O Lavrador das Lavras Vazias

VitorCorleoneBH

Livro de poesias escrito em 2006 na cidade mineira de Lavras, retratando as dificuldades intrínsecas a uma nova realidade do serviço público na polícia. A solidão espiritual e a certeza de que muitas vezes na vida o ouro que se procura vem manchado de sangue e sofrimento. Às vezes uma oportunidade não é mais que uma desilusão.

Nada acontece por acaso

Nada acontece por acaso

Tudo é predestinado

No momento certo

E na hora exata

Olhe ao seu redor

Veja sua importância

Todos precisam de você

E você precisa de todos

Você é importante

Não se esqueça disso

Antes de pensar

Que ninguém nota

A sua existência

Nada acontece por acaso

Reparte comigo sua mágoa

E guarda só pra você

A alegria

Toma o meu ombro amigo pra chorar

E as minhas palavras de consolo

Nada acontece por acaso

Se você está caminhando na estrada

A estrada existe

Porque você existe

Não há razão de existir vitória

Se você não estiver vivo

Para alcança-la

02/07/2006

21

More magazines by this user