22.09.2022 Views

Celulose_57 - Opps_compressed

  • No tags were found...

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

N O V I D A D E S

Foto: divulgação

Redução de poluentes

A busca pela redução do uso de combustíveis fósseis é urgente e um grande desafio para o setor

industrial. No setor de papel e celulose, o gás natural é utilizado no processo de calcinação que ocorre

no forno de cal (processo térmico que transforma carbonato de cálcio em óxido de cálcio). Entretanto,

apesar de ser uma alternativa ambientalmente mais favorável em comparação com os demais derivados

de petróleo, o gás também é de origem fóssil.

Na Veracel Celulose esse tema é prioridade. A companhia acaba de realizar uma série de melhorias

em seus processos de produção, com redução de cerca de 13% no consumo anual de gás natural. Esta

melhoria, resulta em ganhos ambientais significativos: 6 milhões de m 3 (metros cúbicos) de gás natural

por ano deixarão de ser queimados. Isto equivale a deixar de emitir para a atmosfera 12.400 tCO 2

eq

(toneladas de gás carbônico equivalente).

Para atingir esse resultado, a companhia realizou um conjunto de ações e melhorias de processos

relacionados com o ciclo de recuperação química que faz parte da produção da celulose na fábrica.

Com essa revisão de fluxos, as equipes identificaram que era possível utilizar mais hidrogênio e metanol

como combustíveis auxiliares, reduzindo assim o uso de gás natural. Atualmente a Veracel utiliza

26% de combustíveis auxiliares no forno de cal (metanol e hidrogênio) e 74% de combustível fóssil (gás

natural).

O gás hidrogênio já é gerado dentro da fábrica, no processo de produção de dióxido de cloro. Este

processo é realizado pela Nouryon, empresa química que fica localizada dentro da fábrica da Veracel

Celulose e que fornece o gás para a queima no forno de cal. O metanol, derivado da madeira e, portanto,

de origem orgânica, é destilado e purificado na área da evaporação, a partir da água dos licores

gerados no processo de produção da celulose. O projeto estudou a redução da sua densidade para

melhorar a qualidade do combustível e aumentar sua pureza, com maior eficiência no uso. Portanto, é

outro combustível gerado dentro da própria fábrica da Veracel que passou a ser mais bem aproveitado

a partir dos estudos do projeto.

28

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!