Views
11 months ago

a historia de israel no antigo testamento

Abdom – magistratura 8

Abdom – magistratura 8 12.14 Opressão filistéia 40 13.1 Sansão – façanhas e magistratura 20 15.20 TOTAL 410 anos Sem dúvida, este cálculo de anos e tabulação é o que tem Paulo na mente quando divide o período de Josué até Samuel, incluindo 40 anos para a dignidade de Eli (At 13.20). inclusive com a aceitação da precoce data da ocupação de Canaã sob Josué (1400 a.C.), é impossível permitir uma seqüência cronológica para esses anos, já que Davi estava plenamente estabelecido no trono de Israel por volta do ano 1000 a.C. em 1 Reis 6.1 se calcula um período de 480 anos desde a época do Êxodo até o quarto ano do reinado de Salomão. Inclusive permitindo um mínimo de 20 anos cada um para Eli, Samuel e Saul, 40 anos para Davi, 4 anos para Salomão, 40 para a peregrinação no deserto e um mínimo de 10 anos para Josué e os anciãos, um total de 154 anos deveria ser adicionado a 410, resultando na enorme suma de 566 anos. a obvia conclusão é que o período dos Juízes não corresponde a uma seqüência cronológica. Garstang leva em conta para este período, considerando a Sangar, Tola, Jair, Ibsã, Elom e Abdom como juízes locais cujos anos são sincrônicos a aqueles dos períodos mencionados 115 . Omitindo isto da tabulação cronológica, o número total de anos entre o Êxodo e o quarto ano do reinado de Salomão aproxima-se da cifra de 480 anos. Em Juízes 11.26 se dão 300 anos como o tempo transcorrido entre a derrota dos amonitas sob Moisés e os dias de Jefté. Restando os anos de Josué e dos anciãos, e agregando 20 para Sansão, o tempo que corresponde aos Juízes desde Otniel a Sansão se aproximaria a três séculos (1360-1060 a.C.). 115 J. Garstang, op. cit., pp. 516. 74

MAPA 4: AS DIVISÕES TRIBAIS A última data para a conquista com Josué (1250-1225 a.C.) limita o período permitido aos Juízes, incluindo os dias de Eli, Samuel e Saul, a dois séculos ou menos. Com este cômputo em 1 Reis 6.1 e Juízes 11.26, se considera estes serem inserções, não fiáveis historicamente. Embora Garstang considere a referência em 1 Reis como uma inserção, ele a data antes e a aceita como confiável. Esta cronologia mais curta necessitaria uma ulterior sincronização de períodos de opressão e permanência nos dias dos Juízes . Obviamente, qualquer pauta cronológica proposta para esta era dos juízes não é senão uma solução sugerida. Os dados da Escritura são suficientes para estabelecer uma cronologia absoluta. Parece completamente certo que os autores de Josué e Juízes não tentam dar um relato que encaixe numa completa cronologia para o período em questão. A fé nas tradições de 1 Reis 6.1 e Juízes 11.26 exige a cronologia mais longa. 75

Old Testament Times at a Glance, Booklet