13.11.2018 Views

L+D 71

Edição: novembro| dezembro de 2018

Edição: novembro| dezembro de 2018

SHOW MORE
SHOW LESS

Create successful ePaper yourself

Turn your PDF publications into a flip-book with our unique Google optimized e-Paper software.

Mini projetores de 3 W iluminam as esculturas art nouveau e as mansardas. Perfis de alumínio extrudado com fitas de LED IP 66<br />

(4,2W/m / 3.000 K) iluminam as cimalhas e projetores lineares de facho elíptico (19° X 38°) iluminam os telhados de ardósia.<br />

CASA FIRJAN<br />

Texto: Carlos Fortes | Fotos: André Nazareth<br />

PALACETE LINEU DE PAULA MACHADO<br />

Situado no bairro de Botafogo, na Zona Sul do Rio de<br />

Janeiro, o Palacete Lineu de Paula Machado, de 1906, compõe<br />

um conjunto de imóveis preservados, que abrigam em sua<br />

maioria equipamentos culturais, como a Casa de Rui Barbosa, os<br />

museus do Índio e Villa-Lobos, o Palácio do Catete e o Palácio<br />

da Cidade, sede da prefeitura. Implantado em um terreno<br />

de 10 mil metros quadrados, constitui parte do patrimônio<br />

histórico e cultural do Rio de Janeiro.<br />

Foi construído em estilo art nouveau, que marcou a Europa<br />

entre o final do século XIX e o início do XX, com foco na<br />

arquitetura decorativa, na valorização de ornamentos, em<br />

cores vivas e em curvas sinuosas. A restauração, iniciada em<br />

2011, revitalizou detalhes em pierre de taille (argamassa que<br />

imita pedra) e paredes em boiserie (revestimento em madeira),<br />

recuperando as cores originais e as texturas de itens como<br />

vitrais, azulejos e bancadas.<br />

O palacete conta um pedaço da história da cidade. Foi<br />

construído por Eduardo Pallasin Guinle, fundador da Companhia<br />

Docas de Santos e avô de Octávio Guinle, fundador do hotel<br />

Copacabana Palace – ambos projetados pelo arquiteto francês<br />

Joseph Gire. Pertenceu à família até 2005, tendo sido residência<br />

de Celina Guinle e seu marido, Lineu de Paula Machado, e<br />

posteriormente do industrial Guilherme Guinle, fundador da<br />

Companhia Siderúrgica Nacional.<br />

A Casa Firjan é um complexo cultural que abre as portas para<br />

a discussão e o estudo de diferentes propostas de economia<br />

criativa, focadas na inovação e no futuro do mercado de<br />

trabalho. Seu programa inclui exposições, música, cinema,<br />

restaurante, café, palestras, debates e cursos livres.<br />

O PROJETO DE ILUMINAÇÃO<br />

Iniciado em 2014, o projeto de iluminação do Studio iLuz,<br />

da arquiteta Ines Benevolo, passou por três fases até sua im plantação<br />

em 2018. Inicialmente previa o mínimo de intervenções,<br />

com reaproveitamento de quase todas as luminárias existentes<br />

e poucos acréscimos. A iluminação das fachadas seria frontal,<br />

com projetores fixados em postes, sem a criação de pontos de<br />

alimentação no corpo do edifício.<br />

Após algum tempo paralisado, foi retomado em 2016.<br />

Nesse momento, foi solicitada uma revisão dos conceitos,<br />

visando à adequação dos espaços internos ao programa<br />

multiuso. Assim, ambientes onde inicialmente a iluminação<br />

se daria por meio do restauro das luminárias existentes,<br />

com a renovação das fontes de luz, passaram a ter sistemas<br />

contemporâneos que agregam aos espaços a flexibilidade<br />

desejada. Esse novo conceito preservou algumas das<br />

luminárias originais em equilíbrio com os novos sistemas<br />

de iluminação propostos.<br />

56 57

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!