Views
5 months ago

dissertação parcial r1 11042018 formatacao igor rev02

TÍTULO DA HORA COM

TÍTULO DA HORA COM MUITAS LINHAS! 3.2.9. Pincharam a estação no chão (1966) Um ícone imortalizado por Adoniran em “Trem das Onze”, a estação de trem de Jaçanã, teve o destino semelhante ao da maloca no centro da cidade. No ano de 1964 o então prefeito de São Paulo, Prestes Maia, consegue confirmar sua proposta junto ao governo do estado de realizar obras de modernização na Zona Norte de São Paulo. Pelo projeto da prefeitura, o trânsito da região só seria desafogado com uma série de obras de vulto, como uma ponte sobre o rio Tietê, o alargamento da avenida Cruzeiro do Sul e a abertura de uma ampla avenida sobre o terreno ocupado pelos trilhos e dormentes da Cantareira.” (CAMPOS JUNIOR, 2009. P. 409) A estrada de ferro Cantareira fora responsável pelo desenvolvimento da cidade em direção a Zona Norte e, mesmo não estando mais em operação, havia sido responsável por levar milhares de trabalhadores de volta para suas casas. Uma das estações era a famosa estação do Jaçanã, que como todas ao longo da linha, seria demolida. Na data marcada para sua demolição, em 1966, houve celebrações e discursos de políticos que grantiam que tal desmanche iria ser positivo pois daria lugar ao progresso. Adoniran apareceu para as celebrações e ◊ 176 ◊

Adoniran Barbosa e a lírica do “pogréssio” compôs alguns versos carinhosos a respeito do fato – que nunca foram musicados. Pincharam a estação no chão (1966) Agora não preciso mais de condução / Moro e trabalho aqui mesmo no meu bairro / Jaçanã / Mas sofri uma grande decepção quando disseram / Vá lá embaixo ver, tão derrubando a nossa estação / Fui lá ver se era verdade / E era / Quando cheguei lá vi que tudo estava no chão / Chorei feito bobo, senti um calo na oreia / Peguei um tijolo e um pedaço de teia / Pra guardar de recordação. Concordando com Medeiros (2011), fica evidente a relação do narrador com o espaço construído. São traçados laços afetivos com a estação e nota-se a dor da perda, a ponto dele duvidar se a notícia que lhe dão é verdadeira, e ele mesmo precisa ir até o local conferir. Ele ainda faz questão de guardar um pedaço físico dos restos do edifício, como quem guarda lembranças de um ente querido. Nota-se também que em nenhum momento é mencionado o fato da demolição ser realizada em prol do progresso, e traçando um paralelo como momentos fúnebres de famílias, é de se esperar que não sejam feitos planos para o futuro tão logo quanto se dão os enterros, ou seja, não era de esperar que o progresso tão aclamado por uns fosse citado nesse momento de despedida do passado. ◊ 177 ◊

normas para formatação de trabalhos acadêmicos - Universidade ...
Revisão e formatação: Lancelot – Papiros_Virtuais ... - CloudMe
Dissertação submetida como requisi to pat'cial para a obtenção do ...
Baixar - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG
Baixar - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG
Fundamentos de Web Design e Formatação de Imagem
Dissertação - USP
Os Valores de Deus - Igor Oliveira Ferreira
6-RelatMensal-JUNH15-Implanta%C3%A7%C3%A3o%2BCiclovia%2BNiemeyer-REV02
Apresentação dissertação - Faculdade de Engenharia da ...
Manual Aquecedor Halógeno Mondial A-07 02-13 Rev02