Views
9 months ago

Almanaque2

Almanaque número 2, com o conteúdo completo das edições nº 7 a nº 12 da Revista Mensal Peripécias Contendo as Seções Destaques, Túnel do Tempo, Sociais, Turismo, Literatura, Sala de Leitura, Teatro, Arte, Personalidades, Poesias, Atualidades, do Fundo do Baú, Fotografia, Formaturas, Humor, Culinária, Esportes, Curiosidades, Aniversariantes, Classificados, Biblioteca, História de Família e Espaço do Leitor.

Entretanto, a obra mais

Entretanto, a obra mais importante de Léon Eugênio Lapagesse ficou inédita. Além de uma "Histoire de la Littérature", cujos originais se perderam, existiam em poder do Dr. Eugênio Lapagesse, seu neto, dois grossos e grandes volumes, escritos numa letra miúda, verdadeira microcaligrafia, porém clara e impecavelmente uniforme. O que é espantoso é que, no texto manuscritado, que ocupa nada menos de 1.400 páginas compactas, não se encontra nenhum sinal de rasura, a mais leve emenda, ou mesmo uma simples disgrafia que denunciasse que a pena, tolhida pela fadiga, claudicasse no desenho da letra. Apenas se observa, em algumas páginas, no espaço entre uma linha e outra, os acréscimos intercalados posteriormente à feitura da obra, em letra menor ainda que a do texto, quase impossível de se ler a olhos descobertos. Escritos talvez na maturidade (não há nenhuma data nesses manuscritos), na quietude dos longos serões provincianos, sem os aperreios dos compromissos que a vida hodierna nos impõe, salvo as obrigações de dar as suas aulas, pôde o Prof. Lapagesse encher, dia a dia, por anos a fio, essas 1.400 páginas com a sua letrinha minúscula e invariável. O Prof. Lapagesse parte do conceito de estilo de Buffon (que o autor prefere denominar "l'elocution") para a sua caracterização, consoante os principais clássicos de clareza, precisão, naturalidade, nobreza e harmonia. Para o autor o estilo "c'est l'âme de l'ouvrage", um conceito que infelizmente não tem encontrado equivalência na obra de muitos escritores modernos. É talvez por isso que a maioria dos livros editados em nossos dias não vai além das pernas. Não é a letra de forma, o papel impresso, a brochura ou a quantidade de livros publicados que caracteriza o escritor. Não esqueceu de dedicar um capítulo à arte de falar em público, transcrevendo um extenso vocabulário para uso dos que desejam exercitar-se na oratória, uma espécie de sistema mnemônico baseado no método de Émile Amet. Como também não esqueceu a "Arte da Leitura", à qual dedica um capítulo com apoio nas lições de E. Legouvé, uma disciplina que está a exigir maior atenção nos currículos escolares de hoje, com exercícios elementares de dicção. No "Tableau Géneral des Synonimes", arrola nada menos de 1.551 palavras acompanhadas dos respectivos sinônimos. Como se vê, Aide Memoire e Langue Française são preciosidades bibliográficas que devem ficar guardadas como o maior carinho, não só por existirem apenas nos originais, mas também por terem sido escritas por um francês no Brasil, um francês que, além da sua própria língua, ensinava também o idioma de Camões. Essas duas obras foram doadas por Eugênio Lapagesse à Prefeitura Municipal de Criciúma, onde estão expostas em estante especial na Escola Básica Prof. Lapagesse.

Quatro informações uteis não divulgadas! Principalmente a QUARTA Colaboração: José Francisco 1. Certidões: quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila. O cartório eletrônico, já está no ar! Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Copias de certidões de óbitos, imoveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet. Passe para todo mundo, que este e um serviço da maior importância. www.cartoriopostal.com.br

Almanaque nº 1
Peripecias 11
Peripécias 12