Views
5 months ago

Revista +Saúde - 10ª Edição

LABORATÓRIO SÃO JUDAS

LABORATÓRIO SÃO JUDAS TADEU LABORATÓRIO SÃO JUDAS TADEU Apresenta calendário recheado de atividades para 2018 na área específica de laboratório e atividades de cunho social e acadêmico. ‣ No DIA INTERNACIONAL DA MULHER (08 de março) houve recepção especial para atendimento as mulheres no seu dia, com merecidas homenagens e sala de recepção á caráter. Fato que causou impacto e elogios por parte de algumas mulheres atendidas. ‣ “COMO SOMOS FORMADOS” No dia 05 de Março, recebeu os alunos do 5º ano do colégio Impacto coordenado pela professora de Ciências Maria de Oliveira, que proporcionou aula prática com visualização microscópica de células sanguíneas. Os pequenos se mostraram bastante entusiasmados e interessados. A avaliação da professora Maria de Oliveira foi positiva e deixou em aberto a realização de novas atividades. ‣ V PROJETO SOCIAL COMPAIXÃO Na área social, participou no dia 31 de Março do evento RESTITUI- ASSEMBLÉIA DE DEUS, coordenado pelo pastor Hugo Rodovalho, a quem agradecemos o convite pelo segundo ano consecutivo. Na ocasião a Dra. Michele Damiani realizou testes para diabetes gratuito aos presentes. O evento foi considerado um sucesso com grande participação do público. TRA-SALA Na área acadêmica o Laboratório São Judas Tadeu, possui convênio oficial com a UEG disponibilizando estágio aos acadêmicos e também colabora para que os alunos possam conhecer a estrutura e funcionamento prático de laboratório de análises clínicas, estimulando alguns alunos a optarem por esta área. No dia 09 de Março recepcionou a turma do 8º (oitavo) período do curso de Farmácia coordenado pela professora Dra. Patrícia F. Castro, sendo considerado por ela uma atividade de grande relevância e contribuição. ‣ ACREDITAÇÃO EM GESTÃO DE QUALI- DADE (DICQ) E CONTROLE DE QUALIDADE DOS EXAMES EXECUTADOS. O Dr. Rivalino Rezende Rosa e a Dra. Lorena Rover Rosa participaram do curso preparatório realizado em São José do Rio Preto – SP com profissionais do país, para implantação do processo de Acreditação do sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos (DICQ), já em fase final de execução. Também realiza mensalmente todos os processos exigidos pela SBAC (Sociedade Brasileira de Análises Clínicas) para avaliação e controle de qualidade sobre os exames realizados. Lembrando que o Laboratório possui hoje o mérito CATEGORIA PLATINA, concedido apenas aos laboratórios que obtiveram por 18 ANOS consecutivos a avaliação como EXCELENTE. ‣ NA ÁREA ACADÊMICA – ATIVIDADE EX- 62, R. Jacinto Brandão, 528 Centro, Itumbiara - GO (64) 3431-3178 Dr. Riva Rezende Rosa CRF - GO: Nº 10269 Farmacêutico.

AVC POR TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA POPULARMENTE CONHECIDO COMO DERRAME CEREBRAL Definição da doença Responsável técnico: Dr. João Pinheiro Braga Filho CRM/GO: 1.995 Médico Especialista em Radiologia Membro do Colégio Brasileiro de Radiologia Título Qualificação de Especialista nº 640 /1977 Acidente vascular cerebral (AVC) ocorre quando há um entupimento ou o rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea adequada. O AVC pode apresentar-se isquêmico (AVCI) isso ocorre pela falta do fluxo de sangue para o cérebro e por obstrução de veias e artérias, ou também hemorrágico pelo AVCH, que é a ruptura de vasos sanguíneos dentro do crânio do paciente, por vários motivos como, por exemplo, os aneurismas. A Clínica Radiológica de Itumbiara conta com um dos equipamentos mais modernos que há no mercado de tecnologia, o tomógrafo TOSHIBA ALEXION ADVANCE MUTISLI- CE 32 CANAIS, que realiza cortes menores que 0,5 mm (os menores na tecnologia da TC atual), proporcionando imagens nítidas, assegurando diagnósticos rápidos e precisos em todas as partes do corpo. Ainda conta o AIDR 3D que possibilita baixas doses de radiações. DERRAME CEREBRAL Aspectos clínicos do AVC ‣ Acidente vascular cerebral isquêmico AVCI; ‣ Tonturas, fala dificultada; ‣ Dormência pelo corpo e falta de memória; ‣ Acidente vascular cerebral hemorrágico AVCH; ‣ Dor de cabeça intensa e repentina; ‣ Náuseas e vômitos; ‣ Problemas neurológicos idênticos como o AVCI. Achados na imagem da tomografia AVCI, sinais prematuros mais importantes na TC, e a hipodensidade no tecido cerebral. No primeiro momento do evento, o sinal fica mais discreto e de difícil reconhecimento, pela baixa densidade do (HU) unidade de Hounsfield. Após algumas horas fica mais evidente essa hipodensidade. No exame de controle, no passar dos dias a hipodensidade é facilmente observada. (Figura 1) ACVH, principalmente característico pela presença de material hiperdenso (branco), ou seja, sangue no meio do parênquima cerebral na tomografia sem contraste. (Figura 2) Histórico de quedas ou traumas anteriores podem indicar outras causas que não seja a rupturas de aneurisma. Figura 1 (Lesão Isquêmica) Figura 2 (Lesão hemorrágica) Referências : Minuto saúde / Série Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem - Encéfalo. ,63

Revista +Saúde - 2ª Edição
Revista 015 - 10ª Edição
REVISTA AUGE - EDIÇÃO 27 - SAÚDE E BEM ESTAR
Revista Em Diabetes - Edição 4
Revista Em Diabetes edicao 12
saude mental 2012 FINAL 5.indd - BVS Ministério da Saúde
manual de condutas - Portal Saude Brasil . com
Revista Em Diabetes - Edição Especial
REVISTA AUGE - EDIÇÃO 25 - ESPECIAL DE 5 ANOS
Revista da AMRIGS – BL ISSN 0102 – 2105 – Vol. 55 – N 2 – ABR ...
Revista Brasileira Saúde da Família
Revista do cliente Voith Report Edição 1/2013
Nesta edição - Revista Jornauto
Revista Fúcsia - Edição 17