13.11.2018 Views

L+D 71

Edição: novembro| dezembro de 2018

Edição: novembro| dezembro de 2018

SHOW MORE
SHOW LESS

You also want an ePaper? Increase the reach of your titles

YUMPU automatically turns print PDFs into web optimized ePapers that Google loves.

Na recepção, luminárias pendentes difusas sinalizam o balcão. Nas molduras de<br />

estuque, foram embutidos perfis lineares de LED com difusor (14,4 W/m, 3.000 K)<br />

para iluminação das colunas ou do arco. Os três plafoniers originais foram mantidos.<br />

No hall principal, luminárias pendentes circulares para iluminação indireta<br />

(17,5 W/m, 3.000 K) e iluminação direta (3,8 W, 45°, 3.000 K) foram customizadas<br />

para o projeto. As arandelas com cúpulas translúcidas existentes foram restauradas.<br />

No café, um sistema de luminárias pendentes ramificadas a partir de um único<br />

ponto provê iluminação difusa para as paredes e iluminação direta para as mesas.<br />

Luminárias decorativas junto aos sofás e às bancadas complementam o ambiente.<br />

No hall superior, três claraboias de vitrais de época foram restauradas e iluminadas por luminárias lineares orientáveis de facho<br />

elíptico (13° X 81°). Para as paredes, uma linha contínua de luminária tipo wallwasher com facho assimétrico (22,9 W/m,<br />

3.000 K), ilumina as fotografias do Rio de Janeiro expostas e equilibra a luz do ambiente. Na sala de reuniões, o ponto central<br />

serviu de alimentação para o o sistema do pendente decorativo. Originalmente composto de cinco cúpulas para iluminação direta<br />

e difusa, o pendente foi especialmente produzido com sete cúpulas, distribuídas simetricamente sobre a mesa de reuniões.<br />

AS ÁREAS INTERNAS – TÉRREO<br />

Em 2017, o projeto passou por uma nova revisão, visando a<br />

uma adequação orçamentária, mas, preservando os conceitos<br />

e as soluções propostas tanto para as áreas internas quanto<br />

para as fachadas.<br />

No acesso principal ao palacete, voltado para a rua Dona<br />

Mariana, no primeiro ambiente – um alpendre que faz as vezes de<br />

pórtico de entrada – foi mantido apenas o lustre original. Logo em<br />

seguida, o ambiente, que hoje funciona como recepção, recebeu<br />

intervenções para valorizar os ornamentos e reforçar a iluminação<br />

geral, já insinuando o partido adotado nas demais áreas internas.<br />

Luminárias pendentes difusas sinalizam o posicionamento<br />

lateral do balcão em relação ao acesso. Para iluminação indireta,<br />

as molduras de estuque passaram a abrigar um nicho para a<br />

fixação de perfis lineares de LED com difusor. Os três plafoniers<br />

originais foram mantidos.<br />

No hall principal, as arandelas foram mantidas. Nesse<br />

ambiente, era possível o acesso por cima do teto, criando-se<br />

novos pontos de alimentação. Assim, em resposta ao novo conceito<br />

de dotar os espaços de sistemas contemporâneos flexíveis para<br />

iluminação geral e iluminação de destaque, foram desenhadas<br />

luminárias pendentes circulares – duas com iluminação direta<br />

e indireta e duas apenas com iluminação indireta. A iluminação<br />

direta tem rigoroso controle do ofuscamento e facho aberto. Os<br />

sistemas são dimerizados em circuitos independentes e foram<br />

desenvolvidos especialmente para o Palacete. Os capitéis que<br />

coroam as pilastras dos pórticos e os arcos que dão acesso à<br />

escada principal foram destacados, ora com iluminação direta<br />

rasante, ora com iluminação indireta.<br />

No café, antigas copas-cozinhas da residência, os revestimentos<br />

originais de azulejaria e as bancadas de mármore foram preservados.<br />

Cada ambiente tem um ponto central no teto. Um sistema de<br />

luminárias pendentes ramificadas a partir desse único ponto<br />

provê iluminação difusa para as paredes e iluminação direta para<br />

as mesas. A iluminação é complementada por poucos pontos<br />

embutidos no forro, entre as molduras de estuque e as paredes,<br />

e por luminárias decorativas junto aos sofás e às bancadas.<br />

PAVIMENTO SUPERIOR<br />

No hall do segundo pavimento, que dá acesso à sala de<br />

reunião principal e à sala da presidência, três vitrais de época<br />

localizados no teto foram restaurados. Sobre eles, foram<br />

instaladas luminárias lineares orientáveis de facho elíptico,<br />

para iluminação direta, que reproduzem o efeito da iluminação<br />

natural, sem ofuscamento. Em complemento, uma linha<br />

contínua pendente próximo à parede, com facho assimétrico<br />

tipo wallwasher, garante iluminação para as fotografias do Rio<br />

de Janeiro expostas, balanceando a luz do ambiente.<br />

Na sala de reuniões, o ponto central, localizado em uma<br />

rosácea ricamente trabalhada, serviu de alimentação para<br />

o sistema de iluminação. Originalmente composto de cinco<br />

cúpulas para iluminação direta e difusa, foi especialmente<br />

produzido com sete cúpulas, distribuídas simetricamente<br />

sobre a mesa de reuniões. A iluminação foi complementada<br />

por luminárias de facho aberto embutidas no forro.<br />

Na sala da presidência, a rosácea de estuque recebeu<br />

um tratamento diferenciado. Em vez de servir de ponto de<br />

alimentação, foi iluminada de baixo para cima. O mesmo sistema<br />

circular de iluminação direta e indireta do hall principal foi<br />

instalado aqui, criando no teto um efeito dramático de luz e<br />

sombra. Como complemento, para equilibrar a modelagem do<br />

ambiente, as estantes receberam iluminação difusa embutida<br />

na marcenaria.<br />

58 59

Hooray! Your file is uploaded and ready to be published.

Saved successfully!

Ooh no, something went wrong!