Revista Newslab Edição 164

newslab.analytica

Revista Newslab Edição 164 - Março 2021

Autoras: Luísa Juppa, Nágila Da Cruz, Analú Lauffer.

ARTIGO CIENTÍFICO II

Participantes

Os participantes da pesquisa serão

os que tiverem contato com o link do

formulário online, via Whatsapp ou

por email. A amostra total (n) foi de 10

mães/responsáveis participantes.

Por critérios de exclusão, mães ou

responsáveis de maiores de 12 anos

ou pessoas que não possuem filhos,

não participarão do preenchimento

do formulário.

O perfil das pessoas participantes

correspondem a: uma mãe/responsável

de criança de 2 anos (10%),

uma mãe/responsável de criança de

4 anos (10%), uma mãe/responsável

de criança de 6 anos (10%), duas

mães/responsáveis de crianças de 7

anos (20%), duas mães/responsáveis

de crianças de 10 anos (20%), duas

mães/responsáveis de 11 anos (20%)

e uma mãe/responsável de criança de

12 anos (10%).

Coleta de Dados

A coleta de dados será realizada por

meio de um formulário eletrônico tabulado

no Google Forms e o acesso será

disponibilizado via email ou via link.

Os entrevistados terão sua identidade

preservada, uma vez que, a pesquisa é

de forma anônima. O formulário solicitará

a faixa etária da criança e outras cinco

questões de preenchimento obrigatório.

As questões aplicadas foram:

• O que você espera do atendimento

em laboratório?

• No atendimento pediátrico, o que

você valoriza num profissional?

• O que a mãe/responsável espera

que o laboratório oferte para distrair

a criança?

• Como a mãe/responsável prepara/

motiva a criança para a coleta em

laboratório?

• Caso seja necessária uma segunda coleta,

como a mãe/responsável entende

a repunção e como comunica a criança?

Resultados

As respostas, de forma específica para

cada pergunta, foram:

O que você espera do atendimento

em laboratório?

• Eficiência e rapidez;

• Confiança, agilidade, simpatia e atenção

à criança;

• Acolhedor e humanizado;

• Em se tratando de criança que já compreende

o processo, empatia, segurança,

explicação bem breve do procedimento

de coleta para a criança e acompanhante

para a colaboração, ética e em comentários

desnecessários. Quanto ao procedimento

em si, o uso dos EPIs, cuidados

com higienização, identificação das

amostras, boas práticas;

• Rapidez no atendimento e higiene;

• Rápido e seguro;

• Agilidade, carinho com a criança

e limpeza;

• Tenha informações necessárias e que

passe segurança no atendimento;

• Que seja rápido;

• Resultados confiáveis e profissionais

competentes e empáticos.

No atendimento pediátrico, o que

você valoriza em um profissional?

• Que além do tratamento da doença esteja

preocupado também com as causas,

para evitar que continue ocorrendo;

• A empatia com a criança e o conhecimento;

• Paciência e profissionalismo;

• Postura, conhecimento, descrição e

empatia em relação ao menor e aos pais;

• Atenção e paciência com a criança. Quando

tenta conquistar a confiança, sem pressa;

• Atenção e os cuidados que o profissional

passa a criança;

• Que receba a criança com atenção e que

converse sobre as preocupações da mãe;

• A delicadeza, atenção e o conhecimento

necessário para realizar todos os

procedimentos necessários;

• Paciência;

• Competência, empatia, ética e humanização.

0 26

Revista NewsLab | Março 2021

More magazines by this user
Similar magazines