Dezembro/2017 - Revista VOi 148

jota.2016

Grupo Jota Comunicação

COACHING DE

EMAGRECIMENTO

A METODOLOGIA MAIS FAMOSA DO

MOMENTO AJUDA A ELIMINAR OS

QUILOS EXTRAS DE VEZ

Jesus

Luz

SOU VAIDOSO SIM, MAS DE

FORMA SAUDÁVEL. NÃO

DEIXO ISSO ME ENVENENAR

SUZUKI GSX-S750

O LANÇAMENTO MAIS AGUARDADO DA CATEGORIA

SURPREENDE PELA POTÊNCIA E INOVAÇÃO


IOS

, 1745 - CURITIBA - PR | SHOPPING PALLADIUM - PONTA GROSSA - PR

EL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

ATEL | OUTLET - ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745 - CURITIBA - PR | SHOPPING PALLADIUM - PONTA GROSSA - PR

NES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

PARK SHOPPING BARIGUI | SHOPPING MUELLER | PÁTIO BATEL | OUTLET - ALFERES ÂNGELO SAMPAIO, 1745 - CURITIBA - PR | SHOPPING PALLADIUM - PONTA GROSSA - PR

ARUBA BUENOS AIRES CANCÚN CANNES MIAMI MONTERREY PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

560 LOJAS - 19 PAÍSES

• EDITORIAL

ENTÃO É NATAL...

ffens

CAPA

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

Assinatura Anual R$ 172,00

www.revistavoi.com.br Mensal/Bilíngue •

COACHING DE

EMAGRECIMENTO

A METODOLOGIA MAIS FAMOSA DO

MOMENTO AJUDA A ELIMINAR OS

QUILOS EXTRAS DE VEZ

Jesus

Luz

SOU VAIDOSO SIM, MAS DE

FORMA SAUDÁVEL. NÃO

DEIXO ISSO ME ENVENENAR

SUZUKI GSX-S750

O LANÇAMENTO MAIS AGUARDADO DA CATEGORIA

SURPREENDE PELA POTÊNCIA E INOVAÇÃO

Jesus Luz estampa a capa da VOi. Ele

foi clicado por Rene Ernst, com beleza

de Riccardo Guerra e stylist de Katia

Oliveira

Enfim chegou o Natal. Parece que esperamos o ano todo para essa data:

reunião com os amigos, confraternização do trabalho, festa com a família, viagem,

descanso. As merecidas férias. Mas antes, não poderíamos nos despedir de 2017

sem uma edição superespecial. Pode até parecer brincadeira, mas quem estampa

nossa capa é ninguém menos que Jesus Luz, coincidência ou não, a verdade é

que ele arrasou no editorial e deu um show de simpatia. Na reportagem Principal

trazemos algumas inspirações de mulheres que dedicam parte ou a totalidade de

seu tempo para ajudar ao próximo. Elas compartilham aqui toda a solidariedade que

transborda em seus corações. Que tal iniciar na prática de caridade fazendo uma

doação para o projeto Além das Barras do Hospital de Clínicas? Sabia que algumas

mulheres esperam até um ano para começar o tratamento de câncer de mama por

falta de material e remédios? Quão decisivos 365 dias podem ser na cura desse

câncer que mais mata mulheres no mundo? Ah, final de ano também é tempo de

novas resoluções. Com certeza 100% das pessoas têm alguma relacionada à dieta.

Que época mais combina com corpo em forma do que o verão? Nesta edição temos

uma dica: coaching de emagrecimento. Pode parecer muitos simples, e talvez seja,

mas a primeira mudança tem que ser na sua mente. Na Transformação tem uma

inspiração de produção para as festas de final de ano. Aposte nas tendências e arrase.

Vai preparar a ceia em casa? Que tal fazer bonito na harmonização das bebidas

com a refeição? Trazemos dicas com pratos bem natalinos. Você ainda confere a

cobertura dos principais eventos, moda, entretenimento, sugestões de presentes,

test ride e muito mais. Feliz Natal e excelente ano novo! Nos vemos em 2018.

Larissa Angeli

Jornalista da Revista VOi

SO IT’S CHRISTMAS TIME ...

rmen Steffens

EDIÇÕES ANTERIORES

Assinatura Anual R$ 172,00

www.revistavoi.com.br Mensal/Bilíngue •

Jackeline

Petkovic

DRINKS

EM VOGA

CURITIBA É REFERÊNCIA

EM BARTENDERS

AMO SER APRESENTADORA.

NADA MELHOR DO QUE

SER A GENTE MESMO

FALANDO COM O PÚBLICO

THERMAS PIRATUBA PARK HOTEL

LAZER E HISTÓRIA NO VALE DO CONTESTADO

Carmen Steffens

Assinatura Anual R$ 172,00

www.revistavoi.com.br Mensal/Bilíngue •

ESFORÇO

MÁXIMO

TRIATHLON VIROU

FEBRE NO PARANÁ

Larissa

Manoela

O CÉU É O LIMITE PARA

A ESTRELA TEEN: “MEU

MAIOR SONHO É ATUAR

EM UM MUSICAL DA

BROADWAY”

FESTA VOi

NOITE DE LUXO E GLAMOUR

PARA FICAR NA MEMÓRIA

TEST DRIVE AVENTURA:

UMA VOLTA DE KOMBI PELA AMÉRICA DO SUL

Christmas is finally here. It seems like we wait all year for this date: meeting with

friends, get-togethers with people at work, partying with family, traveling, resting.

The well-deserved vacation. But before, we can’t say goodbye to 2017 without a

super special Issue. It may even look like a joke, but who is on our cover is none

other than Jesus Luz, coincidence or not, the truth is that he nailed the spirit with

a show of sympathy. In the Principal Article, we bring together several inspirations

provided by women who dedicate all or part of their time to help others. Here, they

share all the overflowing solidarity in their hearts. How about starting the practice

of charity by making a donation to the project in Além das Barras do Hospital de

Clínicas? Do you know that several women have had to wait up to a year to begin

treatment for breast cancer because of a lack of equipment and medicine? How

decisive these 365 days can be in healing this cancer that kills more women in

the world than anything else? Ah, it’s the end of year and the time for New Year’s

resolutions. For sure 100% are somehow related to diet, after all, at what time is

there more concern with being in shape than the summer? In this Issue we have a

tip: weight loss coaching. It may seem simple, and perhaps for many is, but the first

change has to be in your head. In the Transformação Article, there are inspirations

for your end-of-year party. Bet on trends and win out. Will you prepare New Year’s

Eve dinner at home? How about harmonizing the drinks with the meal? We provide

tips on Christmas dishes. You will even receive coverage of major events, including

fashion and entertainment events, as well as gift suggestions, Test Ride, and much

more. Merry Christmas and a great new year! See you in 2018.

Larissa Angeli

VOi journalist

04


Verao

~


• EXPEDIENTE

Bastidores

01 • CAPA

Muita diversão envolveu a produção do editorial de moda desta edição com o

ator e DJ Jesus Luz. Na foto, toda a equipe responsável pelas belas fotos de Rene

Ernst que você confere nas próximas páginas.

Foto: Rene Ernst

01

Foto: Marcos Mancinni

02

02 • PRÊMIO

Time quase completo com as mulheres do GRUPO JOTA, durante

cerimônia do Prêmio Referência, reconhecimento da editora às

empresas destaque do segmento madeireiro/florestal realizado

anualmente pela editora.

Foto: divulgação

03

03 • PRESENÇA

O diretor executivo da VOi, Pedro Bartoski Jr., prestigiou

o amigo Ruy Barrozo no lançamento de seu primeiro livro

Palavras de Bolso, pela editora Inverso. A publicação é o

resultado de 37 anos de jornalismo diário do jornalista.

Ano XIV • Edição n.º 148Dezembro 2017

Year XIV • Edition n.º 148 • December 2017

A Revista VOi é uma publicação da

JOTA Editora

Rua Maranhão, 502 - Água Verde

CEP 80610-000 - Curitiba (PR) - Brasil

Fone/Fax: +55 (41) 3333-1023

JOTA COMUNICAÇÃO

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Negócios - Joseane Knop

joseane@jotacomunicacao.com.br

JOTA EDITORA

Diretores/Directors:

Comercial - Fábio Alexandre Machado

Executivo - Pedro Bartoski Jr.

revistavoi@revistavoi.com.br

Redação/Writing:

Editor: Rafael Macedo

editor@revistavoi.com.br

Larissa Angeli

jornalismo@revistavoi.com.br

Projeto Gráfico/Graphic Design:

Supervisão: Fabiana Tokarski

Fabiano Mendes

Fernanda Maier

criacao@revistavoi.com.br

Colaboradores/Colaborators:

Fotógrafos: Marcos Mancinni e

Mauricio de Paula

Depto. Comercial/Sales

Department:

Cezar Eduardo Oliveira

comercial@revistavoi.com.br

Fone: +55 (41) 3333-1023

Colunistas/Colunists:

Mônica Gulin

Tufy Geara

Depto. de Assinaturas/Subscription:

assinatura@revistavoi.com.br

Ligação gratuita:

0800 600 2038

Na Rede

www.facebook.com/revistavoicuritiba

www.revistavoi.com.br

A Revista VOi é uma publicação mensal e independente, dirigida ao público curitibano, a turistas, rede hoteleira e gastronômica de Curitiba. A VOi não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e colunas assinadas, por

serem de responsabilidade de seus autores. A utilização e reprodução pode ser feita desde que informada e citada a fonte. A Revista VOi também não se responsabiliza por fotos de divulgação, bem como, por anúncios e imagens

enviadas por terceiros, por entender serem de responsabilidade de seus produtores.

VOi is a monthly and independent publication directed at the public, tourists, hotel chains and gastronomy in Curitiba. VOi does not hold itself responsible for the concepts contained in the articles and columns signed by others.

These are the exclusive responsibility of their authors. The use and reproduction of any part of the publication can be carried out as long as the source is duly noted and cited. VOi is also not responsible for photographs that are part

of any divulgation, as well for advertisements and images supplied by others, and understands that they are the exclusive responsibility of those who produced them.

06


Desejamos

a todos os CLIENTES

e amigos um FELIZ NATAL

e um PRÓSPERO ANO NOVO


• SUMÁRIO

04

Editorial / Então é Natal...

Editorial / So it’s Christmas Time ...

06

Expediente

16

Moda

Presente de Natal

10

12

16

28

Cartas

Notas

Moda / Presente de Natal

Entrevista / Jesus Luz

Interview / Jesus Luz

34

Principal / Fazer o bem

40

Decoração / Decoração e praticidade

42

Música / Novo som

44

Saúde / Mais que boletos

46

Serviço / Terceirizar é a solução

40

48

50

52

54

Transformação / Glamour total

Vitrine

Coluna / Provopar

Coluna / Joias eu uso por Tufy Karam Geara

56

Coluna / Eventos by Mônica Gulin

58

Click

66

Caderno Gastronômico

66

70

74

Test ride / Muito acima da categoria

Test ride / Far above its category

Esporte / Depende de você

78

Cultura

81

Blogueando / Você tem um minuto para ouvir a

palavra da moda autoral?

82

Histórias / Curitibanices

70

08


Revelando Sensacoes

www.binifotografia.com bini.fotografia bini_fotografia (41) 99532 9161


S E ACESSÓRIOS

ELO SAMPAIO, 1745 - CURITIBA - PR | SHOPPING PALLADIUM - PONTA GROSSA - PR

Y PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SANTIAGO SÃO PAULO

19 PAÍSES

@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

• CARTAS

NA MÍDIA

teffens

Assinatura Anual R$ 172,00

www.revistavoi.com.br Mensal/Bilíngue •

DRINKS

EM VOGA

CURITIBA É REFERÊNCIA

EM BARTENDERS

Jackeline

Petkovic

AMO SER APRESENTADORA.

NADA MELHOR DO QUE

SER A GENTE MESMO

FALANDO COM O PÚBLICO

THERMAS PIRATUBA PARK HOTEL

LAZER E HISTÓRIA NO VALE DO CONTESTADO

Capa da Edição 147/Novembro

com a apresentadora Jackeline Petkovic

Nossa, a Jackeline Petkovic fez parte das minhas tardes quando

eu era adolescente. Amei a capa. Ela continua linda. Muito legal saber

por onde ela anda. Parabéns pela entrevista e pelas fotos incríveis.

Camila Barbosa – Curitiba (PR)

No Instagram da VOi (@revistavoi) você

confere a cobertura dos principais eventos e fica

por dentro do que estará na próxima edição. A

marca Juro, Amém divulgou uma das fotos de

bastidores da nossa supercapa de dezembro:

Jesus Luz. A Rafa Oliveira, do blog Organize sem

Frescuras, também mostrou para seus seguidores

a participação na VOi. Já o personal trainer e

coach de emagrecimento Tiago Lopes revelou um

pouco de como foi a produção da reportagem

que você lê nessa edição. Siga a VOi também no

Facebook:/revistavoi

Parabéns Revista VOi por trazer uma matéria sobre o futebol

americano em Curitiba. Com divulgação e ajuda da mídia conseguiremos

dar mais valor ao esporte na capital.

Paulo Quirino – Curtitiba (PR)

É realmente um sonho casar dentro de uma vinícola. Que lugar

maravilhoso.

Marli Cristina Silva – Curitiba (PR)

Gosto muito de moda. Sempre que leio a VOi procuro por novidades.

Gostei bastante do editorial Carbon. Bastante conceitual e

com imagens belíssimas.

Eduarda Marques – Curitiba (PR)

Sou fã da Rafa Oliveira, do Organize sem Frescuras. Quase não

acreditei quando a vi na VOi. Sempre sigo as dicas dela, além de

muito úteis deixam a casa linda e arrumada.

Regina Pinheiro – Curitiba (PR)

Confesso que nunca viajei para o Vale do Contestado, mas depois

de ler a reportagem fiquei muito interessado em conhecer. Deve ser

uma região cheia de história em nossa linda Santa Catarina.

Carlos Damiani – Curitiba (PR)

NA REDE

www.facebook.com/revistavoicuritiba

Instagran - @revistavoi

www.revistavoi.com.br

10


• NOTAS

MODA

e arte

Agora em dezembro a Rodzina 4 completa quatro

meses. Nesse período, o espaço de moda que alia

arte, cultura e beleza promoveu diversos eventos

como desfiles, concertos musicais, cinema temático,

harmonização de queijos e vinhos e vem muito mais

novidades por aí. A Rodzina 4 é um espaço de moda

conceitual e moderno que traz o que existe de melhor

na moda para o público de Curitiba, que prima pela

qualidade, conforto e bom gosto.

Foto: Studio One

NOITE

de gala

Novembro foi um mês de comemoração para o Santa

Mônica Clube de Campo. O aniversário de 56 anos

do clube foi celebrado em elegante baile de gala com

a presença dos associados, convidados e diretoria do

local. O evento aconteceu no Salão Social, com jantar

especial, seguido de música, com a Big Time Orchestra e

participação ilustre de Tiago Abravanel. Na foto, o casal

presidente do Clube, Gilberto e Iracema Foltran, o cantor

Tiago Abravanel, e o casal vice-presidente Feliciano e

Sônia Giacometti.

Foto: Studio Karam

EVOLUÇÃO

permanente

A MBM Business School encerrou em novembro o programa da turma

71. Empresários interessados podem participar do próximo programa

previsto para maio de 2018. Em novembro foi realizada a última aula

da Turma 71 da MBM Business School Curitiba. Os empresários e

profissionais liberais participaram do programa que tem como objetivo

não só potencializar os ganhos produtivos da empresa, mas também

obter qualidade de vida. A metodologia usada é referência nas melhores

escolas de negócios do mundo e a cada dia ganha mais adeptos. “Não

tinha qualidade de vida antes de iniciar o programa da MBM. Enfrentava

muitos conflitos com os colaboradores. Agora, faço treinamentos anuais

com a equipe e uso outras ferramentas que conheci por meio da MBM”,

afirma o empresário Thiago Santos Ribeiro.

12


RÉVEILLON

do Graciosa

Uma das festas de Réveillon mais tradicionais, a celebração do

Graciosa Country Club, já está com mesas à venda para os sócios

e convidados. Os preparativos iniciaram a todo o vapor, a cargo

da diretora social, Eliana Fadel Farracha de Castro. A produtora Ilse

Lambach vai assinar mais uma vez a decoração da exclusiva festa. O

presidente Glaucio Bley Filho e a primeira-dama, Karina Guedes Bley,

serão os anfitriões da noite. Este ano, o conceito escolhido para decorar a

imponente sede social do Graciosa será a brasilidade, como adianta Eliana. A

ideia é expressar o caráter multicultural do país, evidenciado pela mistura

de raças, cores, sabores, credos, hábitos e culturas que formam o Brasil. Ela não revela detalhes, mas o público

pode esperar uma ambientação com ícones de nossa cultura, com cores e elementos tropicais.

Foto: Naidron Jr.

Foto: divulgação

NOVIDADE

gastronômica

Mais um polo gastronômico será inaugurado em Curitiba. O

novo empreendimento será na Rua Itupava, já famosa pela vida

noturna. O espaço batizado de Vila Yamon traz o conceito

de bar colaborativo, muito difundido internacionalmente e

vai reunir oito operações gastronômicas, algumas inéditas

na cidade, no mesmo espaço, dando ao público uma grande

mescla de sabores marcados pela excelência, da comida

japonesa aos drinks autorais. O empreendimento, que tem

capacidade para atender 160 pessoas sentadas, não contará

com garçons, fazendo com que os frequentadores circulem

pela casa conhecendo todos os detalhes de cada operação.

NOVO

formato

O Mustang Sally inaugurou um novo restaurante no

formato express. Localizado no shopping Pátio Batel a

loja traz os campeões de pedidos em versões unitárias.

Entre as delícias do cardápio estão os burgers artesanais

da casa, nachos, tacos e quesadillas. “O novo formato

nos permite expandir para absorver o público que busca

uma comida de qualidade, mas também agilidade na

experiência de consumo”, explica Gustavo Griebeler,

sócio-diretor do Mustang Sally. Essa é a quinta unidade do restaurante Tex-Mex

que está presente no Shopping Mueller, Palladium, Novo Batel e também em São Paulo.

Foto: divulgação

DEZEMBRO 13


• NOTAS

PRESENTE

criativo

Final de ano é época de dar presentes. Para agradar sem erros

a sugestão são os trabalhos em patchwork da marca Giselinha.

São diferentes itens, como nécessaire, moedeiro e até mesmo

bonecas. Quem está por traz desses objetos superfofos é Gisela

Okuyama, que começou a confeccionar as peças como hobby.

“O nome Giselinha surgiu da junção do meu nome Gisela

com a palavra linha, que é um dos materiais mais usados para

minhas artes. Adoro costurar, criar e encantar”, conta. Para

acompanhar o trabalho e encomendar os presentes para as

festas é só seguir no Facebook (@giselinhaok) ou entrar em

contato pelo telefone: (41) 99960-7100.

Foto: Jéssica Xavier

Foto: James Helmfelt

CELEBRAÇÃO

a dois

Nada melhor do que comemorar 10 anos de relacionamento com uma

celebração. O ilusionista e palestrante Jeff Aragon trocou alianças com

Sabrina Azevedo em um elopement wedding, uma cerimônia a dois, sem

convidados. “Os únicos que participaram além de nós foram a violinista,

os cinegrafistas, fotógrafos e o celebrante que preparou um texto especial

com lembranças de nossos amigos e familiares, como se fosse um roteiro

de filme”, narra a noiva Sabrina que confeccionou ela mesma o vestido de

crochê e o buquê com orquídeas. A cerimônia superintimista foi na Laggus

Náutico e apesar da chuva, o casal apaixonado aproveitou ao máximo

o momento único. “Na hora marcada começou a chover muito e tudo

aconteceu com o céu desabando, mas adoramos também, afinal dizem que

chuva no casamento é sinal de muita sorte”, conta Sabrina realizada.

ALTA

SEGURANÇA

O Paraná é o primeiro Estado a implantar

o dispositivo de segurança preventivo

como forma de garantir a proteção de

mulheres em situação de risco, sob medida

protetiva judicial. O governador Beto

Richa e a secretária de Estado da Família e

Desenvolvimento Social, Fernanda Richa,

apresentaram o dispositivo durante o

evento que reuniu dezenas de mulheres,

de vários setores da sociedade.

BAIXA

RACISMO

Revoltante que episódios de racismo

ainda ocorram em nossa sociedade.

O mais recente que veio a público,

envolvendo a filha dos atores Bruno

Gagliasso e Giovanna Ewbank, mostra

o quanto algumas pessoas são cruéis.

Julgar outro ser humano pela cor da

pele, religião, escolha sexual, ou

qualquer credo e raça é crime, que pode

e deve ser punido.

14


BEBIDA

de verão

A família Maniacs Brewing Co. aumentou com o lançamento

da Maniacs Summer. O novo rótulo tem o objetivo de ser uma

celebração cervejeira ao clima tropical do país. Feita com maltes

de cevada e centeio, ela aposta em aromas e sabores do verão. O

resultado é uma pale ale dourada clara, com 4,7% de ABV, leve

amargor, muito aroma e personalidade. A bebida está disponível em

bares, restaurantes e supermercados em três versões: garrafas de 300

ml (mililitros), latas de 350 ml e chope em barris descartáveis, que

abastecerão restaurantes e bares cervejeiros de todo país.

Foto: divulgação

Foto: Waldo Rafael

ARTE E

arquitetura

A primeira Mostra de Artes da Hamm Stramandinoli

Arquitetura, encerrada em outubro, trouxe 60

dias de exposição com muitos eventos e visitas

agendadas para conhecer o escritório em container.

Tanto que o primeiro evento foi um sucesso, que a

HS realizou a segunda edição já em novembro. Na

foto, o arquiteto Ricardo Targa, a jornalista Camila

Gino, o arquiteto Maicon Rodolfo Hamm e o artista

visual Eleutherio Netto, durante a primeira edição.

CAMPEÃS

no vôlei

As alunas do colégio Positivo conquistaram o tão

sonhado título de campeãs de vôlei dos Jogos Escolares

de Curitiba, promovido pela Prefeitura Municipal. A

equipe é formada por alunas nascidas entre 2002 e 2003

que estudam em três sedes do colégio: Ângelo Sampaio,

Jardim Ambiental e o Junior. Todas elas treinam e

disputam torneios a pelo menos três anos e são formadas

a partir das atividades extra-curriculares do próprio

colégio, destacando o processo de formação de atletas dentro da instituição de ensino. A equipe campeã é treinada

pelo professor Felipe Seleme e composta pelas alunas Bruna Cavalcanti, Camile Bartoski, Jasmim Ferreira, Milena

de Moura, Milena Ogrizek, Gabriela França, Giulia Sabatella, Valentina Martins, Anna Laura, Maria Eduarda Souza,

Isabela Martins e Roberta Cortese.

Foto: divulgação

DEZEMBRO 15


• MODA

Presente

de Natal

Artista multifaceta, Jesus Luz ilumina

esta edição especial de final de ano

com toda sua beleza e carisma

Camisa: Antonie77a

Calça: Riccieri

16


Ficha técnica:

Fotografia: Rene Ernst - ernstphotography.com.br

Assistente de fotografia: Ram Roger

Beleza: Riccardo Guerra @rikardhoguerra

Produção: Katia Oliveira @katiapersonalstylist

Locação: Palco RG & BB @palcorgbb

Agradecimentos

Riccieri: www.riccieri.com.br

Raphael Steffens: www.raphaelsteffens.com.br

Antonie77a: @antonie77ahomem

Juro, Amém: @usejuroamem

DEZEMBRO 17


• MODA

Camisa: Antonie77a

Calça: Riccieri

18


Polo e calça: Riccieri

DEZEMBRO 19


• MODA

Blaser, blusa e colar: Antonie77a

20


Blaser, calça, blusa e colar: Antonie77a

Sapato: Raphael Steffens

DEZEMBRO 21


• MODA

22


Camisa e calça: Riccieri

Sapato: Raphael Steffens

DEZEMBRO 23


• MODA

Blusa: Riccieri

Calça: Antonie77a

24


Blusa: Riccieri

Calça: Antonie77a

Tênis: Raphael Steffens

DEZEMBRO 25


• MODA

Camisa: Antonie77a

Calça: Riccieri

26


DEZEMBRO 27


• ENTREVISTA

Jesus

Luz

Por Larissa Angeli

Fotografia: Rene Ernst

O

s últimos dois meses foram intensos para Jesus Luz. Após a passada por Curitiba, para a produção deste editorial,

o carioca partiu para Angola, onde participou de um festival com Bob Sinclair e de lá fez ponte aérea para

os EUA (Estados Unidos da América) para entrar em turnê internacional. Foi em meio a essa correria que o

DJ achou uma brecha na agenda e nos contagiou com toda sua simpatia e bom humor, mesmo tendo acordado às 4h

(horas) da manhã para pegar o voo. Nossa edição especial de Natal, não poderia ter na capa alguém com um nome

mais apropriado – que foi escolhido de uma forma bastante inusitada pelo pai do artista. Ator, modelo e DJ, Jesus é

um camaleão, mas o que mais tem lhe dado prazer ultimamente é ser o pai de Malena, de um ano e quatro meses,

fruto da união com a DJ Carol Ramiro. Na conversa abaixo, Jesus fala sobre a carreira, planos e vida pessoal. Confira!

28


T

he last two months have been intense for Jesus Luz. After visiting Curitiba for the preparation of the story in this Issue,

the Boy from Rio left for Angola, where he participated in a festival with Bob Sinclair and from there he flew to the

United States to begin an international tour. It was in the midst of this excitement that the DJ found a gap in his schedule

and he infected us with all his congeniality and humor, even when while staying awake to catch a 4 A.M. flight. Our

special Christmas Issue could not have on its cover someone with a more appropriate name, which was chosen in a fairly

unusual way for his father. Actor, model and DJ, Jesus is a chameleon, but what’s more, he was recently given the ultimate of

pleasures: becoming the father of Malena, who is now a year and four months, as a result of his union with DJ Carol Ramiro.

In the conversation below, Jesus talks about his career plans and personal life. Check it out!

DEZEMBRO 29


• ENTREVISTA

Em dezembro começa a turnê internacional, por onde vai

passar?

Vou para os EUA tocar em eventos fechados e boates. Estou

bem ansioso faz tempo que não viajo para lá e conseguimos

organizar uma passagem por várias cidades. Vou conseguir

visitar meu irmão que não vejo há quatro anos, ele mora

em Los Angeles. Para as apresentações estou levando meu

estilo: toco EDM (Eletronic Dance Music) e Deep House.

Mexo com ambos de um jeito mais pop.

Quais os projetos para o próximo ano?

Vou continuar com a turnê. A vida do DJ é muito mais

constante. Fiz uma peça este ano em Pernambuco, Paixão

de Cristo de Nova Jerusalém, foi muito legal. Estava há um

tempo sem atuar e consegui dar uma pausa nos shows para

focar nisso. Fiquei quase um mês lá com a peça. Depois

retomei os shows. Minha vida é sem rotina, uma loucura,

mas sempre que aparece um projeto legal como ator abraço

a oportunidade.

Como define seu estilo musical?

Dentro da música eletrônica sou bem eclético. Gosto de

tocar os clássicos, muito rock and roll, hip hop e funk.

Quando começou a discotecar?

O Paul Oakenfold foi meu padrinho na música eletrônica.

Ele é uma lenda. O conheci abrindo os shows da Madonna.

Foi ele quem me introduziu nesse universo, o mundo do DJ,

no palco ao vivo. E ali brincando já fui conhecendo a vibe

de estar em um palco, ainda mais ao lado dele. Foi muito

legal. Aí que senti de verdade o que era ser DJ.

Em quem se inspirou?

Quando era adolescente gostava muito do rock and roll,

cresci em um ambiente com músicos de rock, o pai do meu

irmão e o meu irmão tocavam. Meu pai também tocava

muito violão e cantava. Eu ouvia os clássicos, como Oasis.

Hoje em dia sou muito eclético. Estou sempre aberto,

acompanho a carreira de novos talentos como o Alok que

é uma inspiração para mim, assim como os dinossauros da

música eletrônica, como o Tiësto e David Guetta.

O que começou primeiro na sua carreira, ator, modelo

ou DJ?

Comecei como modelo e ator, minha pretensão era essa.

Minhas três carreiras sempre estiveram muito vivas quando

era mais jovem. Sempre quis ser ator e o lance de modelo

veio mais por influência das pessoas, que me diziam que

levava jeito, ficava bem na foto. Aí fui crescendo, ficando

mais velho e acreditei, vi potencial naquilo. Comecei a trabalhar

como modelo. Desfilei no Fashion Rio, fiz catálogos,

entre outros inúmeros trabalhos.

In december, you will be on an international tour, where

will you go?

I am going to the United States to play at special events and

in clubs. I’m very anxious as it has been a long time since I’ve

been there, and we succeeded in arranging a ticket to visit

several cities. I’m going to be able to visit my brother, who

I haven’t seen for four years, he lives in Los Angeles. For the

presentations, I’m taking my style: I play Electronic Dance

Music (EDM) and Deep House. I mix using both in a little

more pop way.

What are the projects for next year?

I am going to continue with the tour. A DJ’s life is very much

constant. This year, I was in a play in the State of Pernambuco,

the Passion of Christ in Nova Jerusalém; it was pretty

cool. For some time, I hadn’t done any acting and I managed

to take a break from shows to focus on that. It was almost a

month that I took off to do the play. After which, I resumed

the shows. My life is without a routine, crazy, but whenever

a good project as an actor comes up I grab the opportunity.

How do you define your style of music?

Within electronic music, I’m pretty eclectic. I like to play the

classics, much rock and roll, hip-hop and funk

When did you start DJing?

Paul Oakenfold was my godfather of electronic music. He is

a legend. I met him opening the Madonna concerts. It was he

who introduced me to this universe, the world of the DJ, live

on stage. And there playing, I got to know the vibe of being

on stage, even more so while beside him. It was really cool.

There, I really felt what it was like to be a DJ.

Who inspired you?

When I was a teenager, I was very fond of rock and roll, I

grew up in an environment with rock musicians, the father

of my brother and my brother played. My father also played

a lot of guitar and sang. I would listen to the classics such

as Oasis. Today, I’m very eclectic. I’m always open to new

things; I follow the career of new talents like Alok, who is an

inspiration to me, as well as one of the dinosaurs of electronic

music, as are Tiësto and David Guetta.

What started first in your career: acting, modeling or DJing?

I started as a model and actor, my idea was to continue with

these. My three careers were always very vivid when I was

younger. I always wanted to be an actor and the whole modeling

thing came more from the influence of the people who

told me that I had what it took, looking good in photos. From

there things took off; I was growing, getting older, believed in

myself, and saw a potential in it. I started working as a model.

I worked at Fashion Rio, took part in catalogs.

30


E a carreira internacional, veio logo?

Depois que fiz meu primeiro trabalho internacional com a

Madonna quando ela veio para o Rio de Janeiro, em 2009.

Isso abriu muitas portas lá fora. Mas o primeiro foi esse e

foi muito especial, porque foi o primeiro. Era independente

da vida pessoal, fui selecionado pelo meu estilo brasileiro.

Foi uma janela que se abriu.

Sofreu preconceito no meio? As pessoas te associavam a

Madonna?

Sempre rola. Nunca explícito, mas tinha. Não digo que

sofri, porque me foram abertas tantas portas. O preconceito

é natural do ser humano, porque todo mundo que migra de

uma carreira para outra já recebe uma certa rejeição, tipo

“pô o cara é ator é quer vir aqui tocar no meu festival.” Tem

muita vaidade entre os DJs, é pior que na televisão.

Estudou para ser ator?

Sempre estou fazendo cursos de atuação. Nunca parei.

Quando era novo fiz cursos soltos, workshops, sempre que

posso vou ao Sergio Penna no Rio que é uma fera do cinema.

Ele me dá curso de uma semana. Este ano fui duas vezes.

Sempre que aparece uma oportunidade já estou pronto para

mergulhar de cabeça no projeto.

Já fez teatro e televisão, qual é mais difícil?

Cada um tem os seus desafios. O teatro com certeza é mais

desafiador. A energia do ao vivo, do que está acontecendo

naquele momento, é mais intensa. Por mais desafiador que

seja atuar em novela e filme, tem esse lado mais relax de

poder voltar caso erre.

O que dá mais frio na barriga, tocar ou enfrentar uma

passarela?

Hoje em dia é ser pai (risos). Mas voltando a pergunta, tocar

faço sempre, mas a passarela tenho um certo desconforto.

Não estou tão confiante. Tocando tenho mais troca com

o público, então acho que tenho menos frio na barriga. A

passarela é muito instantânea.

Qual papel gostaria de interpretar?

Gosto muito da vibe do Game of Thrones, temas medievais,

novela de época. Acho muito legal mergulhar no passado.

Did the international career come right after?

After I did my first international job, with Madonna when she

came to Rio de Janeiro, in 2009. This opened many doors

abroad. But the first was this and it was very special because

it was the first. It was independent of my personal life; I was

selected for my Brazilian style. It was a window that opened

for me.

Did you suffer any prejudice while doing this? Did people

associate you with Madonna?

There is always some association. Never explicit, but there

was. I’m not saying that I suffered because this opened so

many doors. Bias is a natural human being thing, because

everyone who migrates from one career to another receives

a certain rejection, like “put in the guy who is an actor and

wants to come here and play at my festival”. There’s a lot of

vanity amongst DJs, and it is worse than on TV.

Did you study to be an actor?

I’m always taking acting lessons. I never stopped. When I was

young, I took the odd lesson, workshops, and when I can, I go

to Sergio Penna in Rio who is a beast of cinema. I take a week

of lessons. This year I have been twice. Whenever there’s a

chance, I’m ready to dive head-first into a project.

You have already done theatre and TV, which is more difficult?

Each has its challenges. The theater is definitely more challenging.

The energy of acting live, happening at that moment is

more intense. Challenging as acting in telenovelas and film is,

it has this more relaxing side where you can go back if you err.

What gives you more butterflies playing or facing a catwalk?

Nowadays, it is being a father (smiling). But back to the question,

playing, I am always doing it, but doing the catwalk is still

unsettling, I’m not so confident. With playing, there is more

interchange with the audience, so I think I have butterflies in

my stomach then. The catwalk is more instantaneous.

What role would you like to play?

I love the vibes in the Game of Thrones, medieval themes, a

telenovela of the times. I think it is great diving into the past.

When I did the Passion of Christ, I felt that emotion too. It

Sou muito eclético. Acompanho a carreira de novos

talentos como o Alok que é uma inspiração para mim,

assim como os dinossauros da musica eletrônica,

como o Tiësto e David Guetta

DEZEMBRO 31


• ENTREVISTA

Quando fiz a Paixão de Cristo senti muito essa emoção. Parece

que você faz uma viagem no tempo. Tinha momentos que

estava andando no meio da galera para mudar de cenário,

olhava para os lados e todo mundo estava caracterizado,

parecia um sonho aquela atmosfera.

E com quem gostaria de contracenar?

Nossa, tem muita gente. Mas fiquei muito feliz de conhecer

o Tony Ramos quando fiz Guerra dos Sexos, o Jorge Fernando

também. Ambos foram muito importantes e generosos

comigo. Fiquei mais fã ainda porque eles têm muito carinho

e atenção com quem está começando.

Gosta muito da natureza. O que ela te traz de bom?

A natureza é minha religião. Minha forma espiritual de me

reenergizar. Prefiro ir para uma cachoeira que para uma

igreja. Meu ritual é mais um isolamento temporário, gosto

de ficar no mato, tomando banho de cachoeira, meditando.

O paraquedismo é maravilhoso porque ele tem contato com

a natureza o tempo inteiro. Salto no Rio de Janeiro, a gente

sobe um monte, e tem aquele momento que fico um tempão

descendo sozinho com o paraquedas aberto, ali sempre

tenho um encontro com Deus.

De todos os países que conheceu, qual lugar é o mais

incrível?

Sempre vem na minha cabeça Córsega, porque toquei em

uma boate a céu aberto, no verão europeu, foi alucinante.

E Ibiza que é um dos picos do mundo de música eletrônica.

Esse ambiente de baladas e música eletrônica é algo que

sempre gostou?

Hoje em dia estou mais calmo. Amo meu trabalho, mas vou

por ele, não fico mais na balada. Antes gostava muito de

curtir outros DJs. Hoje se não estou trabalhando fico meio

entediado, prefiro estar com a minha filha, dormir. Para

mim não tem mais tanto brilho como tinha há cinco anos.

O que toca no seu Spotify?

Ouço muito meu set para estar bem confiante quando estiver

no palco. Tem músicas autorais minhas e de outros DJs.

Qual foi o maior publico que já tocou?

Foi em um Réveillon em Ilha Comprida (SP) para 250 mil

pessoas. Foi maravilhoso, tinha um mar de gente. Toquei

is as if you are traveling in time. There were moments when

we were walking in the middle of the crowd for a change of

scenery, I looked around and everyone became part of the

scene, it seemed like a dream, that atmosphere.

And who would you like to work with?

Wow, there are a lot of people. But I was very happy to get to

know Tony Ramos when I did Guerra dos Sexos (War of the

Sexes), Jorge Fernando, too. Both were very important and

generous to me. I became even more of a fan because they

showed a lot of affection and attention for those who were

just starting out.

You’re very fond of nature. What does it provide you that

feels so good?

Nature is my religion. My spiritual way to re-energize myself.

I’d rather go to a waterfall than to a church. My ritual is more

a temporary isolation; I like being in the woods, taking a bath

in the waterfall, meditating. Parachuting is wonderful because

there is contact with nature all the time. I go parachuting in Rio

de Janeiro, we go up a lot, and there’s that moment when I am

alone for a long while, going down with the parachute open,

and there, I always have an encounter with God.

Of all the countries you have got to know, which one is the

most amazing?

Corsica always comes to mind, because I played in an open-air

nightclub, in the European summer; it was intense. And Ibiza,

which is one of the highlights in the world of electronic music.

Is this environment of discos and electronic music something

that you always liked?

Nowadays I am calmer. I love my job, but I just do it and no

longer stay. Before, I really liked to listen to other DJs. Today,

if I’m not working, I get a little bored; I’d rather be with my

daughter or sleeping. For me, it no longer has the same luster

as it had five years ago.

What do you listen to on your spotify?

I listen to my set to be pretty confident when I’m on the stage. I

have my own copyrighted songs along with those of other DJs.

What was the largest public you played for?

It was a New Year’s Eve in Ilha Comprida (SP) for 250 thousand

Acho muito legal mergulhar no passado. Quando fiz a

Paixão de Cristo senti muito essa emoção. Parece que

você faz uma viagem no tempo

32


três horas sem parar, quase tiveram que me tirar do palco.

Sua filha, Malena, está com um ano. O que mudou na sua

vida após a paternidade?

A maturidade vem vindo com mais intensidade. Muita responsabilidade

também, não penso só em mim, penso na

minha filha, me tornei menos egoísta. Ser pai engrandece o

ser humano. Saltava muito de paraquedas, e agora diminui.

Acho que fiquei com medo de deixá-la na mão (risos).

O que acha dos projetos musicais misturando estilos, como

o Alok fez recentemente com a dupla sertaneja Matheus

e Kauan?

Acho muito bom. O último projeto que tive foi com a música

Era uma vez, da Kell Smith. Me apaixonei pela voz dela, a

procurei no Instagram, e fizemos o remix. Antigamente não

cabia ouvir português com música na balada, hoje em dia

está muito na moda.

É vaidoso? O que faz para se cuidar?

Sou vaidoso sim, mas de forma bem saudável. Não deixo

isso me envenenar. Não deixo de comer besteira no final de

semana porque tenho que estar com o corpo perfeito. Fico

sempre me sondando para não ter essas neuroses. Gosto

de estar de bem comigo mesmo, esse é meu estilo de vida.

Jesus Luz é seu nome mesmo ou é artístico? Qual a história

por trás dele?

É meu nome mesmo. Foi meu pai que escolheu, ele me registrou

sozinho. Tem até uma piada, porque as mulheres da

família estavam escolhendo meu nome. Ai meu pai brincou:

“vai ser o nome do chefe”. E ninguém deu atenção a ele,

mas ele foi e me registrou e todo mundo ficou chocado.

Para algumas pessoas da minha família o nome trazia um

peso negativo, porque Jesus foi perseguido. Meu nome só

me trouxe proteção e sorte. Só coisas boas. Hoje minha mãe

ama meu nome, é claro.

Sua esposa também é DJ. Já fizeram algum trabalho juntos?

Já viajamos várias vezes para tocar juntos, mas agora ela

está focada na maternidade, está mais parada.

Tem algum hobby? Talento oculto?

Sou um palhaço. As pessoas falam que eu sou muito engraçado.

Meu talento oculto é a comédia.

Costuma tocar muito em Curitiba?

Curitiba não venho com tanta frequência, a última vez que

estive aqui foi na festa da Keune, que fizeram um mega evento.

Mas amo tocar em Maringá (PR), em uma casa noturna

chamada Noah. É um dos lugares que mais gosto de tocar,

pelo formato da casa.

people. It was wonderful; there was a sea of people. I played

non-stop for almost 3 hours; they had to take me off the stage.

Your daughter, Malena, is now a year old. What has changed

in your life after becoming a father?

Maturity is coming with more intensity. Much responsibility

too; I no longer think just about me; I think of my daughter;

I’ve become less selfish. Being a parent makes the human

being. I parachute jumped a lot and now less. I guess I am

afraid of leaving her in the lurch.

What do you think of the musical project of mixing styles,

as Alok did recently with the country duo Matheus and Lal?

I think it’s great. The last project I did was with the music Era

uma Vez by Kell Smith. I fell in love with her voice, searched

Instagram, and did a remix. In the old days, it wasn’t right to

hear Portuguese in music played in discos, nowadays, it has

become very fashionable.

Do you worry about how you appear? What do you do to

take care of yourself?

I do worry about how I look but in a very healthy way. I don’t

let this poison me. I don’t let it stop me from eating junk food

over the weekend just because I have to keep my body in

good shape. I’m always trying not to have these neuroses. I

like to be myself, this is my lifestyle.

Is Jesus Luz your real or artistic name? What is the story

behind it?

It is my real name. It was my father who chose it; he recorded

my birth alone. It is even a bit of a joke because the women of

the family were picking out my name. My father joked, “it will

be the name of the boss”. And no one paid any attention to

him, but he went ahead and recorded my birth and everyone

was shocked. For some people in my family, the name carries

a negative weight, because Jesus was persecuted. My name

has brought me good luck and protection. Only good things.

Today, my mother loves my name, of course.

Your wife is also a DJ. Have you worked together?

Already, we’ve got together several times to play together, but

now she is focused on motherhood and has slowed down.

Do you have any hobby? Any hidden talents?

I’m a clown. People say that I’m very funny. My hidden talent

is comedy.

Do you play a lot in Curitiba?

I don’t come to Curitiba very often; the last time I was here,

it was here, it was for Keune, who held a mega event. But I

love playing in Maringá, in a nightclub called Noah. It is one

of my favorite places to play, due to its format


• PRINCIPAL

Fazer o bem

Fazer o bem

Fotos: Mauricio de Paula

Ajudar ao próximo é a principal função das personagens a seguir

Quantas vezes nos deparamos com alguma situação de pobreza na qual nos

sentimos impotentes? Fome, frio, sede, abandono. Nesses casos, qualquer ajuda, por

menor que seja, faz uma diferença imensa. Às vezes, sozinho fica difícil juntar recursos

para mudar o destino de alguém, mas as personagens dessa reportagem vestiram a

camisa da solidariedade e foram além, provando que é possível sim fazer uma boa

ação. A melhor parte é: todos nós podemos ajudar. Quer saber como? Mergulhe nesta

reportagem sobre amor ao próximo e descubra.

34


Carlise

Kwiatkowski

Mulher no comando

“O paranaense é muito solidário.” Assim a presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, começa a entrevista. Ela

acaba de assumir o cargo para mais dois anos à frente da instituição e foi indicada pelo governador Beto Richa e aprovada

pelo conselho. O objetivo do Provopar é atender pessoas por todo o Estado em vulnerabilidade social, por meio de campanhas

ou ações pontuais. A instituição vive de 100% de doações e todos os cargos do conselho, inclusive o da presidente, são

voluntários.

Foi durante a faculdade de direito que Carlise conheceu Fernanda Richa. Lá se tornaram grandes amigas e Fernanda foi

também uma das maiores professoras de Carlise na área social. Em 2011, ela ingressou no Provopar e no ano seguinte veio

a indicação para a presidência. Junto com o novo cargo ela sabia que viriam muitos desafios, todos superados pela enorme

vontade de ajudar ao próximo.

Mas a veia social de Carlise já veio de família. De uma pequena cidade do interior, ela conviveu na infância e adolescência

toda com a mesma realidade: os pais ajudando àqueles que necessitavam. “Meu pai foi vereador. Em cidade pequena

acaba atendendo toda população, depois minha mãe também foi vereadora por seis mandatos e até hoje continua atendendo

as famílias”, conta. “Meu lado solidário veio deles. Que sempre se dedicaram para as questões sociais do município”, afirma.

As duas maiores ações realizadas pelo Provopar anualmente são a Campanha do Agasalho, que tem um total de 2,3 milhões

de pessoas atendidas e o Natal Encantado, que tem previsão de atender este ano 40 mil crianças de todo o Estado. “É

muito importante o engajamento da sociedade. Tem uma frase que diz que a realidade é outra quando a gente participa dela.”

Para ajudar: contatos@provoparestadual.org.br | (41) 3234-1118

DEZEMBRO 35


• PRINCIPAL

Gorros da Solidariedade

Dona Carmen Wasilewski é a prova que solidariedade não tem idade. Com 91 anos ela continua à frente do projeto Gorros da

Solidariedade, que criou há cerca de 15 anos. A iniciativa veio de uma cena que tocou e mudou a vida dela: as pessoas esperando

na fila para realizar uma sessão de quimioterapia. “Aquilo me doeu. Estava frio e eles estavam lá desprotegidos”, lembra.

Então que teve a ideia de fazer gorros para doar às pessoas em tratamento. Para ela foi unir duas paixões: a vontade de ajudar

com o prazer pelo tricô. “Quando era pequena, tive pneumonia e minha mãe não me deixava brincar. Ficava sentada, com cinco

anos e uma agulha de bambu, tricotando”, lembra. “Mais tarde, no colégio, fazia tricô em baixo da carteira nas aulas de latim que

eram terríveis. E depois de casada tricotei até no Maracanã, quando meus filhos e marido me levaram para assistir a um jogo”,

relembra dona Carmen aos risos.

O projeto funciona por meio de doações e mais pessoas ajudam dona Carmen a tricotar. “Um pedido de lã no Facebook arrecada

em 15 minutos uns 300 novelos. Eu lavo, coloco amaciante e seco no sol. Elas crescem e ficam lindas. Quando o novelo

é pequeno, faço gorros para crianças. Cada novelo dá para fazer dois gorros”, calcula.

Os gorros são distribuídos em várias clínicas de Curitiba e também no litoral, e dona Carmen faz questão de se manter anônima.

“O que faço ninguém sabe e acho melhor assim. Só quero ajudar as pessoas. No começo elas perguntavam quanto custava

o gorro, e quando respondia que era de graça a felicidade deles era a melhor recompensa”, orgulha-se, ela que já fez mais de mil

gorros em todos esses anos de projeto.

Para ajudar: claudiawas@gmail.com

36


Monica

Gulin

Madrinha dos pequenos

O exemplo de ajudar sempre ao próximo veio de berço para Mônica Gulin. Dentro de casa ela teve o exemplo dos

pais. Ele, advogado sempre advogou de graça para aqueles que não tinham condições. “Ele é uma pessoa com um coração

enorme”, enfatiza. Já a mãe, Mônica se recorda que desde pequena ela ia às comunidades necessitadas para ensinar costura.

“Com oito anos eu acompanhava minha mãe nos projetos de costura”, conta.

Quando moça Mônica virou miss e durante o reinado sempre se engajou em ações sociais. “Ia aos hospitais para visitar

as crianças, participava do MC Dia Feliz”, lembra. Anos mais tarde, depois que casou, veio o envolvimento de Mônica com a

Acridas (Associação Cristã de Assistência Social) que abriga crianças que sofreram abusos, maus tratos e esperam por adoção.

Há mais de 15 anos, ela é madrinha da instituição e seu maior feito foi a construção do berçário, todo com doações de

amigos. “Quando conheci o berçário era muito pequeno, tinha 20 bebês e apenas um banheiro. Estava no limite, pois não

tinha como pegar mais bebês. Decidi entrar na empreitada de mudar essa realidade”, conta.

Utilizando o know-how que tinha como jornalista Mônica juntou engenheiros e arquitetos que ergueram o novo espaço

que atende até 50 bebês. “Sou uma pessoa que às vezes demonstro uma força por fora, mas por dentro tenho um coração

muito mole. Sinto-me realizada em ajudar. meus olhos enxergam ao próximo”, enfatiza.

Para ajudar: www.acridas.org | (41) 3523-5610

DEZEMBRO 37


• PRINCIPAL

Viviani

Souza

Polvos do bem

O projeto original – Octo Project – surgiu na Dinamarca, mas ganhou forma em Curitiba pelas mãos de Viviani Souza e da

filha dela, Emanueli Souza, de 16 anos. Por aqui foi batizado de Seja Voluntário Projeto Polvo Solidário, assim também é o nome

da página no Facebook. Consiste em doar polvinhos feitos de crochê para UTIs neonatal de hospitais. Mas tudo não começou

por acaso. Viviane conta que como trabalha em casa sempre buscou uma forma de reverter o tempo que sobra com filantropia.

Nos últimos anos encabeçou vários projetos solidários, entretanto, pontuais. Até que um dia mexendo na internet viu uma notícia

sobre o programa dinamarquês e resolveu implantar a ideia aqui.

Os polvos são feitos com a técnica japonesa amigurumi e esse animal não é escolhido à toa. Os tentáculos, segundo Viviani,

remetem ao cordão umbilical, e dão aos recém-nascidos prematuros a impressão de estarem no útero da mãe, trazendo confiança

e segurança. “Nos hospitais que atendemos conversamos com os psicólogos. Eles dizem que tem uma melhora efetiva nos bebês,

que ficam mais calmos e por isso passam a arrancar menos os catéteres. Consequentemente aumentam o nível de oxigênio no

sangue e os batimentos cardíacos”, explica Viviani.

O projeto é levado com ajuda de voluntários, que doam a matéria-prima e fazem os polvos. Em Curitiba os bichinhos são

entregues em dois hospitais, mas Viviani ainda envia para mais três cidades no interior do Estado, e assume todos os custos. Hoje

são cerca de 25 voluntárias que confeccionam os amigurumis. “Tem bastante consumo de linha e fibra para enchimento. O material

é todo específico, porque passa por autoclave então não pode ter nada Rua de plástico”, Cezinando frisa. “Toda Dias Paredes, doação é muito 342 bem vinda.”

38

Para ajudar: /sejavoluntarioprojetopolvosolidario | (41) 99652-1622

Boqueirão - Curitiba/PR

Fone: (41) 3085.1700

vendas@slimpersianas.com.br


PROTEÇÃO para

todos os AMBIENTES

com CHARME e

ELEGÂNCIA

Conheça nossos produtos em

www.slimpersianas.com.br

e encontre uma revenda mais próxima.

Protege e decora

Rua Cezinando Dias Paredes, 342

Boqueirão - Curitiba/PR

Fone: (41) 3085.1700

vendas@slimpersianas.com.br


• DECORAÇÃO

DECORAÇÃO E

PRATICIDADE

Fotos: divulgação

PERSIANAS E CORTINAS SÃO

EXCELENTES OPÇÕES PARA

ESPAÇOS RESIDENCIAIS E

CORPORATIVOS

40


N

ão é apenas pela funcionalidade que elas são

essenciais nos ambientes, mas as cortinas e

persianas ajudam na decoração de todos os

espaços da casa. Além de garantir a privacidade, elas têm

a função de reduzir ou até mesmo bloquear a claridade

nos cômodos. Com os avanços tecnológicos esses itens

ficaram cada vez mais diferenciados, garantindo muito

mais conforto e beleza. Automatizadas ou manuais o céu

é o limite para deixar os espaços ainda mais práticos.

A diferença entre cortinas e persianas, segundo o

gerente de vendas da Slim Persianas, Gilberto Caes, está

na praticidade e manuseio de cada peça. Em Curitiba,

a fabricante trabalha com uma linha completa desses

produtos. São opções feitas sob medida para atender a

necessidade de cada cliente.

A empresa iniciou a atividade em 2012, no Boqueirão,

e nesses cinco anos já ampliou as instalações devido

a demanda de mercado. “Já disponibilizamos mais de

250 coleções. Nossa missão é desenvolver cada vez

mais produtos, com muito requinte e sofisticação, garantindo

muita qualidade e excelência”, frisa Gilberto.

VARIEDADES

No portfólio da Slim, são mais de 15 tipos de cortinas

e persianas, manuais ou motorizadas, para diferentes cômodos

da casa. Entre as mais ousadas estão as persianas

de teto, com efeito protetor, tecido que bloqueia os raios

solares levando conforto e bem-estar, sem privar o morador

da visão. Essas peças são ideais, segundo Gilberto,

para qualquer ambiente que tenha teto de vidro, como

cobertura, restaurantes e jardins de inverno.

Em termos de funcionalidade, um item muito requisitado

são as rolo caixa box, fabricadas com tecidos

blackout e que trazem escurecimento total, cobrindo

todas as bordas da janela, realizando um fechamento de

100%. Há também os tecidos solares com proteção UV,

que mantêm a claridade, porém com muita proteção.

Entre os destaques estão ainda a Romana, que agrada

tanto aos clássicos como aos contemporâneos e combina

com diversos estilos de decoração. A Cortina Star Elegance,

lançamento da empresa, possui o sistema exclusivo

Invisi-Lift, que permite que os gomos sejam recolhidos

com o auxílio de cordões praticamente não aparentes,

proporcionando o controle da quantidade de luz no

ambiente. E o Rolô Sheer, também conhecida como

Double Vision, que é um modelo inovador que traz

tecido sobreposto com listras horizontais com sistema

de acionamento monocontrole motorizado.

www.slimpersianas.com.br

Rua Cezinando Dias Paredes, 342

Telefone: (41)3085-1700

DEZEMBRO 41


• MÚSICA

Novo

somFotos: divulgação

DUPLA DE DJS CONQUISTA

ESPAÇO DENTRO E FORA DO BRASIL

O

destino dos DJs Romulo Tsvetcoff e Edson Junior se

cruzou em Belo Horizonte (MG), cidade natal de

ambos, e onde acabaram se conhecendo tocando

na noite. A vocação pela discotecagem os uniu e juntos

formaram a dupla Shapeless, que acaba de firmar residência

em Curitiba (PR) para trazer o estilo único à noite da capital.

Aos 14 anos, Edson começou a carreira na cena Electro

House de BH com o projeto Future Frog. Já Romulo é baterista

desde os 14 anos, tornou-se DJ aos 17. Juntos, eles

combinam experiências, influências e paixão pela música,

criando uma transitoriedade de estilos pela qual se manifesta

a elasticidade de Shapeless.

“Ser Shapeless é ser líquido, flexível e aberto a uma

variedade infinita de possibilidades. É assim nosso som.

Um fluxo musical em constante mutação, transitando entre

sons cuidadosamente criados e selecionados a dedo”,

define Romulo.

Desta forma, uma palavra define o estilo musical do

Shapeless: flexibilidade. Os meninos arrasam do House ao

Techno com diversas influências. “Somos muito ecléticos,

mas ao mesmo tempo gostamos de manter nossa identidade

sonora”, garante Edson.

Este é o conceito que fez com que esta dupla despontasse

de BH para o resto do Brasil e mais três continentes

do globo. No portfólio estão os principais clubs nacionais,

como o Green Valley Belvedere Beach Club e Laroc. A dupla

também já abriu o palco principal do renomado Tomorrowland

Festival e já tocou no maior festival underground de

música eletrônica da América Latina, o Universo Paralello.

Além disso, o estilo próprio deste projeto chamou a

atenção de outros artistas como Alok e Vintage Culture,

uma conexão que resultou em colaborações únicas com

cada um destes produtores. “Fizemos nossa primeira turnê

internacional com o Shapeless no México e tocamos em

alguns eventos. Logo em seguida fomos sendo reconhecidos,

fazendo nossa música com projetos conceituados e

conquistando nosso espaço até o projeto chegar ao que

é hoje”.

Mas não pára por aí, e Edson e Romulo não brincam

em serviço. A rotina da dupla é de muito trabalho que envolve

todos os segmentos da carreira. “Estamos sempre em

estúdio para produzir as músicas, e dosamos o tempo para

administrar e controlar os setores de marketing, financeiro,

produção como qualquer outra empresa”, narra Romulo.

E no final de semana, para quem acha que eles têm descanso,

engana-se: são preenchidos por shows. “Fazemos

basicamente todas as etapas juntos para dobrar a atenção

em cada área específica”, pontua Romulo.

ESCUTA AÍ!

Para ficar por dentro do som dos meninos

do Shapeless basta se conectar nas mídias:

Spotify: shapeless

Soundcloud: shapeless-live

Youtube: shapeless

42


• SAÚDE

MAIS QUE BOLETOS

CAMPANHA HUMANIZA DOAÇÃO PARA COMBATE

AO CÂNCER DA MAMA

Fotos: divulgação

Q

uanto vale uma doação? Para alguns os números

podem parecer frios, meros boletos a serem pagos.

Mas para quem recebe o valor, mesmo que

pequeno, pode ser uma grande chance de recomeçar.

O Outubro Rosa já acabou, mas a solidariedade com o

próximo deve continuar em todos os meses do ano. Assim

como a conscientização e combate para esse tipo de

câncer que mais mata mulheres em todo o mundo. Com

o objetivo de mobilizar as pessoas para o verdadeiro significado

de uma doação surgiu o projeto Além das Barras,

idealizado pela médica radiologista do setor de diagnóstico

de câncer de mama do HC (Hospital de Clínicas), Maria

Helena Louveira e desenvolvida pelos alunos da escola de

criatividade Redhook.

Embora o HC seja referência no Estado, tanto no

diagnóstico como no tratamento desta doença, e atenda

mulheres vindas de todo o Estado, o hospital tem seus

momentos de dificuldade. “Muitas foram as fases difíceis

que o setor passou no decorrer deste tempo, com paralisações

e interrupções no atendimento. Na maioria das

vezes, faltou recurso para a reposição de insumos ou para

a manutenção de equipamentos necessários para atender

estas pacientes”, aponta a Dra. Maria Helena.

Frente à necessidade de doação, a médica contatou os

alunos da Redhook que deixaram a imaginação rolar e deram

vida ao projeto. “A falta de materiais e medicamentos

faz com que centenas de mulheres percam a chance de um

diagnóstico precoce e, muitas vezes, de serem curadas”,

observa Isadora Correia, uma das estudantes por trás da

campanha. “Doações costumam ser realizadas através de

boletos. Mas boletos não falam. Eles não contam o valor

real que existe por trás da doação. Esta foi a principal

motivação para criar Projeto Além das Barras: transformar

boletos bancários em um ensaio fotográfico que contasse

a história de quem já batalhou contra o câncer de mama

e venceu”, explica Isadora.

São dez mulheres que doaram suas histórias de vida

ao projeto. Cada boleto é um pôster com a foto de uma

delas. E o valor de cada um remete a um detalhe importante

da história. Essa é uma forma inovadora de ajudar, pois

humaniza a burocracia que existe por trás de um simples

pagamento. O projeto foi criado pelos publicitários Isadora

Correia, André Prestes, Mariana Foloni, Carlos Leonardo

Waiss e Rafael Misuta. E teve a orientação do publicitário

Erick Mendonça, da Crispin Porter Brasil.

O mais importante é que a campanha não tem data

para terminar, então é possível fazer a doação em qualquer

mês, oferecendo às mulheres menos favorecidas um atendimento

adequado, rápido e humanizado. No site é possível

conhecer a história de cada uma delas, imprimir o boleto

e fazer a doação. Os valores variam de R$ 10 a R$ 365.

WWW.ALEMDASBARRAS.ORG.BR

44


Pensou em serviço de Vallet para seu evento ou

estabelecimentos com o respeito e qualidade que seus

convidados e clientes merecem?

Você só encontra aqui.

www.grupoakros.com.br

contato@grupoakros.com.br

(41) 99614-6700 | (41) 99732-8042


• SERVIÇO

TERCEIRIZAR

É A SOLUÇÃO

Foto: divulgação

MENOS BUROCRACIA E MAIS QUALIDADE

DE SERVIÇO ESTÃO ENTRE AS VANTAGENS

Q

uem já se deparou com a tarefa de gerenciar

funcionários com certeza sabe que não é algo

simples. Agora pense em um condomínio, no

qual o quadro de trabalhadores pode variar, e muito,

dependendo do porte do empreendimento. Zelador, porteiro,

auxiliar de limpeza, vigia, jardineiro, manutenção

de piscina, enfim, são inúmeras as necessidades. Muitos

condomínios têm optado pela terceirização dessa mão de

obra com resultados excelentes.

Entre as vantagens mais imediatas está a desburocratização

na hora de contratar. Com a terceirização esse

ônus passa do síndico para a prestadora de serviços.

“Quem cuida de toda essa parte, desde a documentação

dos funcionários até os impostos a recolher é a empresa

contratada”, pontua Pablo Fernandes sócio-administrador

do Grupo Evolution – Soluções em Terceirização.

A qualidade do serviço no produto final é outro ponto

destacado por Pablo. “Se torna mais fácil cobrar pelo serviço

quando o funcionário é terceirizado. Depois de alguns

anos trabalhando no mesmo local, os colaboradores podem

criam alguns vícios e vínculos de amizade, fazendo com

que o síndico perca a força de cobrança e a qualidade no

resultado final”, destaca.

Com a terceirização o síndico também sai ganhando

em relação à perda de horas trabalhadas. Em uma situação

hipotética na qual um funcionário atrase por uma hora, por

exemplo, o prejuízo, sendo este funcionário contratado,

seria praticamente impossível de ser revertido. Já no caso

da terceirização, com o Grupo Evolution o tempo perdido

é recompensado sem prejuízo algum para o síndico.

QUALIFICAÇÃO

Sem dúvidas um dos pontos altos na hora de optar

pelos serviços terceirizados é a especialização da mão de

obra. Para um síndico seria inviável contratar profissionais

de diferentes áreas para treinar os funcionários. Na

Evolution, todos os colaboradores, independente da área

(portaria, limpeza e conservação), passam por três cursos

de reciclagem e treinamento anuais.

“Nossa mão de obra está em capacitação constante.

Os treinamentos são técnicos, motivacionais e comportamentais.

Temos um curso inclusive, que tem demonstrado

muito resultado que é o treinamento com abordagem prática

no cliente”, analisa Pablo. Neste caso o funcionário

tem o curso um dia em sala e no outro dia no posto de

trabalho para aplicar no cotidiano o que foi aprendido. “É

fantástico porque se o síndico quiser ele pode acompanhar

o treinamento, o que gera uma confiança enorme no nosso

trabalho”, aposta.

GRUPO EVOLUTION

SOLUÇÕES EM TERCEIRIZAÇÃO

RUA TRAJANO REIS, 472

TELEFONE: (41) 3122-2042 |99953-8223

46


• TRANSFORMAÇÃO

GLAMOUR

TOTAL

Antes

48


CABELO

A inspiração do hair stylist Gabriel Neto Jr. para a transformação

da modelo Luana Malinovski foi o wet hair. O efeito

molhado saiu das passarelas e conquistou os reds carpets,

filmes, programas de televisão e nós, meros mortais. “Ele é

chique, sofisticado, moderno, podendo ser sexy e descolado.

É um penteado coringa e superprático”, observa. O penteado

estará em alta no verão 2018 e fica bem desde eventos formais

aos happy hours. “Ainda salva naquele bad hair day”,

brinca Gabriel. Para conseguir o efeito, o primeiro passo é

aplicar no cabelo seco um leave in hidratante mais aguado

da raiz às pontas; em seguida é a vez do gel; depois é preciso

pentear o cabelo todo para trás – atenção ao pente escolhido,

a distância entre os dentes é que vai definir o desenho do

look. Por fim utiliza-se um spray de fixação forte e um spray

de brilho. “Se preferir algo despojado a dica é manter os fios

soltos com efeito molhado apenas no topo da cabeça. Para

algo mais rocker é possível deixá-los totalmente molhados”,

orienta. Ao final, Gabriel prendeu no topo para combinar

com o look festa.

MAKE

O conceito que a profissional Milena Brambilla utilizou

para desenvolver o make foi a tendência de pele iluminada,

mas valorizando o brilho natural. “Passei pó apenas na zona

T, justamente para prevalecer a naturalidade da própria pele”,

destaca. Nos olhos, outra moda que veio para ficar na temporada

2017/2018: efeito molhado. “Usei tons de marrom, um

superdelineado gatinho e cílios postiços”, explica. Para deixar

com o aspecto bem conceitual, Milena aplicou delicadamente

com o próprio pincel um pouco de spray de cabelo na pálpebra,

assim quando a modelo abrisse os olhos, não teria perigo

de borrar. Na sobrancelha, ela deixou bem preenchida, mas

o mais natural possível, e nos lábios optou por um ombré

vermelho para parecerem mais carnudos. “Essa maquiagem

é perfeita para uma noite de festa”, garante a maquiadora.

PRODUÇÃO

Na produção o slylist Caca Brainta apostou em um look

festas de final de ano. “Optei em usar um vestido estruturado,

no estilo futurista do designer Tufi Duek”, conta. Para

adicionar mais glamour Caca escolheu um scarpin clássico

Versace, deixando a composição ainda mais feminina. “A

locação desta produção foi o MON (Museu Oscar Niemeyer)

que criou uma sintonia com as linhas do vestido”, enfatiza.

FICHA TÉCNICA

Fotógrafo: Marcos Mancinni

Modelo: Luana Malinovski

Cabelo: Gabriel Neto Jr.

Maquiagem: Milena Brambilla

Produção: Caca Brainta

Roupas: Trinca Z

Quer ser a próxima selecionada? Siga a VOi no www.facebook.com.br/revistavoicuritiba e saiba mais. DEZEMBRO 49


Foto: divulgação

Foto: Mauricio de Paula Foto: divulgação

Charme

RETRÔ

Para compor looks

sofisticados, este scarpin

com amarrações é a

melhor aposta. Além do

design elegante e palmilha

personalizada, a textura poá

expressa charme e glamour

a cada passo. Amarre-se

nesta tendência

Onde encontrar:

Carmen Steffens

Valor: sob consulta

Projeto

VERÃO

As mais avançadas soluções

para as principais queixas,

estão na maior clínica de

estética do sul do país. Inicie

hoje mesmo o tratamentos e

aproveite o melhor de você

neste verão

Celulite - gordura localizada

- estrias, depilação a laser -

flacidez - toxina botulínica -

preenchimento e muito mais

Onde encontrar: Vitaclin

(41) 99249-9295

Mudança de VISUAL

Para começar o ano com o pé direito nada melhor

que uma repaginada no look. Do corte a uma

consulta completa de visagismo a escolha é sua.

Tenha uma experiência única de beleza, em um

local onde artistas da alma humana apresentam suas

mais valiosas obras: a exaltação da real beleza, por

Riccardo Guerra e Beto Bravo. Muito mais que um

salão, um palco onde clientes assumem o papel

de protagonistas, tendo todos os holofotes em sua

direção e levando consigo resultados perfeitos

Onde encontrar: Palco RG & BB

Valor: a definir

Tchau GORDURA

Para quem quer reduzir medidas e gordura corporal de

forma saudável, o Alluvia é o tratamento indicado. Tem

como foco a leveza, beleza e cuidado com o corpo –

sem deixar de lado o bem-estar. O extrato de chá roxo

é poderoso, seguro e tem eficácia comprovada como

auxiliar das dietas de redução de medidas. Está disponível

em cápsulas. A prescrição desse ativo pode ser feita por

farmacêuticos seguindo a RDC 585/2013

Onde encontrar: Phitofarma Curitiba (41) 99961-0050

Valor: sob consulta

Foto: divulgação

Foto: divulgação

50

Alta

DECOR

O alumínio fundido é uma excelente opcão de matéria-prima na fabricação de móveis para jardins, áreas externas

e locais úmidos, como casas de praia. Isso porque ele é super-resistente e pode ficar exposto as intempéries. O

conjunto Havana conta com mesa de 1,30 m (metros) e seis poltronas. Está disponível em diferentes cores e tem o

diferencial do tampo giratório que facilita o acesso de todos que estão sentados à mesa

Onde encontrar: www.fundarte.com.br

Valor: 5.890 (com seis cadeiras)


Que a saúde

seja o maior

presente!

Antibióticos Medicamentos Fórmulas Cosméticos Produtos Naturais Hormônios Fitoterápicos Suplementos

Manipulação

especial em blíster

Garantia

de qualidade

Manipulado

sob medida

Entrega

em domicílio

Baixe o aplicativo Phitofarma e solicite orçamentos.

R. Alf. Ângelo Sampaio, 1723 | Batel

ESTACIONAMENTO CONVENIADO

phitofarmacuritiba

41 99961 0050

phitofarma.com.br


• COLUNA

Provopar

COMANDO

DO PROVOPAR

No último dia 20, o Provopar

Estadual elegeu a nova gestão

para o biênio 2018/2019.

A atual presidente, Carlise

Kwiatkowski e o vice, Tufy

Karan, foram reconduzidos

no comando da instituição,

contando com Cintia Peixoto,

Pedro Bartoski Jr., Alita Rusch, Aldo Malucelli. Assumiram ainda como conselheiros: Cristiane Mocelin,

Ruy Barrozo, Cecile Kruger, Rose Mari Coletti, Sandra Comodaro, Alexandrini R. de Oliveira, Stella

Maris Winnikes, Irit Czerny, Marcia Almeida, Raquel Pizzatto, Fernanda Richa e Marli Corletto.

PALAVRAS DE BOLSO

A presidente do Provopar Estadual,

Carlise Kwiatkowski, marcou presença

na Livraria da Vila do Shopping Pátio

Batel, ao lado da secretária de Estado

da Família e Desenvolvimento Social,

Fernanda Richa, na concorrida noite de

autógrafos do livro Palavras de Bolso, do

jornalista, colunista social e conselheiro

do Provopar, Ruy Barrozo. “O livro é

resultado de 37 anos de jornalismo diário

que sempre evidencia uma boa fase”.

Fotos: Emanoel Caldeira

e Francielle Stirma

VOCÊ PODE MAIS

A convite do governador Beto

Richa e da secretária da Família e

Desenvolvimento Social, Fernanda

Richa, a presidente do Provopar

Estadual, Carlise Kwiatkowski,

participou no dia 27 de novembro do

lançamento da Campanha Você pode

mais! que marcou o Dia Internacional

da não Violência contra a Mulher.

Nossa missão é promover a melhoria da

qualidade de vida de pessoas em vulnerabilidade

social. As ações garantem a

valorização da família e a inclusão social.

Em atendimentos com a Defesa Civil, atua

em situações de emergência, catástrofe e

calamidade.

Torne-se um parceiro e venha fazer parte

desta corrente solidária em favor do desenvolvimento

social em nosso Estado.

E-mail: eventos@provoparestadual.org.br

DIA NACIONAL CONTRA O

CÂNCER DE MAMA

Em 27 de novembro,

colaboradores do Provopar

Estadual se reuniram para

Comemorar o dia Nacional

de Luta contra o Câncer de

Mama, projeto de Lei instituído

pela vice-governadora Cida

Borghetti, que trata da

conscientização e prevenção do

câncer de mama através da Lei

Estadual 14854/05 e Lei Federal

12116/09.

52


• COLUNA

Joia eu uso

Joias na

passarela

Uma noite de verdadeiro glamour

foi o desfile das joalherias

do Shopping Crystal. Bergerson,

Geara Joalheiros, Camilo Joalheiros

e Rennê Joias se uniram

para apresentar o pré-lançamento

da coleção de verão. O

evento ocorreu no restaurante

Mediterrâneo e reuniu a sociedade

curitibana. Confira quem

passou por lá!

Fotos: Mauricio de Paula

O colunista Tufy Karam Geara é

empresário do setor joalheiro

Contato: contato@revistavoi.com.br

54


DEZEMBRO 55


• COLUNA

Eventos

CONFRATERNIZAÇÃO DE NEUZA MADALOSSO

Fotos: divulgação

by

Mônica

Gulin

Na primeira página, a queen

Neuza Madalosso comemora

em petit comité as festas de

fim de ano. Em sua residência

no bairro Santa Felicidade, ela

reuniu as amigas da sociedade

para um luxuoso jantar,

oportunidade na qual homenageou

Florlinda Andrauss. Na

segunda página, acompanhe

a inauguração em Balneário

Camboriú (SC) da badalada

casa de shows The Harbor. O

empreendimento dos irmãos

Olsen tem acesso terrestre,

marítimo e aéreo. Na noite de

estreia, os sócios receberam

os convidados ao som das DJ’s

Assadii e da cantora D’Lara. A

decoração foi inspirada na Arte

Nouveau, do início do século

XX, e na Arte Déco. Todas as

sextas-feiras a partir do happy

hour entrando madrugada a

dentro, acontence a principal

noite da casa, reunindo moda,

música, arte, luxo e sofisticação.

Os hairs stylists Ricardo Moretti e

Viktor I com Florlinda Andrauss e

Fatima Kalil

A anfitriã Neuza

Madalosso

recebe as amigas

em sua casa

Mônica Gulin aprecia a decoração de Ilse Lambach

As amigas

Marcia

Florenzano,

Stella

Winnikes, Beth

Palazzo, Cida

Colombo,

Vânia Dalmaz

e Celine Geara

Sentadas: Beth Palazzo, Valéria

Bau e Suzana Slaviero. Em pé:

Fátima Kalil, Neuza Madalosso e

Glicie Pedroso

Mônica Gulin é jornalista e

apresentadora de TV

Contato: contato@monicagulin.com.br

56

As convidadas

confraternizam em

uma das mesas da

residência de Neuza

Madalosso


INAUGURAÇÃO DA THE HARBOUR, EM BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Fotos: Lucas Moço

O sócioproprietário

Marcel Olsen

com o filho

João Olsen e

a convidada

Mônica Gulin

Marlon Olsen,

Marcel Olsen,

Mirian Ávila e

Djoo Ferrari

Tchelo

Brandão, da

Pró Náutica e

Mirian Ávila,

produtora

artística da

The Harbor

Andrea e

Edson Silva

Thon

Soriedem,

da Itapema

FM, e Pierre

Goes

Laurindo

Ramos,

Marcel Olsen

e Carlos

Humberto

Silva

O chef Fernando Gomes e

Mônica Gulin

A inauguração da The Harbour garantiu uma

noite inesquecível aos convidados

DEZEMBRO 57


• CLICK

MADRINHAS

DO NATAL

ENCANTADO

DO PARANÁ

As patronesses e apoiadores

do Natal Encantado do Paraná

participaram de um impecável

jantar no Castelo Batel, onde

foram recepcionadas pelas anfitriãs

Vera e Danielle Lupion,

ao lado da secretária da Família

e Desenvolvimento Social, Fernanda

Richa, e da presidente do

Provopar, Carlise Kwiatkowski.

A produção do jantar ficou por

conta de Rossana Lazzarotto

Eventos Especiais. E todo valor

arrecadado foi revertido para

a compra de brinquedos, que

serão entregues às crianças

na Festa de Natal do Castelo.

Estiveram presentes as patronesses

Jandira Khury, Kitty

Pires, Regina Casillo, Apoline

Minguetti, Izaura Hillani, Izaura

Müller, Miriam Malucelli, Laila

Zacarias Vezozzo, Vanessa de

Souza Camargo, Paula Podolan

Guerra, Márcia Lúcia Mauá de

Abujamra, Adriana Ribeiro,

Zélia Tacla, Zaira Galleas, Karla

Petrelli, Roselena Abujamra,

Cecilia Krigsner.

Fotos: Emanoel Caldeira

58


A beleza está em todos os lugares

Riccardo Guerra e Beto Bravo levam o PALCO para novos

cenários em 2018. Novo endereço. Novos formatos.

Para criar e recriar todas as experiências da beleza,

onde quer que ela esteja.

Venha nos visitar a partir de 16 de janeiro.

41.99581.1311


• CLICK

Noite de

autógrafos

O jornalista e publicitário Ruy

Barrozo reuniu cerca de 600

pessoas para a concorrida noite

de autógrafos de seu primeiro

livro – Palavras de Bolso (Editora

InVerso). A obra traz frases

e pensamentos publicados

ao longo de seus 37 anos de

carreira. O lançamento bateu

o recorde de vendas e 400

exemplares foram disputados

entre os presentes no evento.

Muitos tiveram que retornar no

dia seguinte à Livraria da Vila,

para adquirir o seu. Agora Ruy

Barrozo prepara-se para lançamento

no Rio de Janeiro (RJ),

Foz do Iguaçu (PR) e Balneário

Camboriú (SC).

01

03

02

04

05 06

01. O anfitrião, Ruy Barrozo,

com a primeira-dama do Estado

Fernanda Richa; 02. Florlinda

Andraus e Ruy; 03. Ruy e o

secretário da Administração,

Fernando Ghignone; 04. Juraci

Barbosa Sobrinho, secretário do

Planejamento e Coordenação

Geral e Ruy; 05. Lise de Oliveira

Bocchino, Lia de Oliveira Bocchino,

Cássia Bocchino Seleme,

Ruy Barrozo e Leslie de Oliveira

Bocchino; 06. O anfitrião com o

casal Gustavo e Fernanda Teixeira

de Freitas e as filhas Giorgia

e Rafaela; 07. Glaucio Geara,

presidente da Associação Comercial

do Paraná, Ruy e Eliane

de Loyola; 08. Ruy com Isabela

e Renato Almeida; 09. Cristina

de Pauli, Elen Scholze, Ruy, Irit

Czerny e Cristiane Mello Vianna;

10. Mariane Caponi, Ruy

e Lylian Vargas; 11. O anfitrião

com Cristina Fontoura; 12. Ruy

em entrevista à Gloria Bertin.

07 08

09 10

Fotos: Patrícia Klemtz

e Emanoel Caldeira Filho

60

11 12


DECORAÇÃO • AMBIENTAÇÃO • CENOGRAFIA

www.mariopaiva.com.br | Fone: (41) 3635-1174


• CLICK

Capital do

luxo

A Carmen Steffens brilhou

novamente nas passarelas internacionais.

A grife brasileira desfilou

a coleção Alto Verão 2018

no luxuoso Arab Fashion Week,

em Dubai. Em parceria com o

designer Christophe Guillarmé,

a marca apresentou calçados e

clutches ao lado dos vestidos

superfemininos do estilista. Na

passarela, pedrarias, bordados e

texturas metalizadas trouxeram

mais glamour para a noite. Com

este desfile, a CS reafirma o plano

de expansão internacional

da marca, levando os produtos

para um dos mercados de maior

potencial econômico.

Fotos: divulgacão

62


projetores ideais

para lugares amplos

painéis de LED

em alta resolução

os melhores sistemas

de sonorização

linha completa

de equipamentos

de iluminação

guimeteloes.guimeteloes

(41) 3356-8523 / (41) 99968-7518

guimeteloes.com.br


• CLICK

Aniversariante

do mês

Em novembro foi a vez da CS

Lover e empresária Luciana

Falavinha comemorar mais uma

primavera. A reunião com amigas

e familiares foi na Carmen

Steffens do Shopping Mueller

com direito a um delicioso

coquetel regado a espumante.

Confira!

01

02

03

04

05 06

01. A aniversariante recebe as

amigas empresárias para o coquetel

na CS Mueller: Ale Oenning,

Lucia Carla Zornig, Luciana

Falavinha, Daysi Balsini, Patricia

Oliveira, Débora Nascimento

e Malu Martinelli Magni; 02.

Luciana e Juliana Karam; 03. A

anfitriã com Deborah Dzierwa;

04. Luciana, Silvia Paludo, Ada

Zwiener e Claudia Alarcon; 05.

Luciana e Andrea Parizotto;

06. Luciana e Marcia Doria;

07. Luciana com Birgit Keller

Marsili; 08. Luciana e Renata

Bahia Monteiro; 09. Luciana,

Maria Almeida Garcia e Carolina

Stolf; 10. Luciana e Natália

Gualter; 11. A aniversariante

corta o bolo; 12. Luciana recebe

presente especial da equipe CS.

07 08

09 10

Fotos: Mauricio de Paula

64

11 12


Comunicação

MEMORÁVEL

Como falar em público e encantar

pessoas

Este é um workshop para quem precisa

desenvolver uma comunicação eficaz e poderosa.

O programa “A arte de falar em público”, é

formatado em uma metodologia especial para

aqueles que desejam mudar a sua forma de agir

e interagir em público ou reuniões.

Uma comunicação eficaz e envolvente é a marca

de um líder, tanto em apresentações para grupos

como também em interações e conversas

profissionais e pessoais, todo líder precisa utilizar

sua comunicação como ferramenta de influência.

Aprenda estratégias para

controlar suas emoções

Aprenda a estruturar o seu

conteúdo de forma

impactante

Saiba como funciona

o cérebro humano

para você vender

ideias de forma

persuasiva

grupokla.com.br

11 2717.8268 / 41 999479534

marciocontreras@grupokla.com.br


• CADERNO GASTRONÔMICO

PRESENTE

CERTO

Fotos: divulgação

O

final de ano está aí, e para acertar no presente

seja no Natal ou no amigo secreto da empresa,

a cervejaria Klein, de Campo Largo (PR), conta

com opções para agradar todos os gostos. Os três kits

lançados contemplam os estilos do portfólio da empresa.

Para quem é mais básico a aposta certa é o kit Tradicional,

que vem com os cinco rótulos da Linha Tradicional

da cervejaria em garrafas de 600 ml. São elas: Tchec, da

família das Lagers, que leva malte da Alemanha e lúpulo

tcheco; Brown Ale, receita inglesa com sabor que lembra

caramelo e nozes; Stout, cerveja escura de origem irlandesa

que por utilizar malte torrado, confere aroma e sabor

de café e chocolate; Weiss, famosa bebida de trigo com

aroma e sabor que lembram notas de banana e cravo; e

Pilsen, a mais tradicional de todas que leva apenas água,

malte, lúpulo e levedura na fabricação.

Já a o kit Especial conta com os cinco rótulos dessa

linha. A Rock Ipa, feita com lúpulos americanos e aromas

cítricos; a Curitiba Lager, cerveja para homenagear a

cidade com muita refrescância e sabor levemente adoci-

cado; a ESB, natural da escola inglesa com aroma e sabor

maltado de caramelo, lúpulo herbal e terroso; Estivadora,

uma Brown Porter feita com malte de centeio, lembrando

chocolate e toffee; e a American Pale Ale, com sabor levemente

maltado com presença de ésteres frutais e final seco.

Para fechar as opções de presente a Klein conta ainda

com o kit Weiss, com duas garrafas de 600 ml da tradicional

cerveja de trigo e um copo próprio para a degustação,

uma vez que esse estilo deve ser servido todo de uma

única vez para não perder as propriedades.

CERVEJARIA KLEIN

Rua Augusto Dering Sobrinho, 450

Campo Largo (PR)

Telefone: (41) 3292-6909

cervejariaklein.com.br

66


• CADERNO GASTRONÔMICO

FESTAS COM VINHO

Fotos: divulgação

F

inal de ano é época de festas: Natal, Ano Novo,

confraternizações de empresas, amigo secreto.

Motivos e eventos para celebrar não faltam. E para

deixar essas ocasiões mais especiais a dica é harmonizar

as refeições com vinhos leves e refrescantes, como pede a

estação do ano.

“Os vinhos brancos e rosés, assim como os espumantes,

são frescos, leves e frutados, harmonizam facilmente e são

agradáveis de beber, pois são servidos refrescados”, aposta o

enólogo da Família Fardo Vinícola, Philipe de Oliveira Lima.

Para a ceia de Natal e Ano Novo o que não pode faltar

é o espumante. O Brut é uma boa pedida para recepção ou

para acompanhar todo o jantar. “Sem dúvida o espumante

tem um papel fundamental para celebrar, comemorar e

brindar o término e início de um ano. Inicie e finalize as

comemorações com ele”, indica o especialista. O Moscatel

é ideal para sobremesas em geral, panetone, biscoitos e

compotas da vovó.

Outra opção é o Malvasia, vinho branco da linha Casa,

fantástico para acompanhar aves em geral. “A ceia natalina

tem uma relação muito forte com frutas e castanhas na

composição de pratos, esse vinho, por ter acidez, leveza e

aromas bem frutados valorizam esses acompanhamentos

nos pratos”, destaca Philipe. Para fugir do convencional, na

sobremesa, o Malvasia é espetacular com um cheesecake

de frutas amarelas, pois a acidez do vinho tira a gordura do

creme da torta e a calda de frutas amarelas é intensificada

pela característica aromática da bebida.

Já o Fiore, opção de vinho rosé da Família Fardo, por

ser mais estruturado, harmoniza perfeitamente com peru

ou tender. “Uma dica é ter um tender bolinha coberto por

damascos caramelizados para harmonizar com Fiore”,

destaca Philipe.

CONFIRA ALGUMAS DICAS DE HARMONIZAÇÃO

DO ENÓLOGO

MALVASIA

Salada de grãos, salada de feijão branco com embutidos

artesanais, salada de folhas variadas, salada de

lentilhas com bacalhau, salada de figos com castanhas

e queijo brie, tortas com vegetais e queijos e massas de

molhos magros, branco ou de queijo.

FIORE

Rosbife ou filé mignon grelhado, carne de porco (copa

e lombo), peixe de festa (bacalhau confitado), pratos com

frutos do mar com saladas e couscous.

SEM ERRO

Uma dica importante para não errar na quantidade é

saber quantas garrafas são necessárias para fazer bonito

na ceia. Os espumantes, Philipe recomenda de 2 a 3 pessoas

por garrafa e os vinhos de 4 a 5 pessoas por garrafa.

FAMÍLIA FARDO VINÍCOLA

Rodovia Regis Bittencourt (BR 116 km 69), 550

sentido São Paulo

Telefone: (41) 3672-1693 (41) 3672-4488

www.familiafardo.com.br

Facebook: Família Fardo Vinícola

Instagram: família_fardo

68


Doces finos, tão finos

e deslumbrantes que parecem joias.

E o melhor de tudo,

também são deliciosos.

• Doces Finos e Tradicionais • Mini Cupcakes Personalizados • Bolos Gourmet • Trufas • Bombons • Cupcakes

41 3342.9377 41 99235.6931

sweetmargotbakery

sweetmargot.com


• TEST RIDE

70


MUITO ACIMA

DA CATEGORIA

GSX-S750 SUPERA

AS CONCORRENTES

EM POTÊNCIA E

TECNOLOGIA

Fotos: Marcos Mancinni

FAR ABOVE ITS CATEGORY

THE GSX-S750 EXCEEDS

COMPETITORS IN MUSCLE AND

TECHNOLOGY

V

ersatilidade é a palavra que melhor descreve a nova

GSX-S750 lançada recentemente pela Suzuki. Isso

porque a moto se encaixa perfeitamente para o uso

no dia a dia – tanto para um passeio quanto para uma rotina

de trabalho – mas ainda é ideal para estrada, pois oferece

ao piloto e garupa conforto de sobra para encarar horas de

viagem.

Além disso, a moto – que é um modelo global – vem mais

completa que a versão anterior: superequipada, tecnológica

e moderna. Quer saber a melhor parte? O preço! A condição

de lançamento apresentada pela fabricante é R$ 36.490.

Na categoria naked – que são os veículos que contam

com grande parte da mecânica descoberta para ganhar

performance e conforto – a GSX-S750 acertou em cheio

seu público alvo. “O grande diferencial da Suzuki com essa

moto foi agregar mais tecnologia e potência que as demais

da mesma categoria”, explica Diego Alves, vendedor da

Moto Savages.

A melhoria já começa pela suspensão invertida que copia

melhor o piso, proporcionando mais conforto em uma

frenagem ou curva. O motor também ficou mais forte, com

114 c (cavalos), enquanto a média da categoria fica em torno

de 85 c. Ou seja, mais motor, pelo mesmo preço.

A segurança foi aprimorada com o controle de tração

em três níveis ajustáveis no painel sem necessidade de tirar

V

ersatility is the word that best describes the new

GSX-S750 launched less than two months ago by

Suzuki. That’s because the bike is perfectly fit for

use in everyday life – both as a leisurely ride as for a working

routine – but is still ideal for the road, as it offers comfort to

both biker and rider in facing hours of travel.

In addition, the bike – which is a global model – comes

more complete than the previous version: super equipped,

modern and with technology. Want to know the best part?

The price! The manufacturer’s price at launch is R$ 36,490.

In the basic category – where the vehicles rely, for a large

part, on the discovery of the mechanics to gain performance

and comfort – the GSX-S750 hit its target audience right on.

“The big difference of the Suzuki with this bike was adding

more technology and power than that of others in the same

category,” says Diego Alves, Sales Representative for Moto

Savages.

The improvements already begin with the inverted

suspension which better grips the ground, providing more

comfort in braking or cornering. The engine is also more powerful,

with 114 hp, while the cylindrical category is around

85 cc. i.e. more engine for the same price.

Safety has been enhanced with the traction control on

three adjustable levels on the panel without having to take

your hand off the handlebars. You can leave it off; traction 1,

DEZEMBRO 71


• TEST RIDE

a mão do guidão. É possível deixá-lo desligado; na tração

1, indicado para alta velocidade; tração 2, para uso urbano

e viagem com situações desconhecidas de pista; tração 3,

para pista molhada.

“Esse controle de tração confere mais segurança para

o piloto porque não permite que a frente da motocicleta

empine. É ideal para quem está começando ou saindo de

uma moto de baixa cilindrada, pois oferece mais segurança”,

destaca Diego.

A GSX-S750 traz ainda o mesmo ABS utilizado no Moto

GP, com freio independente, em vez do combinado. Isto é,

quando acionado o freio dianteiro o ABS é ativado apenas

nele, e da mesma forma ocorre com o traseiro. “Isso gera

economia de pneu, pastilha e disco”, compara Diego.

O painel LCD continua completo, inclusive com os níveis

de combustível. Lá o piloto consegue ver quanto a moto faz

por litro, a média de consumo geral – na cidade e estrada

– e quantos quilômetros faltam para o combustível acabar.

Em relação ao conforto, até mesmo o garupa sai na vantagem:

a pedaleira mais baixa permite que a perna não fique

flexionada e o tronco muito inclinado, então dá tranquilo

para encarar bons quilômetros de estrada. E por falar em

viagem, só para registro: a máquina chega a incríveis 248

km/h (quilômetros por hora), mas é claro que isso fica para

os pilotos profissionais em pistas de teste.

suitable for high speeds; traction 2 for urban use and travel

with unknown road conditions; traction 3 for wet roads.

“The traction control provides more safety for the biker

because it does not allow the front of the motorcycle to lift

off the ground. It is ideal for those just starting out or moving

up from a low cylinder bike, because it offers more safety,”

points out salesman Diego.

The GSX-S750 has the same ABS used in Moto GP, with

independent brakes instead of the combined, i.e., when

the front brake is activated, the ABS is used only by it, and

likewise with the rear brake. “This generates tire, pad and

disk savings,” continues Sales Representative Diego.

As for previous versions, the LCD Panel is complete,

including fuel levels. There the biker can see how many km

the bike makes per liter, the average general consumption

– in the city and on the road – and how many kilometers

until fuel runs out.

In regards to comfort, even the rider gains: a lower crankset

means the legs don’t remain bent and body inclined, so

this leads to making it easier to face many kilometers on the

road. And speaking of travel, just for the record: the machine

reaches an incredible 248 km/h, but, of course, this is for

professional bikers on test tracks.

FICHA TÉCNICA

Dimensões

Comprimento: 2125 mm

Largura: 785 mm

Altura: 1055 mm

Peso

Peso (Mvom): 213kg

Tanque de Combustível: 16 litros

Motor

Cilindrada: 749 cm³

Potência Máxima: 114 cv / 84 kW a 10.500 rpm

Torque Máximo: 8,2 kgf.m a 9.000 rpm

MOTO SAVAGES

Rua João Negrão 1768

Rebouças – Curitiba (PR)

Telefone: (41) 3123-5358

www.motosavages.com.br

72


• ESPORTE

Depende

Fotos: Mauricio de Paula

de você

74


Primeiro

passo para o

emagrecimento

está na sua

mente

O

termo coaching está cada dia mais em alta.

Estamos acostumados a relacioná-lo com o

segmento corporativo, no qual empresários

buscam o aperfeiçoamento constante dos negócios

aplicando uma metodologia que combina diversas

ciências e técnicas. Mas é possível utilizar o coaching

para diferentes áreas da vida, como pessoal, familiar e

até mesmo para emagrecimento.

O coaching é um processo em que o coach (profissional)

irá juntamente com o coachee (cliente) estabelecer

o foco, objetivos e metas a serem trabalhadas,

a fim de sair de um ponto A e chegar num ponto B de

maneira eficiente a partir das habilidades, qualidades,

DEZEMBRO 75


• ESPORTE

características positivas e pontos fortes do coachee.

“Não é terapia, porque não trabalhamos o passado.

O foco é no agora com um olhar para o futuro,

desabrochando todo potencial do coachee em busca

de resultados extraordinários”, enfatiza Tiago Lopes,

personal trainer e coaching de emagrecimento.

O processo de coaching de emagrecimento ocorre

normalmente em 10 sessões, sendo uma por semana. É

claro que o resultado depende de cada caso. “Algumas

pessoas eliminam o peso necessário durante o próprio

processo, outras levam mais tempo”, destaca Tiago.

Então, diferente de uma aula com um personal, na

sessão não é necessário suar tanto a camisa. Durante

um processo de coaching de emagrecimento, não são

abordadas questões como a dieta ou o treino que a

pessoa deve fazer, mas sim o desenvolvimento do

autoconhecimento. “O processo de emagrecimento

começa no cérebro, através de uma reprogramação

mental trabalhando todas as engrenagens cerebrais

formadoras de um hábito, passando por um processo de

autoconhecimento, quebra de paradigmas e construção

de novos hábitos”, pontua o coach.

A cada sessão são colocadas tarefas, como se fossem

uma lição de casa. Mas vale destacar que o coaching

de emagrecimento não substitui treinos e alimentação

saudável. Pelo contrário, as coisas se completam. Para

quem acha que é um processo sofrido e que terá que

abrir mão de tudo que gosta, pode ficar tranquilo, que

Tiago explica: “àqueles que me perguntam: nunca mais

vou poder comer o que eu gosto? A reposta é simples.

Claro que pode! A questão é aprender a tomar as decisões

certas, de forma consciente, para ter os resultados

desejados”, garante o profissional.

DICA DO COACH

Segundo os programas de coaching, as pessoas são

95% inconscientes e 5% conscientes. O treinamento

serve exatamente para enxergarmos a informação e

passá-la para o nosso consciente. Desta forma a situação

se torna mais clara e assim é mais fácil encontrar

soluções. O coaching de emagrecimento vem para

trabalhar a questão e ressignificar este processo de

busca pelo prazer e fuga da dor. Quando o processo

de emagrecimento parte da mente e passa a ser algo

consciente, mais racional, ele deixa de ser algo que

gera dor e passa a ser algo real, atingível, tranquilo e

passivo de ser mantido ao invés de cair no famoso efeito

sanfona muito comum quando as pessoas terminam um

curto período fazendo dietas da moda.

WWW.PERSONALTIAGOLOPES.COM.BR

76


• CULTURA

MÚSICA

Foto: divulgação Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: Lucas de Mello

Foto: André Bezerra

TEATRO

PALÁCIO AVENIDA

O coral mais tradicional de Curitiba, e também a atração mais aguardada da

época natalina, ganha um charme extra com a vista privilegiada do Lounge de

Natal, assinado pela Araçá Eventos e o Campus Universitário UniSociesc . Em

uma área ambientada, as pessoas poderão apreciar o espetáculo do Natal, com

comidas e bebidas para adultos e crianças.

Local: Edifício Mesbla (Luiz Xavier, n.º 40)

Data: 15 a 17 de dezembro

Informações: (41) 99103-3880

PSICODÁLIA

Pelo oitavo ano consecutivo a Fazenda Evaristo recebe o evento mais aguardado

do ano. Ao todo, serão mais de 200 atrações, entre apresentações musicais, teatrais

e cinema, além de atividades de lazer e recreação para adultos e crianças.

Entre as atrações confirmadas estão: Jorge Ben Jor, Tulipa Ruiz, Arrigo Barnabé,

Som Nosso de Cada Dia, Bixiga 70, Boogarins e Pata de Elefante.

Data: de 9 a 14 de fevereiro de 2018

Local: Fazenda Evaristo, Rio Negrinho (SC)

Informações: www.psicodalia.com.br

LES MISÉRABLES

Baseado no romance homônimo de Victor Hugo, o espetáculo narra a jornada

de Jean Valjean, um homem, que após ter roubado um pão para a sobrevivência

de sua família, é condenado a dezenove anos de prisão. A obra tem como

pano de fundo a França do início do século XIX e a montagem tem trilha sonora

tocada ao vivo.

Data: 15 de dezembro

Local: Teatro Sesi Portão

Informações: (41) 3271-8469

PAULINHO MIXARIA

Sucesso de público, o divertido humorista, que vive no palco o personagem

do típico gaúcho do interior, se apresenta com a Temporada 2017 - Sempre

Um Show Diferente. Com 24 anos de estrada, ele chega à fase mais madura da

carreira com um show de humor aliado às produções de cinema lotando teatros

e resgatando o tempo em que as famílias saíam com todos os integrantes juntos

para se divertirem.

Data: 16 de dezembro

Local: Teatro Campus Universidade

Informações: (41) 315-0808

OS TRÊS MOSQUETEIROS

Romance e muitas aventuras dão sequência à programação do Festival de Teatro

Infantil Era uma vez...eram duas, eram três. Inspirado pela obra do francês Alexandre

Dumas, o espetáculo conta a história do jovem D’Artagnan, que sonha

em se tornar um mosqueteiro. Para se tornar um membro da guarda do rei, ele

vai contar com a ajuda de três mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis.

Data: 16 e 17 de dezembro

Local: Teatro Bom Jesus

Informações: www.diskingressos.com.br

78


Foto: divulgação

Foto: divulgação

GERAL

LUZ = MATÉRIA

A exposição apresenta uma seleção de obras do

acervo do MON em diálogo com obras apreendidas

na operação Lava Jato, buscando aquelas

que têm como ponto comum a luz. São mais de

cem artistas, com nomes como Abraham Palatnik,

Alberto Guignard, Alfredo Andersen, Claudio Alvarez,

Daniel Senise, Flavio Damm, José Bechara,

Julio Le Parc, Maureen Bisilliat, Martin Chambi,

Theodoro de Bona, Vik Muniz, entre outros.

Data: exposição de longa duração

Local: MON (Museu Oscar Niemeyer)

Informações: museuoscarniemeyer.org.br

ONIRICIDADE

Uma estética onírica para atrair olhares atentos

para a história presente na arquitetura das cidades.

Esse é o propósito da fotógrafa curitibana Tânia

Buchmann com a sua mais nova exposição.

Composta por sete fotos, a mostra apresenta imagens

inéditas dos telhados e fachadas de prédios

históricos de Curitiba, Antonina e São Francisco

do Sul, que receberam tratamentos em cores

surreais para chamar a atenção do público para

a real importância dessas edificações.

Data: até dezembro

Local: Park Shopping Barigüi (Park Gourmet)

Informações: parkshoppingbarigui.com.br

REVISTA

PONTOS

DE VENDA

• Banca América

(Rua Otávio Pereira dos Anjos, s/nº - esquina c/ Cel. Francisco

H. dos Santos) - 3267-2412 / 99905-5071

• Banca Batel

(Av. Batel em frente ao Hosp. Santa Cruz) - 3244-5620

• Banca Bom Jesus

(Rua Jaime Balão, 201 - Cabral) - 3264-7662

• Banca do Condor Champagnat

(Martim Afonso, 2800) - 3336-9817

• Banca do Palladium

(Av. Presidente Kennedy, s/nº em frente ao

Shopping Palladium) - 99209-1161

• Banca Espanha

(Praça Espanha) - 3225-1173

Foto: divulgação

METAMORFOSES

A exposição reúne os trabalhos de quatro artistas

que seguem por diferentes caminhos da arte

contemporânea: Maria Emilia Mendes, Fernanda

Alonso, Susana Goienetxe e Cris Denise. A mostra,

que conta com curadoria de Edilson Viriato,

faz parte do circuito da Bienal de Curitiba. Cada

artista tem suas próprias linguagens e temáticas.

Data: até 25 de fevereiro de 2018

Local: Café Bathé

Informações: (41) 3026-7006

DESTAQUE

• Banca Leia Bem Pão de Açúcar

(Av. República Argentina, 391 - Água Verde) - 3024-6156

• Banca Paulina

(Rua Pres. Farias esq. c/ Rua XV) - 3324-7997

• Banca Praça do Japão

(Praça do Japão) - 3243-1475

• Bazar Cotegipe

(Mercado Municipal) - 3262-5011

• Brioche

(Rua Augusto Stresser, 839 - Juvevê) - 3342-7354

TE EMPRESTO MEUS OLHOS

Numa experiência única, a mostra dos alunos da Oficina de Fotografia para Pessoas

com Deficiência Visual da Biblioteca Pública do Paraná faz parte do Circuito Integrado

da Bienal de Curitiba’17.

A exposição é o resultado

da produção da oficina organizada

desde 2015 pela

fotógrafa Juliana Stein, que já

apresentou trabalhos em mais

de 10 países e foi a representante

brasileira no Pavilhão da

América Latina da Bienal de

Arte de Veneza em 2013.

Data: até 30 de dezembro

Local: Biblioteca Pública

Informações: (41) 3221-4900

Foto: divulgação

• Caiobanca

(Av. Atlântica, 1200 - Caiobá/Matinhos) - 3473-9228

• Curitiba Aqui Art e Café

(Pilarzinho ao lado da Ópera de Arame) - 3252-0555

• Salão Marly - Gustavo Bonato

(Av. Sete de Setembro, 6055 - Batel) - 3343-0505

Pagamento

para

assinatura

3

vezes

sem juros

CENTRAL DE ATENDIMENTO

0800 600 2038

DEZEMBRO 79


M & G Odontologia

tr

t

a

an

sf

ns

or

m

ma

an

fo

ma

and

transformando

s

or

so

ri

rr

r

o

is

sorrisos

Cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial

Implantes dentários - Enxertos ósseos

Prótese dental - Dentística estética

Endodontia - Ortodontia

Clareamento dental

Responsável Técnica:

Dra. Graciela Santos Salin

CRO 14741/PR

Especialista em cirurgia e

traumatologia buco-maxilo-facial

Dr. Marcelo Augusto

Araújo dos Santos

CRO 10570/PR

Especialista em prótese dental

NOVO ENDEREÇO:

Av. João Gualberto, 1881 - Sala 405 - 4º andar (Edifício Ópera Matteo) | Juvevê | Curitiba (PR)

Fone: (41) 3233-2494 | Celular: (041) 9857-0449 | E-mail: mgodontologia@terra.com.br


log moda

• BLOGUEANDO

Você tem um minuto para ouvir

a palavra da moda autoral?

Por Rafa Ronconi

L

embro que meu primeiro contato com uma marca autoral foi na primeira

edição do Lab Moda, que aconteceu no Memorial de Curitiba em 2011.

As marcas e estilistas com suas criações exclusivas, diferentes do que

estamos acostumadas a ver nas vitrines do shopping, me encantaram de tal forma

que, no mesmo instante, um estalo aconteceu dentro de mim: foi ligada a chave

do consumo local. O contato direto com os criativos talentosos que tinham feito

manualmente aquelas peças, foi o que bastou para me questionar sobre as roupas

que eu vestia. Começava o meu amor pela moda autoral e as marcas locais.

A partir dali, o flerte virou relacionamento sério e a vontade de saber mais

sobre as marcas e vestir um pouco daquilo me tornou uma frequentadora assídua

de eventos que incentivam a produção artesanal e autoral. Mas queria mais. Além

de vestir, queria mostrar para o mundo o trabalho delas. Senti a necessidade de

pulverizar o conceito da moda autoral.

Para mostrar como era possível torná-las a primeira opção ao comprar roupas,

surgiu a ideia de fotografar um editorial só com peças autorais de marcas curitibanas.

Foi lindo! Um trabalho que deu destaque para as marcas e seus criadores.

Gostei tanto daquela parceria que não quis parar.

A ideia evoluiu e nasceu o projeto #VestindoCuritiba, hoje uma conta no

Instagram onde compartilho os looks do dia a dia que incluem marcas autorais,

e que conta com a ajuda de uma amiga, também fã de carteirinha dos designers

curitibanos. Essa experiência foi tão enriquecedora, e ao mesmo tempo tão gostosa,

que me fez repensar todo meu consumo a respeito da moda. Hoje evito ao

máximo comprar roupas e produtos de marcas e lojas que mantenham alguma

forma de trabalho análogo ao escravo e que não tenham cuidado com a escolha

de fornecedores e matéria-prima.

Essa caminhada com a moda autoral não acabou, o objetivo daqui uns anos

é consumir produtos apenas de quem faz e cuida de todo processo de produção.

Um salve aos criativos curitibanos!

Sobre Rafa Ronconi

Curitibana, Rafa trabalha

com produção de conteúdo

web. Ela tem uma paixão

enorme pela história da moda

e acredita que a roupa vai

além do tecido que cobre o

corpo: ela tem o poder de

comunicar. O blog nasceu da

intenção de compartilhar o

conhecimento e essa paixão

sobre o universo da moda.

rafaronconi.com.br

Fanpage @rafaronconi

Instagram @rafaronconi

Youtube @rafaronconi

Fotos: divulgação

DEZEMBRO 81


• HISTÓRIAS

H ISTÓRIAS

cURITIBANAS

“ Em vão percorro a

cidade com meus claros

olhos de antes.

As ruas não são as mesmas

. . . E são outros os

passantes.”

Helena Kolody

Inicio, por respeito e

devoção, pedindo a benção

de Maria Bueno, a

Santa milagreira curitibana!

Aproveito para pedir

o milagre de Curitiba não

padecer diante do descaso

descompromissado dos

tempos modernos! Tempos

sem alma e identidade! Não deixemos nossa história virar

descartável e a troquemos por absurdas modinhas descontextualizadas,

que levam a quererem trocar nomes de

bairros como Bigorrilho por Champagnat. Papagaio fala,

imita, mas não entende o que diz. Protege-nos santinha!

Protege-nos de nós mesmos!

Curitiba cresceu, é verdade, mas a verdadeira alma

curitibana ainda pulsa escondida em cada pedra do Largo

da Ordem, em cada Casa Polaca, em cada lambrequim

sobrevivente. Ainda podemos tomar leitE-quentE, comer

vina, jogar búrico (desejar má-sorte com fidusca), brincar

com setra, jogar tique, bafo com as balas Zequinha. Ainda

podemos pedir a inhapa nas feiras e pedir um trubisco

qualquer. Podemos acudir o piá com jojoca e ajustar o

foco para lermos melhor. Podemos usar o bidê (porta

pinico, que por sua vez tinha que ser branco esmaltado)

e o patente, principalmente após comer rollmops, capilé,

cuque e barquilha.

Há quem diga ainda ver uns piás de bosta (ou de prédio)

jogando uma pelota com uns guapecas nas canchas do

Campo do Poti na atual Praça 29 de Março. Capaz! Apure

piá! E as gurias de chico? Calcule! Ainda podemos pegar o

CURITIBANICES

penal e desenhar um piá pançudo

no borrão, espalhando

para todo o bairro que ele

é um traíra desgranhento

tirador de ranho. Podemos,

até, fazer uma sapecada no

quintal numa noite de geada.

Para piá! Para guria! Não

dá nada! Daí (tudo começa

e termina com daí...)?

Vai saber... Deusulivre!

Se duvidar, em um footing

de final de tarde na

Rua das Flores, encontraremos

a Gilda (um trocado

ou um beijo!), a Maria do

Cavaquinho (e seu terrível

cavaquinho-cassetete)... tomaremos um cafezinho de pé

no Alvoradinha da Travessa Oliveira Belo, ainda com a

pérgula (grelha de elefante), poderemos ir até o Senadinho

e conferir o obituário na Pedra da Gazeta... Podemos até

dar um roskampeio para flertar com as gurias comprando

tecido... ou ir comprar nas Casa da Meia (tel 666) ou na

Casa Feres (grande por dentro e pequena por fora)... Quem

sabe fazer umas compras nas lojas HM (do Rio Grande ao

Grande Rio), escutar a Rádio Guairacá – a voz nativa da

terra dos pinheirais! – fazer uma benzedura curativa com

a Maria Polenta, rir do Zequinha enforcado, Zequinha

assaltante e do Zequinha bêbado, correr do quebra-quebra

generalizado da Guerra do Pente (o dia em que Curitiba

explodiu!) e até lembrar-se de como Chico Bosta virou o

Barão da Merda... Checaremos o horário no relógio de

sol da Farmácia Stellfeld (a primeira de Curitiba) e caminharemos

até a Rua do Jogo da Bola (atual Rua Cândido

Lopes)... é muita história, é muita vida vivida e convivida,

não dá para não saber... e não dá para esquecer! Afinal,

só depende de cada um de nós mantermos Curitiba viva

e presente nas nossas mentes e corações e na vida das

novas gerações.

Texto: Anthony Leahy especial para a VOi / Ilustração: divulgação

82


A vida é cheia de momentos inesquecíveis

que não podem ser passados em branco.

Não importa qual seja o evento. No Torres Eventos será inesquecível.

• 1 Salão com capacidade para 2.800 convidados • 1 Salão com capacidade para 1.500 convidados

• Teatro com capacidade para 731 convidados • Buffet exclusivo • Chef de Cuisine da casa • Cardápio requintado

• Projetos personalizados • Consultoria completa • Organização • Foto e vídeo

41 3045.6999 espacotorres.com.br


@carmensteffens

CarmenSteffensOnline

Carmen Steffens

CALÇADOS, ROUPAS E ACESSÓRIOS

Park ShoPPing Barigui | ShoPPing Mueller | Pátio Batel | outlet - alfereS ângelo SaMPaio, 1745 - CuritiBa - Pr | ShoPPing PalladiuM - Ponta groSSa - Pr

aruBa BuenoS aireS CanCÚn CanneS MiaMi MonterreY Punta del eSte rio de Janeiro Santiago SÃo Paulo

560 LOJAS - 19 PAÍSES

More magazines by this user
Similar magazines