de Valdevez,

Caminha, Melgaço, Monção,

Paredes de Coura, Ponte

da Barca, Ponte de Lima, Valença,

Viana do Castelo, Vila Nova

de Cerveira.

por: Pedro Castro (*)

Como não podia deixar de ser,

o Pelourinho está situado no

Largo da República em frente

ao Município de Arcos, na parte

histórica. Um Pelourinho que é

atribuído à povoação de Valdevez

ainda no séc. XII, devido à

sua posição estratégica privilegiada

entre o norte de Portugal

e a Galiza. Posição que a administração

local começou a centralizar

nesta localidade, uma

vez que começou a desenvolver-se

em torno da antiga ponte

e rio Vez.

Acredita-se que, e segundo alguns

autores, Arcos recebeu o

seu primeiro foral, dado ainda

por D. Afonso Henriques, em

1129, contudo o único documento

que pode comprovar

deste género foi atribuído só

em 1515 por D. Manuel, e que

ainda hoje permanece levantado

no lugar acima referido,

Ergue-se sobre um pedestal de

quatro degraus quadrangulares

de aresta, sobre o qual assenta

a coluna e o capitel. Da coluna

sobressai um pequeno toro, um

fuste composto por uma coluna

central, envolvidos por três colunelos

espiralados equidistantes

não abrangendo um terço

do diâmetro total. É rematado

por uma moldura plana circular,

da qual irrompem colunelos

com inscrições. O capitel é

em cesto ou taça de grandes

dimensões decorado com três

escudos sobre cada colunelo e

intervalados por séries de três

gomos. Sobre cada escudo levanta-se

uma peça curva, unindo-se

as três no topo.

Desde 1910, o Pelourinho está

classificado como Imóvel de Interesse

Público.

Coordenadas GPS:

- DD.DDDD-

Dº: 41.84628º -8.41813º

- DDº MM.MMM’: N 41º

50.777’ W 008º 25.088’

- DDº MM’ SS”: N 41º 50’

46.62” W 008º 25’ 5.28”

(*) www.visitarportugal.pt

Um crédito superior a CHF 10 000,– com uma taxa anual efetiva entre 7.9 % e 9.9 % (intervalo da

taxa de juro) resulta, em 12 meses, num encargo total com juros entre CHF 417,80 a CHF 521,00.

Taxa de juro dependente da qualidade do crédito do cliente. Observação de acordo com a lei:

A concessão de crédito é proibida caso conduza a um endividamento excessivo (artigo 3.º UWG).

CREDIT-now é uma marca de produto do BANK-now AG, Horgen.

Desemprego súbito: posso proteger o meu crédito contra esta situação?

Sim, com a nossa proteção de crédito.

ü Em caso de incapacidade ou desemprego,

cobertura das prestações mensais

ü Para informações contacte o seu departamento português

e fale na sua lingua materna 0800 40 40 12

Há sempre uma solução


12 Lusitano

COMUNIDADE

«Camões - Nossa Língua,

Nossa Pátria»

A Associação cultural Luso

Suíça Laços, realizou nos

dias 17 e 18 de Junho, a terceira

« Feira do Livro e Festa

Lusófona Laços 2017 » com o

tema «Camões - Nossa Língua,

Nossa Pátria»

Ana Casanova (*)

Sempre em prol da literatura e divulgação

da cultura lusófona em todas as vertentes,

promovemos acções que culminam depois

em festas como esta, em que estão

patentes durante dois dias as várias artes.

Este ano na Literatura com os escritores,

Amilca Ismael, Ana Casanova, Carla De Sà

Morais, Frankelim Amaral, Goretti Pina,

Janini Rosa, Inês Oliveira, João Morgado,

Jorge Ribas, Manuel Nascimento e Regina

Correia; Artes Plásticas, Carla Ferrão,

Leonor Sousa, Maria Lagranha, Rosário

João) música ( Fado com João Chora e na

Guitarra Clássica, Custódio Castelo, dança

(vários grupos como Eclipse, Paradise,

Zumba, Senzala – Capoeira, todos os grupos

de folclore português de Genebra),

Exposição de fotografia « Au delà des cliches-

Portrait de Femmes Portuguaises »

(curadoria de Mariana Mendes e Catarina

Antunes) Passagem de modelos africana,

com a estilista Santomense, Goretti Pina.

Representadas também a « Livraria Payot

Cointrin » com livros portugueses traduzidos

em francês e as editoras «Portugal

Mag Edições» e «Helvetia Edições».

Este ano resolveu a Laços, realizar um

Concurso de Poesia Inédita, Infanto-Juvenil

a que demos a maior relevância pela

importância que consideramos ter, que os

nossos jovens, se expressem e escrevam

correctamente em Português, apesar de

muitos deles terem já nascido no País de

acolhimento, neste caso a Suíça.

Os critérios exigidos foram exactamente o

uso correcto da gramática de Língua Portuguesa,

a nível da ortografia, da morfologia

e da sintaxe e a criatividade, elemento

para nós essencial, num concurso desta

natureza.

Realço a surpresa positiva, pelos resultados

obtidos, com jovens, que como referi,

precisam de ser estimulados a usar a sua

língua natal, pois entre eles principalmente,

falam diariamente a língua francesa.

Realço também, pela importância da ligação

entre os povos, as representações de

Angola, Moçambique e Cabo Verde, com

presença de seus representantes e associações,

a presença do Cônsul Geral de

Portugal, Dr Miguel de Calheiros Velozo,

da Dra Conceição, em representação da

Dra Lurdes Gonçalves da Coordenação do

Ensino de Português, a presença da Dra

Ester Vargas, Adida Cultural da Embaixada

de Portugal em Berna que fez uma síntese

do debate « A importância das associações

no processo de integração » com a participação

do Presidente do Conselho das Comunidades

Portuguesas, Alfredo Stoffel e

o Vice-Presidente da Comuna de Vernier

- Genève, Dr Thierry Apothéloz e Didier

Nsasa, secretário geral da Maison Kultura,

Guillermo Montano , representante de

Bolívia 9, José Sebastião, Presidente da

Associação A.L.C.A., Flávio Borda d’Agua,

Historiador e presidente do C. M. Chêne-

-Bougerie, Miguel Limpo representante da

DGPE, Albana Malaj, directora UPA com a

moderação da Jornalista Jéssica Da-Silva

Villacastin.

Foram dois dias de actividade cultural, recreativa,

desportiva e gastronómica, entre

povos que falam a mesma língua, o que

constitui para nós, enquanto associação

que a este propósito se destina, uma sensação

de enorme orgulho e satisfação pelo

resultado obtido.

(*) Coordenadora Cultural Associação Luso-

-Suíça Laços


COMUNIDADE

Setembro 2017

13


14 Lusitano

PUBLICIDADE

GARAGE MUTSCHELLEN AG

Representante Oficial Volkswagen

• MECÂNICA

• ELECTRÓNICA

• BATE-CHAPAS

• ASSISTÊNCIA

• PINTURA EM ESTUFA

MODERNA

• TUNING (ADAPTAÇÃO DE

ACESSÓRIOS)

• CHIP-TUNING

• STOCK DE PEÇAS

ORIGINAIS

• CARROS DE SERVIÇO

• PNEUS COM GARANTIA

ATÉ 24 MESES

HORÁRIO

De segunda a quinta-feira:

Das 7:15 às 12 horas e das 13:15 às 17:30

Sexta-feira das 7:15 às 12:00 e das 13:15 às 16:30.

Ao Sábado estamos abertos das 9 às 12 horas

GARAGE MUTSCHELLEN AG

ARMINDO ALVES

Bernstrasse 4, 8965 Berikon

Telefon: 056 633 15 79

EMAIL: armindo.alves@garage-mutschellen.ch


ENTREVISTA CRÓNICA

Setembro 2017

15

De menina de aldeia, há 25 anos

de Folclore na cidade

RUI ALVES

Isabel Fernandes é natural da freguesia de Brunhais,

concelho da Povoa de Lanhoso. Situada na

margem direita do rio Ave, aldeia que a viu nascer,

mas ainda menina a viu partir com a família

para junto do seu pai em busca de um futuro

melhor, sempre com saudade de tudo que ficara

para trás, e não esquecendo Portugal, Isabel Fernandes

comemora 25 anos como dançarina do

Rancho Folclórico do Centro Lusitano de Zurique

Lusitano - O que a fez vir para a Suíça?

Isabel Fernandes- O meu Pai em 1979 imigrou

para aqui sozinho, mais tarde em 1991 decidiu

trazer a família para junto dele.

Lusitano - Como teve conhecimento do Rancho do CLZ, ou já frequentava

algum rancho em Portugal?

I.F. - Tudo começou pela minha adaptação aqui na Suíça, que ao princípio

não foi nada fácil. Para uma menina da aldeia que cresce na calma da vida

do campo a ver os animais, os trabalhos da lavoura, sente saudades do

nosso Portugal e de tudo que lá ficou. Adaptar-se à cidade e a um país

onde a Língua é a primeira barreira é muito complicado. Foi então que

em Setembro de 1992 através de uma amiga de escola me falou que era

elemento do rancho do CLZ e foi assim que eu tive conhecimento.

Lusitano - 25 anos a dançar neste rancho sem interrupções, como define

isso? É amor ou paixão?

I.F. - É difícil de dizer ou saber se é amor ou paixão, mas será mais uma

grande paixão porque amor e aquilo que sinto pela minha família.

Lusitano - Como vê o papel e o futuro deste tipo de expressão da nossa

cultura?

I.F. - Na minha maneira de ver, cada vez mais queremos e devemos mostrar

as nossas raízes e o quanto elas são importantes para nós e nos fazem

falta.

Lusitano - O que sente quando entra em palco?

I.F. - Seja o palco grande ou pequeno, 10 ou 1000 pessoas a assistir a

sensação é a mesma, são aqueles nervos miudinhos no fundo da barriga,

que ao ouvir as nossas músicas logo passa e se sente um grande orgulho

por poder fazer aquilo de que tanto gosto.

Lusitano - Duas décadas e meia de dedicação a este Grupo, que apoio

tem tido da família?

I.F. – Todo o apoio. Quer seja em cima do palco pelos meus 2 filhos, irmã

e sobrinhas que também são elementos deste Rancho, quer seja fora

dele pelo meu marido e meus pais. Posso-me orgulhar da família que tenho,

isso reflecte-se nestes 25 anos que sempre estiveram ao meu lado

a apoiar, na qual lhes agradeço e muito.

Lusitano - Quais são os seus desejos, para si e para o futuro deste Grupo?

I.F. - Neste momento se não estou em erro este Rancho tem 72 elementos

que só posso dizem mesmo “UAUUU”. Espero que continue assim e

que todos continuem com uma boa saúde para seguirmos em frente e

que os nossos mais pequenos do Rancho Infantil nos encham os nossos

corações de orgulho e alegria para mais tarde fazerem aos outros aquilo

que nos fizemos por eles.


16 Lusitano

ESPECTÁCULO

AtrapalhArte - Produções Teatrais apresenta

As Aventuras de Pinóquio

Stadt Dübendorf

Integrationsstelle

Centro

Lusitano

de Zurique

(CLZ)

Associação de Pais de Uster e Wetzikon

01/09 – Dänikon (ZH)

02/09 – Zurique

03/09 – Luzern (LU)

04/09 – Uster (ZH)

06/09 – Vaduz (Liechtenstein)

07/09 – Chur (GR)

08/09 – St. Moritz (GR)

09/09 – Frauenfeld (TG)

10/09 – Dübendorf (ZH)

12/09 – Moudon (VD)

13/09 –Chalais-Sierre (VS)

14/09 – Zermatt (VS)

Assoc.

Portug.

de ZH

(APZ)

Programa de rádio

ESPAÇO PORTUGUÊS


ESPECTÁCULO

Setembro 2017

17

“O teatro é a poesia que sai

do livro e se faz humana”.

(Federico García Lorca)

Um ano após ter iniciado a sua internacionalização em Zurique, a “provavelmente” melhor trupe de teatro infanto-juvenil portuguesa

regressa a terras helvéticas numa extensa digressão por várias localidades, com especial destaque para a Suíça alemã.

A partir de 1 de setembro de 2017, a companhia teatral visitará ainda, e pela primeira vez, o ilustre principado do Liechtenstein.

Se o teatro é poesia encarnada, também é puro divertimento, gargalhadas fortes que permitem esquecer, por um momento, as

traquinices da vida. E esse momento é totalmente preenchido por este grupo de atores vindos diretamente da sua Coimbra natal

que, calorosa e empaticamente, fazem vibrar os corações lusos.

Fortes do sucesso estonteante do ano passado aqui mesmo, na Suíça, voltam este ano com a peça já coroada de êxito em Portugal,

“As Aventuras de Pinóquio”, e não uma, mas duas novidades para a nossa comunidade. Em primeiro lugar, um workshop

pensado exclusivamente para professores do Ensino Português na Suíça, onde serão abordadas questões fulcrais para a melhoria

da prática letiva dos docentes. Por outro lado, e ainda com o intuito de apoiar os professores no seu labor, planearam um outro

workshop especialmente para os alunos da rede EPE, que terá como objetivo principal mostrar aos discentes a importância da inteligência

emocional na própria formação intelectual e no seu desenvolvimento enquanto seres equilibrados, reflexivos, solidários

e interculturalmente aptos.

Estamos certos de que, um ano mais, a AtrapalhArte não atrapalhará ninguém, deixando, pelo contrário, umas caras cansadas

de tanto rir à portuguesa. Manifestações artísticas deste nível merecem ser vistas, aplaudidas e encorajadas porque Portugal

também é teatro. E teatro feito poesia, como só a alma lusitana sabe.

Sónia Melo, docente EPE - cantões de Thurgau e St. Gallen

Teor da missiva de

agradecimento dos BVPL

Ex.mos Senhores,

Apresentamos a V.Ex.ª os nossos respeitosos cumprimentos.

Congratulamo-nos com o gesto de grande generosidade constituído pelo

donativo, no valor de €3.293,42, efetuado por V.Ex.ª a esta Associação Humanitária.

Assim, em cumprimento de deliberação tomada em reunião ordinária da

Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Póvoa de

Lanhoso, de 24 de Julho de 2017, somos, pela presente via, a expressar o

nosso profundo agradecimento pelo apoio gentilmente dispensado por

V.Ex.ª

Valorizamos muito o donativo de V.Ex.ª que muito nos sensibilizou e ajudará

esta Associação Humanitária e, bem assim, o N/Corpo Ativo, a dar

continuidade ao nosso trabalho. Qualquer contributo é sempre muito significativo

e ajuda-nos a reunir os recursos necessários para a prossecução

da N/missão e das N/atividades.

Honraremos a confiança que V.Ex.ª depositaram em nós, ao escolherem

a N/Associação para a atribuição de donativos. Acreditamos que fazer o

melhor uso possível dos recursos atribuídos, constitui a melhor forma de

honrar quem nos distingue com o seu apoio.

Assim, a Direção desta Associação Humanitária agradece, reconhecida, todos

quantos nos honram com a atribuição de donativos.

Bem-hajam!

Com elevada estima e consideração,

P’la Direção da Associação, O Presidente,

(Padre Luís Manuel Peixoto Fernandes).


18 Lusitano

DESPORTO

A toda a velocidade

Armindo Alves

Na cidade de Zurique a época

tem início logo a seguir às

férias de Verão. Para as equipas

do Centro Lusitano de

Zurique o início do campeonato

começou com pouca

preparação, onde a maioria

dos atletas fizeram o primeiro

jogo praticamente com um, ou

dois treinos.

O Centro Lusitano de Zurique com os

seus 200 atletas não foge à excepção, isto

é, iniciámos o campeonato com várias baixas

e falta de preparação, mas mesmo assim,

podemos dizer que estamos no bom

caminho para dar muitas vitórias e mais

uma vez escrever história na cidade de

Zurique.

Podemos dizer que temos obra-prima

para construir e fazer sucesso todas as

semanas. As rasteiras e os obstáculos que

têm surgido tem-nos tornado mais fortes

e resistentes. Somos autênticos Lusitanos.

Apesar da derrota por 4:3 nos jogos da

primeira jornada da terceira liga, mesmo

reduzida a dez jogadores e a ser constantemente

prejudicada pelas decisões do

árbitro, a postura e a dedicação manteve-

-se, é pois sinal união, entrega e de grande

qualidade.

No Jogo Feminino também apesar de tudo

que tem rodeado a equipa, sinto que cada

vez esta equipa está mais forte e com um

empenho que futuramente irá dar frutos.

O amor á camisola é a chave da união destas

atletas que no seu primeiro jogo da 4ª

Liga deram tudo para fazer um resultado

positivo, mas tal não foi possível por vários

motivos, isto é, foram feitos apenas

dois treinos e com muitas baixas devido a

várias lesões.

Com esta dedicação e postura os resultados

irão aparecer brevemente.

A direcção do Centro Lusitano deseja a

todas as equipas um bom campeonato

cheio de vitorias, alegrias e acima de tudo

Fair-Play.


DESPORTO

Setembro 2017

19


20 Lusitano

DESPORTO

CALENDÁRIO DESPORTIVO

SÉNIORES

07.09.2017 20:15H Centro Lusitano Zurich vs FC Republika Srpska

10.09.2017 12:00H FC Altstetten ZH vs Centro Lusitano Zurich

14.09.2017 20:15H Centro Lusitano Zurich vs CD Espanol Iberia

24.09.2017 12:00H FC Tetova vs Centro Lusitano Zurich

08.10.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich vs NK Croatia ZH

VETERANOS

08.09.2017 20:30H FC Wädenswil VS Centro Lusitano Zurich

16.09.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Wettswil-Bonstetten

22.09.2017 20:15H FC Freienbach VS Centro Lusitano Zurich

30.09.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Affoltern a/A

06.10.2017 20:00H FC Wollishofen a VS Centro Lusitano Zurich

JUNIORES A

10.09.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Bassersdorf b

24.09.2017 12:15H FC Brüttisellen-Dietlikon VS Centro Lusitano Zurich

01.10.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich VS Racing Rämibühl

08.10.2017 16:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Unterstrass

JUNIORES B

09.09.2017 14:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Birmensdorf

13.09.2017 FC Kilchberg-Rüschlikon VS Centro Lusitano Zurich

16.09.2017 13:15H FC Schlieren VS Centro Lusitano Zurich

Sa 23.09.2017 14:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Thalwil

30.09.2017 14:30H BC Albisrieden VS Centro Lusitano Zurich

JUNIORES C

06.09.2017 19:00H Centro Lusitano Zurich (Jun.C 2/S) VS FC Tuggen (Jun.C 1/S)

09.09.2017 14:00H FC Blue Stars ZH Mädchen b* VS Centro Lusitano Zurich

23.09.2017 12:15H FC Wiedikon ZH b VS Centro Lusitano Zurich

30.09.2017 14:00H Centro Lusitano Zurich VS FC Altstetten ZH b

JUNIORES D

09.09.2017 12:30H Centro Lusitano Zurich VS FC Wädenswil f

16.09.2017 13:30H Centro Lusitano Zurich VS FC Zürich-Affoltern e

23.09.2017 13:30H FC Bosna Zürich VS Centro Lusitano Zurich

30.09.2017 13:30H Centro Lusitano Zurich VS FC Kloten

07.10.2017 13:30H AC Palermo VS Centro Lusitano Zurich

JUNIORES E

09.09.2017 12:30H Centro Lusitano Zurich * VS AC Palermo

16.09.2017 14:00H FC Dietikon c VS Centro Lusitano Zurich *

23.09.2017 11:00H Centro Lusitano Zurich * VS FC Industrie Turicum c

30.09.2017 10:00H FC Altstetten ZH e VS Centro Lusitano Zurich *

07.10.2017 12:30H Centro Lusitano Zurich * VS FC Kosova

SÉNIOR FEMININA

10.09.2017 14:00H Centro Lusitano Zurich 1 VS FC Oerlikon/Polizei ZH 2

24.09.2017 16:00H SC Wipkingen ZH 1 VS Centro Lusitano Zurich 1

01.10.2017 12:00H Centro Lusitano Zurich 1 VS FC Feusisberg-Schindellegi 1

08.10.2017 13:15H FC Oetwil-Geroldswil 1 VS Centro Lusitano Zurich 1


DESPORTO

Setembro 2017

21

Márcio

Fernandes

“Estamos focados naquilo que

fazemos dentro do campo”

JORGE MACIEIRA

Lusitano de Zurique - Qual é a sua formação no

futebol e como se deu sua trajectória no futebol?

Márcio Fernandes — Eu comecei a jogar a bola

no SV Seebach com 6 anos. Fiz la as camadas Jovens.

Com 10 anos fui para o Sporting Clube Zurich

onde Joguei nos Juniores A ate aos 14 anos. Ai eu

fui para a primeira equipa do Sporting. Depois do

Sporting ainda passei no FC Bülach1 que actuava

na 2.Liga. Depois do Bülach tive a oferta do Ibéria

onde joguei meia Época e logo a seguir fui Treinador

da 1a Equipa do Ibéria 3.liga. Passado meia

época as coisas não corriam como queria e tive um

Convite do FC United para Treinar os Juniores B.

Tive lá época e de seguida aceitei o desafio de vir

treinar o Centro Lusitano com o Miguel.

L Z - Actualmente, você é o treinador adjunto na

equipa sénior do CLZ. Poderia explicar um pouco

mais sobre essa função e o dia-a-dia de trabalho

no clube?

M F - Sim sou Treinador adjunto e jogador do Centro

Lusitano. A função e estamos focados na ideia

que eu e o Miguel queremos para o Centro. Isso requer

Tempo, não só os 3 dias de Treino por semana

e o jogo ao fim de Semana, mas também no tempo

livre estudar tácticas, jogadores etc. E claro trabalhar

com um treinador experiente e uma direcção

que nos apoia muito torna tudo mais fácil.

L Z - Como se dá a integração entre ti e o treinador

principal Miguel Loureiro?

M F - Eu e o Miguel já nos conhecemos há bastante

tempo. Não só dentro como fora das quatro linhas.

Foi ele e as ideias dele o motivo que me trouxe aqui

para o Centro Lusitano. Por isso acho que no tempo

que estamos juntos da para perceber o que ele

quer e claro ajuda-lo o máximo possível.

L Z - Como é a sua relação de estruturação de

trabalho com o treinador? Você participa directamente

da preparação da equipa para os jogos

oficiais?

M F - E boa porque os 2 temos as mesmas ideias em

relação a equipa e estamos focados naquilo que fazemos

dentro de campo. Sim os treinos fazemos os

2 apesar de eu treinar também com a equipa, mas e

natural porque há momentos em que ele não esta e

tenho de estar atento e preparado para resolver o

trabalho tal como ele.

L Z - A Suíça possui uma cultura própria de futebol,

e em especial, de formação de treinadores?

M F - Sim, acho que tem uma cultura de futebol

diferente da nossa, mas a formação de Treinadores

como mesmo de Jogadores ta muito avançado aqui

na suíça. O que e bom para o futuro do Futebol.

L Z - Qual a sua avaliação sobre o Centro Lusitano

de Zurique?

Eu já conhecimentos razoáveis do Centro Lusitano

de Zurique, tal como já tinha visto jogos dele.

M F - Mas e diferente o que se vê fora e o que se

vê quando se esta dentro. Adorei a forma como

a direcção trata dos Jogadores e Treinadores, começando

nos Treinos e antes dos Jogos tal como

depois. E bom ver que uma Equipa Portuguesa na

Suíça tem qualidades para ser ainda melhor e maior

do que já é.


22 Lusitano

COMUNIDADE


SAÚDE

Setembro 2017

23

Conselhos simples de como

melhorar a qualidade de vida

ZUILA MESSMER

Os primeiros cuidados

referem-se aos

hábitos alimentares

- Refeições coloridas - Comer

diariamente uma variedade

de frutas e verduras de todas

as cores, com isso há uma aumento

das propriedades antioxidantes,

vitaminas e minerais.

- Ingerir tomate ou molho de

tomate e verduras frescas.

Uma porção por dia baixa o risco

de doenças coronárias em

30% e inibe o crescimento dos

tumores.

- Tomar um copo de suco de laranja

por dia - aumenta o ferro

e repõe a vitamina C.

- Fazer uso da canela na alimentação

– o produto mantém

o colesterol baixo e estabiliza o

açúcar no sangue.

- Comer pão integral. Ele contém

mais fibra, zinco e ferro

que o pão branco.

- Cozinhar os vegetais por menos

tempo e mastigá-los por

mais tempo, assim aumenta a

quantidade de substâncias anticancerígenas

no corpo.

- Evite comer em excesso. Isso

previne transtornos gastro intestinais,

reduz o risco de diabetes,

ataques de coração e

prolonga a vida.

- Tomar uma xícara de chá comum

diariamente é um bom

antioxidante, diminui o risco de

doenças coronárias. Cientistas

concluíram que aumenta a sobrevida

até depois de ataques

ao coração.

- Ingerir sementes e nozes. Sementes

de girassol e de sésamo

nas saladas. Cereais são nutrientes

e antioxidantes. Nozes

reduzem o risco de diabetes.

- Uma banana por dia. Previne

a anemia e a pressão arterial

alta, melhora a capacidade

mental, cura ressacas, alivia

azia, acalma o sistema nervoso,

alivia a tensão pré-menstrual,

reduz risco de infarto e problemas

renais.

- Comer duas barras de chocolate

por semana estende a vida.

O amargo é fonte de ferro,

magnésio e potássio.

- Não descascar as frutas e vegetais

com antecipação. Eles

devem ser frescos, descascadas

e cortadas na hora em que

for consumir. Isso mantém os

níveis de nutrientes. Sucos de

fruta devem ser ingeridos logo

que preparados.

Outras observações

importantes

Cuidados na organização da

geladeira. Separe os diversos

tipos de alimentos e arrume

por prateleiras, observando as

datas de validade dos produtos.

Verduras e legumes devem ser

guardados na área reservada

para eles, ou em um tupperware

escuro e fechado, para protege-los

da luz artificial do

equipamento, que destrói as

substâncias nutritivas, como

por exemplo os flavonóides,

produto importante que combate

o cancro.

Trocar as esponjas de lavar as

louças semanalmente. Estudos

indicam que elas são meios de

acúmulo de bactérias, consequentemente

transmissoras de

doença

Escovas de dentes. Recomenda-se

trocá-las regularmente e

lavá-las com água quente pelo

menos quatro vezes por semana,

principalmente durante e

após doenças, quando devem

ser separadas das outras do

pessoal da família. As escovas

espalham gripes, resfriados e

outros germes.

Use o fio dental, eles ajudam a

remove bactérias que atacam

aos dentes e o corpo.

Evite mastigar chicletes. Eles

influenciam no surgimento de

diversos problemas. Tais como

- aumento na produção de suco

gástrico favorecendo ao aparecimento

de gastrites e úlceras.

Sobrecarregam a mandíbula

causando bruxismo e comprometimentos

na dentição. Desencadeiam

disfunção da articulação

temporomandibular

(queixo), e danos dentais.

Embora a goma de mascar não

contenha açúcar, se a pessoa

tem obturações de amálgama,

que é um mercúrio tóxico, ao

mascar os chicletes haverá liberação

desse produto, consequentemente

absorvido pelo

sangue ocasionando stress oxidativo

nos tecidos.

Mantenha seu tempo ocupado.

Pratique deesporto, faça caminhadas,

participe de associações.

Ociosidade leva a doenças

físicas e mentais.

Realize actividades que estimulem

a mente e fortaleçam a

memória. Faça testes, quebra-

-cabeças, palavras-cruzadas,

aprenda um idioma ou alguma

habilidade nova. Aprenda a

tocar um instrumento musical.

Leia livros e jornais. Memorize

parágrafos; escreva, estude,

aprenda. O cérebro agradece e

os amigos também, pois é interessante

conversar com quem

tem assunto e é informado.

Vá ao médico anualmente fazer

controlo geral, ginecológico,

mamário. Os homens - cuidado

com a próstata. Verificar o

peso, pressão arterial, colesterol

e o açúcar do organismo.

Sorrir é uma boa terapia. Uma

boa risada é um exercício físico,

baixa o stresse e activa células

naturais de defesa e os anticorpos.

Manter contacto com os parentes/

pais/ amigos. Estudos indicam

que 90% das pessoas que

não mantém laço afectivo com

seus familiares, particularmente

com a mãe, tendem a desenvolver

pressão alta, alcoolismo

ou doenças cardíacas.

Tenha qualquer animal de estimação.

As pessoas que não

têm animais domésticos sofrem

mais de stresse e necessitam

mais ir ao médico. Os animais

fazem você sentir-se optimista,

relaxado e isso baixa a pressão

do sangue. Os cães são os melhores,

mas até um peixe ou um

pássaro causar bom resultado.

Seja uma pessoa positiva. Os

optimistas vivem mais que os

pessimistas. Possuem mais

imunidade, consequentemente

são mais difíceis de pegar

gripes e resfriados. Essas pessoas

são bem vindas, bastante

convidadas e queridas no meio

social.

Seja sociável. Pessoas com laços

sociais e amigos têm vida

mais saudável do que aqueles

solitários, ou que só têm contacto

com a família.

Conheça mais a si mesmo, valorizar

mais as pessoas e não os

bens materiais. Quem priorizar

o ser humano têm probabilidade

de viver mais e possuir melhor

qualidade de vida.

O homem é um ser social. Não

nasceu para viver só, mas sim

em harmonia e em companhia

do outro.

Já dizia o filósofo romano Juvenal:

“Mente sã, corpo são”.

Sejamos felizes!


24 Lusitano

OPINIÃO

O Peso do dinheiro

DOMINGOS PEREIRA

O peso do dinheiro continua a ser o motor para as

coisas más que acontecem no nosso país. E cada

vez mais estou convicto de que se estas acontecem

porque esse dito peso é por lógica natural das

coisas a ideologia dos nossos legisladores.

Temos o exemplo real e concreto: os incêndios no

nosso País. São décadas de desgraça para o ecossistema

e economia do país, mas que criou uma industria

em crescimento progressivo rentável para

alguns indivíduos sem rosto. Mas o mérito de tudo

isto é dos legisladores e de toda a cúpula administrativa

do estado, porque não têm a capacidade

(pelas razões mais obvias…) de inverter ou pelo

menos de travar estes acontecimentos.

Se temos uma Policia Judiciaria que cumpre com o

seu dever, ao capturar uma centena de indivíduos,

entrega-os a um juiz e, não temos noticias de condenações,

não existe um relatório onde conste as

razões que que aliciaram esses indivíduos a cometerem

essas barbaridades. Porquê?

Gostava de ver um estudo das autoridades competentes,

ou alguém que as represente afirmasse

o porquê que SÓ a área de mata, floresta e agrícola

do estado, baldios e de pequenos proprietários

arde constantemente e as áreas florestais das empresas

de celulose SÓ ardem muito raramente!?

Gostava que os responsáveis da Protecção Civil,

Administração Interna explicassem porquê pagam

35 000 euros por hora a aviões de impressas privadas

e os aviões adquiridos para o efeito pelo estado

estão a apodrecer na base do Montijo? Gostava

que o Sr. Presidente da Republica (responsável máximo

das Forças Armadas) quando vai visitar os locais

arrasados pelo fogo diga aos cidadãos residente

e ao país que tem pilotos na força área formados

e aviões para o combate aos incêndios, mas que

não os deixa entrar em funções porque por falta

de alguma coisa…., pactua com a industria do fogo?

Gostava que a Sra. Ministra da administração interna

(assim como os que anteriormente estiveram

no poder) dissesse ao país qual é o papel da protecção

civil na prática, assim como todos os comandantes,

nacionais regionais e todo o pelouro que

circula todo ano em viaturas todo-o-terreno pelo

país? A Protecção Civil não tem a tarefa de prever,

detectar, prevenir, agir em situações de catástrofe

e alarmar, preparar, educar, a população para quando

estas situações surgem?

Gostava de ver um juiz português, como diz o

povo - com eles no devido local – e condenar os

responsáveis que compraram antenas do (SIRESP),

colocaram-nas em locais de risco, “activaram-nas”

mas que não estão operacionais! Gostava de ouvir,

o quanto antes a resposta (ao primeiro-ministro e

aos familiares das vitimas da Estrada Nacional 236)

o que aconteceu ali, o que devia ter sido feito e não

foi. Espero muito sinceramente que sua Excelência

Primeiro-ministro também os tenha no sitio para

que os responsáveis sejam condenados.

Os não residentes

São uma classe de portugueses também estes sem

rosto, sem pátria, os emigrantes. O não residente

é uma definição uma forma de classificar um indivíduo

que os legisladores encontraram para retirar

direitos constitucionais ou atribuir “benefícios” ao

gosto e conveniência dos senhores.

O governo português no último orçamento de estado

criou medidas que possibilitam a entrada nos

museus e monumentos nacionais aos domingos e

feriados (até ás 14.00 horas) seja gratuita para todos

os cidadãos residentes em território nacional.

A 21 de Junho passado foi publicado em Diário da

República o despacho n° 5401/2017 que veio consagrar,

definir, distinguir cidadãos ao contrário do

que está consagrado na Constituição Portuguesa

-Capitólio III, Direitos e Deveres, artigo 73°, ponto 1,

Todos têm direito à educação, cultura e ciência.Paradoxalmente

ao referido no parágrafo anterior foi

publicado (a 21 e entre em vigor a 30 de Agosto)

um novo artigo da Lei Geral Tributária que se intitula

Proibição de Pagamento em Numerário que

vem estipular quem, como, pode pagar em dinheiro

vivo. Ou seja, em Portugal os pagamentos em

dinheiro acima de 3 000 euros são proibidos, com

a exceção para os não residentes que podem efectuar

pagamentos até 10 000 euros ou equivalente

em moeda estrangeira.

Uma vez mais distingue-se o Cidadão Português,

uma vez mais é o peso do dinheiro que se sobrepõe

aos direitos deveres dos cidadãos e prevalece

à Balança da justiça.


NEUROCIÊNCIA

Setembro 2017

25

O Futuro do Mundo

NELSON LIMA

Senior Researcher

(Conselho Científico)

Universidade do Futuro

/ UNIFUTURO

Com 7 mil milhões (7 bilhões) de habitantes, dos quais

quase 70% vivendo em cidades, levanta-se uma questão

que, na verdade, já nem é de agora. Pequim, por

exemplo, é uma cidade incrivelmente poluída ao ponto

de haver dias em que é complicado andar nas ruas

devido ao excesso de gases tóxicos.

Por outro lado, as grandes cidades, embora ofereçam

maiores oportunidades de emprego e também de

lazer, acabam tornando-se em depósitos de pessoas

presas a múltiplas tarefas e preocupações que geram

níveis elevados de stress e ansiedade.

O movimento “Cidades Verdes” procura resolver as

coisas, alterando os desequilíbrios profundos, nomeadamente

a qualidade ambiental, entre outros.

Na imagem que hoje coloco na capa da minha página

mostro um projecto de uma cidade do futuro próximo

em que se procura aumentar o número de áreas

verdes (parques e jardins) e distribuir os edifícios de

forma a que seja mais saudável viver e trabalhar.

Num mundo em mudança, enfrentando os desafios

da 4ª Revolução Industrial, o papel das cidades vai

também crescer de importância pelo que é urgente

renovar o tecido urbano para que as gerações de agora

e do futuro se sintam melhor.

https://www.facebook.com/transportes.fernandes


26 Lusitano

PUBLICIDADE

Dübendorfstrasse 2

CH-8051 Zürich

044 340 10 70

info@sbacademy.ch

CURSOS EM PORTUGUÊS

A Swiss Beauty Academy é uma escola suiça de ensino

profissionalizante em diversas áreas. Aprenda em seu idioma!

Lusitano 2016/1

Cabeleireiro

Estética e

Depilação

Unhas

Maquiagem e

Visagismo

Make-up

Permanente

Massagem Personal Estilista de Corte, Costura Alongamento de

Stylist Moda Modelagem Cílios

Instrutores internacionais e altamente qualificados

Todos os cursos são com diploma e/ou certificado

Faça uma aula-teste gratuita e comprove nossa qualidade. Esperamos seu

contato, pois ele é muito importante para nós!

www.swiss-beauty-academy.ch

SwissBeautyAcademy

NELSON LIMA

PERGUNTAR

A nossa “capacidade de pensar e

refletir” desenvolve-se mais quando

fazemos perguntas e não tanto

quando obtemos respostas. Treinemos

pois a Arte de Perguntar.

Promoção: Apresente este anúncio no ato de sua

matrícula e receba um desconto de CHF 50.- (por curso)


CRÓNICA

Setembro 2017

27

Eu e o meu (nosso) país

ANTÓNIO M. RIBEIRO (UHF)

AINDA SE FAZIA

O RESCALDO

DA TRAGÉDIA

DE PEDRÓGÃO

GRANDE E JÁ

O SENHOR

EMPOSSADO

AFIRMAVA QUE

O PLANO DE

REFLORESTAÇÃO

DO EUCALIPTO

IRIA PROSSEGUIR

COM MILHÕES

DISPONÍVEIS

É um Verão de corridas e isso deixa os UHF e o

seu público unidos e felizes, em cada noite há

uma celebração. O mundo está de férias, eu sei,

e tudo foi mandado para trás das costas, talvez

com a excepção do vídeo-árbitro, uma tecnologia

duvidosa quando não serve os intentos de

um dos lados. Já era assim sem máquina. Será

que a sua progenitora é uma desonrada sem

emenda?

No dia 12 subimos pela A23 até Figueira de

Castelo Rodrigo e o que vi desde Abrantes até à

região de Vila Velha de Ródão já não me deixou

chocado, vai sendo assim ano após ano, este clima

de terra queimada como na guerra a que se

juntam os mortos na estrada e os outros a banhos.

Falta muita responsabilidade (educação) à

malta do bairro.

Depois, no dia 14 rumámos a Figueiró, uma freguesia

de Paços de Ferreira. E se o norte está

verde como o vinho, já na A1, na zona de Coimbra

foi outro choque – as encostas de finos paus

espetados estão negras como num ataque de

napalm.

Penso nos bombeiros, homens e mulheres,

bombos-da-festa que usam a agulheta e o machado

e definham nas palavras dos governantes

sempre que estes lhes prestam ‘homenagem’

verbal.

Como ouvi a uma responsável da meteorologia,

a culpa não é do clima. A culpa é nossa, das más

práticas, do desleixo, das negociatas, antes e

depois dos incêndios, dos doentes que deviam

estar presos: a culpa é uma solteira desconhecida

que se esfuma nas palavras – semântica –

banais, oficiais, que uma empresa de comunicação

preparou para a hora certa dos telejornais.

Há muito que os noticiários do país se dedicam

aos ângulos das chamas, à tragédia, às perdas

humanas e materiais, já não é informação, é folhetim

da desgraça real que se acalenta no subconsciente

do colectivo como inevitável – por

enquanto acontece aos outros.

Os incêndios não são uma tradição, mas é assim

que os vemos quando rumamos para a luta por

um metro quadrado de areia na Caparica.

Ouvi em dois momentos o sotaque alentejano

do ministro da agricultura, Capoula Santos, no

timbre arrogante de quem considera o poder

um poleiro conquistado. Primeiro, ainda se fazia

o rescaldo da tragédia de Pedrógão Grande e já

o senhor empossado afirmava que o plano de

reflorestação do eucalipto iria prosseguir com

milhões disponíveis. Será que os novos acontecimentos,

a secura crescente do país e a desordem

florestal não exigem novos estudos?

Esta semana voltei a ouvi-lo. Dizia o senhor,

naquele belíssimo sotaque alentejano que não

lhe confere autoridade rural, que ‘todos os que

agora agitam planos sobre os fogos e a floresta

os deviam ter apresentado antecipadamente’.

Engana-se, senhor ministro. Esse devia ser

o seu trabalho, antecipar as tragédias, ouvir e

estudar sem pruridos e amizades. Como num

estado de guerra unir todas as facções políticas

que representam o conjunto votante da nação,

que é maior do que a soma de um governo, e

suscitar o seu contributo – isso representaria

transparência democrática. Mas seria pedir demais

às vistas curtas dos governantes que nos

vão calhando. Sem pachorra, o país evita o pingue-pongue

entre governo e oposição, que não

tem de ficar presa à trela do governo.

Hoje subimos até Sátão, amanhã Góis (onde

este ano já houve chamas) e no sábado Coruche.

Descobrindo Portugal, este pequeno país

que podia ser maior: a dimensão da alma de

uma nação não cabe no seu espaço geográfico,

mas isso é lirismo poético.

A foto é do Ivan Cristiano dentro do carro dos

UHF na A23 no dia 13. A imagem não revela a

imensa e opressora devastação que a semântica

de uns não ajuda a pagar. Ali bem perto, Mação

está a arder.


28 Lusitano

NEUROCIÊNCIA

Desenvolver a auto-

-estima

NELSON LIMA (*)

QUANDO

É TEMPO

DE MUDAR

A vida não é um caminho asfaltado

e isento de obstáculos. Parece-se

mais com um rio de montanha com

o propósito de chegar à sua foz, por

muito afastada que ela esteja.

Ao longo da vida deparamo-nos

então com aquilo que eu chamo de

“pontos críticos”. Ocorrem ao fim de

alguns ciclos e quando sentimos necessidade

de mudar alguma coisa. É

como se já estivéssemos cansados

da repetição de algumas situações

que nos incomodam e chegam a

imobilizar-nos.

É a altura do “não”. É o momento de

rutura com algumas coisas que estão

a mais. É aquele tempo de partirmos

em busca de novas oportunidades,

novos caminhos que, sem

exigirem de nós uma fuga para o fim

do mundo, nos proporcionem um

alargamento dos novos horizontes

e o enfrentar um ou mais desafios

que, por vezes, temos vindo a adiar.

São tempos de reciclagem e renovação.

Isso representa uma das coisas

boas da vida que, se pudermos,

devemos aproveitar até que surja

uma nova necessidade de mudança.

Atingiremos então um novo “ponto

crítico”.

O desenvolvimento pessoal deve ser assumido

como um processo dinâmico, criativo

e contínuo. Esta última particularidade é de

crucial importância pois o auto-desenvolvimento

nunca termina.

Antigamente, aceitava-se que uma vez

chegados à meia-idade estava-se senhor

de toda a inteligência, de todos os recursos

e competências necessárias para o resto da

vida. Hoje, todos temos consciência que se

tratava de uma visão muito limitadora e estanque

do ser humano. Sabemos que não

apenas o auto-desenvolvimento não tem

limites temporais como também é errado

pensar que ele se resume a uma mão cheia

de saberes, competências, capacidades e

virtudes fundamentais.

Aprendi que, quanto mais avançamos no

tempo e a sociedade se torna mais complexa

e exigente, mais necessário se torna dedicarmo-nos

ao desenvolvimento pessoal,

mesmo nas idades mais avançadas.

Partindo do princípio que devemos viver

cada dia intensamente e ao mesmo tempo

preparando o dia seguinte, pois logo ele se

faz presente, é inteligente pensarmos que,

aqui e agora, em qualquer momento nunca

devemos perder de vista que o desenvolvimento

pessoal fortalece o espírito, a auto-

-estima e a autoconfiança.

Muitos são os caminhos que nos poderão

ajudar a crescer sempre quer como pessoas

individuais quer como seres sociais.

Fonte da imagem: Liderazgo

(*) Senior Researcher

(Conselho Científico)

Universidade do Futuro

/ UNIFUTURO


OPINIÃO

Setembro 2017

29

O Golpe de Estado de 21 de

Agosto em Washington

CARLOS MATOS GOMES (*)

O discurso de 21 de Agosto de Trump aos

Estados Unidos, a propósito da política

para o Afeganistão, foi o resultado visível

de um golpe de estado em Washington. Os

generais do Pentágono tomaram o poder.

Trump é, a partir de ontem à noite, apenas

o títere dos militares americanos. Numa

manobra prévia, os generais correram, defenestraram,

todos os cortesãos iniciais de

Trump e apenas o deixaram a ele, à mesa da

sala oval, a fazer de espantalho. No dia 21 à

noite, impuseram-lhe um discurso de resignação

sob a forma de “nova política para o

Afeganistão”, onde o colocaram a desdizer

tudo o que tinha dito e prometido quanto a

política de intervenção militar na campanha

eleitoral. Puseram-no a defender a política

de Hilary Clinton, a sua candidata!

A 20 de Janeiro deste ano de 2017, Donald

Trump proclamou que daí em diante seria

«America First », isto é, a América não se

aventuraria mais no estrangeiro. Agora,

como escreve o Washington Post, «teve de

se vergar diante da realidade.» E a realidade

é que quem manda são os generais. E o que

os generais dizem é que o Afeganistão é um

saloon numa região árida e sem lei. Por isso

os americanos têm de lá estar para competirem

com os outros pretendentes a donos

do local. Um clássico dos westerns. O Afeganistão

interessa à Rússia, é parte da sua

fronteira sul, interessa à China, é parte da

sua fronteira ocidental (mesmo que numa

estreita língua), permite a ligação ao sub-

-continente indiano e ao Índico, faz fronteira

com o Irão.

Mas, além destes factores da ordem da estratégia,

os generais americanos sabem que

Afeganistão é historicamente um território

dividido por senhoritos da guerra, venais,

que servem quem pagar melhor e se aliam

a quem lhe parece ter mais possibilidades

de vitória. Senhoritos sem fidelidades, nem

piedades. É um território de mercenários e,

por isso, um excelente viveiro de ratazanas

de desestabilização regional. As três grandes

potências imperiais têm de estar ali

para desestabilizar os seus rivais. Nenhuma

delas pode estar fora do Afeganistão.

O idiota do Trump não sabe história, nem

geografia, nem viu filmes de cobóis e comprou

a ideia do neo-isolacionismo para fazer

a América grande! Os generais e a máquina

de guerra já lhe colocaram a coleira, a trela

e o açaimo através do golpe palaciano que

teve a sua cerimónia pública com o discurso

de 21 de Agosto. A estratégia dos golpistas

do pentágono é clara e é a de Hilary Clinton.

A vencida, vencedora deste golpe.

Em resumo, diga Trump

o que disser, os Estados Unidos terão

PARA QUEM VERDADEIRAMENTE

AMA O SEU CARRO, SO A MELHOR

COBERTURA CONTA.

Zurich,

Generalagentur

Marcel Strangis

Manessestrasse 87

8045 Zürich

Tiago Costa

044 405 54 90

078 719 64 81

tiago.costa@zurich.ch

sempre uma presença militar entre o Médio

Oriente e as fronteiras sul da Rússia e

ocidental da China. Estarão no Afeganistão,

não para matar terroristas, mas para contratar

e manipular terroristas. Também se

manterão na Síria, embora em menor escala

que no Afeganistão, porque aí Israel se

encarrega do trabalho de desestabilização

em outsourcing. O Iraque é para cortar às

fatias e os militares americanos disporão

sempre de um dos cutelos. Resta o Irão e

a Turquia. Os generais americanos evitarão

a guerra com o Irão — demasiado cara e de

resultados duvidosos — e tentarão manter

o turco sob controlo, na NATO, ou pelo menos

sem o deixar passar para a órbita dos

russos.

Parece, por outro lado, evidente que os

russos vão atirar sal para todas as fogueiras

que os americanos atearam e que o Trump

passará a ser apenas o boneco do ventríloquo,

de umas vezes do Departamento de

Estado, quase sempre do Pentágono. Será

um refém com tempo de antena e saídas

precárias para golfe. Até já o acusam de

ele e a numerosa parentela gastarem demais

em segurança privada. Os chineses

têm sempre à mão o fogareiro da Coreia do

Norte, para condicionarem todas as opções

americanas para a Coreia do Sul e o Japão.

Os navios da esquadra do Pacífico entretanto

chocam com navios mercantes.

Por cá, os comentadores avençados — as

caixas de ressonância do alt right e do Tea

Party — por limitações senis, continuam a

acreditar que o Trump dirige a política dos

Estados Unidos. O governo, dirigido

por pessoas circunspectas e

sensatas, está ciente da irrelevância

do país na Europa e da Europa

no mundo. Sem fanfarronadas,

perfilou-se como um ordenança

dos generais que tomaram o poder

em Washington e vai disponibilizar

uma mão cheia de briosos militares

para integrar uma coligação que dê

direito a visita de ministro e presidente

da República em datas festivas.

Com o golpe de 21 de Agosto o

mundo retomou a normalidade.

SEGUROS DA ZURICH.

PARA TODOS QUE AMAM VERDADEIRAMENTE.

(*) Coronel de Cavalaria. Condecorado

com as medalhas de Cruz de Guerra

de 1ª e de 2ª Classe. Pertenceu à

primeira Comissão Coordenadora do

Movimento dos Capitães na Guiné.

Foi membro da Assembleia do MFA.

É escritor.


30 Lusitano

CULINÁRIA

Caldeirada à Nazarena

A Caldeirada de Peixe é um dos pratos típicos

mais apreciados em Portugal, por ser

rico em sabores intensos graças aos magníficos

peixes e aos temperos que a compõem.

Existem muitas variações na confecção

de caldeiradas, consoante a região

que as prepara, mas as mais apreciadas são

as dos fragateiros e as dos pescadores. A

característica comum é o facto de ser um

prato preparado com uma grande variedade

de ingredientes.

A maioria das zonas piscatórias portuguesas

tem uma receita de caldeirada “à sua

moda”: por vezes, a principal diferença

está nas espécies de peixe, na opção de

refogar ou não, ou ainda na inclusão de vinho,

de água, ou simplesmente em deixar

cozer nos sucos dos ingredientes. No caso

desta Caldeirada à Nazarena, a originalidade

está no toque de vinagre, no final.

Ingredientes

500 g de tamboril; 500 g de safio da parte

da barriga; 500 g de raia; 500 g de ruivo;

12 ameijoas sem casca; 5 cebolas grandes;

5 dentes de alho; 12 tomates pequenos;

1,5 dl de azeite; 1 ramo de salsa; 0,5

l de vinho branco; 1 kg de batatas; 1

folha de louro; 1 colher de sopa de

vinagre; piri-piri q.b.; sal e pimenta

q.b.

Preparação

Para dentro de um tacho, deitam-se

as cebolas às rodelas, o tomate aos

bocados – sem peles nem sementes –

e os dentes de alho picados. Junta-se o

azeite, a salsa e o louro. Tempera-se com

sal, pimenta e piri-piri. Leva-se a ferver em

lume brando durante cerca de um quarto

de hora. Depois, acrescenta-se o vinho

branco e as batatas cortadas às rodelas e

volta a ferver um bocado, até as batatas

estarem meio cozidas. Misturam-se os peixes

limpos e cortados às postas, polvilha-se

com um pouco de sal, em cima, põem-se as

amêijoas e tapa-se o tacho com a tampa.

Deixa-se ferver cerca de dez minutos. Finalmente,

deita-se por cima uma colher de

sopa de vinagre e agita-se o tacho para o

envolver no cozinhado.

Vinho para acompanhar

Recomenda-se um vinho branco loteado

com duas castas muito populares na Região

Lisboa, Arinto e Sauvignon, acídulo, fresco

e com grande capacidade de realçar a comida.

Este vinho tem a acidez certa para a

caldeirada e, sem diminuir em nada o gosto

e os sabores dos peixes, consegue equilibrar

o vinagre usado na sua confecção.

(Sugestão da CVR Lisboa)

O texto e a receita aqui apresentados e a foto

final do «Passo a Passo» estão publicadas no

Livro «Os Sabores da Nossa Terra» pela LEA-

DER OESTE – Associação para o Desenvolvimento

e Promoção Rural do Oeste.

Farrafuza

A agricultura sempre ocupou um lugar

importante no concelho da Moita, concelho

ribeirinho do Tejo, pertencente

ao distrito de Setúbal.

Aqui, onde a terra e o rio se confundem,

a hortaliça que se produzia no campo,

como os tomates, as cebolas, as batatas,

eram, por vezes, os ingredientes

principais de

alguns

cozinhados,

pois em qualquer horta podiam

ser cultivados e estavam sempre

à mão. A Farrafuza é um exemplo dessa

cozinha simples, económica e acessível

sendo, ainda hoje, um prato muito

apreciado pela facilidade e rapidez da

sua confecção e por ser bastante económico.

A sua receita foi passando oralmente

de geração em geração e, por isso mesmo,

pode ser confeccionado de diferentes

maneiras.

Ingredientes

Ovos; 0,5 kg de tomates; 2 dl azeite; 2

cebolas; dentes de alho; sal q.b.; pimenta

q.b.

Preparação

Leva-se ao lume uma frigideira grande

com as cebolas cortadas às rodelas e

o azeite, até a cebola ficar translúcida.

Juntam-se então os alhos bem picados.

Os tomates devem ser antecipadamente

pelados e limpos de pevides, após o

que se cortam aos bocados e se juntam

à cebolada. Depois de tudo cozido, colocam-se

os ovos a escalfar, por cima da

tomatada. Deve ser acompanhado com

batatas cozidas.

Vinho para acompanhar

Porque este é um prato rico e complexo,

pede também um vinho com essas

características. Na Península de Setúbal,

os vinhos são naturalmente ricos

e complexos, frutos das castas plantadas

e do microclima da zona. Ao explorar

a margem sul do Sado, tal como na

Península de Setúbal, não será difícil

encontrar um tinto frutado, com aromas

de fruta preta e muito boa concentração,

com taninos estruturados, mas

não muito marcantes, que acompanhará

na perfeição este prato. Trincadeira,

Aragonez e as Tourigas Nacional e

Franca são as nossas sugestões.

(Sugestão da CVR da Península de Setúbal)

O texto e a receita

aqui apresentados

estão publicadas no

Livro «Os Sabores

da Nossa Terra», pela

Associação de Desenvolvimento

Regional

da Península de

Colaboração:

Amílcar Malhó

Setúbal (ADREPES).


SAÚDE

Setembro 2017

31

SABUGUEIRO

(Sambucus nigra)

COOORDENAÇÃO E RECOLHA: JOANA ARAÚJO

PLANTAS MEDICINAIS

RABANETE (Raphanus sativus): Usado

como vermífugo, expectorante e estimulante.

Facilita a digestão e previne contra

cálculos renais.

SABUGUEIRO(Sambucus nigra)

Poderoso sudorífero nos processos gripais,

resfriados, tosse, sarampo e caxumba.

Elimina o ácido úrico, calculos renais e

toxinas do sangue.

SALVIA (Salvia officinalis): Erva hipoglicemiante,

que não é tão amarga como outras

e ainda tem ação antiséptica, adstrigente

e estimulante. Usada como desodorante,

tem a capacidade de fechar os poros e reter

a sudorese. A inalação com as folhas

é usada contra a sinusite. O chá de sálvia

é auxiliar da digestão, ajuda a tratar gengivas

inflamadas, aftas, dores e garganta

e problemas das mucosas. A planta é

anti-séptica e fungicida. Popularmente é

usada para controlar diabetes e sintomas

da menopausa, tonificar o fígado, aliviar

problemas dos ovários, combater a icterícia,

tremores e vertigens. O chá das folhas

de sálvia também é eficaz no tratamento

da sinusite, usado na forma de inalações.

Em latim, a palavra sálvia tinha o significado

de “salvar” e há milênios era considerada

capaz de curar todas as enfermidades.

Na Idade Média, ela passu a ser usada para

tratar prisão de ventre e problemas estomacais.

É contra-indicada em gravidez e

lactação.

SALSA (Petroselium sativum): Usa-se a

planta toda por infusão no combate à cistite,

nefrite, inflamação da urera, icterícia,

hidropsia, menstruação difícil, cólicas e

problemas uterinos. Combate gases intestinais,

estimula o apetite, facilita a digestão.

O chá é indicado para limoar os

brônquios e também como diurético útil

especialmente nos casos de gota.

SALSSAPARILHA (Smilax salsaparrilha):

Depurativo do sangue, é usada como diurética,

para combater a gota, ácido úrico e

artrite e reumatismo. Ajuda a diminuir a dificuldade

em urinar e a eliminar pedras nos

rins e bexiga. Externamente é usada para

lavar eczemas. Em doses elevadas pode

provocar náuseas.

SÂNDALO (Santalum album): Usado contra

problemas de pele, como acne e ressecamento.

A medicina popular indica para

tratar bronquite e cistite. Povos antigos

usavam para escurecer os cabelos castanhos,

hidratar e limpar a pele.

SAW PALMETO (Serenoa repens): É uma

planta indicada popularmente para o tratamento

do aumento da próstata. Ajuda no

alívio das inflamações e infecções do trato

urinário.

SETE SANGRIAS (Cuphea carthagenensis;

sin.: Cuphea balsamona): Tem efeito sedativo

do sistema nervoso central . É usada

como auxiliar no tratamento da arteriosclerose,

hipertensão e palpitações no coração.

Popularmente é usada para tratar

doenças venéreas e afecções da pele. Não

é aconselhado uso para crianças.

SUCUPIRA (Bowdichia virgilioides, sin.:

Bowdichia major; Pterodon pubescens

e Pterogyne nitens): Sucupira é o nome

popular dado à várias árvores brasileiras,

entre elas, Bowdichia virgilioides. O chá

de Sucupira é popularmente indicado para

problemas nas articulações, dores na coluna,

artrite, artrose, no combate a úlceras,

gastrites, ácido úrico, aftas, amigdalite,

dermatoses, auxiliar no controle da diabetes

e contra vermes intestinais. Actualmente

estão sendo realizadas várias pesquisas

para atestar seus efeitos anticancerígenos.

A planta é famosa também no combate às

inflamações do útero e ovários.

ATENÇÃO:

Estas informações são meramente informativas

e não devem ser usadas para diagnosticar, tratar,

curar ou prevenir qualquer doença e muito menos

substituir cuidados médicos adequados.

COOORDENAÇÃO: JOANA ARAÚJO


32 Lusitano

TECNOLOGIA

Chegou o Android Oreo

JOANA ARAÚJO (*)

Truques e

dicas do

Google.

Usando aspas

O uso de aspas nos termos

de buscas faz com

que os resultados sejam

mais específicos.

Experimente escrever na

barra: “bolo de cenoura”

As aspas podem ser utilizadas

em frases inteiras

ou apenas em algumas

palavras.

Busca por principais resultados

em sites específicos

Para conferir os principais

resultados de uma página,

basta digitar “site:” e o endereço

sem o “http”. Exemplo:

site:lusa.pt

Busca em sites

específicos

Caso precise fazer uma

busca dentro de um site,

não é preciso usar o buscador

dele. No Google,

digite “site:”, o endereço

sem o “http” e o termo a

ser pesquisado. Exemplo:

site:lusa.pt suíça

Usando como dicionário

Para descobrir o significado

de uma palavra sem

precisar procurar entre os

resultados, digite “define:”

seguido da palavra.

Está finalmente conhecido o Android

Oreo, a mais recente versão do sistema

operativo da Google. Foram vários meses

de desenvolvimento que agora culminam

nesta nova versão.

O Android Oreo traz várias novidades,

desde o Picture-in-Picture, as Notification

dots, o Autofill e o Smart Text Selection. Há

ainda centenas de melhorias ao nível da

segurança e optimizações de sistema.

A Google revelou que esta nova versão

vai ser lançada para os seus equipamentos

brevemente via OTA e também com a

disponibilização das imagens de instalação. Ao

mesmo tempo a Google irá também lançar esta

versão no AOSP, para que todos possam usá-la

e melhorá-la, caso seja necessário.

Mais sobre o Oreo: https://www.google.com/android/beta

- https://goo.gl/M8xA3H

Líderes mundiais contra

“robots assassinos”

Elon Musk, da Tesla, Mustafa Suleyman,

da Google, e Esben Østergaard,

da Universal Robotics, entre

outros, querem travar o uso de armas

autónomas

Esta não é a primeira vez que os líderes

do mundo da tecnologia alertam

as Nações Unidas para os perigos da

Inteligência Artificial. Já em 2015, a

indústria tinha tentado alertar a ONU

para a urgência de se fazer algo para

tentar travar o desenvolvimento desenfreado

da robótica, apelando a

uma proibição internacional das armas

autónomas.

Dois anos depois, foram 116 líderes

tecnológicos de 26 países a renovar

o apelo. Em Dezembro do ano passado,

os 123 membros que pertencem

ao Comité da Conferência das Nações

Unidas sobre a Convenção sobre Certas

Armas Convencionais concordaram

em iniciar conversações formais

sobre armas autónomas, tendo 19 países

concordado em proibir o seu uso.

com Agências


HORÓSCOPO

Setembro 2017

33

Carneiro

O Sol na sexta casa indica uma fase em que você se torna mais

forte e seu rendimento em vários sectores cresce. As parcerias

no trabalho são beneficiadas no contacto com Mercúrio, já que

as iniciativas colectivas crescem.

O Sol indica cuidado redobrado com a pessoa querida. Faça escolhas

melhores e evite que as dificuldades comprometam a relação

com quem você ama. Coloque o amor no topo de suas prioridades.

Touro

O Sol na quinta casa torna-o mais sociável fazendo-o sair do lugar

comum na busca por satisfação. O diálogo melhora o convívio

social, por conta do contacto com Mercúrio.

Sol e Mercúrio indicam você a lidar melhor com os imprevistos do

dia-a-dia afectivo. Seja tolerante com as dificuldades que estão

fazendo você perder a cabeça.

Gémeos

O contacto do Sol com Mercúrio aumenta sua visão sobre as tarefas

familiares e motiva a intelectualidade à sua volta. Valorize

a família e os amigos. Tire o máximo de proveito desta harmonia

para buscar melhorias na sua casa.

O contacto do Sol e Mercúrio faz com que você busque mais proximidade

com quem ama. Expresse atenção com os problemas

do convívio a dois. A relação precisa de serenidade e bom senso.

Caranguejo

Momento bom para estudar, ampliar seus conhecimentos e melhorar

suas acções pessoais com a chegada do Sol na terceira casa

em contacto com Mercúrio. Novas possibilidades aguardam por

si.

Conduza os problemas afectivos com tolerância. O contacto do

Sol com Mercúrio indica que as transformações do romance tendem

a ser boas para o bom andamento da relação afectiva.

Leão

Sua visão sobre as finanças cresce com o Sol na segunda casa e

em contacto com Mercúrio, destacando um período bom para

buscar mais equilíbrio para sua vida. Análise as oportunidades à

sua volta.

O contacto do Sol com Mercúrio expande seu poder de conduzir

o dia-a-dia afectivo. Compreenda alguns problemas emocionais

de forma tolerante. Enfrente o amor com atenção e cuidado.

Virgem

O Sol no seu signo destaca a sua intelectualidade e evidencia-o

diante dos grupos na associação com Mercúrio. Sua firmeza leva-

-o a correr atrás de suas metas.

O contacto do Sol com Mercúrio motiva você a dar valor à ligação

afectiva com mais assiduidade. Certos problemas amorosos sugerem

uma atitude atenciosa com a convivência a dois. Coloque

o amor no topo de suas prioridades e faça com que o romance

seja mais forte.

Balança

O Sol no sector de crise destaca uma fase de mais reflexão sobre

a vida e recolhimento beneficiado pelo contacto com Mercúrio.

Evite a tristeza e procure expandir seus conhecimentos.

Não perca a cabeça com os problemas do romance. O contacto

do Sol e Mercúrio sugere-lhe uma atitude sentimental mais sensata.

Mantenha a cabeça no lugar com os imprevistos que surgirem.

Escorpião

O Sol no sector de amizades em contacto com Mercúrio evidencia

o valor da cumplicidade e segurança mútua nas relações.

Abra-se a novas oportunidades e conheça pessoas diferentes.

Não descuide do convívio com a pessoa querida. Sol e Mercúrio

motivam você a colocar o amor no topo de suas prioridades para

fazer com que os problemas rotineiros sejam resolvidos. Invista

no amor e bem-estar de quem ama.

Sagitário

Esquentando a vida profissional, o Sol passa pela décima casa e

destaca suas opiniões no trabalho. Preserve suas ideias e assuma

o controlo dos negócios colectivos.

Sol e Mercúrio auxiliam você a vencer os problemas afectivos.

Cuide das necessidades amorosas para que tudo se mantenha em

ordem. A relação a dois sugere sinceridade e dedicação ao amor.

Aquário

O Sol na oitava casa em contacto com Mercúrio destaca um período

em que suas convicções e perspectivas de vida crescem.

Busque objectividade e equilíbrio financeiro e emocional.

Enfrente os problemas afectivos com firmeza e bom senso. Sol e

Mercúrio sugerem conduzir os empecilhos com serenidade. Busque

estabilidade emocional para que a relação possa amadurecer

cada vez mais.

Capricórnio

A sua procura por conhecimento cresce neste período em que o

Sol chega à nona casa e se associa a Mercúrio. Concilie mente e

corpo para o bem de sua saúde e desenvoltura em vários sectores.

Coloque o amor no topo de suas prioridades. Não tenha medo

de promover mudanças para o bem do romance. Sol e Mercúrio

sugerem cuidado redobrado com a convivência afectiva. Procure

estabilidade no amor.

Peixes

O Sol na sétima casa destaca sua sociabilidade e os contactos

pessoais se fortalecem levando em conta o contacto com Mercúrio.

Procure estar perto das pessoas para conhecê-las melhor.

O contacto do Sol com Mercúrio sugere bom senso amoroso. Tire

o máximo de proveito da oportunidade de restaurar o dia-a-dia

afectivo repensando certos comportamentos. Faça com que a relação

seja conduzida com cuidado extra.

RECOLHA: JOANA ARAÚJO


34 Lusitano

Músicos

Tinha acabado de chegar ao

Alentejo uma excursão de espanhóis.

Ao verem um alentejano,

o guia comunicou aos passageiros:

- Ahora me voy hablar con ese

portugues...

E foi ter com o alentejano:

- Hola, como te llamas?

- Toino...

- Yo también me llamo Antonio.

Cual és tu profesión ?

- Sou músico...

- Yo también soy musico... Y

que tocas ?

- Toco trompete, e tu ?

- Yo también toco trompete.

Una vez fue a la Fiesta de Nuestra

Señora de

los Remédios y toqué tan bien,

que la Señora bajó del andor y

empezó a llorar.

E replicou o alentejano:

- E ê fui uma vez à Festa do Senhor

dos Passos e toquei tan

bem, tan bem, que o Senhor

largou a cruz, agarrou-se a mim

e disse-me:

“Ah, g’anda Toino, tocaste melhor

que o cabrão do espanhol

que fez chorar a minha mãezinha!”

Português é traiçoeiro.

1. Dizer as coisas como são, ou como

deveriam ser, com toda a franqueza;

falar em bom português.

Exemplo:

QUERO AMÁ-LA OU MELHOR QUE-

RO AMAR-TE...?

O marido, ao chegar em casa no final

da noite diz à mulher que já estava deitada

:

- Querida, eu quero amá-la.

A mulher, que estava dormindo, com a

voz embolada, responde:

- A mala... ah não sei onde está,não!

Use a mochila que está no maleiro do

quarto de visitas.

- Não é isso querida, hoje vou amar-te.

- Por mim, você pode ir até Júpiter, até

Saturno e até para o raio que te parta,

desde que me deixe dormir em paz...

Bêbado

HUMOR

Quem não sabe rir, não sabe viver

Um homem esteve a beber até o bar

fechar. Como era o último cliente, o

funcionário informou-o que iam fechar

e que ele tinha que sair.

O homem levantou-se e caiu no chão...

Tentou novamente levantar-se e caiu

novamente...

Optou por se arrastar até à porta do

bar...

Tentou levantar-se novamente e voltou

a cair...

Já na rua tentou levantar-se e voltou a acontecer

o mesmo: Caiu!

Foi assim para casa, tentando levantar-se e

caindo sempre. Já em casa e pela manhã a

esposa comentou:

- Grande bebedeira ontem à noite!

- Como é que tu sabes que eu ontem cheguei

bêbado?

- Telefonaram do bar. Deixaste lá a cadeira

de rodas.

Anão no Metro

No Metro, um anão escorregou pelo banco

e um outro passageiro, solidário, recolocou-

-o em posição. Pouco depois, o anão voltou

a escorregar e o mesmo passageiro voltou a

colocá-lo no assento. Como a situação repetiu-se

sequencialmente, o referido passageiro

irritou-se e protestou:

“Bolas ! Não me importo de ajudar, mas será

que você não consegue sentar-se em condições?”

O anão respondeu:

“Meu amigo, há mais de cinco estações que

estou a tentar sair mas o senhor não deixa!”

Advogados

Um advogado e sua sogra estão num edifício

em chamas. Você só tem tempo para

salvar um dos dois. O que você faz? Você vai

almoçar ou vai à pesca*

SETEMBRO

Datas Comemorativas de 2017

02 SÁB Dia Mundial da Barba

02 SÁB Dia Internacional do Abutre

05 TER Dia Internacional da Caridade

08 SEX Dia Internacional da Literacia

08 SEX Dia Mundial da Fisioterapia

09 SÁB Dia da Grávida

10 DOM Dia Mundial da Prevenção do Suicídio

11 SEG Dia Nacional do Bombeiro Profissional

11 SEG Dia Nacional das Casas do Povo

15 SEX Dia Internacional da Democracia

15 SEX Dia Internacional do Ponto

15 SEX Dia Internacional da Grenache

16 SÁB Dia Mundial para a Preservação do Ozono

16 SÁB Dia Internacional da Maça

16 SÁB Dia do Software Livre

16 SÁB Dia Internacional de Ler um Ebook

16 SÁB Dia Internacional da Limpeza Costeira

16 SÁB Dia Internacional do Panda Vermelho

17 DOM Dia Internacional da Música Country

18 SEG Dia Mundial da Monitorização da Água

21 QUI Dia Internacional da Paz

21 QUI Dia Mundial da Doença de Alzheimer

21 QUI Dia Mundial da Gratidão

21 QUI Dia Internacional do Minigolfe

21 QUI Dia Nacional da Guarda Fiscal

22 SEX Início do Outono

22 SEX Equinócio de Outono

22 SEX Dia Europeu Sem Carros

23 SÁB Dia da Síndrome das Pernas Inquietas

25 SEG Dia Internacional do Farmacêutico

25 SEG Dia Mundial do Sonho

26 TER Dia do Ex-Fumador

26 TER Dia Nacional do Farmacêutico

26 TER Dia Europeu das Línguas

26 TER Dia Internacional para a Eliminação Total

das Armas Nucleares

26 TER Dia Mundial da Contraceção

27 QUA Dia Mundial do Turismo

28 QUI Dia Mundial da Raiva

28 QUI Dia Marítimo Mundial

28 QUI Dia Internacional do Direito ao Saber

29 SEX Dia Mundial do Coração

30 SÁB Dia Internacional do Coelho

30 SÁB Dia Internacional da Tradução

30 SÁB Dia Internacional do Podcast


JÚNIOR

Setembro 2017

35

Para colorir

PROPOSTA DE LEITURA

A CARTOMANTE

Machado de Assis

A cartomante é a historia de Vilela, Camilo e Rita envolvidos em um

triângulo amoroso. A historia começa numa Sexta-feira de Novembro

de 1869 com um dialogo entre Camilo e Rita. Camilo nega-se

veementemente a acreditar na cartomante e sempre desaconselha

Rita de maneira jocosa. A cartomante está caracterizada neste

conto como uma charlatão, destas que falam tudo o que serve para

todo mundo… um personagem sinistro, que apesar não ter nem o

seu nome revelado (característica machadiana), destaca-se como

um personagem que ludibria os personagens principais. Rita crê

que a cartomante pode resolver todos os seus problemas e angústias.

Camilo já no fim do conto, quando está prestes a ter desmascarado

seu caso com Rita, no ápice de seu desespero, recorre a esta

mesma cartomante, que por sua vez o ilude da mesma forma como

ilude todos os seus clientes, inclusive Rita. A mulher usa de frases

de efeito e metáforas a fim de parecer sabia e dona do destino de

Camilo, este que sai de lá confiante em suas palavras e ao chegar

no apartamento de Vilela encontra Rita morta e é morto a queima

roupa pelo amigo de infância, que já está sabendo da traição da

esposa e o esperava de arma em punho.

Se gostou baixe-o aqui: http://www.livros.in/2015/03/e-book-gratis-cartomante-machado-de.html

COOORDENAÇÃO: JOANA ARAÚJO


36 Lusitano

LITERATURA

Ventos adversos

Quando estamos em baixo, mais fragilizados é quando as forças negativas se

juntam e muito de mau nos cai em cima.

CARMINDO

DE CARVALHO

https://www.facebook.com/carmindo.

carvalho

Ontem zangado, muito enervado com a situação da alfandega de Portugal, saí

de casa para o trabalho já atrasado.

Percorridos cerca de três quartos do caminho, encontro um tractor daqueles

com um sistema de reboque acoplado.Ia a pisar ovos!...Lá tinha o sinal (30) De

cada vez que pensei em ultrapassá-lo lá vinham dois olhos de frente...O tractor

era comprido, enorme! Naqueles poucos metros de poucas rectas que existem,

eu teria que picar as esporas aos cavalos e esticar até aos oitenta ou noventa.“

Não, posso mas não devo transgredir em tanto o código, nem arriscar os níveis

de segurança, minha e dos outros”, pensei. Lá fui atrás daquele monstro exactamente

até à saída da estrada principal que leva ao local do meu trabalho.Depois

pensei:Ó pá! Devo estar maluco! Então ainda me preocupo em chegar a horas

ao trabalho?Eu que sou bom rapaz enquanto cumpro a cem por cento. E ao mais

pequeno deslize logo passo a valer zero, ou quase? Foi assim nos últimos meses,

que pequenos contratempos, com entalões e cortes gerados pela turbulência a

que chamam de stresse e nos queimam os fusíveis e os neurónios, levou aqueles

chefões a esquecerem vinte e sete anos de empregado exemplar, segundo a

avaliação anual dada por eles mesmos. É claro que as bocas que recebi, devolvi

com argumentos tipo:“Sou humano, não sou peça de máquina! Deve haver por

aqui muitos accionistas do seguro! Aqui dentro do escritório a dedilhar teclas

fresquinho com o ar condicionado não acontecem coisas destas”, etc.

Isto mostra que somos apenas carne para canhão.

Ao mais pequeno deslize - Pum ! Vai-te embora e outro que venha!...

E assim fazem acontecer escravatura em pleno século vinte e um!

Escravatura branca!

Porque a outra, felizmente acabou há muito tempo.

Agosto, 2017


LITERATURA

Setembro 2017

37

EUCLIDES CAVACO

WWW.EUCLIDESCAVACO.COM

www.facebook.com/

euclides.cavaco

Canto à Natureza

Eu canto...

No meu ode à Natureza

A sua bruma e beleza

Que nos seduz e extasia

Eu canto...

Nascentes , rios e fontes

Os lagos, vales e montes

Neste hino feito poesia.

Eu canto...

Do mundo as maravilhas

Dos continentes e ilhas

Todos os encantos seus

Eu canto...

Amena a terra e o mar

A formosura sem par

Que nos foi dada por Deus.

Eu canto...

Jardins, frutos e as flores

Perfume, sabor e cores

E as estações do ano

Eu canto...

Tudo o que na terra habita

A sua força inaudita...

Que deslumbra o seu humano.

Eu canto...

Todo o mistério da vida

A que a terra deu guarida

Seus recursos e grandeza

Eu canto...

O poder da terra emerso

Exaltando aqui em verso

Quanto é bela a Natureza !...

FOGOS EM

PORTUGAL

Em cada Verão que passa

Volta o fogo e ameaça

Danificar Portugal

Queimando matas e casas

Deixando um rasto de brasas

De extermínio infernal !...

De proporções desmedidas

Destrói bens e ceifa vidas

Veste em tristeza o Verão

Em onda assaz violenta

Nosso País atormenta

Com negro véu de carvão !...

Nossos bombeiros valentes

Já não são suficientes

Para os fogos apagar

Por isso pedem ajuda

A qualquer fim que lhe acuda

Prós incêndios dominar !...

Os fogos são na verdade

Flagelo e calamidade

E tragédias horrorosas

Alguns são mesmo atentados

Quantas vezes ateados

Por certas mãos criminosas.

Porquê meu Deus tal castigo?

Deste iminente perigo

Que nos causa tanto mal

Com meu Povo solidário

Sofro este triste cenário

Dos fogos em Portugal !...


38 Lusitano

POESIA

É A SAUDADE A FALAR

Porque um dia te deixei

não quero dizer que te esqueci

mesmo agora te lembreiAlentejo

e até choreie depois cantei para ti

CHICO BENTO

Dällikon - Suiça

www.facebook.

com/chico.bento.98

Eu é que nunca concordo

se te vejo maltratar

sempre de ti me recordo

de manhã quando acordo

é a saudade a falar

Sei que choras por mim

como eu por ti choro então

não sei se volto, mas enfim

eu te vou cantando assim

moras no meu coração

Refrão

Ao meu Alentejo

eu quero voltar

para saudades matar

daquela terra

que um dia me viu nascer

É o meu desejo

e o coração chora

e chorando me implora

do campo á serra

tudo ele quer ver.

Chico Bento

Dällikon - Zurique - Suiça

Serviço de Diárias de Segunda a Sexta-Feira - 18 Frs tudo incluído - Aguardámos a sua visita


PUBLICIDADE

Setembro 2017

39

Televisão e Informática em Português

www.goutec.com

desde

9.90 €

(mês)

by GOUTEC

global online technologies

Ligue já!

044 271 69 79

Televisão

Digital

Terrestre

desde

49.90SFr.

(mês)

INSTALAMOS EM TODOS

OS COMPUTADORES

SISTEMA OPERATIVO

EM PORTUGUÊS

desde

39.90SFr.

(mês)

Escolha os os canais que quer ver

e e deixe o o resto connosco!

desde

69.90SFr.

(mês)

TVCABO

ASSISTÊNCIA

TÉCNICA

Informática . Televisão

GOUTEC

Geibelstrasse 47, 8037 Zürich

Mob: 076 388 19 95 / 079 402 51 09

info@goutec.com

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!